Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FILHINHA, VC TA CHARANDO PELA XANINHA! (BY LILI )

Oi, Sou a lili, tenho hoje 19 anos, 155 de alt, cabelos castanhos, e olhos cor de mel, tenho peitinhos que mais parecem dua peras e minha bundinha é o que mas atraem nos homens, por que ela grande e redondinha, macia, e pelo que meu primo diz gostosa. Assim como ele concordei em contar minhas histárias aqui, e é ele quem está digitando agora. Eu estava em uma festa uma vez das minhas amigas, sempre fui bem recatada, porem sempre tive muita curiosidade por sexo, quando assistia cine prive, ficava toda molhadinha e com a boca cheinha dagua. Bom voltando no tempo estava eu na festa e um menino muito lindo pediu a uma amiga minha que eu fosse ficar com ele, depois de uma conversa convincente eu fiquei com o garoto ele era mais velho, e me abraçava de uma maneira que eu ficava molinha, quando estavamos no canto da festa, as pessoas dançavam e ele encostado na parede e eu escostada nele de costa, com minhas costa e meu bumbum escostado em seu pinto, como estava muito cheio ninguém haveria de notar o que eu fazia. Ao perceber que seu pinto estava muito duro, comecei me mecher por um impulso que até hoje não sei se teria com alguém e rodiado de pessoas. Ele começou a me dizer coisas na minha orelha que me deixava molhadinha, quando fui me virar para dar um puta beijão nele, ele puchou minha bunda em direção ao seu pinto e me falou, NÃO, DEIXA EU SENTI MAIS SUA BUNDINHA QUE É MUITO GOSTOSA, a festa foi passando porem eu me negava a sair com ele dali, e meu pai então chegou para me levar embora, ele me beijou com desejo e me disse que queria me comer qq dia desses, eu dei um tapa no braço dele, e disse que a ele quem ele pensava que eu era. Eu estava com um topizinho branco e uma calça branca, que torneava todo meu pequeno corpinho e calçava uma sandalia que me deixava com uns 160 centimetros, modestia a parte tava show, meus pais são separados e minha mãe havia me levado a esta festa e como ia passar o final de semana com meu pai ele foi me buscar. Meu pai é alto tem 184 de alt. cabelos castanhos e olhos castanhos tbm ele é bem forte, motivo que minha mãe se arrepende até hoje de ter traido ele, pois bem quando meu pai me viu eu tinha acabado de deixar o carinha e se assustou comm a filhinha dele estava crescida e jáera uma moça, me abraçou calorosamente e fomos abraçados até o carro, as amigas da minha amiga ficavam secando meu pai, e eu me gabava. Chegando em casa por volta da uma da manhã do sabado, fui tomar um banho e colocar meu pijaminha, a casa do meu pai era muito confortavel e eu não ia lá a séculos.que besteria!

tomei meu banho, pensando no garoto, comecei a passar sabão no meu corpo, deixava a agua cair sobre meu rosto, bater na minha boca, eu ia deslizando o sabonente sobre meus peitinho e começaram a fica rigidos, e durinhos, eu começava então a descer e quando entrei com minha mãonzinha no meu da minha xaninha tive um arrepio e um calafrio que mal suportei, era como se ela tivesse sensivel, larguei o sabonete e comecei a brincar com minha xaninha, cada vez mais eu mordia minha mão, era gostoso demais, eu fechava e abria as pernas, como loca no chuveiro, comecei a sentir que ia desmaiar, foi quando escutei um barulho na porta do banheiro, e resolvi parar, porem quando me secava, e fui passar a toalha na minha bucetinha, senti o arrepio novamente e resolvi deixa-la molhada, fui até meu quarto colocar meu pijama, coloquei somente a bermudinha sem calcinha, e a blusinha, e fui dar boa noite para meu paizinho, quando cheguei no quarto dele, meu pai estava com os olhos grelados na tv, e assustado tirou do canal rapidamente, eu sabia que naquela hora passava o cine prive, ele não queria que eu visse. Perguntei a ele, o que ele estava assistindo e ele disse, não ter nada de bom na tv...sentei em seu colo ele deu um suspiro, minha bunda é muito macia cheia de carne, redondinha e comecei a beija-lo no rosto, ele dizia pra mim, que havia notado que sua filhinha estava crescendo, que tava virando uma mocinha diferente daquele bebe que eu fazia coçegas, e começou a me fazer coçegas na barriga, a medida como eu me debatia meus shortinho se mechia e deixava a mostra minha xaninha, com alguns pelos cresendo, ele continuava e me virava de costa e meu shorts entrava dentro na minha bunda e acabamos por parar, ele arrumou meu shorts e me deitou na cama junto ele, deitei na frente do meu pai e ele deitou atras de mim, casando minha bunda com seu pau, senti ele duro e