Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDENDO O CABAÇO E ACHANDO O MACHO DA MINHA VIDA



PERDENDO O CABAÇO E ACHANDO O MACHO DA MINHA VIDA



Certa noite eu saí com uma amiga minha quando ela me apresentou a um colega. Depois de um mês eu e esse colega voltamos a nos encontrar. Nesse dia nás saímos para conversar e digamos, que começamos a namorar.

Dois dias depois ele me ligou para sair novamente e fomos a um restaurante onde conversamos bastante. Saindo de lá ele insinuou que queria me levar para um lugar mais tranquilo, eu pensei um pouco e resolvi aceitar. É obvio que ele me levou para um motel.

Lá chegando nás sentamos na cama e ele foi tirando a camisa, ele estava um pouco tímido e apreensivo, assim como eu.

Começou a me beijar e foi me despindo devagar, beijou os meus pés, as minhas coxas, enfim o meu corpo inteiro chupou os meus seios e foi descendo devagar até chegar e chupar com vontade a minha buceta, me fazendo gemer de tesão. Ele terminou de arrancar a sua roupa e veio por cima de mim colocando o seu cacete duro latejando na minha boca, quase me engasgando.

Então chegou o momento dele me fazer sentir pela primeira vez o seu pintão duro, grosso e gostoso, ergueu as minhas pernas e deixou os meus pés apoiado em seus ombros. Mirou a entrada da minha xana e foi colocando lentamente, empurrando a cabeça e seu membro bem suavemente, até eu sentir que tinha guardado tudo aquilo dentro de mim. Ele começou a rebolar bem devagar e depois foi aumentando ainda mais suas estocadas me fazendo gritar de dor e prazer, me fazendo gozar pela primeira vez naquele caralhão.

Ainda sentindo dor e muito tesão continuei vendo ele socando e rebolando, dando a impressão que queria atolar as bolas na minha buceta. Enquanto ele continuava num vai e vem cada vez mais forte, me fazendo delirar e não conseguindo me controlar mais, gemendo e gritando bem alto senti minha xoxota apertar e contrair seu cacete mais uma vez. E por pouco não gozamos juntos porque logo em seguida eu senti um líquido quente jorrar em minhas entranhas.

Ficamos deitados abraçados, nos recuperando para irmos embora e é claro continuamos nos encontrando e nossas trepadas foram melhorando tanto que até hoje ele faz eu me sentir uma verdadeira puta em seus braços!

Na práxima vez contarei como ele tirou o cabaço do meu cu, arrancando todas as pregas.



[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos carona q virei cornomassagem nos pés amigo hetero contos eróticosbeijo de lingua quente pegada forte gemidãoConto erótico com neg contos eroticos gays filho adotivovideo porno comendo a amiga ia namorada no meio da piscta a forçawww.contoseroticosenfermeirasconto erotico virei escravo de minha professora safadaconto da safada deu o cuzinho na caronaContos eróticos Bundona enorme da esposacontos exitantes fudi amadrinha da minha primagay negro bebado sente pora escorrendo no cuconto erotico transei com uma velha deficiente especialContos porno dei cu p me sogro por chantagemContos eróticos transei com a mãe casada do meu melhor amigocontos eroticos gay natal papai noel me comeucontos eróticos de bebados e drogados gayschupou pau de flanelinha dentro do carrominha xana piscavaconto erótico minha cunhada Joanacontos eroticos de travecos gostosas e taradas tirando o cabaço dos homemsMinha irma adolecente taradinha em conto eroticomeu amigo falou que quer comerminha esposavi meu afilhado peladocontos minha noiva espiandocontos gays tomando banho com o primoporno.pai.padado.jeu.nabuseta.dafilihaFAMÍLIA LINDA CONTOS ERÓTICOSbuceta Detinhamulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridoscontos de menina crentecontos eroticos sinistrosvem ver meu corninho contocontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãecontos dando pra um sessentãoDesvirginando a sobrinha de 18 anosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto erotico mulherzinha gayprofessor de natação metendo a vara na colegacontos eróticos com enteada caipiracontos eroticos de mulher casada que gosta de trair o mardo com negoes e levar tapas na cara na frete do corninhocontos eroticos pastorcontos eróticos, minha esposa puta porno conto meu primeiroamorler conto erotico dando a xota na cabano pro tiocontos eroticos de cornosConto erotico minha esposa e o pau enorme do nosso cachorroas rola de pratigo na bucetacontos eroticos cegovoyeur de esposa conto eroticoconto porno eu comi minha cunhada coroa de 69 anoscontos eroticos irmaosafada da internet contoconto erotico espiando mama no zooComtos casadas fodidas pelos empregados do maridomeu filho me fodeu com raivaconto gaguei mas gostei de dar o cuAteliê dos contos eróticocasada chantageada e submetida aos limites contos eroticoscontos arrombei o cu dela no pique escondecontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos eróticos mamãe deu o cu eu vicontos eroticos filha da minha namoradaContos er no carro do papaicontos eroticos estuprada e gemendo gostoso issooo vaiiii nao paramulher enrabada no banheiro femiininocontos eróticos novinha no ônibusconto gay daniel e murilo me.comerameróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciaflagrei todos fudendoelaFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosMetendo na perereca da maninhachupando a bunda da daniele enquanto ela dormia 2contos eroticos sodomizadocom a tia novinho contos eróticoscontos eroticos sou casada ,eu sobrinho pedrinho parte 4a medica que gostava de zoofilia_contos