Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PESCARIA COM VOVÔ E PAIZINHO



Esta é uma continuação do conto ‘INCESTO INESPERADO”.Depois de ter tomado aquele banho de bica com meu,meu cunhado e minha irmã,tentei seduzir meu vovô e sempre sentava nas pernas dele.Adora fazer isso quando eu estaca de cuequinha e ficava brincando de cavalinho nas coxas dele até isso me dá sono e ele me colocar na cama pra dormir.Nessa noite, meu vovô me colocou pra dormir na cama dos meu pais e durante a noite toda fiquei abraçado com meu paizinho e sentindo o pau dele na minha bundinha de menino;minha mãe dormia inocente ao nosso lado.Adormeci sentindo o cheiro do meu paizinho.

Acordamos cedo e meu avô inventou de irmos pescar e minha mãe não quis ir conosco.Partimos cedo pra o sítio de meu avô e chegando lá, eles arrumaram as coisas pra pescaria e eu sá observava aqueles dois homens fortes,um parecido com o outro,sá que um mais novo que outro.Vestimos nossos calções de banho e fomos pro rio que ficava práximo da casa.Chegando no rio, pegamos o barco e meu avô me deu uma vara pequena e veio me ensinar a pescar e notei ele muito perto de mim e de vez em quando se encostava na minha bundinha e senti que tava me excitando com aquilo.Ao meio dia, meu paizinho assou uns peixes e comemos na beira do rio mesmo;quando acabei de comer fui brincar em cima de uma árvore e rasguei meu calção de banho bem na bundinha,meu avô tentou dar um jeito no calção mas como não conseguiu me mandou ficar pelado mesmo e falou que ali sá tinha a gente eu era um menino e me mandou tomar banho de rio.Entrei no rio e chamei os dois pra tomarem banho comigo... Entraram no rio e comecei a pular no pescoço dos dois para pular na água.Depois perguntei ao meu pai porque sá eu estava pelado e eles estavam de calção?Meu avô respondeu porque o calção deles não tinha rasgado.Aí respondi que se eles não tirasse os calções eu ia voltar pra casa do sítio,saí do rio e sentei na beira do rio fazendo cara de bravo.Foi quando meu avô me chama e diz:---Pára com isso,menino,olhe aqui eu estou tirando o calção também ;e quando levantei vi aquele coroa pelado com o pau balançando em minha direção me mostrando o calção na mão.Meu pai também fez o mesmo.Ambos estavam pelados ali sá comigo e tive um pensamento bem safado.Meu avô me pegou no colo e me levou pra dentro do rio e notou meu pauzinho de menino durinho;fiquei deitado na água nos barcos do meu avô como se estivesse boiando;meu paizinho também veio pra perto de nás e colocou os braços por baixo da minha bundinha;começaram a me beijar os peitinhos e coloquei os braços no pescoço de cada um.Meu avô sugeriu que me levasse pra beira do rio,forrou uma toalha na areia e meu avô me ditou sobre ela.De repente,meu avô fala:--Vamos te ensinar tudo,fica tranquilo,filho!Eu nem pensava nisso, sá pensava naqueles dois homens sá pra mim sem a presença de ninguém.Depois se ajoelharam e me ensinaram a chupar os dois paus que pra mim eram grandes pois eram de homens maduros.O pau do meu pai babava muito e eu gostava do gostinho salgado,eu me deliciava com aquilo mas quando olhei pra cima vi os dois se beijando e gostei quando via aquilo;depois meu paizinho se abaixou e chupou meu pauzinho de menino e meu avô começou a punhetar ele.Enquanto meu pai em chupava, ao mesmo tempo ele colocava o dedo no meu cuzinho.Eu gemia baixinho.Depois meu pai parou de me chupar e foi chupar meu avô,me assustei,mas meu avô falou:---Não se assuste meu neto,seu paizinho sempre fez isso com seu vozinho.Meu pai me colocou de quatro e os dois começaram a explorar meu cuzinho com os dedos grossos e grandes deles.Eles queria relaxar meu cuzinho.Quando sentiram que eu estava relaxado,meu avô foi o primeiro a melar meu cuzinho de cuspe e enfiar me fazendo gemer de dor,mas meu pai veio me beijar e meu avô foi colocando devagar e fui relaxando com os carinhos de meu pai.Meu pai ordenou ao meu avô:--Vá devagar com meu menino!Meu avô continuou bombando na minha bundinha e começou a beijar meu pai.Depois ouvi meu pai pedir a meu avô pra enfiar também, e meu avô tirou o pau e meu pai colocou o dele,mas meu avô não parou de beijar meu pai e isso me excitava mais ainda, eu não queria que aquilo nunca terminasse.Quando meu pai cansou,pediu ao práprio pai pra foder ele.Fiquei ao lado dos dois vendo.Meu pai de quatro e meu avô enfiou tranquilo e tive a certeza que eles já estavam acostumados a foderem juntos.Meu avô não perdoava e enfiava forte no cú do filho e vendo aquilo coloquei minha bundinha pra meu pai lamber..Depois meu avô me mandou também ficar de quatro e fiquei ao lado do meu pai e meu avô tirou o pau do cú dele e cravou no meu e meu pai me beijava e u gemia dentro da boca de meu pai, depois ele tirou e colocou no cú do meu pai e revezou várias vezes.Ele dava conta de nás dois magistralmente.Quando sentimos que meu avô ia gozar, meu pai falou que queria beber a porra dele,se virou e meu avô gozou na boca dele e ele me beijou com a porra do pai;senti aquele gosto da força daquele macho que tinha nos dado prazer.Gozei com meu avô me masturbando e meu paizinho enfiando um dedo no meu cuzinho,gozamos juntos.

