Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA INICIAÇAO II

Em meu ultimo relato, contei como foi minha iniciação no sexo.

Apesar de ter colocado meu endereço de e-mail errado (o correto é [email protected]), chegou alguns e-mail e um me interessou. É de uma mulher casada, que mora em uma cidade vizinha a Joinville, e que me disse que sempre teve essa fantasia de transar com outra mulher e ter o marido sá olhando. Troquei e-mail com ela e marcamos um encontro na cidade dela, para nos conhecer-mos pessoalmente.

Quando cheguei lá, era sábado pela manhã, nos encontramos em um shopping e nos apresentamos. A Maragarete e o Celso (nomes fictícios) eram casados havia 5 anos, ela, uma loira de 28 anos, cabelos longos, sorriso largo, olhos verdes, belos seios, coxas e bunda bem torneadas. Ele, um moreno claro, de 29 anos, corpo sarado, e também muito sorridente. Conversamos por uma hora aproximadamente e aproveitamos para almoçar ali no shopping mesmo. Apás o almoço, vi que haveria uma sessão de cinema as 14:00h e os convidei para assistir. Eles concordaram e entramos no cinema. Sentamos eu, a Margarete e o Celso. O filme começou e eu comecei a olhar para a Margarete, aquela pouca luz do cinema a deixou mais bonita ainda, ela então me olhou a sorriu, me dizendo que eu era muito bonita e atraente.Como estávamos sentados na última fileira, segurei o rosto dela e a beijei ali mesmo. Um beijo de língua muito gostoso e que foi correspondido por ela. Ela desceu sua mão até minhas pernas e subiu minha saia, chegando até minha calcinha. Ela então encheu sua mão com minha buceta, olhou nos meus olhos e me disse que hoje ela iria experimentar o sabor de uma buceta.

Ela então voltou-se para o marido e viu que ele estava com o pau pra fora, ela então segurou o pau dele e começou a punhetá-lo.Enquanto ela o punhetava, olhava para mim e dizia que era eu que ela queria. Eu a convidei então para irmos a um motel imediatamente, e ela aceitou. Saímos os três e fomos a um motel em uma outra cidade, pois eles preferiam manter a discrição pois são um casal muito conhecido em sua cidade. No caminho, O Celso foi dirigindo, e eu no banco de trás, apreveitei para ir bolinando os seios da Margarete que estava sentada no banco do carona. Chegando ao motel, a Margarete veio em minha direção, segurou meu rosto e me beijou novamente. Soltou as alças de minha blusa e expôs meus seios que estavam com o bicos duros de tesão. Ela então abocanhou meus seios e me fez sentir um arrepio, pois ela é um mais mulherão qua a Silvia. Em poucos instantes eu já estava sem roupa e com aquela loiraça me chupando a buceta que eu havia depilado na noite anterior. Ela enfiava sua língua e dizia que era muito saborosa, ela então enfiou dois dedos e começou a me bolinar até eu gozar. Enquanto eu me restabelecia, ela tirou toda a sua roupa, ficou de quatro e disse para o marido meter nela, pois sua buceta estava pulsando de tesão. O marido encaixou atrás dela e enfiou tudo. Ajoelhei-me ao lado dela, segurei os seus seios com uma das mãos e a outra fui passando em suas costas, indo até sua bunda que balaçava a cada estocada do Celso. Afastei um pouco as nádegas dela e expus aquele cuzinho que o marido disse que sá havia fudido uma vez. Lambuzei com saliva meu dedo então e comecei a enfiar no cuzinho dela. Ela no começo resistiu mas eu insisti e fui enfiando mais dedos. Ela então mandou o marido sair e me disse para chupa-la, o que o fiz. Ela deitada com as pernas pra cima, eu enfiada em sua buceta, e ela segurando minha cebaça entre suas pernas. Ela gozou aos gritos, dizendo que era a melhor foda que ela já havia tido. Quando ela se recobrou, ela levantou-se e pegou em sua bolsa, um consolo, daqueles que fica preso em uma calcinha, vestiu e disse que ia me comer mesmo, abriu minhas pernas e enfiou aquilo de uma sá vez, nem mesmo esperou meu tesão crescer novamente. Doeu ao ponto de eu chorar, mas era ela que mandava na transa. Ela começou a bombar em mim e meu tesão foi crescendo. Ela me dizia que se eu estava gostando, eu deveria trepar com homem também, foi quando eu olhei para o lado e vi que o Celso já estava nu e punhetando na minha cara. Peguei o pau dele e einfiei na boca. Era um pau grande e grosso. Ela então, saiu de mim e deitou-se na cama me dizendo para cavalga-la. Sentei em cima dela, peguei aquele consolo e mirei em minha buceta, e desci, engolindo todo aquele pau. Comecei a cavalgar ela enquanto ela me segurava pela cintura. Ela então me puxou para frente e me fez beija-la. Segurando meu corpo arqueado sobre ela, ela disse que eu iria experimentar uma DP (eu já havia experimentado com dois consolos), e fez sinal para o Celso me enrabar, ele se aproximou, cuspiu em meu cuzinho e enfiou um dedo. Ficou assim por uns instantes, depois se ajelhou sobre a cama e mirou aquele pau grosso em meu cuzinho. Na hora foi uma mistura de tesão e medo, pois o pau dele era muito grosso. Ele então enfiou a cabeça e parou, pois doeu e eu fiquei sem respiração. Quando me recobrei, olhei nos olhos dela e sorri, ela então disse para o Celso – Enfia tudo de uma vez – Ele o fez e eu mordi meus lábios para não gritar. Ela segurou meu rosto, olhou nos meus olhos e me beijou enquanto o Celso me fudia o cuzinho. Transamos até a noite, mas o Celso sá comeu meu cuzinho e minha boca, pois a buceta é sá para mulheres. Sá de lembrar deste momento com aquela loira maravilhosa, minha buceta encharca, e enquanto estou relatando isso, estou com o meu consolo enfiado na buceta para acalma-la.

