Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRESENTE DE ANIVERSÁRIO DE MINHA ESPOSA

Me chamo Paulo, tenho 63 anos e sou casado com a Mara, Uma mulher bonita, loira, de 52 anos. Atuo profissionalmente em uma atividade que sempre me exigiu viagens de semana inteira e até mesmo de duas semanas. A Mara sempre foi compreensiva e muito carinhosa, já eu, não perdia uma oportunidade pra aprontar a transar com outras mulheres, o que fez perder um pouco o tesão pela Mara. No ano passado, quando ela completou 52 anos, perguntei a ela o que ela queria de presente, qualquer coisa mesmo que ela desejasse. Ela ficou de pensar e algumas semanas depois, veio me dizer que havia pensado muito e descobriu que o que ela queria mesmo poderia me chocar, mas era o desejo dela. Eu insisti em saber e ela acabou dizendo que era, transar com dois homens. Realmente aquilo me abalou, demorei algumas semanas para me recompor. Quando então cheguei pra ela e disse que aprovaria. Ela então me disse que eu poderia participar (Até então eu pensava que eu seria o segundo homem) e poderia até escolher os homens, mas deveriam ser jovens e bem dotados. Fiquei um pouco chocado mas fui adiante. Escolhi em agências de outra cidade, dois garotos de programa e marcamos de nos encontrar lá. Viajamos até a cidade e nos encontramos conforme o combinado. Fomos para um motel, eu dirigindo, a Mara ao Meu lado e os dois garotões no banco de trás. Chegando lá. A Mara sentou-se na cama e pediu pra eu colocar uma música bem agitada, e os dois rapazes deveriam dançar pra ela. Os dois começaram a dançar e se aproximaram dela ao ponto de ela poder toca-los. Ela tinha na face uma expessao misturada de tesão e de uma criança pequena que recebe um presente. Eu então abri uma champagne e levei uma taça pra ela. Ela sem tirar os olhos dos dois, pegou a taça e a bebeu de um gole sá. A Mara estava pro crime mesmo. Os dois rapazes abriram suas camisas, deixando exposto suas barrigas saradas e seus peitos depilados. Ela então começou a passar a mão neles e os puxou pra perto dela, eles começar a passar a mão nos cabelos dela e puxaram sua cabeça contra as suas barrigas. Ela então passou a beijar a barriga deles e a esfregar os paus deles por cima da calça. Ela então disse pra eles se despirem enquanto dançavam, e ela os aplaudia enquanto baixavam suas calças e ficavam somente de sunga, e com o pau já duro. Ela então me olhou e sorrindo disse que eu era um marido perfeito e me esticou a mão me puxando para perto dela e me dano um beijo singelo nos lábios me fez sentar ao lado dela. Os garotões então se aproximaram dela e passaram a massagear os seios dela por cima da roupa e em seguida enfiando a mão dentro da blusa dela. Ela então, abaixou a sunga dos dois e fez saltar os paus duros deles. Ela então segurou o pau dos dois e deu um beijo na cabeça do pau de cada um e se virou e me deu um beijo também, dizendo que hoje ela se entregaria a toda a fantasia que ela tinha, de trepar com dois garanhões e ser fodida de todo o jeito e de forma completa. Ela então abocanhou os paus e enfiou tudo na boca. Os chupou por uns 5 minutos e eu já havia me afastado e sentado na cadeira do bar. Logo os dois despiram ela e passaram a chupa-la toda. Ela gemia, urrava e dava gargalhadas, pois eu não deixava o copo de champagne dela vazio. Um dos rapazes então, abriu as pernas dela, e qauí vale descrever que ela estava de meia-liga preta, sapato de salto alto e calcinha e sutiã pretos. O Rapaz caiu de boca na buceta dela e o outro ofereceu o pau pra ela chupar. Em instantes o rapaz mirou o pau e fudeu a buceta dela dela. Ela começou a gozar pois o pau do rapaz era o dobro de grossura do meu. Ela soltou o corpo e o rapaz continuou bombando nela, colocando as pernas dela por cima do ombro dele. Em uns 19 minutos ela já havia se recobrado e pegou o outro rapaz e o colocou deitado na cama, subiu nele e começou a cavalgar. Olhou pra mim e disse que era pra eu ficar olhando, pois ela agora receberia dois paus au mesmo tempo. Olhou pro rapaz e disse pra ele comer a bunda dela. Ele então se preparou, lubrificou o pau dele e o cu dela com um creme e começou a enfiar. Ela mordeu os lábios para abafar o gemido de dor, esticou o braço para trás e segurou na cintura do rapaz, fazendo ele forçar mais ainda a entrada. Logo ela já estava espetado por dois paus, uma na buceta e outro no cu. Eu já estava me acabando na punheta, e vale lembrar que na minha idade demora um pouco mais pra gozar. Os três fuderam ali na minha frente por mais 4 horas. A Mara ficou toda arrombada mas como ela mesmo disse, era a melhor dor e ardência que ela já havia sentido. A Mara recebeu porra na buceta, no cu, na boca e nos peitos. Ao final, saímos dali de banho tomado e fomos pra um bar beber e conversar mais um pouco. Neste bar a Mara fez questão de entrar de mãos dadas com os rapazes e permanecer abraçada neles, segundo ela uma demonstração de aqueles dois eram dela até o final do dia e ela era deles. Essa transa da minha mulher, aumentou meu tesão por ela, e sempre que eu volto de viajem ela já está lá, toda preparada, e me trepa até gozar. Mas ela disse que para o práximo aniversário ela vai me pedir pra repetir a dose, mas dessa vez será com um casal jovem. Já estou selecionando o casal. E dessa vez será em Florianápolis-SC. Se você mora lá e quiser trocar e-mail, quem sabe podemos nos conhecer e até mesmo dar esse presente pra Mara. