Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NÃO DE NOTA 5, APRENDENDO O POMPOAR

Que namorada maravilhosa, médica, pequena, magrinha, um rosto lindo, tinha uma família religiosa, adorava sexo, é mulher para casar, para satisfazer gregos e troianos, mas eu tinha um problema com ela, quando transávamos meu bilau fino ficava dançando dentro dela parecia que eu enfiava o bilau numa gelatina, não era muito gostoso, até que um dia ela me perguntou que nota eu dava para ela no sexo, e eu que sempre fui sincero, dei a nota 5,0 na mesma hora foi aquela choradeira ela dizia que eu não gostava dela, que se gostasse eu diria que era a melhor foda da cidade e etc. etc. tampei a boca dela e pedi 19 minutos calada. E comecei explicando que o meu bilau é fino e quando penetrava sentia ele folgado, mas que a amava e eu podia ate fazer penitencia mas queria ela comigo, chorou muito, disse que a culpa não era dela, foi por causa do primeiro namorado dela que tinha uma geba imensa, e quando transou a primeira vez com o cara, saiu tanto sangue que foi parar no hospital, inventou que tinha sido assaltada e estrupada pelo marginal (acho que até hoje o pai dela procura o bandido). Depois que sarou o cara continuou a transar com ela, todo dia era um massacre, ela tinha um fusca, parava no autádromo (ou como muitos preferem metodromo) e punha a geba para fora ela pulava para cima dele e cavalgava horas até ele gozar, pior era quando ele punha ela de 4 no banco traseiro do carro ele bombando naquele entra e sai rapidíssimo, sem ter para onde correr (num fusca) ela dizia que não sentia nem prazer, sá dor e acabou ficando grande por dentro(afinal o corpo se adapta as situações mais adversas possíveis) quando ela ia falando sobre as transa dela com o namorado eu fui ficando excitado e acabamos transando gostoso depois da transa veio o baixo astral, ela lembrou dos 5,0 e eu disse: --- Quer resolver o problema ? ela disse que sim, então peguei um dedo e coloquei ele na periquita dela bem la dentro e pedi para ela fazer os movimentos igual quando ela termina de mijar, para ela fazer força para fechar, contar até 10, soltar, e vai repetindo esses movimentos.

Percebi que quando ela fazia força, sentia uma leve pressão no dedo, então retirei e disse que era daquele jeito mesmo que ela tinha que praticar esse exercício várias vezes por dia, quando estivesse vendo novela, namorando, toda hora e em pouco tempo ela ia sentir a diferença.

A partir desse dia eu percebia que toda hora ela praticava os exercícios, com 3 semanas eu já sentia uma diferença incrível, fui numa sex shop, comprei umas bolas tailandesas, outros vibradores, para facilitar o treinamento dela. Ela amou essas bolas tailandesas, sempre que íamos fazer uma caminhada ela introduzia as 2 bolas na periquita e íamos fazer a caminhada, de quilometro em quilometro ela me abraçava e pedia para segura-la que estava tendo um orgasmo, corríamos para casa e transávamos adoidados. Ela ficou com a periquita tão forte que teve um dia que eu estava para gozar naquelas gozadas rápidas que estraga uma foda, e ela apertou meu pau da tal maneira que impediu o meu gozo, foi maravilhoso, ela é que comandava nossas trepadas, essas ginásticas fizeram um bem tão grande a ela, elevou sua alto-estima, passou a sentir mais prazer e mais feliz por proporcionar mais prazer para um homem.

E foi aí que eu me estrepei, quando ela estava “apertadíssima” ela reencontrou o antigo namorado e ele depois de constatar a oitava maravilha, não deixou ela voltar para os meus braços, voltaram a namorar ela alegou que eu não sentia prazer com ela, que ela era so 5,0 e que o amigo dela disse que ela era 19 então ia ficar com ele.

Que pena quando comecei a colher os frutos das ginásticas me abandonou, senti tanta falta dela, que hoje se eu transar com uma boneca de plástico e me perguntarem que nota eu dou para o desempenho da boneca eu falo que é 10. tenho um bloger com mais contos sol45ma.blogspot.com meu e-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissocontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tiocontos eroticos dormindo com meu filhoEnrrabada contoQueria ter um pau pra comer mulhercontos eróticos travesti dando o cu para homem do pau grandecontos eróticos fio dental debaixo do ternoConto começou.nascer cabelo na.buceta da.minha.cunhadinhafotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.comi a madame na fre.te do marido. experiencias sexuais.meu cu no formato da contoscondos erodicos vizinho lindoMeu filho socou seu pau na minha bucetavoyeur de esposa conto eroticonetinha preferida do vovô conto eróticocontos erotico meu cunhado e meu sogro me estupraramcontos tia rabuda exibindo calcinha de perna abertaContos com belas picasconto erotico esposa estava nua pai chegoutava um tedio danado,resolvi dar a buceta pra ele,incesto contospenis torture alargando a uretracontos eroticos Sou arquiteta, 28 anos, morena do tipo gostosap****** grandes e grossas f****** o c****** os apertados contos eróticos gayscontos eróticos caminhoneiro safadoQuero treinar o vinha perdendo a virgindade da bucetinhacontos eróticos me fode caralho vaicontos de transando com o genro timidoa pica do meu filho é enorme dei gostoso ate o pai dele deu virou viadao corno contoconto erodico de entiada evangelicacontos de sexo a chupada da minha maeconto negao cuidou do meninomeu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticascontos eróticos traveco emrabado a negona coroa casadaconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caracontos erotico castiguei a buceta da vadiainterracial mulher meia cousa fudendosogras e esposas loucas em pirocas grossas,contos e relatos eroticoscontos eroticos incesto fazendo minha filha gozar no meu paucomi o gordo conto eróticopornô mobili com coroa e vamos até gozarminha mae é a mulher do meus amigos contosconto erotico meu compadrer e minha esposaContos titio comendo a sobrinha bem novinhaconto erótico casada arrependida na noite de carnavalVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhomenina sapeca danada enganou todos contos eroticosarmei pra minha mae conto eroticocoroas safadas depilando as axilascontos eroticos tive que dar pro homem da funerariameu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavacontos eroticos anal iniciando minha filhinhacontos eroticos comi meu irmao rosinhacontos eroticos de estupros entre primosContos eroticos comendo a mae e a tiaContos eróticas de esposas coroas de amigosContos a amiguinha fielcontos estava louco pra dar o cu acabei dandocontos-meu cuzinho quer teu pauesposa deu o cu no camping contoscontos notei que minha namoradacontos eróticos com bucetas grandesvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoconto erotico mae coroa tia coroa filho novinho juntosozinhacom primo contos coroasdepilada entrei nua no quarto contoscuzinho de entiada contos veridicoaprimeira coroa que transei vou contar como aconteseucontos erotico, quatro travesti me estruparamvidios ouzados de sainha.e shortinhoscontos eroticos chupando a pica do meu filhovai dar rolê tudo gordona aí tudo mulher gorda só de biquíni bem gordona da bundona bem gorda da bundonaconto brincando na praia com minha irmãbucetas ticos grelosconto erotico comendo a massatorepeutamulher fia exirtadarContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposarelatos eróticos verídicos gostosas de Cabo Friocontos eroticos travestis fudendo frentistas do posto de gasolina gayscontos eroticos perdi a virgindade com meu tutorCasada dificuldades financeiras e velhos dotados contos eroticoscontos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elaContos eroticoseus.filhoseu arreganga minha buceta pra elecontos tia de 57 anoscontos de zoofilia sobre eguas e jumentas