Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIANDO A SOBRINHA

Esta noite me surpreendi com uma sobrinha que veio morar aqui em casa por causa dos estudos.

Estava fodendo a fogosa minha mulher, que adora gritar obsccenidades nessas horas,

quando escutamos um espirro na porta do quarto. Já estávamos prestes a gozar e não demos atenção. Mas depois minha esposa observou que minha

sobrinha estava bem crescidinha, aos 19 anos, e por sua vida regrada talvez ainda fosse virgem,

naturalmente com o calor do sexo em altíssimo grau. Resolvemos fazer brincadeiras na frente da sobrinha

afim de que ela pudesse ver um casal transar na frente dela, e na mesma noite do dia seguinte começamos.

Era um sábado e não saimos para algum bar, ou teatro, ou cinema, como de costume. Locamos uns filmes,

compramos algumas cervejas e passamos a noite em casa. A sobrinha ficou já pronta pra dormir e pôs

um baby dol (?) e fomos aos filmes e cervejas, eu estava sentado no sofá com minha esposa entre minhas

pernas e a sobrinha encostada no mesmo sofá, sentada no chão. Quando já estávamos meio altos com a bebida

minha esposa começou a alisar meu pau, com uma maestria q sá ela tem, fiquei logo de pau duro e permitia

q ela continuasse enquanto eu olhava para o biquinho do peito da sobrinha por tras do conjuntinho azul e eu

apertando delicadamente o grelinho da minha mulher q logo começou a se contorcer e me apertar com mais força.

Ela pediu licença pra nás dois, dizendo pra sobrinha ter cuidado em estar comigo, pq eu estava um perigo. A sobrinha

deu um sorrisinho sem graça e disse q não tinha o que temer, confiava no titio... minha esposa logo volta somente com

uma blusa minha de mangas compridas e sem nada em baixo, ficamos pasmos, mas eu já tinha ficado excitado o suficiente

pra gozar o restante da noite. Então ela se deitou no sofá e continuou a acariciar meu pau, com as unhas passando por minhas bolas...

aaaaaaai que delícia, não consegui conter, e soltei um gemido longo. Minha sobrinha nao se mexia, mas já estava com

as pernas encurvadas, as mãos abraçando uma perna-que depois descobrimos q ela estava se acariciando-

e os mamilos denunciando o tesão. aí minha mulher me pediu no ouvido pra eu tirar o short, então tirei prontamente e

joguei ao lado da sobrinha, q teve um tremor de excitação pelo que estaria para acontecer. Então minha esposa começou a me chupar

e parecia mais disposta do que de costume, eu começei a gemer e minha sobrinha nao saia do lugar. Foi aí que disse,

agora é minha vez, sua safada! não é cacete q vc quer, entao vem cá, senta aqui no meu lugar. ela sentou enquanto eu, de

joelhos, tirava a blusa... comecei a lamber a boceta dela, e fui aos poucos me aproximando da sobrinha.

encostei nela o meu caralho e comecei a alisar a barriga dela, ela não se conteve e agarrou em meu pau,

começou a punhetar... tudo estava melhor do que poderia ser. Aí minha mulher disse q se eu quisesse poderia dar mais

assistencia a minha sobrinha, foi aí q não pensei duas vezes, parti pra cima de minha sobrinha, levantei ela do chao,

e levei pra a nossa cama de casal... lá eu beijei o corpo dela todo, começando da nuca, descendo pelo pescoço,

pelos mamilos, pela barriga, em volta da virilha, lambi seu cusinho delicioso e cheiroso, ela gosou assim

que trisquei a lingua no grelinho dela q estava bem durinho e todo melado já. nisso minha mulher fechou a porta do quarto

e saiu, não quis participar...mas mesmo assim foi átimo, fiquei umas duas horas com minha sobrinha, ensinei ela a chupar

um cacete e até comi seu cusinho. foi quando minha mulher chegou e disse q agora seria sua vez de me dar, nossa quase não aguento,

mas me esforcei pra satisfazer as duas.

hoje eu posso dizer que tenho duas mulheres, e as duas dormem comigo. Minha sobrinha tem um namorado, mas raramente transam

pois ele é um zé ruela que não se preoculpa em satisfazer minha princesinha.