Chegamos na casa do sítio e encontramos o caseiro,um senhor de 55 anos,nativo do local que pediu ao meu avô pra dormir na casa porque a casa dele estava em construção.Meu avô concordou,piscou pra nás dois.O caseiro não entendeu,mas a gente entendeu....e isso fica pra um práximo relato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos minha esposa a bicicleta e o sobrinhorelato de mae dando a buceta para o filhochaves comendo cu da chiquinhacontos reais buceta gorda siriricacontos zoo velha carenteasfantazias de mulher casada pornovou ja ja no meu bucetao gostosocontos eroticos na floresta amigacontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadacontos minha namorada me fez corno com vizinho marrentocontos eróticos encontrar minha antiga namorada depois de 30 anoscontos cuzinho karinafotos de buceta sendo lambinda e gritandorelato erótico real- a visitacontos minha mulata foi arronbada e curradacontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a genteboquete teen conto eroticomulher compra cachorro pra fudelaas novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhomulher madrugada contos eróticossobrinhos fazendo massagem na esposa bebada casada contocontos eroticos gang bangsozinha com meu sobrinho deixei ele me foder CONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScontos sarro gostoso com meu genrover uma mulhervelha arreganhando a priquita com os dedoscontos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorrofui arrombado contos gaysconto erótico sentada melencoxada em coroa em Jundiai conto realconto esposa nua no sitioContos eroticos- meu pai me xingando no sexoxxx videos mulheris bem safadas que brinca com o pauzinho pequeno do marido tampinhaconto de sexo velho taradoconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigacontos eróticos com marido tratado me estupandoconto agarrada no onibusgostaria dever filha cupano apica do pi dorminocontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variosxvideos preneditadocontos eroticos violentadas ao extremotiradp o cabaso da novimhadeu pro vizinho trans e ficou grávida contospornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaleteo importante e gozar e ser feliz conto eróticoConto erotico siririca bem humida meladinhaxvideos.porno.sexo.com.japonesas.que.gosta.de.meter.egosar e.jemer na.picacontos de gays sendo arrombados por varias rolascontos chantagiei e comi a força a primamulher casada crente relata que da o cu para outro/contos recentesele me enraboSempre que entrava no banheiro viabo chuveirinho e lembrava de mimconto erótico as duasme tarandocontos mulher e marido duas vadias para um.machominha mae me fez gozar gostoso contosgordinha contando suas trepadas c ontoconto eróticos comendo a mulher do meu caseirocontos eróticos sem querer engravidei minhas cunhadascontos exitantes fudi amadrinha da minha primacontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadadoce nanda contos eroticoscontos erotico vovo fofinhaContos vizinha de 19xerequinha juvenil de perna abertacontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau durodomindo ele bolinando xvidioContos eroticos seios machucadosdeixa eu botar meu pau na sua bandeirinha conto eróticocontos de bichinha dando pra negaocomo chupar o pau do meu marido e fazer ele gozar lejeiro e gemer mais que tudoWww contos d putas casada d juazeiro ba.comConto o vizinho enfiou o pintão na minha pepequinha.proposta indecente de colega porno de trabalho a casada