Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DEI O CÚ PARA O PAI DE MINHA AMIGA

Depois que dei o cabaço para o namorado da minha tia, já transamos um montão de vezes. O bom é que aprendi a chupar uma pica e um bocado de posições, além de dar o meu cuzinho (coisa que adorei e adoro). Mas, o problema é que eu quero provar outros sabores (leia-se outras picas), pois depois que briguei com meu namorado resolvi que sá vou dar para homens maduros, e que eu escolha. Pensei e lembrei do pai da minha amiga Mayara. Fernando. Devia ter a idade do meu pai – uns 40 anos. Moreno, alto e com pose de atleta. Lembrei que ele ia para a academia toda noite depois do trabalho. Seria ele o meu segundo. Liguei para Mayara e marquei passar à tarde para batermos um papo. Ela mora num condomínio distante do Centro. Cheguei por volta das 16:30 e ficamos na sala conversando. Ansiosa eu esperava a chegada do Fernando. Ele chegou depois das 18, nos cumprimentou e subiu para trocar de roupa. Eu tinha de sair de carona com ele. Quando ele desceu – nossa, parecia um atleta. Minha buceta ficou arrepiada e toda molhada. Eu falei que já ia porque precisa passar no shopping. Ele ouviu e disse que me levava pois era caminho. Aceitei e fomos para garagem. O carro dele é um Pajero, vidros escuros que não dá pra ver o interior. Bom. Ele abriu a porta e quando eu subi minha saia (eu vestia uma mini-saia amarela) abriu e eu tenho certeza que ele viu minha calcinha (beje). Saímos. Eu tinha uns 40 minutos para realizar meu plano. Ele facilitou quando perguntou se eu ia no shopping encontrar meu namorado. Respondi que tinha terminado. Porquê? Ele perguntou. Eu disse que ele tinha feito uma coisa ruim comigo, mas que não queria falar. E disse que ia no shopping namorar um vestido, lindo. Ele disse: como, namorar um vestido? Eu falei que não tinha dinheiro para comprar, pois já tinha gasto quase toda a minha mesada e não podia mais pedir para o meu pai. Passou um pouco ele falou: não tem jeito de arrumar? Quanto falta? Eu disse, eu tenho R$100 e o vestido custa R$300. Ele disse: eu dou para você mais R$100. Eu recusei: não vou poder pagar. O carro parou num farol e ele virou para mim e disse: se você fizer uma coisa para mim eu lhe dou os 100. Eu disse: que coisa? Ele disse>: um carinho. Eu falei, como? Ele pegou minha mão, colocou em cima do seu short e disse: aqui! Nossa, o cara estava de pau duro. Olhei assustada e disse: sou amiga da Mayara. Ele disse: melhor. Ninguém vai saber. Perguntei: é sá isso? Ele disse, não. Você tem que beijar ele e colocá-lo na boca. Falei que nunca tinha feito isso (safadinha, eu adorava chupar um pau). Ele disse que ensinava. Topei. Ele parou em frente a uma farmácia com caixa eletrônico e disse que ia sacar o $$. Antes de sair ele falou: tenho uma proposta. Se você deixar eu colocar na bundinha eu te dou mais R$100. Nossa tudo que eu queria, mas me fiz de ingênua. Disse que devia doer. Ele falou: pensa e me diz quando eu voltar. Ele voltou, sentou do meu lado e me mostrou com uma das mãos duas notas de R$100 e com a outra um caixa de camisinha. Então? Perguntou. Falei, tá bom. Peguei as duas notas. Saímos e ele entrou num drive in. Era a primeira vez que entrava em um. Fomos para um box..de paredes e com um portão tipo sanfona. Ele desceu, fechou o portão e pediu para eu sair. Eu saí, ele foi tirando minha roupa e me deixou nuinha...ele disse: você é linda! Chupou meus peitinhos... mordia... eu já estava toda molhada.. doida para sentir um pau no meu cuzinho...Ele tirou a camisa e o short.. ficou nú..lindo, parecia um atleta... entramos no banco traseiro. Sentei e ele ficou de frente e mandou eu chupar.. o pau era preto.. comprido.. chupei um pouco e ele pegou uma camisinha e colocou na minha boca..na medida que o pau entrava na minha boca a camisinha ia entrando. Isso era o máximo...Ele mandou eu ficar de joelhos no banco.. fiquei com a bunda pra cima e ele em pé por trás de mim... senti a cabeça da pica forçar meu cuzinho.. entrou um pouquinho e ele perguntou.. está doendo? Eu disse não. Ele enfiou mais um pouco.. acho que a metade e aí eu comecei a fazer meu papel de menina ingênua.. comecei a gemer alto: Aii, Fernando! Dái! Dái! Ele disse, é a primeira vez.. depois fica bom. E enfiou mais