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliacontos. eroticoscomi milha mulher com negaose eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caramulher com uma bu dando nda inmencacontos eróticos gays cavalgando no tiocontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhoFILHA CHORA QUANDO O PAI EMPURO A PICA NELA PORNOMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhoscontos levei uma rolada do meu filhoconto dei boa noite cinderela pro meu amigo e comi a sua mulherContos mulher coloca silicone e vira putatraveco roludo patendo puenta derepente chega a mulher bem gostozaContos encesto mae gostosa sapdando banho na sobrinha e pondo nas coxinhas dela gratisve molge dano cu mexeno no pau gozano no paiContos eroticos guspe na bocacontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestiSentir tezao por tênis feminino e normalmulher sendo forçada a gozar com pirocada de macho amarradacontos erotico tia de calça suplex econtos eroticos de pai dando um trato na filhacontos meu calmante é picaContos eroticoa transei cm um aduto na infanciaConto erotico comendo minha madrinhahistorias de sexo eu e minha madrasta bia de raboconto aproveitou a irma dormindo e sentou na pica do cunhadocrente reclama do marido contos' pornocontos eroticos lesbicos mulatas casadas biconto incesto irma no banho de roupa amarrabricando de video game apostado com os amigos contos eroticoshistórias eróticas com tiaboquete gozada boca amiga contoscontos aliviando as tetas de minha irmaconto sexo casada chicao pretoconto gay metemos.o dia todosou puta do meu cachorrocontos eroticos ela foi banha e laou meu pintinhocontos eroticos incesto o retorno de maria alice na casa do padrinhocontoseroticocoroascontos eroticos de sogrovidio porno meu.amartes.mim pegou de geitoloucuras do carnaval varias pessoas fudendo juntas no dalaocontos porno os amigos de papai fuderam mamaecontos eroticos meu amigo e minha mãecontos eroticos chamei meus amigos pra ver jogo em casagostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladaConto gay velhoContos minha filha de biquíniesbarrando na bunda da tia e rola sexoconto a rainha dos biquinisconto. a sugadora de. porrapeguei ela cimastubando eu como ela secohttps://idlestates.ru/conto_23966_fazendo-amor-com-o-filho-adotivo.htmlcontos eroticos com vendedora ambulantecontos de iniciação no swingconto erotico machucando o esfíncter2 ome pega uma mulher afosa prafase pornocontos a mulher do meu primo e seu cu guloso iniciando um cuzinho virgem contosiniciando um cuzinho virgem contosconto erotico. amigo do meu filho comeu minha mae a forsa3contos eroticos de novinhos madrinhasconto erotico meu compadrer e minha esposatitio viu minha bucetinha e achou linda contoscontos reais de casais iniciando no swingpedreiro velho gay contosxvedeo foi brincar com a prima efreguei pau nelaContos eroticos detesto camisinha gosto de sentir o calor da rola dentro gozando dentro traicaoSafadinho aaa uuucontos eroticos comendo o cachorro da ruacontos gays tio e sobrinhoela sentava no meu meu colo e adorava contos eroticoscontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos casei virgembudao fudida por varios brutoscontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paiestrupando a namorada bebada contoseu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eroticos sou brocha e minha esposa arumo amantescontos eróticos eu e minha mãe na praiacoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidocontos policiais fudendo presoscontos eroticos padrecontos eroticos gozando dentro da novinhacontos eróticos com menina muito nova crentescontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anoscontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordaContos eroticos gosto que minhas tetas estejam vermelhas de tanto macho chupandocontos eroticos crossdresserPuta da minha sogra a levar na conaconto porno onde a crente casada da ate o cu para o amantesainha olhava lesbicas contosconto erotico trabalho sala reuniaocontos eroticos comi minha madrinha na cama do meu padrinhocdzinhas contos reais