Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OUTRA VIAGEM

Outra viagem



Certa vez acompanhando meu visinho caminhoneiro, coisa que ja fazia sempre que tinha oportunidade, pois já eramos parceiros há muito tempo, iamos para outro estado e tudo corria muito bem, conversavamos sobre o que ja tinhamos aprontado e o que nos esperavamos para as proximas viagens, quando de repente o caminhão parou. Ficamos um bom tempo tentando descobrir o defeito e acabamos rebocados para uma oficina grande na proxima cidade. Depois de uma boa consulta o mecanico disse que era coisa seria e levaria pelo menos dois dias para ficar pronto. Sem outra solução saiamos durante o dia para conhecer a cidade, fazer nossas refeiçoes e voltavamos a tarde para dormir na cabine dentro da oficina já fechada. Ali dentro sá ás dois, fomos tomar banho e no banheiro começavamos a putaria. Eu deixava cair o sabonete e pedia para o Juca pegar, ele queria que eu o fizesse, e assim nessa brincadeira ficamos exitados e acabei tomando a iniciativa, agaxei para catar o sabonete e quando ja estava de quatro senti a pica do Juca entrar em minha bunda, uma bela enrabada debaixo da ducha. Aquela verga que eu ja conhecia de outras viagens me socava, e suas bolas batiam em minha bunda deixando me alucinado. Ele estava exitadissimo, apertava minhas nadegas e enfiava sem dá no meu cu que agasalhava aquele belo e formoso pau, debaixo daquela agua morna. Eu ia a loucura com tudo aquilo na bunda, e ele socava gostoso. Não sabiamos que dois mecanicos tinham ido socorrer outro veiculo e entretidos com a sacanagem nem percebemos que ja tinham chegado. Foram para o banheiro se lavar e depararam com aquela bela cena, eu de quatro, agassalhando o Juca, que como doido me atolava, eu gemia, urrava e socava minha bunda nele. Estavamos tão a vontade que não percebemos a chegada dos dois mecanicos que observaram a cena, tiraram a roupa e ja de pau em riste, disseram que tambem queriam, Juca estava se derretendo e me enchendo de leite, levamos um susto, mas, nada tinhamos a fazer, Juca se lavou e saiu,eu nem tive tempo de levantar, os dois entraram, observei a vara deles e senti arrepios, pelo tamanho delas, uma grossa e enorme a outra normal, e pela quantidade, nunca tinha dado para tres ao mesmo tempo. Direcionei minha boca, para a mais grossa e quase não consegui abocanha-la e comecei a fazer uma bela chupeta, enquanto escorregava cu adentro uma bela vara que entrou facilmente ja estava alargado e lubrificado, e ele socava com força. Meu rabo aguentava e eu comecei a gostar da brincadeira, nunca tinha feito isso antes, levar um pau na bunda e chupar outro ao mesmo tempo, (e que pau). Eu tentava enfiar cada vez mais aquela tora em minha boca mas não dava era grossa demais, consegui chegar ate ao meio, e ai senti um calor no rabo e o mecanico me abraçou e encostou toda sua vara em minha bunda e ejaculou, senti aquecer meu intestino e ele me soltou dissendo que nunca tinha comido um cu assim.