deitei sobre seu braço e adormeci, no meio do sono, escuto uma mulher gemendo e quando abro os olhos meu pai assisita cine prive, ele não podia ver que eu estava acordada, mas sentia que ele fazia pequenas pressões no meu bumbum, eu comecei a ficar umida, sentia seu pau colar na minha bundinha e olhava aquele casau, fazendo sexo na tv.comecei a mecher minha bundinha como o impulso que tive com o garoto, mas dessa vez eu fingia estar me espriguiçando, e colava mais minha bundinha no seu pau que como eu estava sem calcinha sentia ele ficar no meio da meu bumbum, ele me abraçou e colocou sua mão na minha barriga, e foi subindo até meus peitinhos, eu fingia dormir, foi quando ele tocou o biquinho de um deles, eu gemi baixinho e empinei minha bundinha pra tras, acho que ele percebeu eu fez força em seu quadril, e começou a massagear meu peitinho com o dedo e derrepente atacou com a mão apertando e levando ele pra cima e pra baixo, comecei a gemer, minha boca aberta buscava o ar, e se enchia de agua, ele desceu devarinho, pela minha barriga e atravessou até a minha coxa grossas, lá ele subiu por dentro dele, por dentro do meu shortinho e sentiu meus pequenos pelinhos, mas como estava na posição de agachada não podia tocar minha xaninha foi quando ele tirou a mão e colocou por dentro no meu short, pela minha bundinha, e apertou forte ela, senti uma sensação incrivel, ia ser agora, ou nunca, ele entrou pelo meio das minha nadegas e acalentou minha xaninha, onde senti aquele arrepido muito mais forte que todas as vezes, por impulso abri a pernas lentamente e então ele por tras abraçou meu pequenos labios e movimentou, era como se eu tivesse tomado um banho, minha xaninha encharcou de um jeito que até molhou minha coxa, com os movimentos do papai que, gemia de olhinhos fechados, ele dizia QUE BUNDINHA GOSTOSA FILHINHA, ele mexeu,mexeu, mexeu,mexeu,mexeu,mexeu...e começo a subir uma sensação de desmaio, neste instante, meu corpo todo se contraiu e fechei as pernas sem noção na mão do meu pai, e comecei a dar pequenos espasmos, gemidos intercalados, e um suspiro no final. Tava molinha meu pai me virou de barrinha para cima, e tirou meu calção, abriu minhas perninha, e suspirou FILHINHA VC TA CHORANDO POR BAIXO, senti um liquido quente escorrer da minha xaninha passando pelo meu cuzinho e molhou todo lençou, meu pai acariciava seu pau, que parecia por dentro do calção enorme ele olhava meu rosto com os olhos entre abertos, totalmente entregue a ele,com minha boca aberta e buscando ar, ele se abaixou, e lambeu desde um pouco abaixou do meu cuzinho, foi subindo colhendo todo o liquindo sem deixar uma gota, passou pelo meu anelzinho, neste instante quis gritar, quando chegou a minha xaninha, começou a laber e movimentos circulares, eu não tinha mais forças, ele labia e apertava minhas coxas, de forma que ficassem bem abertas, e lambia forte, masi forte, forte mesmo, e mais, e mais e mais, eu gemia alto, e ele chupava, chupava, chupava, bebia, bebia.... mais, mais, mais, mais, mais, até que o espasmo tomou conta de mim, eu tentei fechar as pernas mas me pai estava segurando, comecei a me esticar pra tras, gemendo AI MEU DEUS, PARA PAI, PARA! ... ele não parava eu começava a me mexer, e meu liquido explodia na boca do meu paizinho, não tinha mais força, e ele não parava, queria mais leite, e chupava gostoso, eu comecei a gritar VOU DESMAIAR PAI, NÃO FAZ ISSO COM SUA FILHINHA!...minha vista começou a ficar turva...e meu pai parou, eu estava quase desacordada, foi quando ele foi pra cima do meu corpo e tirou minha blusinha, e beijou minha boca... eu sentia pela primeira vez o gosto da minha xaninha, era salgadinha, um liquido viscoso, beijava meu pai de lingua, e ele roçava seu pau enorme na minha xaninha... ele levou sua mão até lá embaixo e tirou seu calção, aquele pauzà pulou pra fora, era enorme, grosso, e da pontinha escorria um liquido transparente, ele escostou na minha xaninha,e comeáu a roçar, como louco. ele apertava minhas coxas e meu bumbum, de tal forma que suspendia ele do colção, foi quando ele me soltou em cima do molhando que fiz na cama dela, vi o quanto escorria, eu tava ensopada, parecia mijada, e me beijou e apontou seu membro na portinha dela, e me disse QUERO QUE SUA PRIMEIRA VEZ SEJA COMIGO FILHINHA, eu não consegui dizer nada, abracei meu pai pela cintura com as pernas...aquilo pra ele era o sinal...ele colocou a pontinha e apertou munha bundinha, e me beijou forte, e começou a entra, senti cada centimetro daquele pau entra em mim, me rasgar, gritei