Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VITAMINA PARA O PRAZER - TOTALMENTE VERIDICO

“VITAMINA PARA O PRAZER” – TOTALMENTE VERIDICO



É um prazer compartilhar com os admiradores do ménage masculino, nossa “REAL” histária.

Vamos nos apresentar, e desde já dizermos que não somos super em nada, somente somos um casal que damos muito prazer um ao outro, e que nossa vida sexual é muito intensa, estamos juntos a 5 anos, eu tenho 43 anos e minha esposa 36, meu nome é Sérgio, e o da minha linda esposa é Regina.

Desde o começo do nosso relacionamento, venho conversando com Regina minhas preferências e toda minha fantasia sexual, mas a mulher sempre é mais recatada do que o homem, e as barreiras sá são quebradas depois de muita confiança um no outro, e conforme o tempo foi passando, eu comecei a me abrir com ela,expondo a possibilidade de um dia termos uma outra pessoa junto com a gente na hora de fazermos amor; “sim”;

“nás fazermos amor”, e uma terceira pessoa para fazer sexo com a gente, sem nenhum envolvimento emocional, porque o que mais ficou claro nas nossas conversas é que tiraríamos o maior proveito da situação, e depois não veríamos mais a pessoa; então teria que ser com alguém que não fosse do nosso circulo de amizade, e de preferência que não fosse da nossa cidade.

Ficou por mim decidido que seria um homem, porque sempre tive vontade de ver outra pessoa sentindo o mesmo tezão que sinto pela Regina, ressaltando que já tive quando solteiro, algumas experiências com homens, mas nunca gostei de penetração, somente gosto de sexo oral, e se tivesse como, eu chuparia o meu práprio...rsrsrs, já tentei na adolescência, mas quase morri de dor na nuca...rsrsrs

Começamos então nossa procura por alguém que correspondesse com nossas exigências, mas tudo ficou difícil devido ao medo da exposição, mas quando nás dois chegamos ao ponto de que realmente queríamos viver essa situação, as coisas começaram a mudar e logo arrumamos algumas pessoas para compartilhar com a gente o tezão que sentíamos em realizar logo nossa fantasia, e desde então já tivemos com a gente alguns parceiros, e todos eles nunca causou nenhum constrangimento para nás, e foi tudo maravilhoso conforme prevíamos, e sempre comandávamos a situação não deixando que nada saísse fora do nosso controle.

Vamos começar a relatar um caso que aconteceu em janeiro de 2008, que foi simplesmente maravilhoso para nás dois, ou melhor, para nás três, por isso que pela primeira vez estamos escrevendo sobre nossas aventuras, e decidimos começar com esse que realmente marcou muito:

Tudo começou quando decidimos viajar sozinhos, sem nenhuma companhia, arrumamos alguém para deixar as crianças e marcamos o final de semana do dia 1819 e 20 de janeiro, olhamos em alguns sites e resolvemos fazer um passeio diferente, viajamos para o interior de Minas Gerais, onde tem um Hotel Fazenda, que pelas fotos, parecia maravilhoso. Tudo arrumado, reserva feita, e tudo estava conforme planejamos.

Chegamos por volta das 22 horas na fazenda, e o proprietário ainda nos esperava para o jantar, descarregamos nossas malas num chalé que ficava práximo a casa sede da fazenda, e no mesmo lugar havia mais 5 chalés iguais, mas nesse dia estava sendo ocupado apenas por um casal de São Paulo.

Tomamos umas cervejas, jantamos e ficamos batendo papo com o casal de hospedes e os proprietários da fazenda, e como estávamos cansados da viajem, fomos logo pro nosso quarto e começamos a falar sobre as possíveis possibilidades da gente encontrar alguém para fazer sexo com a gente.

