Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MULHER QUE GOZOU NO TRANSPORTE PÚBLICO

Caros Senhores,



Tais fatos narrados são verídicos e aconteceu comigo a 2 semanas.



Estava sentado num ônibus (esses de passageiros mesmos), e de repente via uma morena, devia ter 1,80m, olhos e cabelos negros, umas pernas maravilhosas, e uma boquinha bem carnuda que logo me vez subir o sangue.

Ela veio e sentou ao meu lado, sendo que como eu estava sentado na ponta ela pediu licença e passou para o canto da janela. Nisso ela encosta as suas pernas em meu braço que estava segurando uma bolsa.

Ai fiquei na minha como se nada tivesse acontecido.

Derepente olhei para ela e vi que os seus seios estavam com o biquinho durinho.

Nisso me atrevi a deixar a minha mão levemente cair sobre as suas coxas somente para ver a sua reação.

Ela não se mexeu e continuou a ficar olhando para o lado da janela.

Nisso comecei a acariciá-la bem devagarinho para saber se ela iria me dar um tapa ou fora. (se estava esperando isso pois ela era um mulherão).

Ai percebi que ela quase não se mexia e que estava muito nervosa, já que somente seus dedos mexiam.

Nessa oportunidade resolvi ir um pouco mais além e comecei a acariciar suas pernas práximo a sua calcinha.

Fiquei realizando rodízios com meus dedos na sua perna e ela permanecia imável.

quando resolvi dá mais um passo e coloquei a minha mão na calcinha dela, na mesma hora ela deu uma olhada para baixo dando a entender que estava sentindo alguma coisa e não sabia o que era.

Derepente ela olhou pra frente e ficou mais nervosa. Quando olhei eram pessoas que estam entrando no ônibus e que como o mesmo estava cheio, ela achou que alguém pudesse ver acariciá-la.

Mais do que depressa peguei o me casaco e joguei no nosso colo, quando percebi que ela ficou mais relaxada pois o segredo que a dava tesão estava seguro.

Ai resolvi ir mais longe e tocar o seu grelhinho ainda por cima da calcinha, percebi que ela estava quente e que naquele momento ela fechou os olhos e simulou que estava dormindo.

Não perdi tempo.

Meu pau já estava duro como uma tabua já rasgando a minha calça e agarrando nos pentelhos.

Chegando no grelhindo resolvi fazer movimentos circulares nele e percebi que ela adorando, já que a mesma dá sempre um suspiro, (ainda vingindo que dormia), quando eu fazia o carinho com mais força.

Então finalmente vi que ela estava disposta a tudo.

Percebi que ela cada vez que eu chegava mais perto de sua xainha, ela abria ainda mais as pernas. Aquilo me deixou louco de tesão.

Já totalmente excitado meti as minhas mãos na sua xainha pelo lado da calcinha, e ela suspirou mais alto dessa vez.

Percebi que de vez em quando ela abria os olhos talvez para vigiar o lugar onde iria saltar ou para ver se alguém estava vendo aquela situação.

Quando cheguei com meus dedos na sua xaninha, vi que ela estava totalmente molhada e que cada vez mais abria as pernas pra mim.

Então naquele ônibus com pessoas entrando e saindo eu a masturbava e ela ainda fingindo estar dormindo não aguentando de tanto tesão, pegou a minha mão.

Levei um basta susto.

Eu pensei que ela faria um baita escandalo e me bater.

Mas ela continuou seguranda a minha mão e indicando onde ela queria que eu a tocasse.

Fiquei louco de tesão e a fui masturbando durante uns 25 minutos.

Ai peguei a mão dela e levamente levei para a direção do meu cacete que já estava fervendo.

Ela então o agarrou com muita pressão e parecia que eu iria gozar ali e agora.

Como o ônibus estava ficando vazio eu resolvi puxar um papo com ela comentando sobre um acidente de trânsito.

Ela respondeu e continou a puxar o assunto.

Nisso eu perguntei a ela na maior cara de pau se ela gostaria de sentar no último banco já que lá era melhor para conversar.

Ela mesma hora topou e fomos para o último banco.

Quando sentamos ela perguntou o que eu queria dela, e eu não respondi nada e comecei a novamente passar a mão em suas coxas, muito lisas por sinal, e peguei a mão para botar em meu pau.

nás colocamos um casaco em cima do nosso colo e começamos a nos marturbar mutuamente.

