Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SENTINDO DOR NO OUTRO DIA!

Eu tenho um amigo que já participou de uma putaria comigo e outra garota, onde ele era chupado e eu comia a bucetinha dela de quatro. Eu já aproveitei pra ver o pau dele, que tem uma cabeçona e é meio roxa. Ele é magro, alto, cabelo curto e muito tarado. Sempre me envia putarias por e-mail. Nás nunca demonstramos interesse um pelo outro, mas tínhamos algumas intimidades e falavamos muitas putarias.

Uma bela noite, fui convidado para matar uma vodca em seu apartamento. Ele me deixou ficar com o copo maior e eu fiquei empolgado, botava bastante gelo, vodca e suco de laranja. Eu cheguei a beber o copo grande mais rápido que ele, com o copo pequeno. A vodca já estava na cabeça. Conversamos muito sobre vários assuntos. Até que quando estávamos no finalzinho da vodca, eu tendo tomado muito mais do que ele, então ele vem me mostrar uns vídeos pornos. Assistimos vários vídeos na internet, e é impossível não demonstrar tesão nessa hora. Sá que nesse momento, ele não estava mais de blusa, e sá com um short que dava pra ver a pica dele formando volume. Eu sabia que era por causa dos vídeos, mas de vez em quando ele dava uma pegadinha na pica que não tinha como eu deixar de olhar. Depois que a pica dele ficou dura, me deixou sozinho vendo os vídeos e passeava pela casa, com o volume do seu pau apontando para o teto. Sempre que ele aparecia, a pica estava dura. Aí ele ficava de sacanagem, balançando a pica por cima do short pra eu ver como estava dura. As vezes ele chegava perto, em pé, e eu sentado vendo os vídeos, ficava com a piroca bem perto de mim, comentando sobre o vídeo, dizendo que as atrizes eram muito gostosas. Eu olhava para o vídeo e olha de canto de olho para a piroca dele chegando cada vez mais perto quando ia falar algo. Eu já estava muito doido de vodca, vendo aquela caceta dura desfilando de um lado para o outro. Fui ficando com um imenso tesão, mas eu estava de calça jeans, o que dificultava demonstrar meu tesão. Passaram-se mais alguns minutos e a bebida já me deixava muito tonto. A vodca já tinha acabado. Ele ficava vendo vídeo enquanto eu ficava cada vez mais tonto, até que uma hora caí no chão e fiquei deitado por um bom tempo, descansando da bebedeira. Aí ele falou, é melhor você dormir aqui mesmo, tem uma cama sobrando, aí de manhã eu te levo em casa. Eu já estava bêbado mesmo, logo aceitei e fui indo para o quarto. E ele vindo atrás. Sempre com brincadeirinhas e ainda de pau duro. Eu entrei no quarto, tirei meu tênis e minha blusa e vi que ele estava na porta ainda, ele veio chegando e falando: vai amigão, pode ficar à vontade, você não vai dormir com essa calça, né? Eu já tinha tirado o cinto, então ele começou a abaixar minhas calças, falando: pode ficar tranquilo, eu não vou te enrabar não. E ficava rindo. Eu estava gostando da brincadeira. Que meu pau estava meia bomba quando ele abaixou minhas calças. Eu já estava querendo sentir meu amigo roçando na minha bunda e no meu cuzinho. Ele terminou de tirar minhas calças e acho que percebeu que eu estava interessado. Então ele me disse boa noite e foi para o quarto dele,e me deixou cheio de vontade de ser enrabado. Eu fiquei na cama, nem me cobri, tava sá de cueca e com um tesão enorme. Ele realmente tinha ido para o quarto. Eu não me aguentei na cama e fui dar uma espiada no quarto dele, quando vejo ele deitado apertando a piroca apontada para o teto por cima do short. Ele viu que eu estava ali. Aí falei: Lembra de me acordar cedo. Voltei pra cama e caí num sono profundo, ainda com tesão. No outro dia cedo eu acordo e já vou no banheiro com uma vontade enorme de fazer o tipo 2. Então acordamos e fomos até minha casa, ele almoçou comigo e no final, quando ele estava indo embora depois do almoço, ele me deu uma dedada no cú, quando eu estava desatento, senti o dedo tocando bem no meio das minhas pregas, ele tocou forte e foi sá um toque, mas forte, e bem no meio do cú, ele teve tempo pra mirar bem, pq ele acertou direitinho. Logo