AIIIIIIIIIIIIIIIIII PAI ! ele disse pra eu relachar, e afrouxei minhas pernas que estava em volta dele, e mesmo assi queimava, ele começou apor mais um pouquinho, e minha xaninha, rasgava, e como estava ensopada, entrou tudo devagar porem sem nenhuma dificuldade, eu gritava TA ME RASGANDO PAI, É MUITO GRANDE, MUITO GROSSO POR FAVOR PARA ! e senti a ponta do seu pau tocar meu utero, ele parou e foi olhar minha xaninha, seu pau sumiu dentro dela, me levantei e vi o estrago, nossa, minha xaninha tava aberta em mais ou memos 5cm, e seu pau tinha mais o menos uns 20, e tirou com eu ainda vendo, e vi todo aquele membro sair, depois ele olhou minha cara, me encarou e enfiou, doi muito, ele se deitou em cima de mim e começou a entrar e sair,entrar e sair, entrar e sair...cada vez mais em movimentos mais rapido, comecáu a sumir a dor e me deu inicio a uma sensação inigualavel era inclivel, entrou forte, mais forte, mais forte....gostoso, mais e mais...sem parar, sem parar, sem parar,.... eu arranha as costa dele, e ele batia mais forte...entrava gosotoso...me encharcava....metia e mais...e mais e mais...e mais....e comecei a sentir a quela sensção se desmaio novamente....ele batia forte, e eu gemia alto, AI, AI HUM HUM AI ! nossas respiraçoes se expandia pelo corredor... meu paizinho ali comendo sua filhinha virgenzinha....metia forte...fui ficando molinha e a dar espasmo no gemido, me contrai todo, eu apertava o pau do meu pai, com a xaninha...ele gritava AI...TA ME APERTANDO! gosei muito.....e quase desmaiei...ele tirou seu pau e me virou de costa abriu bem minha pernas e entrou por tras na minha xaninha, sentindo minha bundinha acolher seu pau....ele começo a bombar e bombar e bombar e bombar e bombar e bombar e bombar...fazia barulho quando seu corpo todo suado encontrava minha bundinha toda molhando, eu gemia e falava e falava VOU DESMAIAR PAIZINHO, aquilo era como um dose extra pra ele....ele batia mais forte, sentia minha bundinha macia bater em seu quadril, ele beijava meu pescoço me dizia QUE BUNDINHA GOSTOSA FILHINHA, A MUITO QUE QUERO COME-LA, TA GOSTOSO TA e eu respondia TA MUI......TO.... MAS EU VOU DESMAIAR PAI. e ele batia e metia forte.. mais e mais e mais e mais..e comecei a gozar forte eu atirava miha nundinha contra ele no qual seu pau entrava mais e batia no meu utero....era foda. metia e eu gemendo e dando espasmos na voz...minha vista começou a ficar turva...e comecei a realmente apagar.quando e

le parou...comecáu a colocor o dedo no meu cuzinho e entrava e saia muito fácil eu não tinha forças nem para dizer não...e como tava muito mole e relaxada foi muito fáciu, colocou um doi e depois tres,...ele foi correndo no banheiro e pegou um creme transparente que eu não sabia para que que era, mas mal me mexia e voltou e eu estava do mesmo jeito quase dormindo. ele passou no meu anelzinho afastando minhas banda, passouu em seu pau, e eu pensava comigo, em reagir, mas não dava, ele começou a colocar o pau, e eu quase em voz gritei! AIIIIIIIIII, NÃO COME MEU CUZINHO NÃO PAI. e entrou cm po cm....senti uma vontade estranha de soltar um pum. ele me pegou pelas ancas e me puchou. entrou muito apertado. é APERTADO DEMAIS, RELAXA FILHINHA SENÃO VAI QUEBRAR O PAU DO SEU PAIPAI...a posição era linda...meu pai por tras de mim enfinado um bitola daquela em uma bundinha branquinha, eu fui ao céu. sai de si...ele começou e gemer alto...e a bater minha bundinha em seu quadril...ia acariciando minha xaninha e neste instante entrei em transe, empinava minha bundinha e entrava tuuuuuudo. ele senti gostoso meu bumbum acalentar seu peso...comecou a bombar e bombar e bombar e bombar e bombar e bombar e bombar....e comecei a a gritar NÃO AGUENTO MAIS..VOU DEMAIAR e ouvi meio sem sentido meu pai uirrar NOSSA...QUE BUNDINHA, VOU GOZAR....HUM HAM HAM HUM..... senti algo escorrendo dentro de mim quente...e caiu por cima e mim com o pau ainda dentro e adormeci. Quando acordei meu pai tinha caido de lado sobre mim aida com seu pau dentro do meu bumbum, e comecei a me mexer e se pau comeáu a entrar no meu cuzinho molhado dos dois gozos....ardia muito...eu tava toda ardida...eu seu pau começou a inchar dentro do meu cuzinho.....eu mexia na minha xaninha e ardia....quando eu tava saindo debaixo do meu pai ele acordou e me segurou me beijou e disse ONDE MINHA MOCINHA VAI?... eu vou pro meu quarto, toda envergonhada. ele me pegou e puchou minha bundinha para seu pau e começou a crescer la mesmo que começo a bomabar de novo e eu gritava PARA PAI PARA PAI...TA DOENDO, TA ARDENDO MUI.....TO.