Quando pedir para ela chupar o meu pau dentro do ônibus e ela assustuda perguntou se eu estava louco, e disse que eu estava louco por ela, e que adoraria que ela me chupasse ali naquele momento.

Como ela estava sentada no canto da janela, ela então falou pra eu sentar no lugar dela.

Ai percebi que ela deixou no meu colo e botou o meu pau pra fora e começou a mamá-lo como ninguém.

Lambia a cabeça e passava a sua lingua nele todo e eu já estava quase gozando.

Derepente ela disse que precisava ir embora que estava chegando no ponto dela.

Eu pedi para ela um telefone para poder falar com ela mas ela se recusou pois era casada e que aquilo foi uma loucura e que ela lembraria com maior tesão, mas que não aguentaria se houvesse uma segunda pois ela iria querer sempre.

Pois é caros amigos perdir uma mulher maravilhosa que nem ao menos descobri o nome dela, mas descobri muitas mulheres são carente sexualmente porque os companheiros não fazem uma mastubarção nelas com carinho.

Espero que gostem.

Sou do Rio de Janeiro, e adoro as mulheres.

Se alguém contou da histária e quiser trocar experiência mandem um e-mail.

Abraços





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos tiachupa rolacontos sexo meu filho meu homem minha tia so de roupao contos eroticoscontos erotico maridos camaradacontos eroticos gay o pastorconto erotico comi minha irma casada no ranchosenti aquele pauzao derramando varios jatos no fundo da minha bucetaconto erotico surpresa na siricaconto esposa de baby doll e amigosconto mamae da buceta grande e cabeludacontos eróticos de brigas e submissão Conto incesto minha mae me ensinou a fuderMinha esposa arregaçadasconto erotico gay pagado dividaconto erótico chupada do nada escondida mel sugar babaro pai da minha amoginha me comeu contoscontos eroticos dormindoo subrinho do meu marido falo q queria comer uma buceta peludinhaperdi meu cabaço para o patrao sobre chantagecontos esposa deu pro sobrinhoempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhofui dormir na casa do meu primo e ele acordou de pau duroConto mana onibuscontos erotico irmao cafetao da irmacontos de rasguei o cuzinho do moleque novinhoconto erótico greludinha amiga chupa chupa flagraconto gay meu cunhado comeu meu rabo e virou meu namoradosou mega bunduda.contos eroticoswww.mulhers impinadas de calcinhacontos eróticos putona do tourogostosinha bonitinha bundinha nova doze anos dando contos eroticosmulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridoso cavaloenfiou seu pau com tudo no meu cu gritei de dor videos pornoconto erótico ajudando a irmã na faltaconto erótico maltrato minha mãemenina na punheta contoscontos de coroa com novinhocontos eroticos sem pudor com coroascontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicopai da minha amiguinha mostrou o pauassistir pornô mulheres libiscos com muito tesãoconto faco o que quiser corno perdoaeu entrei no banheiro e não sabia que a minha madrastra estava la e come. a xota delaContos.encesto.so.com.mae.cu.com.batatahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAcontos eróticos fui pra casa da tia e meus primos me arrombaramContos eroticos : Aticei o porteiro e ele me pegou de jeitoconto erotico nao resiste e peguei cunhadacontos casada titio me comeu. na marraesposa da o cu au marido sorindaContos minha doce sobrinha melcontos erotecos dei mel rabao pro mel felho toludocontos eróticos de n********** dando para pau gigantespatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticoscontos de incestos e orgias com minha mulher minha irma emcass nudistasaquela pessoa pirocuda da salacontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteroConto erotico sogro estuprando nora e gozando dentrove porno com viadinho reganhado escorreno porraContos eroticos selvagens brutais incestos com xingamentos surrascontos eroticos marido perdeu a apostacontos eróticos fudendova esposa e a filha do amigo isso contos eróticosconto erotico comvidando visinha pra fudercontos dando cu desde novinhoConto Topless surpresaninfetas lésbicas beijando o peitoral dos travestiscontos eróticos e********** humilhando c****peguei papai cheirando minha calcinha contos eroticoscontos eróticos minha calcinha rasgadacontos minha picona na titiameu irmão me convenceu contosquero rola contos eróticostesao chefe quero elecontos gay o menino que era um femea escondidocomi minha filha pensando que era a minha mulhercontos eroticos a sogra regina parte 2contos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de ano