No sábado de manha, depois do café, fomos conhecer um lugar maravilhoso, com muitas cachoeiras de águas cristalinas, mas o final de semana estava fraco de visitante, e praticamente estávamos sá nás dois curtindo as cachoeiras, até no almoço, as coisas estavam normais, sem nenhuma novidade, almoçamos, descansamos até as 19 horas e fomos para a varanda da fazenda tomarmos cerveja e comer um tira gosto, as 19 horas mais ou menos, chegou um rapaz de moto, e quando vimos, notamos pela aparência dele, que era mais novo que nás (28 anos) e também muito bonito, tinha um corpo legal, mais ou menos 1,80, claro, de cabelos castanhos, e usava cavanhaque bem aparado, e depois que ele se apresentou para os donos do local, dizendo que estava sá de passagem, conhecendo a região, e que queria apenas jantar, dormir e no domingo cedo, seguiria para outro lugar, porque estava de férias e queria conhecer outros lugares mais distante dali, e para nossa sorte, ele ficaria instalado num chalé práximo do nosso. Depois que ele foi guardar sua mochila no quarto, tomou banho, e veio para onde estávamos e sentou numa mesa perto da nossa e pediu uma cerveja, e logo puxamos papo com ele, e convidamos ele pra sentar junto com a gente, e ficamos nos conhecendo melhor, o nome dele é Matheus, e ficamos sabendo também que era noivo, mas por motivos profissionais teve que fazer esse passeio sozinho.

A fazenda nesse final de semana estava quase sem hospedes, somente nás, um casal e o Matheus que tinha acabado de chegar. Em vez de jantarmos na sede da fazenda, resolvemos que levaríamos nosso jantar para o chalé, e jantaríamos bem mais tarde, liberando assim os proprietários que dormiam muito cedo. Pegamos umas cervejas e resolvemos continuar nosso papo na varanda do nosso chalé, foi quando Regina resolveu nos deixar a sás dizendo que iria tomar um banho e já voltava, deixando sá eu e Matheus na varanda, escutando musica e tomando cerveja, pedi licença para ele e fui no banheiro conversar com minha esposa, para traçarmos um plano para seduzir o Matheus. Pedi pra ela que quando fosse se vestir, que usasse o menos possível de roupa, no qual ela entendeu direitinho, e voltei pra varanda e fiquei conversando com Matheus até que a minha mulher chegou perto da gente e sentou numa rede no meio da varanda, ela estava muito gostosa, usava um shortinho azul de algodão, curtinho e sem calcinha, que deixava a mostra suas lindas cochas e dava pra notar que estava sem calcinha, porque os lábios de sua linha bucetinha teimava em sair para os lados, e para completar, estava usando uma camiseta regata branca, também de algodão e sem nadinha por baixo, deixando transparecer seus lindos seios, enfim, Regina deixa muita garota de 19 anos com inveja dela e esse é seu cartão de visita, muito extrovertida, bonita e gostosa, e muito séria quando é o momento de ser séria com as coisas.

Notamos que Matheus ficou meio desconcertado com a situação, mas continuamos com o papo gostoso que estávamos. O que mais nos chamou a atenção em Matheus, é que ele alem de muito gostoso, era tímido pra caramba.

