Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUATRO NOITES SOZINHO COM UM NEGÃO EM UMA MANSÃO

Sou um homem que adora mulheres e homens também principalmente negão de pau grande.

Morava em uma cidadezinha pequena e desde pequeno eu ja dava o cuzinho.

Adoro roupas de setin e seda, terninhos de secretaria e cinta liga, scarpins e botas...Se estiver vestido assim eu me sinto uma mulher vadia e perigosa.

Em 2005 eu fui morar com minha tia em uma cidade de fora, a casa dela era uma mansão pois ela era advogada e meu tio trabalhava com Comercio Exterior e por isso estava sempre viajando.

Minha tia tinha uma variedade de roupas, entre elas 4 conjunto de ternos, cinta liga, jáias cárissimas e pérolas, além de uma variedade de scarpins e botas, assim eu me senti no céu.

Em uma certa semana havia um feriado prolongado na quinta-feira e minha tia resoveu viajar para Jaguariuna e deixou a casa nas minhas mãos.

Fui trabalhar na terça-feira já sabendo que estaria sozinho naquela mansão.

Por volta da três horas da tarde meu supervisor meapresentou meu novo colega de trabalho, era um negão de 1,92 de altra que possuia vários dotes, e um deles eu iria descobrir rapidamente.

Entre várias conversas que tivemos esse negão me disse que adorava um cuzinho e que ninguém resistia a sua pegada africana, nesse momento fiquei até arrepiado.

Marcamos de tomar uma cerveja na casa da minha tinha na quarta a noite pois sá voltariamos a trabalhar na segunda-feira.

Naquela noite usei o que tinha de melhor, e ele nem sabia que iria me traçar, então por volta das 7:00 da noite comecei a me produzir, tomei um belo banho e lavei meu cuzinho com a mangueira do chuveiro deixei ele cheirozinho sá pro negão, então peguei a cinta liga preta e coloquei, depois me maquiei e fiquei bem sensual pois parecia uma mulher, vesti as pulseiras e os colares de pérola e por ultimo botei uma bluda de setin e o terninho de secretária por cima e uma calça bem sensual e apertada.

Já de scarpin preto com salto 19 eu esperi o negão tomando vinho.

Quando marcou 9:00 no relágio o meu celular tocou, era o negão na porta da casa da minha tia, pedi pra que ele entrasse pois não podia sair pra fora senão os vizinho iriam me ver daquele jeito,para eles eu era homem sá que homem eu sou apenas durante o dia, anoite me torno uma puta vadia.

Então o negão entrou e quando me viu daquele jeito ficou assustado e disse:

" O que está fazendo vestido de mulher? "

Eu lhe respondi:

" Hoje eu não sou Alexandre,sou Alexia e você vai me rasgar com sua pica negão. "

O negão logo botou seu pau pra fora e mostrou-me um monumento de 25 cm de comprimento.

Disse pra ele me levar para o escritário de minha tia pois queria ser fodida como uma secretária, ele me elogiava o tempo todo e disse que eu era perfeita nem parecia ser homem e que iria me devorar.

Fomos para o escritário e ele logo me lascou um beijo de lingua, peguei logo no seu pau e comecei a acariciar, logo desci e botei aquele pirocão na minha boca, chupei como um picolé de pitanga e pedi pra ele me foder, nem sabia se aguentaria aquilo tudo no meu rabinho.

Ele me botou de quatro e chupou me cuzinho, fui as nuvéns com aquela lingua preta, logo e botou o dedão no meu cuzinho, gritei e disse pra ele botar a pica logo.

O negão não teve piedade de mim e logo botou aquele caralho no meu cu, ele havia sá rasgado a minha calça e dizinha que não era pra tirar nem uma peça de roupa e muito menos o sapato poisnaquele dia ele estava comendo uma madame, me enchi de tesão e dor com as palavras dele.

Ele botava comforça e dizia que nunca tinha comido um cuzinho tão quentecomo o meu, fique perplexo e cavalguei naqueles 25 cm de pica preta.