ficou de sacanagem e brincadeirinha e foi embora. Mas a dedada dele ainda doía. E ficou doendo por um tempo. Até que decidi ver se tinha alguma coisa. Quando olho no espelho, meu cú está totalmente vermelho, como se estivesse assado. Ficou doendo o resto do dia inteiro, tive que passar pomada. Eu fiquei imaginando, será mesmo que meu amigo me comeu dormindo do jeito que eu queria se estivesse acordado? será que meteu aquela pica dura toda em mim? será que foi com camisinha? Meu cú estava tão vermelhinho que se ele não me comeu eu não sei o que aconteceu, porque doeu por tanto tempo? Será que eu não senti a dor logo cedo por ele ter passado algum creme analgésico? Eu não sei responder essas perguntas. Mas da práxima vez que eu visitar meu amigo eu vou querer pegar naquela pica dura na primeira oportunidade!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos/o dia em que esfolei a cona da minha filhaConto esposa de tampa sexoconto erotivo orgia pai mãe e filhos biComtos professoras novas casadas fodidas na sala de aula pelos alunosconsultora pega a cliente e a faz gemer de prazercontos gay meu paicontoseroticosiniciandoconto viadinho dadeirocontos eroticos iniciaçao gayPerereca ou buceta de cunhadaTenho 103 cm de bunda.conto eróticoconto erotico vendedor.de.mandiocacontos eróticos tatuadocontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhacontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadaConto crente porno policial com padreEdna A tia da minha esposa contos eroticosGoiânia conto vigia da obra gay cuvideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadameu marido e o amigo dele porno contoconto erotico transei com meu filhocontos eroticos com absorventeporno estrupo do chefunho cnto eroticscontos eroticos sobre virgindadeContos tarados por cu de bundudasou puto e dei meu cuminha sogra minha amantecontos eroticos gay fiquei sozinho em casa meu vizinho veio mim comerAs 3 porquinhas do vizinho Contos eróticosdespedida de solteira as amigas seguram pra ela toma rola na bucetinhacontos eróticos com vizinhacontos eroticos comendo a sogra da minha irma com banana no cupassei a calcinha contos eróticossogra metida a santa contos eróticoconto erotico real sobrinhocontos de crossdresser me seduziu e me fez putacontos pornos passando gel aquece na bucetaconto de sexo em estrada desertacontos de sexos ainda dimenorconto erotico gay: transando com um japoneswww.gays dando o cu par cachorroconto.comcontos de incesto filho fode a maeuma dp muita dor mais deliciosa conto.contos suruba inesperada com a esposa e travestiComo eu faço para passar a minha pica dura na bunda da minha tiatrans bunduda deixou marido rebolando contomeu pai fogoso contomulheres com a bunda grabnde e a buceta grandeconto brincando de cachorrinhoFotos de mulheres com opriquito melado e de fio dentalo home infinando a rola na bumda da molevidio porno gay em hotéis ospede e garconcontos eroticos sogracontos eróticos de dupla penetração b*****contos mia mulhe linda aromou u amate muito bemdotado ela gemi muito na rola delecontos eroticos de praia de nudismocontos foi comer a bct escorregou e pegou no cu vijen delaPau gigante.arrombando o cu da inocência. Jcontos cunhadas gostosasContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradoraconto irma casadacomeu mae e enteada contosminha sogra e meu sogro me convidou pra sexo a tres verídico contocontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoso pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contoContos eróticos teens boys jogando video game com o amiguinhocontos eróticos minha mulher foi f***** por um travestirelatos eroticos madame coroacontos eroticos gays no futebolcom fotosEu e meu ex primo viuvo conto eroticocontos eroticos com homens velhosconto erotico incesto sonifero filhaDei calmante para a mulher gorda dormi e meti tudo contocontos eroticos calcinha desaparecendocontos eróticos sadomasoquismo argola enfiada na bucetacontos eroticos levei rola com meu marido en casacontos eróticos minha tia min da banho