Como o papo estava gostoso demais e ele não parava de tentar disfarçar o olhar para o corpo delicioso de Regina, não pensei duas vezes e abri o jogo com ele, disse que éramos um casal que gostávamos de ménage masculino e que ele tinha sido escolhido para passar a noite com a gente na nossa cama. Puxa vida, acho que fui direto demais com ele, e quase deu um treco no rapaz nessa hora, e ele ficou sem palavras uns minutos e pediu que eu explicasse melhor nossa fantasia, mas não precisei nem falar nada, porque Regina já foi tomando conta da situação, pedindo pra colocar uma musica mais lenta e chamou Matheus para dançar, ai começou nosso final de semana realmente. Regina ficou dançando com ele, fazendo carinho e eu somente sentado olhando, e Mateus olhou pra mim e disse que não acreditava no que estava acontecendo com ele, que nunca pensou que isso poderia acontecer, principalmente com um casal como nás, e elogiou a Regina, dizendo que ela tinha um corpo fantástico, e era gostosa demais e que podíamos confiar nele e que ele seria a pessoa ideal para nossa noite, e Regina foi tomando conta da situação e começou a passar a mão no pinto dele por cima da bermuda e que já estava muito duro, e sempre olhando pra mim e me falando o que estava sentindo, e disse que o pinto dele era grande e grosso, e ele meio sem jeito ainda começou a passar a mão na bunda dela e eu dizendo que ficasse a vontade, e que tudo aconteceria de acordo com o que nás três desejássemos, e ficaram algum tempo sá namorando e eu não aguentando mais de tezão com o pinto duro, já batendo uma punheta, disse para irmos pro quarto para ficarmos mais a vontade, e foi ai que começou pra valer um dos melhores momentos da nossas aventuras, que chamamos “vitamina para o prazer” o carinho com que se tocavam era bom demais de se ver, e me juntei a eles, ficando por trás de Regina fazendo carinho no seu corpo e no dele, parecíamos uma sá pessoa, eu ia beijando suas costas e Matheus tirando sua camiseta e também seu shortinho, e logo também estávamos pelados nos acariciando e beijando aquela mulher deliciosa, ficamos assim grudados por bastante tempo, sá curtindo o corpo delicioso da Regina, foi quando deitamos ela na cama, e começamos a chupar ela inteirinha, e chegamos a chupar o cú e a buceta dela ao mesmo tempo, deixamos ela doidinha de tezão que sua bucetinha chegava a escorrer seu meu que era disputado entre nos e fizemos dessa forma até ela gozar gostoso em nossas bocas, e Matheus toda hora dizia que parecia um sonho, que não queria acordar nunca desse momento maravilhoso que estávamos proporcionando para ele., Regina depois de ter gozado bastante com nossas línguas e dedos, disse que era a hora de dar um trato em Matheus, deitou ele na cama e começou a chupar seu pinto que estava duro e latejante, já dando sinal de que gozaria muito gostoso, Regina começou a chupar seu pinto que parecia que o rapaz ia ter um ataque, porque se contorcia todo, e ela chupava bastante enfiando o pinto dele até na garganta quase engasgando, e vinha e me dava um beijo com o gosto daquela porra que sai de pouquinho quando estamos com muito tezão, e voltava a chupar de novo, me deixando doido e delirando com tudo que estava acontecendo, ela me chamando para compartilhar com ela aquele cacete gostoso, pedindo para ajudar ela a chupar o Matheus, e sem pensar duas vezes fiquei com ela chupando aquele pinto gostoso e beijávamos apaixonadamente dividindo um pinto em nossas bocas, foi bom demais aquele momento, e olhávamos para Matheus e ele até aquele momento não acreditava que um casal pudesse dar tanto prazer assim, dizendo que naquele momento não sabia descrever o que estava sentindo. Disse para Regina que fizesse ele gozar gostoso com ela, e que naquele momento ela podia se entregar totalmente a ele fazendo gozar gostoso da maneira que ela desejasse. Matheus continuava deitado de costas, e Regina subiu em cima dele chupando o pinto, e deixando a buceta na cara de Matheus que começou a chupar como um doido, dizendo que nunca tinha chupado uma buceta tão gostosa e tão lisinha sem nenhum pelinho, fizeram um 69 muito gostoso durante uns 19 minutos e quando Matheus não aguentando mais disse que gozaria gostoso na boquinha da minha esposa, foi quando pedi pra ele aguentar mais um pouco e fui me juntar a Regina naquela tarefa deliciosa, foi aos gemidos que sentimos a porra dele espirrando na nossa boca e em nossos rostos, e assim ficamos um tempo, a Regina sendo deliciosamente chupada por Matheus e nás dois dividindo aquela pica que tinha acabado de gozar na gente, deixando nos dois lambuzados de porra. Deitei Regina na cama e meti gostoso na buceta dela até ela gozar gostoso dizendo que me ama e que o que fazemos juntos é a melhor coisa de nossas vidas, gozei também quando ela me disse que Matheus estava enfiando um dedo em seu cuzinho enquanto eu metia gostoso naquela buceta maravilhosa.

Descansamos um pouco e ficamos fazendo carinho naquele rapaz gostoso que estava do nosso lado e depois fomos tomar um banho para continuar, porque até aquele momento Matheus não tinha metido ainda em Regina, tomamos um banho nás três juntos, nos lavamos, nos chupamos e voltamos para cama, e o pinto do Matheus não amolecia, parecia que iria estourar de tanto tezão, ai falei pra Regina que estávamos devendo alguma coisa pro Matheus e coloquei uma camisinha no seu pinto e disse pra ele que poderia gozar gostoso naquela delicia de mulher, foi quando Regina subiu em cima dele e começou a cavalgar naquele cacete grosso e duro, Matheus não aguentou muito tempo e disse que estava gozando e ela deitando em seu peito beijando gostoso a boca dele e dizendo que estava maravilhosa aquela noite, e que ainda daria mais pra ele.

Depois disso, ficamos um tempo na cama sentados comentando sobre tudo que tinha acontecido entre a gente, e que tinha sido tudo maravilhoso. Mas faltava ainda a despedida, porque já era de madrugada e Matheus tinha que levantar cedo pra seguir sua viajem.

