Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MASSAGISTA DO ESTAGIO

A Massagista do Estagio



Ola, caros leitores. Meu nome é Robson (fictício), tenho 25 anos, 1.75, 90kg e uns 19 cm de pica e moro no Rio de Janeiro. A historia que vou contra agora é verídica (todas serã o), então vamos a ela e espero que gostem!

Tudo começou quando comecei a fazer estágio em uma clínica no Catete. Sou formado em fisioterapia e na época estava no terceiro período. Nesta clinica havia uma massagista que era uma delícia, uma preta de 1,65 63 kilos uma bela bunda sem muito peito e um cabelo encaracolado até os ombros. Ela tinha 34 anos era casada, até tinha uma filha, e seu nome era Ana (fictício). No início não tínhamos muita intimidade e sá conversávamos sobre assuntos corriqueiros. Mas depois de um tempo em uma de nossas conversas surgiu o assunto sexo e ela disse que não transava muito e quando transava era o básico pois o marido dela era uma pessoa muito reservada e não variava muito as posições. Perguntei se ela nunca havia ficado com um negão e ela disse que não, ate porque casou muito nova e não teve muitas experiências sexuais na vida. Então eu disse a ela que o dia em que um negão pegasse ela de jeito ela não iria querer saber de outra coisa, e disse que se ela quisesse eu poderia ensiná-la a fuder direito.Ela topou na hora (por incrível que pareça) e disse que era sá marcar o dia. Era melhor aos sábados porque alem da clinica ela atendia pacientes particulares.

Nos encontramos num sábado às 14:00 na Tijuca e fomos direto para o motel.Chegamos no quarto ela foi tomar banho e eu fiquei sá de bermuda deitado na cama vendo um filme de sacanagem sá para aquecer. De repente ela sai do banheiro enrolada numa toalha... vou ao seu encontro e dou um beijo daqueles envolvendo sua cintura com meus braços e puxando levemente seu cabelo.Quando tirei a toalha ela estava sem sutien com uma calcinha amarela toda enfiada no rabo e de lacinho. Aquilo me deixou com um tesão incrível e minha pica sá faltava explodir rasgandio minha bermuda. Se4ntei na cama deixando-a de pé na minha frente beijando sua barriga. Tirei os laços devagar expondo sua buceta raspadinha e dei um molhado beijo nela...virei-a de costas e vi uma bunda linda! Apertei, abri e beijei seu cuzinho seguindo com uma lambida.... levantei da cama e botei ela de quatro com a buceta virada para o espelho e de frente para min e fui tirando a bermuda e depois a cueca expondo meu membro duro como rocha e ela disse: Nossa!, eu disse : o que foi nunca viu um desses? Ela disse: não, o do meu marido e bem menos, vc vai me arrombar! Eu disse: calma amor, te arrombo com carinho! Então ela começou a chupar gostoso... mal cabia em sua boca, lambeu meu saco, passou na cara, eu disse: isso piranha, chupa essa pica q vai te comer! Deixa ela bem molhada cahorra, hoje tu vai fuder de verdade!

Mandei ela deitar e fiquei entre as pernas... fui beijando seu pescoço..barriga, parte interna da coxa ate chegar na buceta... comecei com uma lambida geral do cu ate o clitáris fazendo ela soltar um gemido... fiquei sá massageando o grilinho com minha língua enquanto dedava devagar para alargar um pouco pois ela era apertadinha...virei-a de quatro e tome linguada no cu, ela gemia,gritava dizendo: vai meu preto gostoso chupa esse cu e essa buceta vai, faz o que meu marido não faz vai!... depois virei-a de frente de novo, posicionei minha pica e fui metendo devagar... senti a minha pica arrombando-a a cada centímetro que entrava... segurei la dentro um pouco depois comecei a bombar devagar, ela gemia muito gostoso dizendo: ai caralho que piroca gostosa, me fode porra, me arromba caralho, vai meu preto gostoso come essasua puta come!... isso me deixava com mais tesão e eu ia metendo mais forte... virei-a de lado e deitei ao seu lado fudendo de ladinho beijando e mamando seus peitos, fudi bem aquela piranha...depois mandei ela ficar de bruços expondo aquele rabo de novo abri suas pernas e meti gostos, sua buceta já tava arrombada, lubrificada e querendo mais pica... deitei em cima dela chupava sua orelha dizendo: ta gostoso puta ta, e assim que se fode o piranha, toma vara na buceta toma! Gemíamos como loucos, depois mandei ela ficar de quatro, caralho que rabo bonito, segurei firme na cintura e meti ate o talo fazendo ela gritar! Ela dizia; porra assim eu vou querer todo sábado, tu fode muito cachorro! E eu metia como louco, bombando rápido depois devagar massageando a buceta com minha pica. Segurei- a pela cintura sem tirar a pica e fui levantando da cama ate ficar em pé no chão... comi ela de pe sem apoiar em nada, ela ficou louca, nunca tinha sido comida assim! Tenho coxas fortes e aguento bem... depois apoiei no espelho e continuei metendo com ela no meu colo. Tirei a pica sentei na beira da cama, mandei ela virar de costas e sentar gostoso, não e que a puta rebolava bem?... apoiou na minha coxa e sentou como uma louca engolindo minha pica ate o talo, eu puxava seu cabelo e batia na sua bunda e chingava: vai cachorra senta nessa pica o vagabunda! Fode esse pau preto que tu gosta! Virei_a de quatro na beira da cama sem tirar minha pica e meti com vontade.. ela disse que estava quase gozando dizendo: vai gostoso me fode que eu to quase gozando! Vai porra! Eu disse: goza na minha pica vagabunda! Mela essa piroca com a tua porra vai! Ela disse ai, ta vindo mete, mete! mete! Aiiiiiiiiiiiii! E caiu sem forças na cama. Virei-a de barriga para cima e disse : agora e minha vez! Meti devagar enquanto ela se recuperava.. depois fui aumentando... quando estava quase la, tirei a pica e enchi sua cara de porra com 3 jatos de gozo quente e espesso! E cai ao seu lado.

