Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BOQUETE NO CUNHADO!

Bom, esses contos que escreverei aqui são veridicas, mas vou preservar a privacidade das pessoas envolvidas e colocar outros nomes pra serem identificados.

Meu nome é Bárbara, tenho 25 anos, tenho 1,64 de altura e 52 KG, tenho pernas torneadas, o bumbum nao muito grande mas é empinadinho e seios fartos, sou loira e tenho olhos castanhos. O que aconteceu comigo foi quando eu tinha 19 anos, e tinha terminado o colégio e ia ingressar na faculdade de Direito, como sempre foi meu sonho, pois minha irmã, Thainá, fazia e ja estava na metade do curso e sempre me deu apoio. Eu era virgem, ja tinha namorado um menino mais velho que eu quando tinha 19 mas nunca fizemos nada além de sexo oral, eu ainda nao tinha aquele tesão todo e nem confiança pra perder a virgindade com ele.Então, Thainá começou a namorar o Fábio, um menino de 19 anos, 4 anos mais jovem que ela, ele era um amor de pessoa, era moreno, forte, 1,84 de altura, e seu corpo era fabuloso e o rosto de criança ainda. Eles eram muito apaixonados, mas quando as ferias terminaram e as aulas dela começaram, ela começou a trabalhar tambem junto com a nossa tia que tinha um escritorio de advocacia, e o Thiago so a via nos finais de semana, ou as vezes nem isso porque ela nunca parava em casa mais, e ele ia la na nossa casa todos os dias me ver, ele era um irmão pra mim, eu sempre contava os meus rolos e coisas que nem minhas melhores amigas sabiam, enfim eu confiava muito nele.

Ate que um dia dessas visitas na minha casa, ele começou a me dizer que achava que a Thainá tava traindo ele, porque os dois trepavam todos os dias, e eles estavam assim ha dias sem nada, e ele me confessou que ja nao aguentava mais, que gostava dela, mas ela nao tinha mais tempo pra ele, e eu no fundo sabia que ela estava traindo ela com o Flavio, ex namorado dela. So que resolvi nao comentar,porque sabia que o Fábio ia sofrer muito se soubesse. Depois de muita conversa ele me perguntou se eu queria jogar dama com ele, pois a gente sempre fazia isso, eu aceitei e sentamos na mesa que tinha na cozinha e começamos a jogar, eu estava de bermuda e uma blusa bem decotada, na verdade confesso que sentia atração por ele, e as vezes tinha esperança dele sentir o mesmo por mim, a minha mae nao ficava em casa porque trabalhava, e meu pai morava em outra cidade proxima da nossa, por isso sempre ficava sozinha com ele. E nesse jogo eu ficava pensando na minha proxima jogada e percebi que ele nao tirava os olhos dos meus peitos, nossa me arrepiei so com aquilo, chegava a ficar molhada, porque eu tava louca pra transar com ele, nunca senti tanta vontade assim na minha vida.



O silencio se quebrou quando ele me disse quando eu estava movendo uma das peças.

- Nossa cuh, você tem um peitão danado

Eu ri e fiquei vermelha, ele sabia que eu tinha ficado com vergonha, e era a primeira vez que isso acontecia, então eu olhei pelo vidro da mesa que ele estava de pau duro, nossa fiquei mais molhada ainda de saber que ele tava assim por minha causa, ai ele me pediu licença pra ir ao banheiro, e eu fiquei la esperando

- Não vale roubar.



Depois de alguns minutos ele voltou a mesa, e eu estava de cabeça baixo quando sent sua mao molhada agarrar na minha nuca, me arrepiei por inteira, e ele percebeu e riu e eu perguntei:

- O que tava fazendo cuh que demorou tanto?

- Eu demorei e fiquei com a mao melada, da porra da punheta que bati pra você

Nossa, vocês nao tem noção de como aquilo mecheu comigo, eu na hora arregalei os olhos e ele continou me olhando com aqueles olhos famintos, e eu tava louca pra transar com ele.Sem esperar ele pegou minha mao pequena e encostou na calça dele, e eu pude sentir que ja estava duro de novo, e era muito grande,ele fazia com que eu apertasse o pau dele, eu nao tinha muita pratica mas eu lembrava quando fazia com meu ex, e eu fiquei apertando enquanto ele gemia, nossa ele começou a rebolar na minha mao, mesmo eu segurando por cima da calça, o cara tava muito excitado e foi abrindo a calça e pediu pra que eu chupasse, que queria sentir minha boca quentinha cubrindo o pau dele.

