Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A SECRETÁRIA DO LABORATÓRIO

A SECRETÁRIA DO LABORATÓRIO II

Descansamos, abraçadinhos e conversamos sobre vários assuntos e trocamos idéias, confidências enquanto saboreávamos nosso vinho. Beijinhos declarações, toques, caricias e fomos nos excitando. Ela adorando ficar passando as mãos em meu corpo e também punhetando meu pau enquanto eu também retribuía todas as caricias, lambendo, beijando todo seu corpo e chupando e enfiando a língua naquela xaninha cheirosa e apetitosa de grandes lábios.

Abraçados fiz ela vir por cima, deitada ela mexendo “Huuum com é gostoso sentir o roçar do teu pau nas minhas coxas, na entradinha na minha bucetinha. Isto que não tenho com o corno, é o que gosto também. Entendeu agora quando falei que sentia falta de namorar. É assim, gostoso, ser livre, solta e gostar de sentir mãos, boca e pau apalpar meu corpo.”

“Tesuda que você é. Gostosa, vem cavalgar no meu pau, sua safada deliciosa. Bota meu pau dentro da tua xaninha apetitosa, gulosa.” Ela mexendo com os quadris, pegou meu pau com a mão esquerda e foi colocando na raxinha. “Quero sentir ele entrando devagar, eu controlando a penetração do teu pau, me fudendo, me comendo gostoso.” Levantei-a pelos ombros, para que ela ficasse sentada com todo meu pau cravado dentro daquela buceta, enquanto ela, ora mexia pra frente e prá, ora rebolava com as mãos entre seus cabelos, deixando saltado seus belos seios de pontinhas durinhas, os quais alisaava, apertava e dava beijos, chupava e mordia e voltava a ficar totalmente estirado na cama com a égua rebolando. “Huum que pau gostoso dentro, no fundo na minha bucetinha, como é delicioso sentir este pauzão envolvido pela minha xaninha, adoro fuder, adora ser bem comida e amada.”

“Marina, mexe e rebola, mas também pressiona os músculos da tua buceta, apertando e soltando meu pau.”. Como era novidade este tipo de exercício para ela, o chamado pompoar. Ela não tinha noção, mas aos poucos foi fazendo e quando apertava meu pau, ainda com os músculos pressionados, levantava devagar e depois soltava os músculos e também como os músculos pressionados, fazia meu pau penetrar lentamente na sua bucetinha que mais apertava ficava. Minhas mãos percorria todo aquele belo e maravilhoso corpo moreno com marquinhas de biquíni nos seios e na cintura. “Deliciosa, você Marina, tesuda, quente molhadinha. Vira de costas e deixa te comer.”

Ela virando de costas,ainda com a mão esquerda no meu pau. “Você tem um espelho?”.”Tenho um grande na porta do meu guarda roupa, por que?”

Levantando abriu um porta central do guarda roupa e surgiu um espelho grande. Sentado na borda da cama, chamei-a para ficar em pé e de costas para mim. “Vem sentando devagar, sinta e veja meu pau fudendo tua bucetinha.” Ela roçava meu pau na entradinha daquela xaninha. “Tarado, safado delicioso” Enquanto ia descendo devagar envolvendo meu pau com sua bucetinha. “Ai que maravilha sentir e ver este pau me comer, seu puto, seu safado, me come, me fode, aperta meus seios, sou toda sua, quero que me fode mais gostoso, mete este pau na minha gulosa e quente buceta.” Meu pau todo dentro da xaninha, enquanto eu mordia, lambia, beijava todas as partes do corpo que aparecia na minha frente e minhas mãos apertava, acariciava o corpo daquela vadia, da mulher puta livre, solta e super tarada. “Quero gozar meu gostoso, meu macho, quero homenagear com todo meu gozo esta pau que me come, que me fode perfeitamente. Este pau que liberou,q eu soltou toda a puta que sentia dentro do mim, me fode, safado.Me come toda meu macho gostoso.”. E gozando ela deixou o peso do corpo contra meu peito. Deitei com ela ainda por cima e como meu pau ainda dentro na buceta. Dava estocada, tirava, passava meu pau nos lábios da buceta daquela fogosa mulher. Quando senti que gozaria novamente, sai debaixo dela, deixando deitada com as pernas dobradas fora na cama e ficando ajoelhado sobre ela, punheteando meu pau e pegando sua cabeça, pedi “Vem cá minha deliciosa puta, abre a boquinha, vou te dar leitinho quente na sua boca, bebe toda a minha porra, vadia, puta, cadela.” “Me dá leitinho, gostoso, quero beber tua porra, sentir ela descer minha garganta, sua puta vadia está sedenta de porra, não bebi, mas quero fazer tudo que meu amante delicioso pedir e quer que eu faça.” Aumentando o ritmo, gozei na boca da vadia, da puta com feição de inocência bebia minha porra sem deixar uma gota cair. Lambendo os cantinhos da boca, engoliu toda a porra e depois ainda lambeu limpando todo meu pau. “Delicioso, gostoso como é bom tomar tua porra quente, vou querer sempre agora.” Deitei sobre sua cabeça enquanto ela continuava a mamar meu pau que amolecia preguiçosamente.

