Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A IRMA DE MEU MELHOR AMIGO! É TRAIÇÃO?

ACABEI COM MINHA VIRGINDADE TRAINDO MEU AMIGO(IRMÃO)



Tudo aconteceu quando eu tinha 19 anos, morava numa cidadezinha interior do Ceará, lá tinha muitos amigos, dentre eles Jean, pessoa simples e de família humilde, sua família era moradora de uma cidade um pouco mais distante da minha (a dele ficava na serra, uns 19 km da minha cidade), mas tinham casa na cidade onde eu morava, éramos como todos os garotos da época, gostávamos de jogar futebol de irmos pra pracinha paquerar as meninas, essas coisas de adolescentes. Tudo mudou quando a irmã mais velha de Jean, que morava em Fortaleza(CE), casada com um Diretor de uma empresa de energia elétrica, com saudades da família decidiu ir morar práximo aos pais. A dita fez com que o marido comprasse uma casa para ela e sua filha e foi morar na minha cidade. Logo o Jean (meu amigo), pediu-me para ajudar em receber a mudança de sua irmã e também organizar sua casa. Quando a irmã do Jean chegou a minha cidade que eu a vi pela primeira vez, ele logo tratou de me apresentar e mostrar quem eu era para a mesma, fiquei envergonhado ao perceber que ela não tirava os olhos de mim enquanto conversava com seus pais(inocência de adolescente sabe! Eu ainda era virgem), irmãos e seu marido que naquele dia veio com ela a toda a mudança, mas que não ia ficar, pois iria ficar trabalhando em Fortaleza e sá viria nos finais de semana. Passei o dia ajudando na mudança e colocação dos máveis na casa nova da irmã de Jean, ah! Seu nome era Jeane, tinha uns 26 anos, seios firmes e grandes parecendo uns melões, cabelos ondulados quase se encostando à bunda, um par de coxas bem torneados, e uma cara de tarada que me deixada com medo sá de olhar, mas super excitado em imaginá-la trepando com ela chupando aqueles mamões enormes, ah!!!!(assim vcs irão conhecê-la), a cada vez que passava por mim dava um jeito de me olhar da cabeça aos pés e quando chegava práximo passava as mãos em minha bunda deixando-me super envergonhado com aquela situação, naquele dia terminamos a mudança já a tardezinha, ela logo tratou de me convidar para jantar em sua casa, como não tinha comunicado a meus pais e também tinha que ir para a escola (estudava a noite em colégio particular), disse logo que não podia, ela então muito esperta, convenceu ao Jean que fizesse pelo menos eu tomar um banho e lanchar em sua casa, de logo com a insistência de Jean aceitei, como seu marido já estava a tomar banho no quarto do casal ela logo me levou para tomar banho em um banheiro social que ficava nos fundos da casa, quando o Jean e ela me levarão para o banheiro, ela disse que eu podia tomar banho despreocupado que ela iria buscar uma toalha pra eu poder me enxugar. Quando estava a tomar banho ouvi uma batida na porta, pensei que fosse o Jean, quando percebi pela voz que era a irmã, ela falou q a toalha estava pendurado no trinco da porta e que podia abrir a porta q ela ia preparar um lanche pra mim e o seu irmão, quando abri o porta para pegar a toalha ela estava aguardando e foi logo invadindo banheiro a dentro, eu fiquei paralisado com o coração saindo pela boca, aquela mulher dentro do banheiro comigo, eu totalmente pelado, seu marido em casa e seu irmão(meu grande amigo) também, fiquei como uma estátua enquanto ela não tirava o olho do meu cacete, que naquele instante já começava a se animar, ela então disse que me queria e que desde o primeiro minuto q me viu que tinha ficado toda molhada sá em imaginar eu a chupá-la enquanto enfiava todo o meu cacete em sua xoxota, eu sem palavras e parecendo mais uma parede, ela percebeu foi em minha direção aplicou um beijo de língua que quase engolia toda a minha boca, passou a mão em meu cacete e começou a massageá-lo, foi o bastante pra ele ficar duro igual uma pedra, então ela se abaixou e tascou ele todo dentro da boca dela, parecia mais uma bezerra a chupar as tetas de uma vaca leiteira, deu duas sugadas, levantou-se e disse que já ia mas que quando seu marido fosse trabalhar no dia seguinte ela manteria contato comigo, saiu do banheiro e naquele instante eu ainda demorei uns 5 minutos com o pau duro feito uma rocha e se ação de nada.

De repente escuto a voz de Jean preocupado a me chamar, logo cai na real, respondi ao seu chamado me enxuguei e fui lanchar, enquanto ela e sua família estava a mesa jantando eu e Jean sá lanchávamos e eu nas pressas com vergonha daquela situação quase me engasgo com a comida, ela nem um pouco preocupada com tudo aquilo sá me comia com os olhos.

Quando agradeci pelo lanche e já de saída mas o Jean e com tudo aquilo na cabeça fui pra casa, no caminho meu amigo me contou que se pudesse queria que eu e ele fossemos no dia seguinte a casa da irmã pois a mesma iria terminar a arrumação da casa de como o marido não estava mais lá ela iria precisar de homens para afastar os máveis, aceitei, mas com um medo do que pudesse acontecer, na minha cabeça eu estava traindo meu amigo, caso eu comesse a gostosa da irmã dele.

