Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA QUERIDA SOGRA.

Bom, meu nome é Filipe e o que aconteceu comigo foi real, tenho 25 anos, um tipo fisico normal, até tenho uma barriguinha, e sou casado a 3 anos. Sempre tive uma átima relação com minha sogra, que gosta muito de mim.

Meu sogro é um cara mais fechado e não tinha uma relação boa com minha sogra que por muitas vezes reclamava dele para minha mulher.



Minha sogra se chama Vera, eu sempre brincava muito com ela, dava tapas na bunda, beijos no rosto, abraços, mas tudo numa boa sem a menor segunda inteção.

Mas a maquina de lavar quebrou em minha casa, e eu precisei deixar umas roupas para ela lavar pra mim e pra minha esposa enquanto a nossa não ficava pronta. Eu liguei para Vera e avisei que estava indo deixar a roupa suja,

Quando eu chego ela me chama pra entrar, ela esta limpando a casa, ela tem 47 anos, tem um corpo normal para uma mulher da idade dela, seios pequenos do tipo que cabem inteiros na boca, uma bunda grande e durinha,

Quando olho para Vera, vejo ela com um top lilas, meio transparente deixando ver os bicos dos seios. E com uma calça dessas de ginastica preta, e com uma calcinha fio dental que dava pra ver de longe. Deixe a roupa suja e fiquei conversando sobre algumas coisas, e ela limpando a casa, quando ela vai limpar a estante fica de quatro na minha frente, eu olho para aquela bunda, vejo aquele fio dental e fico louco de tesão. Ainda brinco com ela dizendo que quando meu sogro chegasse iria ver aquele fio dental e ficar louco. Ela me disse que ele poderia ver ela de fio dental, sem fio dental, que com certeza não iria ter sexo. Ela me disse que já faz tempo que não fazia sexo, eu como bom bobo que sou e louco de tesão como estava cheguei um pouco mais perto dela e ela começou a chorar, nesse momento eu a abraçei, disse que ela era uma mulher linda e que tinha um monte de gente louco para ficar com ela, ela me falou que não, que estava velha, que era casada por isso não procurava ninguem e que tinha certeza que ninguem tinha tesão por ela. Eu então peguei a mão dela e coloquei em cima do meu pau, duro que nem uma pedra de tanto tesão, ela se assustou e ficou um tempo me olhando e com a mao em cima do meu pau. Logo depois ela tirou e me olhando dentro dos olhos disse que não poderia fazer isso com a filha dela, e saiu correndo.



Bom passou o tempo e nunca mais eu nem ela tocamos no assunto. Até que apareceu a oportunidade de irmos buscar a mãe dela no interior de minas, pois ela já estava com uma idade e não queria vir sozinha de onibus. Eu estava de férias e me propus na mesma hora, dizendo que poderiamos ir no meu carro sem problema algum, minha mulher me incentivou muito e adorou a idéia, mas ela não poderia ir, pois iria ficar trabalhando.



Cheguei no dia marcado, me lembro como se fosse hj, era uma quarta feira 09:00 da mãnha, lá estava ela, com a mesma calça de ginastica e a mesma calcinha fio denta, ela me disse que iria viajar assim, pois a viagem era longa e ela queria se sentir confortavel. Entramos no carro e iniciamos a nossa viagem, começamos a conversar e eu brincado com ela perguntei se ela queria ser estrupada por mim, porque na ulitma vez que ela colocou aquela roupa eu fiquei louco, e estava ficando do mesmo jeito agora, ela disse duvido e derepente pegou no meu pau ( ainda mole ) foi na hora que ele endureçeu mas ela tirou a mão, disse que foi sá uma brincadeira e que não queria mais nada, eu continuei conversando e convenci ela a me mostrar a calcinha, primeiro ela mostrou sá de lado, mas depois de um tempo abaixou a calça e me mostrou a parte da frente, era transparente e a buceta dela estava toda raspadinha ( percebi bem molhada tambem), logo depois pedi pra ela se virar no banco e me mostrar a parte de tras, nisso eu ja havia diminuido a velocidade, ela se virou e nisso eu parei o carro no acostamento mesmo, segurei ela bem firme, tirei meu pau pra fora e disse que iria come-la de qualquer jeito, que não estava aguentando mais, ela gritou que não, me xingou, disse que iria contar pra minha mulher, mas nada adiantou, eu abaixei a calcinha e soquei, soquei bem gostoso naquela buceta que estava bem molhada, ela gemia, me xingava, rebolava, dizia arromba essa sua sogra que faz tempo que não leva uma rola, nisso quando ela começou a gostar eu tirei o pinto e coloquei minha calça, ela ficou doida, perguntou o que eu estava fazendo, eu começei a me fazer de dificil, mas ela dizia que estava louca, que precisava dar, colocava os dedos na buceta e depois na boca, eu disse não e não, dai ela gritou mais ainda, então eu fiz uma proposta a ela, disse que iriamos atrasar nossa viagem, mas valeria a pena, para que nás fossemos a um motel e ela iria ser minha escrava, iria fazer tudo que eu mandar, e começei mandando ela chupar meu pau, ela obedeceu imediatamente arrancou ele de dentro da calça e chupou, chupou muito até eu gozar gostoso, ela engoliu tudo e não deixou cair nada.