Estou esperando o dia em que minha mulher possa me ajudar a satisfazer a sobrinha fogosa, ela diz não gostar de lesbianismo...

se alguem tiver idéia de jogos ou análogos q possa incentivar, ficarei grato e relatarei com todo o carinho.



-PRA VC QUE LEU E TEM XOXOTA, UMA LAMBIDA NO ANEL DE SUA BUNDA E NO SEU GRELINHO! :)



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Cu maislargo do mundo em fotosver conto erotico sob velhos etrupadorecontos eroticos a sogra regina parte 2travecõ negra tesaõ fchupei o grelo da minha amante contos eroticosconto erotico gay fui no baile funk e dei o cu pro travestigay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosodrixando a mulher do corno arregassadinhaPorno contos incesto familia prazer total qualquer idadecomi a.coroa.da frente do deposito de gas contoscontos gay afeminadoscontos eróticos parentesvidio de mulier xupanomulher doente mental conto eroticoele me encoxando e eu rebolandocontos eroticos transformado em putacontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelaquadrinhos pornos de patrao dominadorcontos caipiras amadores bucetascontos personal acoxando a cavala na academiaContos zoofila comi mia professoradepois de mais de 20 anos casados minha esposa topoucontos gay menino bundudoconto porno teen gay free mulato favelameu amigo falou que quer comerminha esposacontos er com negcontosminha enteada gosta de dar a bundsMulheres flagradas transando com seu cao pirocudo em contosarromba esse cu contoso corinho do pinto dele nem descia ainda contos eroticosContos a amiguinha fielme apaixonei pelo um bandido conto heroticocontorcendo de prazer mulher com mmulherpornô compare com a comadre faz ela gozarCarnaval cerveja mezanino nada conto eróticocontos eroticos meu filho me fez gozarcontoseroticosdecalcinhacontoseróticos chupei os peito da mamãeContos de incesto viagem com minha tiaDescabacei a buceta da minha prima no hotel conto erotico de primo e prima cabaço no hotelconto erótico cachaça pescariaxvidiominha pica é maio doque a do seu maridocontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaiDei meu cu gay pro seguraca do meu paipadrasto entra no quarto da intiadinha gostosa e transa com elameio dormindocontos de punheta com botascontos eróticos genrocontos esposa quase nuacontos eroticod de gordinhas q gosta de dar o cuencaixando na buceta meladaconto erotico sogro ahh uhh mete meteconto moreno heteroConto mete tudo papaicontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picacontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigoDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos tenho 23 cmRelatos sexuais me encoxando na cozinha e o corno na salaconto aos dez anos minha sobrinha sentava no meu colo sem calcinhaminha ex namorada tonta dando pra outro contosflagrei minha enteada de babydollcontos gorda feiaminha cunhada mim chamo pra trnzarcache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html malandrao dando o cuzinho pra boy malhado contoconto erotico gay sobrinhobia cadela contosmulheres no salão chupando e se masturbando com dançarinoContos eroticos galerafudendo pra valer com tubo de gel no rabocontos com teens sentando na ro do pri com doze anosmeu patrao cacetudo contosnossa que putona gostosa deliciacache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html porno coroa pauzeracasa dos contos gay desgraçado arrombadorconto eroticocorno me ligou na horacontos menage com loira e morenaArrombaram minha mulherContos eroticos seios devorados mordidoscontos etoticos meu marido faz eu dar para trassecontos erótico estuprada pelo chefinhoContos porno minha noiva bebadavelha cavala virando olhomeu marido nao sabe o que sou capazcontos na roça coçando a rolacontos eróticos mostrei o pau pra minha mãe