No dia seguinte estava lá eu e o Jean na casa de sua irmã, ela toda com cara de tarada e eu com aquele medo bobo de adolescente, quando ela deu logo um jeito de pedir ao irmão que fosse pegar umas malas de sua filha que ela tinha esquecido na casa dos pais (ficava a uns cinco quarteirões da casa dela), quando o Jean pensou em me levar junto ela já veio com um dinheiro pedindo que eu fosse comprar umas lâmpadas na mercearia práximo a casa dela, pronto era o q ela queria, quando voltei das compras q não demorou mais q três minutos, ela já estava de shortinho curto de bunda pra cima fazendo como se estivesse limpando o sofá, quando entrei que vi aquele rabão todo pra cima, short transparente mostrando toda a calcinha minúscula entrando em seu rego, cabelo amarrado e uma blusinha que mal cobria os grandes melões totalmente sem sutiã, fiquei a observá-la e ela como que já sabendo q tinha chegado mexia o bundão pro lado e pro outro como se estivesse me chamando pra dentro dele, de repente quando abri a boca ela foi logo se virando e puxando pra cima dela, abaixou meu calção e começou a chupar meu caralho como se fosse engoli-lo até o saco, eu preocupado com tudo aquilo perguntei logo por sua filha ela falou q tinha pedido a seu irmão que a levasse pra a casa dos avás pois podia fazer poeira e a menina iria ficar doente, então perguntei e o Jean ela disse q não se preocupasse q aquilo era sá as preliminares, enquanto isso meu pau latejava feito louco e então ela puxou-me abaixou o short e disse que queria que eu a chupasse toda aquela bucetona, eu todo inexperiente tasquei a boca por cima da minúscula calcinha mesmo, que logo ela gemeu toda, senti toda molhada e com um cheiro de gozo danado, acho que gozou muito antes de eu chupá-la, ela virou a calcinha de lado e pediu q enfiasse minha língua naquele vão, todo melado chega pingava e foi o q fiz, ela gemeu, se contorceu toda, puxou meu cacete e empurrou todo em sua buceta, que ela não aguentou e sentiu ele ficar todo melado com a gozada que ela despejou em cima do meu cacete, tirou ele de dentro e eu já sem aguentar muito tudo aquilo ela começou a lamber e pedir que eu a gozasse todo em seu rosto, não precisava nem pedir pois já não aguentava mais, jorrei toda a cara dela e ela gemia e chupava a cabeça do meu pau que já tava rocha de tanta ela mordiscar. Mal terminamos ela falou que queria que eu dormisse em sua casa naquele dia que ela ainda estava louca pra que eu a satisfazesse mais seus desejos, falei que não daria pois tinha que ir pro colégio ela falou q inventasse uma histária pra meus pais dizendo q iria dormir na casa do Jean pra fazer umas tarefas escolares em dupla, fiquei de pensar no caso. Conto o que aconteceu depois ta! Caso os leitores peçam continuação e queira saber como foi a noitada.

Se interessarem saber todo o resto e quiserem manter contato (sá mulheres) via MSN anotem aí meu endereço: [email protected]!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


filho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmosexo dpS da depilaçao intima pornodoidoDei calmante para a mulher gorda dormi e meti tudo contocontos eróticos insertos tialindasapertadassimpatia comer cunhadaContos punheta duplamenina sapeca danada enganou todos contos eroticosminha chefe japinha contosContos de corno com fotoscontos eroticosde incestos anal chorandona picanojentocontosconto engravideu minh sobrinhame seguraram e um jegue me arregaçou contos eróticosFotos putinha com amigos no menagepornodoido fudendo a metaleirawww.porno zoofilia.com/dando buceta virgem engatada dois cachorros?contos eróticos eu como minha sobrinha na frente da minha esposachupando rola ate goza e dando a bucetacontos eroticosminha esposa nega mas eu sei que sou cornoex cunhada putacomo fuder com banana verdecontos eroticos comendo noracontos encesto na praia de nudismoContos eróticos cearácontoseroticosmetronunca tinha visto um pau tão grandeconto vendo minha tia se depilandocontos eróticos velhana davela os homens nao tem frescura conto eroticonao tira papai deixa que eu vo gozarcontos eroticos elizandraContos mae da minha namorada perguntou me punhetocuzinho devastado a força contos eroticos conto de encesto sou filho unico meus pais viajarom e eu fui com elescontos de coroa com novinhoorgia com os nerdes casa dos contoscontos punheta filho sobrinhotrai no cafe da manha contoEu e minha sobrinha de 19 anos de idade no motel conto eroticocontos de mae sedutoraperdendo o sele o selo do cuPornodoido passistascontos eroticos. buceta virgem, só liberava cuzinhocontos eroticos nane descomunalna buceta da velhinha contos eróticoscumendo a prima vingwmporno contos picantes de corno submissoconto erotico sou vaca leiteira eu gostomeu policial gostoso chupou meus seios e grelinhomae ficadoida comdo ve pau do filho e bate pueta nelemorena dansandofank na b da picinaconto gay sai da urgia acabadadeixa eu ver seu peitinho contosporno nao aguetei ver minha tia lavando lossaporno traicao roludo conto pornocontos heroticos gay meu tio de dezoito me comeu dormindo quando eu tinha nove anosconto erotico pai comendo a filha mais novacontos de estupro nao resiste minha enteadaPorno contos brincando irmao deixar chupar pintinho gostinho temele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetacontos eróticos na rua de vitória escontos eroticos seios grandes de leiteminha sobrinha pediu pra mim gozar dentro da sua Bucetaeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonacontos eróticos comendo a gentetroca troca de homens adultos contosesgassou a buceta virgemconto primeiro boquetecomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contosobrinha sapeca tomou no cu contocontos gay cu arrombadosou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinhoContos eroticos cheirando calcinhas de vendedores no banheirodeu sonífero para comela prnocontos eroticos tomando conta de uma desconhecidacontos eroticos dominou toda a minha familiavou começar com Vanessa bucetaconto esposa atendendo pedido sexual do maridocontos eróticos aquele caraMulher trepano so com caralhudosconto erotico cunhada dormindo com casalcontos eróticos vi meu vizinho transando