Lasca

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


afilhada chorando com a pica do padrinho no cu - contos eróticosContos Eróticos de. Como Dei Para o Amigo do Meu Filhocontos eu tenho um bar e dei o cu pro meu freguês pirulito do titio contos inocenteConto erotico meu pai me cobiçandomulher amarrada no curral para o pone com elacontos eroticos sentei no hugoconto prima virgem da buceta ensopada dormindo na minha camacontos gemi grita olha corninhocontos eroticos de padrasto pegando de jeito a enteadaconto menor me comeutaboo estou apaixonada pelo meu filho sexo incesto contoscontos gay jogador de basquete novinhoconto erotico tomando banho com minha amigacontos de mãe fudendo a filha ninfetadoce nanda contos eroticosvoyeur de esposa conto eroticocontos de aluciando pela buceta peluda da maetravesti delicia de juiz de fora sendo enrabaconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos minha namorada virgemseduzudo e fudido contos gaycontos eroticos fui comida pelo meu inimigomeu amigo pediu pra eu comer sua namoradaconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos eróticos gay eu e mais um amigo brincamos com novinhofilho delicia contobrincadeira de lutar comi o viadinho. contoscontos porno pm mastruba minha mulher porno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhaContos eroticos chupando peito casais amigoscontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostouDotado arronbando garota 19 aninhoscontos eclxado a tia de sainhazoofiliacoroas boasnovinha falou que ia pozconto erotico enteada brincadocontos eroticos mamaram meus seios em quanto eu domiatranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html aregasando a b da nvistorias eroticas de zoofiliaMeu meio irmão do pau de chocolate contoscontos sexo.minha esposa hosana adora comer meu cutrepo com a enteada dormindocontos eróticos de professoras gostosas transando gostosocontos eroticos namorada casa de praiaContos eroticos pais liberais.comvedio porno torcado pau no cu safado velhos dormindo novinhatomates conto heteroconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cucontos eróticos minha sobrinha de babydollConto exibicionismo sem sutiãsafada pediu pro tio pauzudo gosa dentroque enganaram e comeram meu cu sem pena contosconto porno mulher gosta pau 25cmcontoseroticos chupando pica cheia de sebobochechas da bunda da minha irmãSeios enrrigecidos da minha esposaCasada narra conto dando o cuconto eróticos extremosconto erótico meu padrinho me estuproucontos eroticos de incesto de pai pasto e filhacontos eróticos bunda enorme.e os bandidostrepando pau sua p*** prepara para o sábadocheirei a calcinha fedorenta contos eroticosminha tia querida bota roupas curtas e eu fico com tesão doido pra comer ela mais tenho vergonha o q façocomendo meu cunhado gay conto part 1Historias erotica de pai que da castigo a filhadei o cu pro pastor,contosContos eroticos chupando peito casais amigosconto cine porno gay Recifeconto erotico incesto sonifero filhafilme porno de saia curta botando uma pomba no cu e clorandocon erotico comi lora greluda por 10 pilacontosminha primeira vez lesbicaenfiaram uma bucha no cu do estuprador