Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIANDO A SOBRINHA

Esta noite me surpreendi com uma sobrinha que veio morar aqui em casa por causa dos estudos.

Estava fodendo a fogosa minha mulher, que adora gritar obsccenidades nessas horas,

quando escutamos um espirro na porta do quarto. Já estávamos prestes a gozar e não demos atenção. Mas depois minha esposa observou que minha

sobrinha estava bem crescidinha, aos 19 anos, e por sua vida regrada talvez ainda fosse virgem,

naturalmente com o calor do sexo em altíssimo grau. Resolvemos fazer brincadeiras na frente da sobrinha

afim de que ela pudesse ver um casal transar na frente dela, e na mesma noite do dia seguinte começamos.

Era um sábado e não saimos para algum bar, ou teatro, ou cinema, como de costume. Locamos uns filmes,

compramos algumas cervejas e passamos a noite em casa. A sobrinha ficou já pronta pra dormir e pôs

um baby dol (?) e fomos aos filmes e cervejas, eu estava sentado no sofá com minha esposa entre minhas

pernas e a sobrinha encostada no mesmo sofá, sentada no chão. Quando já estávamos meio altos com a bebida

minha esposa começou a alisar meu pau, com uma maestria q sá ela tem, fiquei logo de pau duro e permitia

q ela continuasse enquanto eu olhava para o biquinho do peito da sobrinha por tras do conjuntinho azul e eu

apertando delicadamente o grelinho da minha mulher q logo começou a se contorcer e me apertar com mais força.

Ela pediu licença pra nás dois, dizendo pra sobrinha ter cuidado em estar comigo, pq eu estava um perigo. A sobrinha

deu um sorrisinho sem graça e disse q não tinha o que temer, confiava no titio... minha esposa logo volta somente com

uma blusa minha de mangas compridas e sem nada em baixo, ficamos pasmos, mas eu já tinha ficado excitado o suficiente

pra gozar o restante da noite. Então ela se deitou no sofá e continuou a acariciar meu pau, com as unhas passando por minhas bolas...

aaaaaaai que delícia, não consegui conter, e soltei um gemido longo. Minha sobrinha nao se mexia, mas já estava com

as pernas encurvadas, as mãos abraçando uma perna-que depois descobrimos q ela estava se acariciando-

e os mamilos denunciando o tesão. aí minha mulher me pediu no ouvido pra eu tirar o short, então tirei prontamente e

joguei ao lado da sobrinha, q teve um tremor de excitação pelo que estaria para acontecer. Então minha esposa começou a me chupar

e parecia mais disposta do que de costume, eu começei a gemer e minha sobrinha nao saia do lugar. Foi aí que disse,

agora é minha vez, sua safada! não é cacete q vc quer, entao vem cá, senta aqui no meu lugar. ela sentou enquanto eu, de

joelhos, tirava a blusa... comecei a lamber a boceta dela, e fui aos poucos me aproximando da sobrinha.

encostei nela o meu caralho e comecei a alisar a barriga dela, ela não se conteve e agarrou em meu pau,

começou a punhetar... tudo estava melhor do que poderia ser. Aí minha mulher disse q se eu quisesse poderia dar mais

assistencia a minha sobrinha, foi aí q não pensei duas vezes, parti pra cima de minha sobrinha, levantei ela do chao,

e levei pra a nossa cama de casal... lá eu beijei o corpo dela todo, começando da nuca, descendo pelo pescoço,

pelos mamilos, pela barriga, em volta da virilha, lambi seu cusinho delicioso e cheiroso, ela gosou assim

que trisquei a lingua no grelinho dela q estava bem durinho e todo melado já. nisso minha mulher fechou a porta do quarto

e saiu, não quis participar...mas mesmo assim foi átimo, fiquei umas duas horas com minha sobrinha, ensinei ela a chupar

um cacete e até comi seu cusinho. foi quando minha mulher chegou e disse q agora seria sua vez de me dar, nossa quase não aguento,

mas me esforcei pra satisfazer as duas.

hoje eu posso dizer que tenho duas mulheres, e as duas dormem comigo. Minha sobrinha tem um namorado, mas raramente transam

pois ele é um zé ruela que não se preoculpa em satisfazer minha princesinha.

Estou esperando o dia em que minha mulher possa me ajudar a satisfazer a sobrinha fogosa, ela diz não gostar de lesbianismo...

se alguem tiver idéia de jogos ou análogos q possa incentivar, ficarei grato e relatarei com todo o carinho.



-PRA VC QUE LEU E TEM XOXOTA, UMA LAMBIDA NO ANEL DE SUA BUNDA E NO SEU GRELINHO! :)



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


como tira pedra da teta sem para de tanto se matusbarcontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos seios grandes de leiteporno quando o home empura o cacete no egua ela gozaConto erótico infância dupla penetracaocontos eroticos minha mulher virou amante dosconto no mato espiando a filha tomar banho no riudei o cu bem gostosopornodoido transando com mulher peituda e fim de noite espíritaela queria dar uma dançadinha no quartominha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticoscontos eróticos mulatacontos eróticos gay meu primo me rachoquero ler contos eróticos lojista gostosacontos eroticos:esporrei na maeConto erotico virando gay cem quere e a força e chcontos minha mulher pagou minha divida com a bundamulher de vertido con as pern.a reganhdamamando na velha contoscontos eroticos de trans rabudas e gostosas sendo arrombadasconto gay de pai com vaqueirocontos bem novinhamassagem incomparável faz cara senti tesão e gozaContos 4e porno na familia da casa maeComto pego em fragantecontos eróticos namorada tirou a roupacontos eroticos mulher do amigo safada na saunafudode a sogra deliciaconto comi o cu da minhamaetio faz sexo com subrinlho em picinacontos eróticos de traição de casadas testemunhas de Jeovámelhorescontos eróticos gosando pelocuporno home gozando forddecontos eróticos minha calcinha bi matocontopaugrandecontos erotico eu minha esposa e meu primogozando com testosterona contoslouca por pica.contoscontos minha esposa em caldad fudeu com outrocontos ela punhetava todoscontos eróticos comi minha tiacontos zoofilia eu ela engatada cao praia desertaCasada Amigo do meu filho sexo contosmulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaoconto real casada gravida na surubapornô mobili com coroa e vamos até gozarcontos eróticos adoida meti com meu genroconto etotico antebraco na vaginacontos irma gozandoenrabada pelo chefe contosempregadas provocantescontos provocantes videosmadame currada no mato contocontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhachorei mas aguentei tudo contos eróticosbolinei minha cunhada por baicho da mesa videoContos concunhadoconto gay meu sobrinho virou amantecontos eróticos na roça com minha maecontos eroticos gozei quando as duas picas entraram no meu cucontos erotcos de estrupo de virgemcontos eroticos dei pro meu inquilinoconto erotico cinema marido e mulhermeu namorado me fez de putaMinha esposa arregaçadascontos eroticos troca casais com gravidezConto eu peguei meu genro me brechando no banhocontoerotico.eu.marido e as filhas no forrogay de zorbinha enfiado no regominha professora me deu carona e pegou mo meu cacetecontos eroticos filha so.de calcimcontos coroas barrigudoscontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabo