Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA ESPOSA ME AJUDOU A DISVIRGINAR SUA AMIGA.

Usarei nomes ficticios para o fato. Sou Carlos, 1,75, moreno, corpo atlético, casado com Laura, morena muito gostosa com 1,65 lindos seios e uma bunda linda e maravilhosa. Sempre fomos muitos desenrolados na cama, mas ela sempre foi muito ciumenta. Começamos a falar sobre o assunto de um menage, foi quando percebi que ela tinha curiosidade, mas não tinha coragem de me ver com outra mulher. Assistimos filmes, conversamos bastante sobre o assunto, o que tornou bem claro a minha vontade de comer ela e outra ao mesmo tempo.

Como sempre quando transavamos eu ia tocando no assunto e simulando possiveis cenas de como seria a três. Um belo dia, tive uma excelente surpresa: cheguei em casa do trabalho, e encontrei algo diferente; o Condicionador de ar estava ligado. Desci do carro e fui entrando. Já comecei a observar algo que não era normal. Tinha na sala uma fita de decoração (aquelas utilizadas para laços de presentes). Peguei a ponta da fita e sair seguindo. É certo que não estranhei muito, pois sempre faziamos joguinhos sexuais para apimentar a nossa relação, então logo pensei, deve ser mais uma daquela gostosa.

De imediato já entrei na brincadeira: Tirei a roupa e de pau duro, parecendo uma rocha acompanhei a fita. Alguns metros depois, encontrei amarrado a fita, uma calcinha, com um bilhete : "O conteúdo dessa embalagem, é exclusivo seu". Continuei a seguir, e mais um pouco à frente encontro um sutiã, com o mesmo bilhete. Segui mais um pouco, e agora achei estranho, encontrei outra calcinha, com ouro bilhete : "O conteúdo dessa embalagem também será seu".

Não me contive de curiosidade e tesão. Cheguei a porta do meu quarto, e tinha um bilhete na porta: "Querido, tire toda a sua roupa, entre e sá depois de sentar-se à poltrona, avise para que eu ascenda a luz. Espero que goste da surpresa". Fiz tudo de acordo com todas as intruções. Pense que tive a maior surpresa da minha vida, ao sentar-me e dizer estou pronto. Ao acender a lâmpada, tive uma das mais belas visões que um homem pode ter: Minha maravilhosa esposa de quatro na minha cama, ao lado da sua amiga, da mesma forma que ela, gostosa e de quatro para mim.

Laura, me diz com a maior cara de tesão: "Amor espero que goste da surpresa. É pena que vc vai ter que pagar um preço por isso, pois a Carlinha ainda é virgem, e vc vai ter que se contentar apenas em me ver brincando com ela".

Laura, sabia que Carla era virgem, e que mesmo sendo um mulherão, não tinha namorado, as vezes aparentando ser lesbica. O que a deixou mais segura, pois não teria tanto ciumes.

Quando fiz mençao de levantar, ela logo virou para mim e disse, espere sentando que a sua hora vai chegar. Logo em seguida começou a beijar o pescoço da Carla, que não perdeu tempo e começou a chupar os lindos seios de Laura. As duas ficaram naquela linda cena de beijos e carícias nos seios, até que a Carla, tomou a iniciativa de começar a tocar a linda (e nesse momento) enxarcada bucetinha de Laura. Vale lembrar que essa era a primeira experiência homosexual das duas. Ao ser tocada, Laura suspirou fundo e também não se fez de rogada, começou a tocar Carla da Mesma forma. Em poucos instantes estavam as duas em um lindo e alucinante 69.

Eu que até essemomento sá observava e tocava um punheta, não aguentei e pedi para entrar na brincadeira delas, foi quando Laura me chamou para compartilharmos a bucetinha de Carla, apenas chupando ela. COmeçamos a chupar e nos beijarmos ao mesmo tempo, revesando entre beijos chupadas na linda e virgem bucetinha e lambidas no cuzinho dela. Não demorou e Carla logo, gozou na nossa boca.

Laura parou e disse que queria gozar também, más qua não queria ser na lingua e sim no meu pau. Peguei coloquei ela de quatro preparei com uma bela chupada a dois, da mesma forma que havia feito com ela na Carla, e comecei a comer ela de 4. Ao perceber o quanto Laura estava gozando com aquelas penetrações, o quanto gritava de prazer, Carla ficou ainda mais excitada, pedindo para Laura chupar a sua bocetinha enquanto era fodida de quatro. Comi Laura e quando já estava quase gozando a Laura me pediu para não gozar dentro, pois queria mostrar a Carla o quão gostoso era o leitinho que tomava diariamente, e me fez gozar na cara das duas. Ao terminar de gozar observei as duas chupando uma a outra, para não perder sequer uma gota do "leitinho".