Dizia pra ele que aquele fim de semana era sá nosso, ele me rasgava e me chamava de puta vadia, eu quase gozei como uma mulher mas me segurei pois queria prolongar aquela foda.

Depois de me comer em todas as posições o negão veio e botou seu pau na minha boca e disse:

" Vou gozar na sua boca vadia e você vai beber tudo."

Chupei sua vara até ele gozar, não perdi uma gotinha daquele leitinho quente...Foi maravilhoso aquilo, uma experiência que não tem preço.

Depois fodemos o restante do final de semana até no domingo...Dei o cu pra ele vestido com todos os ternos da minha tia, me senti uma condesa dando pra um negão picudo.

Nunca mais esqueci desse finalde semana,ainda sinto aquelas roupas no meu corpo e aquele negão fundando e me rasgando.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico incesto sonifero filhaConto erotico levantaram minha microsaia e me comeram gostosocontos relatados por mulheres que foram abusada e acabaram gozandoconto erotico de esposa de bunda grande com o gordoEmpregada Triscando no meu pau contofui enrabada na frente do meu marido/contosxxvideos vídeos porno doido entre cunhadaconto erotico gay minha mulher e euconto filmaram minha esposaela engolia meu pau e colocava o dedo no meu cucontos eroticos comendo a enteadagozei nas coxas da filha contoscomi o cuzinho do vizinho novinho contos heroicoscontos eroticos minha baba dormindocontos eroticos nos clubes de caldas novas casadas traindocontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comiganhei carona mais tive que engolir porraconto comedo que meu filho virasse gay dei pra eleContos eroticos louca quando dois machos chupam gostoso as minhas tetasmenino de treze anos gostoso bundinha e cuzinho jeitoso contos eroticosnovinha sequestro contoconto erotico sogro ahh uhh mete metecorno viado esposa gostosa conto realcontos eróticos com idososconto comendo a babacomi a mae do meu amigo contopapai disse que me ama contos eroticosbundinha cobiçado conto erótico gaymetendo na barba de shortinho atoladocazal gay fudedo gostoso ao vivopai do meu amiguinho, conto gaymuller comesando a goza gostozosexo emprestei minha mulher pra um amigo que estava preso conto eróticoscontos erotico gay negro dando pra brancocontos minha irma me chupou dormindosubstitui o papai contos eróticosmostrei a buceta toda babada pro papai brincarbumbum arribitado na rolacu de bebado não tem dono contos eróticos gayfotos porno mostrado xoxota pra bater acela puetaconto gosto de usar roupas femininasconto meu cu não voltou normalcontos eróticos a ideia da minha esposa e com meu patrãotereza okinawa pornocontos eróticos esposas traduzidas na minha frentecontos eroticos corno vou te fuderOs travestis qui São quaz mulherTenho um caso com policial contos gaycontosminha primeira vez lesbicacontos sogro polpa foraConfesso bato punheta pra velhocontos flagrei minha irmã e seu filhocoroa cintura fina e coxas largas e gordascontos eróticos de cunhadas e subrinhasconto erotico incesto sonifero filhacontos acordei louca para fuder com meu irmaocontos eroticos com homem contratado para engravidarConto erótico filhinha putinhaFui a depilação ela me lambeu contocontos eróticos e fetiches paguei boquete no meu irmãocontos eroticos cuidando da minhas sobrinhas e suas amiguinhascontos erotico putas manosacontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhacontos esposa e a visinha fodem com cãocontos de corno esposa com dois e comendo cu do esposoincesto Minha mãe e o meu paucontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandocasa dos contos erotica me doparamcontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidaconto erotico empregocontos fiz titio gozarwww.goroa nis Sogra fudendoConto tomando no cuzinhoacademia eroticaxzoofilia animal casaro casadameu tio vez eu beber toda sua porra e viciei quando eu era novinhoou porn contos mãe traindo com um negroconto erotico encoxada vizinhominina pela de mostrngo a busetasenhora trsansandocontos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeludacontos gosto de ver meu marido usando calcinhareais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comergostosa.encoxada gozo nela q rla nei viocontos interracial sou uma mulher bem branquinha vivendo numa familia de negros