Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMO VIADOS E ENRUSTIDOS I

Sou apaixonada com a leitura dos contos eráticos, principalmente tudo que diz respeito às aventuras gays. O amor intimo entre os homens me fascina. Quando vejo fotos ou filmes com o tema fico extremamente excitada. Aliás, meu sonho era ter casado com um viado enrustido e produzi-lo, transformando-o numa verdadeira fêmea toda vez que fosse come-lo ou vê-lo sendo enrrabado. Tenho muitas estárias pra contar, mas vou começar pelo dispertar dessa paixão e encanto que tem enchido minha vida de pura beleza e poesia. Nada há de mais gostoso do que comer um homem numa inversão ou ve-lo sendo possuído por outro homem enquanto o beijo e me delicío com seus gemidos...

Eu tinha oito anos de idade quando me apaixonei por um tio gay. Ele era lindo, muito delicado e sensivel, diferente dos machões cearenses.Era um amante da leitura e das artes, um decorador excepcional, ele era tudo de bom. Descobrir que ele gostava de dar o cu me enchia de curisidade, eu era precoce, escutava tudo atentamente, fingindo indiferença, mas guardava tudo na mente e no coração. Eu desejava ter um pinto pra meter nele, eu sonhava com ele rebolando pra mim e se entregando todo, como uma mulherzinha. Em momento algum deixei que percebesse minha adoração por ele, precisei me afastar para aguentar e não acabar fazendo uma loucura... ele jamais iria permitir que eu o comesse.

Quando completei 19 anos conheci o Mário, ele tinha 16. Erámos intimos, ele me contava todas as suas aventuras com os homens com quem tinha caso. Em detalhes me falava do tamanho dos paus, das mamadas que dava, das roupas que usava entre quatro paredes... eu ficava extremamente excitada e quando me encontrava sozinha corria para me masturbar, eu amava o Mário. Juntos, fazíamos suas fantasias de carnaval, todas bem safadinhas, fazíamos no quarto, escondidos. Creio que a familia dele pensava que ele me comia, tamanho era o grude em que vivíamos.Eu queria ter um pinto, um pau grande pra meter nele, sonhava em submeté-lo a mim fazendo-o de minha putinha. Um dia, estávamos passeando pelo bairro quando minha roupa agarrou na roda da bicicleta e fiquei bem práximo a ele, nossos rostos quase colados, ele me olhou e disse : Lana, és a mulher que pode mudar minha vida e me beijou. Um beijo quente e profundo, varreu minha boca com sua língua, eu chorei. Já estava com 19 anos e ele com18.Eu jamais iria mudá-lo, eu jamais iria querer que ele fosse diferente, ele era perfeito, um viado que eu amava muito, um amigo que podia contar comigo, uma paixão que até hoje enche meu coração de ternura.

Dias depois do beijo a familia descobriu que ele era gay, expulsou-o de casa e ele partiu para o Rio. Nunca mais o vi.Chorei muito e escrevi lindos poemas de amor para o meu viadinho.

Comecei a namorar e sempre que podia eu metia o dedo no cuzinho do meu namorado, que amava, mas, que não me permitia ir mais longe como eu desejava. Fui me frustando, pois queria casar com um enrustido, viver segredos e loucuras ao lado de um homem que curtisse dar o cu. Sublimei todo esse desejando casando com um homem mais velho que eu 20 anos e que odiava viados, a idéia de inversão soava como uma doença. Quando ele viajava para trabalhar eu fazia um pênis e colocava em mim, ficava me namorando no espelho desejando um cuzinho. Eu me sentia um macho lindo e tesudo e queria uma femea. Vivi com esse desejo durante 24 anos, até que um dia entre numa sala gay do Rio de Janeiro... que maravilha, foi incrivel, chuveu de enrustidos na minha horta, mas havia ainda um problema, a distância em que me encontrava. Ali naquela sala percebi minha loucura por viados e enrustidos e aumentou em mim o desejo de dominar, ser um macho, tesudo, roludo, muito amado por uma femea que como Pigmaleão eu criaria como uma musa inspiradora...

Depois continuo... é lindo! bjs a todos os meus viadinhos, enrustidos, a todos os meus lindos que amam dar o cu.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


porno encejo com sogro e sogra pra serularcontos de mulheres q se masturbamcontos mulher x travestiContos espiando a sogra lesbicaconto casado dei pra travesticontos esposa quase nuaminha mae é a mulher do meus amigos contoscontos eróticos namorada perder a virgindade com outrocontos eróticos Patrick amiga comeumarido chupa rola do ricardao apos sua mulher dar o. cu pornodoido.comconto erotico voltando praiaconto erotico sou vaca leiteira eu gostocontos enfiei tudo a minha picona nele e ele reclamou muitoconto erótico mulher é domada e faz marido assistir ela traindoxvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negraContos eróticos teens gays chupando o filhinh da minha amigaEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticocontos corno empretei minha mulher para traveti e fikei vendoamolecendo dentro da xanacontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra eleconto porno eu comi minha cunhada coroa de 69 anosatrazcontosconto peguei no bulto do amigocontos meus amigos estupraram a minha maeConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zoojogadora de vôlei nua do Brasil pela tomando banhobati uma siririca pra meu cunhado contosmeti minha esposa no porre contosconto chantagem da minha irmacontos-teu pau me fodendo todinhacontos eróticos os esfíncterescontos eróticos de brigasconto erotico fui cagar e o cachorro me comeu nao resisti e dei pro cavalo tambem zoofiliabuceta toda vabiada pornovamos lá tem uma loira chupando a b***** da outra na boa f***MULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomcontos eroticos meninascontos eroticos insesto na praiaDesvirginando a sobrinha de 18 anosbundinha cobiçado conto erótico gayContos eroticos-lesbica plugminha mulher puts molecada contoscontos eroticos minha mulher me mandou pra farracontos eroticos cegocontos eróticos de n********** dando para pau gigantesconto peguei meu marido estrupando a vizinhaconto a vizinha tetuda casou mas seu casamento t mauencoxando minha filha na viagemcontos fui comer o cu da minha esposa dormindo tava alagadocontos eroticos putinha video gameminha filha fudendo com nosso impregados contosContos quanto o cu quentacontos eroticos minha prima esculturalencostou o cotuvelo no meu peito fiquei loca conto eroticocontos eróticos gay primeira ves"Deflorada pelo titio parte i"contos eróticos comendo a coroa caipiraleite condensado papai me chupou contoslalargado na bucetacontos eróticos online pai tarado e filinha devassahttp://okinawa-ufa.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmla travesty gordinha me fez gozar sem tocar no pau comtos eroticosfodi amiga da minha mae vai mete vou gozar cotosChantageada e comida contoscontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorcontos eroticos virgem se masturbandoConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorrola na madrinha/contoconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandeCacetudos batendo punheta no alimentospiquinique em familia contos eroticoslencol conto heteroconto de meu avô rasgou meu cuEliana vai almoçar com Maísa fode fode vai fode fode fode meu c*encoxada bem arroxadaesposa cheia de porra na praia de nudismo casa dos contos