Eu fiquei meia reciosa porque ele era meu cunhado, mas eu me lembrei que a Thainá tava traindo ele mesmo, então eu vi aquele pau enorme proximo do meu rosto, nem pensei duas vezes e cai de boca nele, colocava ele todinho na minha boca e fazia um vai e vem, ele gemia muito e empurrava minha cabeça contra o pau dele, e ele falava coisas que era musica pros meus ouvidos.

- isso vadia, chupa meu pau, como a putinha que você é

Aquilo me excitava demais, vocês nao tem noção, e eu chupava cada vez mais forte, passava a lingua na cabecinha e sugava ela, ele ia ao delirio e enquanto isos eu arranhava as coxas dele, deixando ele arrepiado. Então ele começou a meter na minha boca, e eu sentia o mastro dele bater fundo na minha garganta, e eu enroscava minha lingua e passava os dentes bem deagar por ele, ele apertava meus seios enquanto ele deu um gemido alto e esporrou na minha boca toda, eu tinha nojo, mas eu tava me comportando como uma putinha mesmo e engoli tudo, ele ficou pasmo com aquilo, mas a gente teve que se recompor logo porque a minha mae chegou do trabalho, e ficamos na mesa fingindo jogar.

Depois disso ele vinha a minha casa todos os dias, mas nao tocamos mais no assunto, depois eu venho contar o dia que ele chupou minha bucetinha, mas isso fica no proximo se vocês gostarem desse.

Se gostarem, mande um email para [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto vendo minha tia se depilandocontos a pica do comedor pingandocontos mulher coloca silicone no peito e na bunda para ficar gostosaconto eroticos com a namorada e minha irma acampandoContos eroticos chantagem cuconto maridoviadohistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva bicontos massagem na tiacontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquedando pro genro. contos eróticoscontos eroticos iniciei meu marido a da o cuas mais linda esguichada na punhetacontos eroticos tia primo e euvoyeur de esposa conto eroticomeu marido liberou também conto cuConto erótico calcinha fedidaa calcinha toda travada no rabocontos eroticos enganada e oferecida pelo maridocontos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreiincesto . garimpeiroscontos minha esposa ainda resistecontos eróticos a puta mal conseguia caminhar no saltovídeos porno idosos enrugado comendo cu de molequescontos eroticos de madrinhasminha cunhada abre as pernas e me mostra a calcinhaencoxada onibus apagado contosconto engravideiConto fio dental taradoconto erotico aluna e professor de geografiaso putao dando o cu e gozando e gritandocontos tia marta vem meu sobrinhoo mete nessa xerecacontos eróticos bem depravado de bem picanteconto erotico gay cuzinho cagando piscando matohistorias heroticad comi airmanzinha da minha namoradaprofessora novinha e senha resolvi dar o c******classificados evangélica procurando cornoCasa dos contos: Virgem na baladaenchemos a boceta de porraTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticogarotinha contos eróticoschapuleta inchada no cuzinho contos eróticos medindo com meu gordinhoporno travesti comendo mulheriu dandofui encoxadacomedo prima emquado os tios n taPortão tem puta fodedeiracontos eroticos Itapetininganovos contos eroticos de pastoresistoriacontoseroticosvai novimha tirano a roupaContos eróticos:meu querido professorcontos meu marido dxou o amigo dele me massagiarcontos eroticos, alisei o piupiu do meu filhinhoVitei meu neto na prisao contos eroticosesposas traindo dando o cu,contos de 1988conto erótico fui flagrado de calcinhacontos eróticos minha esposa trouxe sua sobrinha para morar com a gentecontos eroticos crente coroa peidando no paucontos eroticos com estorias ocorridas na infanciaconto erotico botei sobrinha tayna pra chuparconto sexo meu cunhado meu donosou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos cumi a bucrtina contos eroticosContos eroticostio tiacontos erotico meu paiconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroconto erotico incesto sonifero filhaContos eróticos - coroa tesuda de 50 AnosContos eroticos dor no sacoCaralhogigantedentrocontos heroticos de mulheres casadas de manausvem me comer me esfolar porr contotia bate uma pro sobrinho contoscasada dando o cu no bairro de na casa do ferantevídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoconto familia da esposa nudistaconto erotico incesto sonifero filhaconto gay dando ao estranhosai com um casal contoscasadoscontoszoofiliacontos zoo mastiff taradoperdendo a virgindade com o pai-contos eróticosContos tarados por cu de bundudavidios mulheres pelada mais o amigo e diz a ele pra bater ponheta na boca dela e derama galacondos erodicosrelatos erotico sogro na praiahomes esfregando nas mulhres no honibuscontos erótico vovo me arrombandonocontos eroticos meu sobrinho pauzudo