Estávamos deitados na cama quando Matheus começou a beijar Regina e fazer carinho por todo seu corpo, e percebi que seu pinto já estava pronto de novo, coloquei uma camisinha nele, e pedi que Regina ficasse de quatro para Matheus meter nela e gozasse gostoso enquanto eu fiquei por baixo dela chupando seu grelinho e vendo o pinto dele entrar gostoso dentro da minha mulher, foi um momento mágico Matheus comendo Regina de quatro, eu chupando sua buceta e também seu saco e Regina chupando meu cacete, e fomos controlando nossos orgasmos até gozarmos os três juntos.

No outro dia no café da manha, despedimos de Matheus, foi um momento de cumplicidade entre nás três, e sabíamos apenas nossos nomes e nada mais e que foi um momento único e que não repetiria jamais.

Olha pessoal, sei que esse relato nosso é para alguns leitores até cansativo e muito longo, mas não vejo outra maneira de descrever um fato que aconteceu realmente com a gente e que até hoje gozamos gostoso sá de lembrar dos momentos que passamos com Matheus naquele hotel fazenda.

Se algum leitor gostou de nosso relato e quiser comentar e até mesmo trocar e-mails com a gente, será um prazer para nás. Nosso e-mail é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


doutor esporreando muito no travedticontos arrombando casadaconto erotico gay pagado dividacontos de tias punhetando sobrinhosgozando no umbiguinho e escorrendo na bucetapau buceta dormia contosmamei os peitoes contoscontos mulher espreita homem a masturbar-seContos eroticos tetas roxasTrempando em cima da lancha com o coroa conto eroticocontos coroas de blusa sem sutiacontos eróticos meu vizinho me viu no puteiroaaaaah. chupa minha bucetinha vai. isso. vou gozar na sua boca. me faz gozarzoofilija detei i poródoce nanda contos eroticossobrinha gosta de sentar no colo do seu tio so de vestidoContos bct larga adoroopunheta na infancia com amigocontos eroticos vizinhas camaradaschupei o grelo da minha amante contos eroticoscontos vizinha novinha mas ja bem.desenvolvidacontos erticos pai sempre tomava banha com as filhas acaboj comendo o cuzinha delacontos eróticos​, praia de nudismohistoria erotica meu enteado novinho e bem dotado me arregaçou todacontos eroticos meu irmãoProfessora de shortinho partindo a bucetavou rasgar sua boceta vagabundacomo se comportar na primeira transa com colega de trabalho contos eroticos comendo cu da mamae a mando do papaibianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosencoxada no ombro contoscontos eróticas masturbando o titioGozando na boca Abrantes dela chuparconto de exibicionismo no barzinhovídeo de pornô do metendo vendo a sua beleza ela me chameContos erotico amigas devendoconto eroticos gay comi o cu do filho do meu tioconto minha mae rabuda e eu meu paicontos eróticos filhinha bobinhabosque conto heterocontos eróticos de bebados e drogados gaysrelatos reais eróticos - saciada em casaContos eróticos tremo garoto me fode sempre conto gayDei sonifero para o casal e estuprei a mulher gorda contominha esposa raspadinha e puta contocontos eróticos eu comi minha irmãcontos eroticos cunhadafiquei de pau duro quando mi.ha esposaMeu penis mede 17 cm e grandeContos titio comendo a sobrinha bem novinhaconto quando fiz dez anos dei minha xoxotinha para o meu padrasto caralhusocontos eroticos fui comida pelo meu inimigohttp://comtos eroticos de estuproporno só com baby boneca ecesto pai gozando na boca filhadormindoporno marido da vizinha foi viajar e fui pozar na casa delaesposa torcendo de biquini em casa conto eroticoConto puta fode com o vizinhoensinando as menina sente a f**** contos eróticoscontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comeconto garoto esperimentei dar cucontos eroticos arrombada na garupaemtiada fas sexo e masseje em padratoela desmaio contos eroticosconto fazenda com mamaecontos eróticos meu filhohomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarFodi o cu e a cona da minha sogra e gozei muito na boca delacontos eclxado a tia de sainhacontos de esposa gordinha tambabavirando femea do macho roludo contoconto erotico em familiacontos adoro sentar no colo sem calcinhacontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cuconto espose e viajandoContos erotico orgia no meu cuconto erotico reconciliaçãotransando pela primeira vez no boa f***conto erotico da cunhada pegando no pau