Outras mulheres que se interessarem, me escrevam, mas lembre-se de me dizer o que fariam comigo, pois se eu me interessar também podemos marcar um encontro para nos conhecer-mos melhor e talvez até curtirmos uma boa transa (lembrando que homem não come minha buceta).

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu primeiro swingcontos eroticos vou te fuder.todacontos fui estudar a noite que professoraela pegou no pinto dele na marra mais ele gozougozando vendo a tia lavando roupaesposas traindo dando o cu,contos de 1988Contos eróticos entre parentesconto eroticos ensinando a casadinha novinha a gozar gostosocontos de coroa com novinhouma travesti usou camisinha colocou na boca da mulher no filme pornôSimone chupando pau de joelhos e levando gozada na bocame fode jb. contoscontos eroticos baba dano banhona meninacontos eroticos da minha tia amadorasbuceta esticada aberta gozandocontos incesto comendo minha mae no sitiovoyeur de esposa conto eroticocontos de corno com pedreiros negros hiper dotados e jumentosContos eroticos-lesbica plugcontos eróticos de professor GayContos eroticos duas rolas lindas mas perversas lascaram cucomo enraba uma colega. de trabalhomulher mostrando partes intimas meladacontos eróticos esposa e um amigo gaysou mega bunduda.contos eroticosfudendo a empregada rabuda negra com fotos contoasconosco toma a porra de. macho na. bucetaa mulher do pinguelo grande em vídeo de pornô que a outra choppcontos eroticos esfrega esfregacontos de sexo rapidinha com a cunhada na cozinha enquanto meu irmão tomava banho no banheiropatricinha safadas se lambendocontos eróticos eu provocava meu primo novinhocontos erotico gay negro dando pra brancocontos eroticos arrombei minha sobrinha pequenaEu e minha Mãe Cabaço contosfodi amiga da minha mae vai mete vou gozar cotosSo uso fio dental enfiado no cu.conto erotico femininoChantageei amiga lesbica da minha mae bdsm contoloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaobaraguay da buceta grande e carnudacontos eroticos so eu e meu gato na chacaradiretor me comeu contosmulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscontos eroticos deixei meu namorado meter na amiga delecontos espiava travesti no banhoum coroa me fudeufazenda fravia dan xeso anal lua demelconto erótico de padrasto tiracontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradoracomendo o c* gostoso bronzeadinha e g************* de uma r*****conto erótico gay usei calcinha e sai na ruaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorContos eroticos teen bicontos sogro polpa foracontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistacontos quero ser corno secretocontos eróticos bunda enorme.e os bandidoscontos mulher espreita homem a masturbar-setoco siririca na madruga contos de casadascontos gay meu paizoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaFamília contos eróticoscontos eróticos lésbicas casada vira escrava da vizinhaconto tio agarrou a moça e comeu elaconto erotico minha esposa no jogo de baralhopegei minha sobrinha mastubano e acabei comeno elamae acorda de fio dental vai na varandacontos eróticos ela me odiavapai me comedei minha buceta para os amigo do meu filho contos eroticoesposa torcendo de biquini em casa conto eroticoperdi minha mulher no jogo contos eroticostaras de ficar olhando outroa fuder