um pouco.. Eu adorava aquilo, mas comecei a gritar mais... TÁ DOENDO! AÍII! DÓI! TIRA, FERNANDO! Ele se excitava mais com meus gemidos.. e enfiou de vez.. eu gritei... AIIIIIII.....AIIIII.. daí ele começou a bombar... dizia.. cuzinho gostoso.. maravilha... eu sempre quis comer este cuzinho... TOMA...PUTINHA...eu gemia de prazer e dizia... METE, FERNANDO...ENFIA... comecei a sentir minhas pernas tremerem... meu coração disparou e comecei a gozar... senti um puxão para trás e ele grudou em mim e disse: TÔ GOZANDO NESTE CÚ MARAVILHA....e deu mais uma estocada forte e parou... mandou eu sentar de frente, tirou a camisinha e mandou eu chupar. O pau estava todo lambuzado de gala e eu senti na boca, pela primeira vez o gosto meio salgado da gala.. lambia e engolia aquela gala... ele pegou minha calcinha e limpou o pau com ela. Perguntou: você gostou? Eu disse que sim. Nos vestimos e pedi que ele me deixasse em casa. Antes, ele perguntou o que meu namorado tinha feito.. eu inventei que ele tinha me dado bebida e me desvirginou contra a minha vontade. Ele falou: você não é mais virgem? Eu disse que não, mas que não tinha gostado. Ele falou: vamos nos encontrar domingo que eu tiro essa sensação de você. Eu disse para ele ligar. No domingo ele me comeu de novo. Mas, isso é outra histária que depois eu conto, pois ne domingo eu fodi de manhã com o Fernando e à tarde com o namorado da minha tia. Tive dois homens num mesmo dia... meu cú e minha buceta ficaram ardidos e doídos, mas valeu à pena.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos sai de casa de vestido sem calcinhaContos eroticos dando para o vovoZOOfilia minha sogra gozandomeu cu aberto e ardido de picacontos eroticos marido bebeu e eu encoxei a mulhercontos eroticos em audio de envangelicas que gostam de dar o cuchupou o pau no karatê ele gozar na cara delacomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiminha esposa asistindu filmi de sexomulher de viajante contos eróticos gang bangcontos cavalonas evangelicascontos eroticoscomi a moca da auto escolaconto erotico trabalho sala reuniaominha tia batendo um punheta para sobrinho contosencoxei e dedei minha sobrinhaporno contos eroticos filhinhas enrabadasme arrombou corno contosconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxorawww.contos eroticos de tias soteironas com sobrinhos.comComto erotico picanti de Padre lanbendo xanacontos eróticos seios devem ser mamadoscontos servente de pedreiroconto pono de mulhe deiixa seu ammate negao tira sangue da suuua fiilhaconto erotico com crentemeus peitinhos doíam...conto erotico paraliticoeu confesso incestoConto erotico vizinha bobinhaEngravidando conto Cornoconto xota cu irmãzinhagaroto.burrinha.zoofilia.contonoiva tarada melando o pau do noivocuzinho devastado a força contos eroticos esposinha chorosa: contoscontos eroticos de empresarias no hotelcontos testou a esposafome de pica.contos de incestocontos erótico com homens dando o cuzinhocontos eróticos pai e amigosconto gosto de usar roupas femininasquero contos d prostitudascontos eroticos de putas viciadas em porra gang bangeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolaContos ajudei o meu amigo a comer minha filhacontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhascontos eroticos reais minha cunhada me seduziu e eu comiConto minha mae ceicha eu chupar sua becetaporno contos chantagem a casadaspica nu cu e bucetacontocontos eroticos do vovôconto erotico castrado na favelaareela farraelacontos eroticos com meninas deficientesconto sou. chupeteiracontos minha aluninhaContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâcontos eróticos escrava sexuais incertorelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantesconto erotico gozei e depois limpei com a linguacontos eroticos vovô e netinhosesporra encorpada na bocacontos meus amigos estupraram a minha maeContos de tesao por uma mulher casadacomo perdi o meu analminha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contosmoleque no ônibus contos eróticos gaycontoseroticosrolabem novinha virgem chorando najeba gigante contoscontos de fingindo dormircontos eroticos gozando no cu da coroabuceta toda vabiada pornocontos de sexo com vovoContos implando porra na bocaconto uma viagem muito gostosa