eu tentava sair da cama puchando os leçois. ele atras de mim me segurava e como um coco batia na minha bundinha.....e então começou a gritar TO GOZANDO TO GOZANDO.... e senti a porra escorrer dentroo de mim de novo, me senti suja, e muit enverginhada, ele tirou, sentou na cama e me sentou no colo como bebe, me beijou a boca com amor, e disse afagando meu cabelos OBRIGADO FILHINHA, POR TER ME DADO A HONRA DO SEU SELINHO, neste instante seu goso começou a descer e molhar toda sua perna...ele pegou passou o dedo e levou até minha boca...eu meio sonolenta bebi tudinho....mas isso depois eu conto de como voltei a tomar mamadeira....tchau.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


piroquinhacontosminha irma seu cu cheiroso contoscontos eroticos cachorro cheirando minha rolacontos eróticos de sobrinhas com tiascontos de gay que perdeu o cabaço na adolescênciaComtos mae fodida pelo filho e sobrinhoMelhores contos eroticos sobre bem.dotadoestou comendo a mulher do amigo caminhoneiro na viajem contosdei de perna abertadona rita contos eróticosTravesti mijando na cara do freguesConto erotico teen gay free escolacontos erótico um casalcontos eroticos de lolitos com tios de amigoscomi minha mae na varanda contosconto erotico madrinha pediuporno puxo o cabelo dela de quatro e arregaço sem docontos eróticos encontrar minha antiga namorada depois de 30 anosVilma metendo dos friston sem ser em desenho o vídeo erótico metendo sem ser em desenhotravesti Juliana de primo metendolencol conto heterovai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonacontos/minha filha esfolou meu pauconto erotico mulheres taradas achou uma rola gigatescaconto eroticos maequero ver travesti transando no abdômena bucetinha linda da sobrinha novinha contosa primeira f*** com travesticontos gay assediado por causa do corpinhocontos pornos irmas cadelasminha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandocontos de sexo com novinhas dando cabacinhoconto minha visinha mando eu descabaça sua filhao amigo hetero me dominoudona jandura conto eroticoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eroticos raspando cu do vizinho gueipapai enfia no meu cuzinhoporno traicao roludo conto pornocontos eroticos trave x hinfância;contos eróticos;enrabadocontos pornos mamae carinhosaConto minha mulher na obra sem calcinhahistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checacontos eroticos nordesteconto erotico minha mulher se produziu para ir na despedida de solteira da amigahistória e fotos sogra bêbada gosta de dar o c* e fazer b****** com genrocontos eróticos namorada tirou a roupaContos eróticos molekas virgenssenti aquele pauzao derramando varios jatos no fundo da minha bucetarelato eróticos minha esposa fazendo striper pros meus amigoscontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elacontos eroticos vovô e netinhosContos olhando a mãe dahistórias de sexo o meu padrasto cominnha a mãe ea enteadaassustei com apica do meu melhor amigo contoscontos eroticos com sogro e sogracarla dando a buceta ora o seu filho de 18a tão sonhada dupla penetração contocontos fode mesmoPegando a prima logo cedo contoconto fiquei pelado na frente da médicaConto o vizinho enfiou o pintão na minha pepequinha.Contos eroticos gays o consolo de borracha no cu do meu paicontos coroA estupradaMulherbrasileira ensinando a filha, meter contosporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoconto erotico massageando a tia nuaContos eróticos e rosecontos de sexo comi minha sogra vadia na frente da irma delacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eróticos putinha desde pequenacuzinho apertadinho do filho contos eroticosConto incesto sogra no volanteContos eroticos de trans lindas e taradas.contos eroticos transando com a cuhada branquinha da boceta peludaorgias na balada de todo tipicontos cadelas no cionossa que putona gostosa delicia