No mesmo instante sumiu de minha boca a tora que eu estava chupando e percebi que ela encostou e forçou a entrada no meu rabo, que apesar de lubrificado não aguentava, então ele começou a forçar e a forçar, comecei a facilitar sua entrada, abri bem a bunda e fui ajeitando, doia, mas eu queria sentir aquela tora me rasgando, de repente uma dor alucinante tomou conta de mim, quase desmaiei, não gritei por que não tive forças, e percebi que meu cu tinha recebido a cabeça daquela tora, até hoje a maior cabeça que ja entrou nele. A agua morna que caia em minha bunda ajudou, ele empurrava devagarinho, eu ajeitava e sentia meu cu chegar ao maximo. Olhei em volta e vi Juca e o outro mecanico do lado de fora do banheiro observando eu levar no rabo o pau que ate hoje me fez suar debaixo do chuveiro. Quando senti suas bolas baterem em minha bunda, ejaculei de tesão por ter aquentado aquilo no rabo e ai começou as bombadas,uma delicia, saia e entrava, massageando as bordas do meu cu, no inicio devagar e a coisa foi acelerando, e eu quase desmaiando de prazer, sentia uma pequena dor em volta do cu mas a tesão era maior, e não deixava ele parar, socava minha bunda de encontro aquele enorme cassete. Juca e o outro mecanico, se deliciavam vendo a cena, ja estavam com o pau em posição de ataque novamente, e com certeza iriam querer de novo. Eu me contentava em estar recebendo um super pau e ja ter mais dois na fila. Quando o mecanico começou a gozar, senti que seu enorme pau ficou mais grosso ainda e nessa hora, ele me agarrou e socou tudo em minha bunda, ejaculava e se arrumava como quem quer enfiar mais um pouco, o leite escorria pelas minhas pernas,sá tirou de dentro quando amoleceu. Sá tive tempo de passar uma agua em minha bunda e la estava o outro de novo, abaixei e fiz uma boa chupeta em sua vara como se fosse dar lhe as boas vindas, e la foi ela me enrabar novamente. Entrou facilmente bombou como um doido no meu rabo eu ajudava arrebitando minha bunda e olhava para o Juca que estava batendo uma e me olhando espantado pela capacidade, que eu tinha em agasalhar quatro cacetes de tamanhos diferente na mesma hora. Abri a boca e Juca enfiou sua pica para que eu chupetasse e logo a encheu de leite. Depois da gozada que encheu novamente meu rabo de leite, eles se lavaram e foram embora, contentes pela hora extra que fizeram e dissendo que amanha eles queriam de novo, mas isso eu conto outro dia....

(continua)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Safadinho aaa uuucontos eróticos a f*** deDeixei meu irmão de pau duro quando sentei no colo dele contos eróticosvirei putinha do fedelho contoquando a menina sentou no meu colo contos eróticosfui iniciado conto realvideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubapagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseiroconto erotico meu pai me fudeuwww.contoseroticoscabacoContos inserto com as subriasrelatos de cheirando calcinhacontos eroticos de travestis avantajadas tarado estuprando cuzinho de viadinhocontos aprendendo o que e uma buçeta com a mamaecontos eróticos meu cuzinhoContos eróticos enteada larissa viajarcontos dormi de fio dental e me ferreicontos eroticos primeira vez siririca com 07 anos sozinhaconto gay sou mulherzinha do sogrocomi minha prima no esconde-escondeconto eroticos cheguei em casa com o cu cheio de porrae arrombadocomi minha comadre drogada contocantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhoscontos erotico minha patroa faz nudismosenta aqui sua safada contos eróticosConto erotico aos 60 anoa dei a buceta para o garotocontos de sexo a chupada da minha maeConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroacontos eroticos casadas baile formaturacomi minha comadre drogada contocontos eroticos mae filhaconto erotico minha namorada dançando com outro na baladacontos de transando com o genro timidoconto porno puta suja de estradaminha esposa vestida à vontade em casacontos eróticos minha sogra armou meu chifreacordei sendo com o pau do meu filho dentro da minha buceta contosver contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosacontos transando em silêncio conto porno moleque ruaficar excitada.em onibus lotadome encoxaram a noite bunduda,chantagem com casal. que pediu carona contos eroticomulher gemeno danca de calcinha gemendoMeu namorado me comeu com um pepino contosesposa cheia de porra na praia de nudismo casa dos contoscontos de corno flagrei minha namoradacontos zoo mastiff taradocontos eróticos pai e amigosconto erotico da grossura de uma latacontos eroticos meu marido sempre soubehomem fudeno acachoradaempregada fodida na marra.contosContos sou casada com um travecoContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tioghupa ghupi pornbuceta contos cornocontos eroticos de amigas na florestacontos eróticos brincando na piscinaconto erotico praia esposa garotoscontoseroticos chupando pica cheia de sebominha namorada mimosa conto eroticocaralhudo contomulhe rebola engarotoEperiencia zoofilia beijo babadofilmou o semen saindo da xoxotavidio porno enchada qualculadacontos eroticos de sobrinho roludocache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"amigao raspando a os pelos da buceta da minha mulher conto e video