Fomos tomar um belo banho a três, quando as duas se afastaram um pouco e conversaram algo bem rapido. voltamos e deitamos na cama. Em seguida Laura disse que iria me pedir um favor. "Amor, me faz o favor de mostrar a Carla o quão gostoso é foder de 4". Como sabia que Carla era virgem, pedi para Laura pegar o KY, para poder comer o cuzinho da Carla,, foi quando a surpresa tornou-se ainda maior. "Ela não quer no cú não, ela quer perder a virgindade nesse seu pau". Não me fiz de rogado, e de imediato comecei a me preparar. Como já haviamos convencionado no nosso menage, não havia penetração sem antes uma bela chupada a duas linguas. Preparamos a Carla, e em seguida comecei a penetrar ela com todo o cuidado e carinho, até enterrar todo o pau naquela bocetinha, nunca antes penetrada. Enquanto eu a penetrava, a Laura, beijava os seus seios e boca, fazendo com que ela ficasse cada vez mais relaxada e excitada ao mesmo tempo. O resultado, perdeu o cabaço com um orgasmo multiplo. Ao terminar, passamos o resto da noite e do final de semana, naquela brincadeira de tesão, enquanto haviam dois acordados, tinha alguma forma de sacanagem rolando. Mas o resto do final de semana eu conto no práximo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html conto eróticos c afilhadavoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos glaucia cdContos eróticos de noracontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandoestava no banheiro minha tia entrou contos eroticosesposa amiga escrava conto eroticomenina na punheta contosmulher dando pra piazada contos erpticodde tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...gabriel o hetero proibido conto eroticos gayeu e a amiga da esposa contoContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelanegra sendo humilhada e obrigada a engolir vomitocontos gay fudendo com o desconhecido no terreno baldiofuder com padrasto contoscontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiadando banho cacula conto eroticos gayComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paiseduzi meu irmãobranquinha magrinha de cabelos caracolado danadinhaai que lambida contosContos erocticos dei comprimido ao velhocontos erotico esposa propoe procontos massagem na tiacontos eróticos- virei mulher do meu paicontos de casadas quer menagecorno safada do Pará corto eróticosVilma metendo dos friston sem ser em desenho o vídeo erótico metendo sem ser em desenhocontos eroticos meu sobrinho pauzudoconto irma com tesaocontos eroticos de amigas na florestacontos eróticos traficanteconto entreguei os pés da minha mulher para um amigoContos casada fui estuprada 6 e inda meu marido mim comeuiquilina pagando o aluguel com o rabao contostendo orgasmo de havaianas contosconto eróticos entre amiguinhas do colégio contos-fiz amor com minha irmabatendo uma punhenta para o marido sem calcinhaminha esposa nem desconfia que eu gosto é de rola contos gayContos eroticos de cunhadaseu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosContos erotico marido bracinho corno de negaocontos gay peguei meu amigo comendo um outrocontos eroticos de travesti com mulher com gemidos escritosrapidinha calcinha pro lado conto eroticomeu tio nem eu ter pelo na buceta e arregaçou elaconto carona com caminhoneiro minha bucetacontos eroticos de lolitos com tios de amigosfiquei com a buceta ardisa pela grossa rolacontos erotico com pintudo, fatos reaisminha filha chantagista contoscontos eróticos com fotos de menininhas sentadas no colodando mama para o vaqueiro no pasto contoscontos eroticos domia ele cospi nu meu cuconto erotico d menino dando a bj da por uma apostabarrigudos barbudos velhos contosContos eroticos primeira vez no puteiroContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidoumeu amigo pediu pra eu comer sua namoradacontos recentes incestuosas encoxada segredos flagradoscontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordaComtos eroticos dei pro tio jorge com pau minusculoconto de o tenente me chupou muito gaycontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzamoleque contos eroticoscontos eróticos do primo negrinho dotado chupando a buceta da primamulher gemeno danca de calcinha gemendoconto minha esposa só da se o cara for pauzudocontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoescontos eróticos de mulheres casadas tirando a virgindade da sobrinha bucetudacontos eroticos de travecocontoseroticoscabacinhocomendo cuzinho de elanycotos heroticos gay me comeu no riomelhores contos eroticos de incestos flagradoscontos mordidinha na buceta