Nisso chegamos ao motel,onte eu ja estava duro de novo, pedi a ela pra pegar o telefone e ligar na recepcao, e gritar que eu estava fudendo ela e que ela estava adorando, logo depois comi o seu cu, que ninguem nunca tinha comido.



Depois disso sempre que temos oportunidade transamos gostoso.



Mulheres do paraná, acima de 30 anos que estiverem interessadas em momentos de prazer favor mandar e-mail.











VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico viajando com paianita mijando no copoSempre que entrava no banheiro viabo chuveirinho e lembrava de mimconto erotico viado afeminado escravizado por macho dominadorContos eroticos marido pede para esposa quero ser cornocontos eróticos da quarta-feira de CinzasBabando no pau do papai contoseroticostransando com a interna contoscontos a minha prima Caçulahomem deixar você anda mulher toda arreganhada tanto transarconto erotico dei meu cu em um.lugar inuzitadocontos eróticos brincadeira de meninasconvidando o amigo para arromba o cu da namoradacontos de corno minha mulher me trocou por outro"achei estranho" "deixei rolar" contos eróticosmão amiga trêm metrô onibus show contos eróticosrealisando sonho eu emas duas mulher contoshistoria erotica meu enteado novinho e bem dotado me arregaçou todaconto eroticos troca troca com amiguinhocontos de titio perocudo e esposacoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidono hotel com meu filho contos de encestocontos de coroa com novinhopornô de Juazeiro meninas gostosinhas na realidade lado da cidade de Juazeiro da Bahiaru e a amiga da minha esposa contocontos eroticos de incesto entadas de calcinhaeu conto Meu marido saiu meu cunhado me comeumulher traindo marito con um aloprado conto erroticoconto erotico minha mae e 2 viralatacaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhocontosnegaopicudoa certinha e o zelador contocontos eroticos mulher casada se evwww.comto de esposa damdo a buceta eo cu para o marido e os amigosconto erotico cunhadinha safadinhaContos eroticos gravida cagou no paucomi varios cu na casa de sungnegoes jegudos na punhetaconto erótico de incesto de sobrinha e tio casa de conto meu tio morre de ciumes e amor por mimsainha olhava lesbicas contossua colega você vai pegar no pau da jegacafetao metendo na minha filha conto eroticoscontos de homem que teve relacoes sexuais com a mae com buceta raspadaporno doido costureiro medindo os seiosdeflorar pau grosso punheta enteada contosxvidio cu mas floxo e da peidimulher fia exirtadardando pro cunhado contos eroticosconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhocontos meu irmão e eu betinha vendo cunhadinha danadinha contoscomtoscasadas dotadao .comcontos de mae na ciriricaamanda casamos grande cabeçudo contoscontos eroticos comi duas professorasgozada na boca sueliconto erotico chantageado namorada do meu amigometeu o dedo na minha bundinha contoContos eroticos recem nascido (a)punheta com objetos no cu contoscontos.eroticos.homem.cadeiranti.casado.com.mulher.traidoGoiás borracheiro conto gaycontos eroticos de novinhas sem calcinhacontos pornô de incesto meu pai curou o trauma que eu tinha do meu corpinho sem graça, baixinha magrela e sem peitoscontos gay trans teencus rijos bom analcontos eróticos por categorianovinhos fodeno apremira veizmeu marido foi enrabado a minha frente, contosComtos casadas fodidas na rua por camionistasContos eroticos com esposas que foram arrombadas pelo tio do maridocontos minha filha olhou em dandocontos eroticos comendo a prima na casa ao ladoconto comeram minha mulher bebadaContos um garota me ensinou oque era uma punhetabrincando de pique contos eróticoscontos eroticos sou casada realizei os desejos do meninocache:BEpQkv0OPJUJ:idlestates.ru/conto_4507_eu-o-namorado-corno-e-sua-namorada.html conto erotico viadinho dei meo fu virge