Ela disse que gsotou muito e que iria querer mais aulas como aquela. Eu disse que podíamos nos encontrar com frequência, mas aconselhei ela a não mudar a postura na cama com o marido se não ele ia perceber. Ela perguntou se eu já tinha ensinado muitas outras mulheres casadas, eu disse que não muitas mas que eu era novo mas não era muleque. Tomamos um banho, fudemos mais um pouco e fomos embora! Ficamos nos encontrando durante um certo tempo mas depois sai do estagio e perdi o contato com ela.

Espero que todos tenham gostado. Favor enviar comentários para: [email protected] Mulheres do Rio de Janeiro querendo uma boa foda ou apenas uma amizade enviem e-mails e podemos nos conhecer melhor. Ate breve!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


iquilina pagando o aluguel com o rabao contosConto erotico comendo gordinha durante colheita do cafécrossdressing miudinhagoza nuoutro egravidadoce nanda parte dois contos eroticospassou a pamadinha e epurrou no cu da esposaContos to gravida de um travesti meu marido arrumoucontos eroticos de sogras na faixa 47 anosxvidio preza na ilhaquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************Contos eróticos irmã peludarelatos comi a casada na marramua mulhes supano amiga abuseta pigano galacontos eroticoso titia chupa sobrinhaContos eróticos comi minha imagina sem camizinha e ela engravidoueu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestomeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contoconto sobrinho engravida tia casadacontos esposa nua frente familiaEncoxador contosconto branquinha casada trae com negoesconta erótico minha mulher dando o cuzinho pra mais de dez homens num cinema pornoaproveitam da inocência da mulher b******* na academia conto eróticocontos sogra olhando em direção ao meu pintocontos a filhinha de fii dando p i papaimeu professor meu namorado contos gaycontos eroticos filho fez chantagem e comeu a maecontos eroticos o faxineiro comeu minha mulher parte 2Contos eroticos voyeurpunheta pro sobrinho contos eróticoscontos cavalonas apaixonadascontos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolasmulher do meu amigo fudeno comigo na casa deleo comi minha filha pensando que era a minha mulhermeu cuzinho desvirginadoContos erotico eu e minha tia no jogo da garrafacomi meu aluno lercontos curtpsconto minha mulher e um cao d rua fodendoDei meu rabo e não me arreoendoconto erótico fui adotadaprimo comendo a prima vanessa conto eroticotoda loira gosta de um negão contos eroticosFudeer minha avotirei a virgindade das priminhas inocenti contos eroticoscontos eroticos minha sogra de calcinha rendaganhei carona mais tive que engolir porraconto erotico esposa trilhanovinha safada pagando boquete para mototáxi de coraçãocontos eróticos com vizinhaa piriquita da theulma moreninhavelhos idosos gays chupando rola e dando o cu x hcavalogozou forte na boceta da safadaminha tiade fio dental exibidacontos de rasgando o cuzinho apertado do novinho que chora de dorSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoamiga da minha filha tezudinhacomo dopar uma mulher e fazer sexo contocontos eróticos o cuzinho da GiseleMeu genro quer me comer e agoracontos gay gordinho calcinhame arrombou o rabo contos casadacontos incesto engravidando a tiaDei a xotinha pro titio pauzudo me arrombou toda.Mães chupando filho contoseroticosminha esposa vestida à vontade em casaContoe d orgias cadelinha e seu donoconto erotico de despedida de solteiro com orgiacontos eroticos com cu ragadosconvidando o amigo para arromba o cu da namoradacontos eróticos vítimaContos eroticos gaucha casadaContos eroticos gay primeira vez traumaticaconto erotico chantagiei a esposa do meu funcionárioContos eroticos comido por um caozoofilia espanhola gostosa atualcontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscomo tranzar com um pintcher zoofiliaconto mãezinha chupou minha b******** e gozei na boca delaemtiada fas sexo e masseje em padratochorou na pica/contocontos coroas minha chefeConto de puta esporrada por muitos machos no bar