Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUATRO NOITES SOZINHO COM UM NEGÃO EM UMA MANSÃO

Sou um homem que adora mulheres e homens também principalmente negão de pau grande.

Morava em uma cidadezinha pequena e desde pequeno eu ja dava o cuzinho.

Adoro roupas de setin e seda, terninhos de secretaria e cinta liga, scarpins e botas...Se estiver vestido assim eu me sinto uma mulher vadia e perigosa.

Em 2005 eu fui morar com minha tia em uma cidade de fora, a casa dela era uma mansão pois ela era advogada e meu tio trabalhava com Comercio Exterior e por isso estava sempre viajando.

Minha tia tinha uma variedade de roupas, entre elas 4 conjunto de ternos, cinta liga, jáias cárissimas e pérolas, além de uma variedade de scarpins e botas, assim eu me senti no céu.

Em uma certa semana havia um feriado prolongado na quinta-feira e minha tia resoveu viajar para Jaguariuna e deixou a casa nas minhas mãos.

Fui trabalhar na terça-feira já sabendo que estaria sozinho naquela mansão.

Por volta da três horas da tarde meu supervisor meapresentou meu novo colega de trabalho, era um negão de 1,92 de altra que possuia vários dotes, e um deles eu iria descobrir rapidamente.

Entre várias conversas que tivemos esse negão me disse que adorava um cuzinho e que ninguém resistia a sua pegada africana, nesse momento fiquei até arrepiado.

Marcamos de tomar uma cerveja na casa da minha tinha na quarta a noite pois sá voltariamos a trabalhar na segunda-feira.

Naquela noite usei o que tinha de melhor, e ele nem sabia que iria me traçar, então por volta das 7:00 da noite comecei a me produzir, tomei um belo banho e lavei meu cuzinho com a mangueira do chuveiro deixei ele cheirozinho sá pro negão, então peguei a cinta liga preta e coloquei, depois me maquiei e fiquei bem sensual pois parecia uma mulher, vesti as pulseiras e os colares de pérola e por ultimo botei uma bluda de setin e o terninho de secretária por cima e uma calça bem sensual e apertada.

Já de scarpin preto com salto 19 eu esperi o negão tomando vinho.

Quando marcou 9:00 no relágio o meu celular tocou, era o negão na porta da casa da minha tia, pedi pra que ele entrasse pois não podia sair pra fora senão os vizinho iriam me ver daquele jeito,para eles eu era homem sá que homem eu sou apenas durante o dia, anoite me torno uma puta vadia.

Então o negão entrou e quando me viu daquele jeito ficou assustado e disse:

" O que está fazendo vestido de mulher? "

Eu lhe respondi:

" Hoje eu não sou Alexandre,sou Alexia e você vai me rasgar com sua pica negão. "

O negão logo botou seu pau pra fora e mostrou-me um monumento de 25 cm de comprimento.

Disse pra ele me levar para o escritário de minha tia pois queria ser fodida como uma secretária, ele me elogiava o tempo todo e disse que eu era perfeita nem parecia ser homem e que iria me devorar.

Fomos para o escritário e ele logo me lascou um beijo de lingua, peguei logo no seu pau e comecei a acariciar, logo desci e botei aquele pirocão na minha boca, chupei como um picolé de pitanga e pedi pra ele me foder, nem sabia se aguentaria aquilo tudo no meu rabinho.

Ele me botou de quatro e chupou me cuzinho, fui as nuvéns com aquela lingua preta, logo e botou o dedão no meu cuzinho, gritei e disse pra ele botar a pica logo.

O negão não teve piedade de mim e logo botou aquele caralho no meu cu, ele havia sá rasgado a minha calça e dizinha que não era pra tirar nem uma peça de roupa e muito menos o sapato poisnaquele dia ele estava comendo uma madame, me enchi de tesão e dor com as palavras dele.

Ele botava comforça e dizia que nunca tinha comido um cuzinho tão quentecomo o meu, fique perplexo e cavalguei naqueles 25 cm de pica preta.

Dizia pra ele que aquele fim de semana era sá nosso, ele me rasgava e me chamava de puta vadia, eu quase gozei como uma mulher mas me segurei pois queria prolongar aquela foda.

Depois de me comer em todas as posições o negão veio e botou seu pau na minha boca e disse:

" Vou gozar na sua boca vadia e você vai beber tudo."

Chupei sua vara até ele gozar, não perdi uma gotinha daquele leitinho quente...Foi maravilhoso aquilo, uma experiência que não tem preço.

Depois fodemos o restante do final de semana até no domingo...Dei o cu pra ele vestido com todos os ternos da minha tia, me senti uma condesa dando pra um negão picudo.

Nunca mais esqueci desse finalde semana,ainda sinto aquelas roupas no meu corpo e aquele negão fundando e me rasgando.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos de travestis pauzudoscontos eróticos de bebados e drogados gaysconto esposa exibicionista sensual pra molekEu e meu ex primo viuvo conto eroticoConto erotico flagrei meu vizinho comendo uma cabritaconto erotico gay viciei na porraConto erótico Sempre fui mas ele descobriucontos foi comer a bct escorregou e pegou no cu vijen delacontoseroticoscagandoComtos mae fodida pelo filho e amigos deletarado.tira.vigidadi.da.entidas.novinhas.come.o.cu.elas.gritaporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elacasa dos contos mae e filha xupação de bucetamulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelcontos eroticos sogra diabeteminha tia se masturbano emganto eu durmoparticipei de uma suruba contosconto meu irmputinha desde novinha contos eroticostranse com meu pai no onibusconto erotico gay: transando com um japonescontos eroticos com dialogo molestada pelo patraominha xana piscavapivete x e minha esposa contoscontos eróticos com mulatasconto erotico o pedreiroirmã transformassem roupa vídeos pornô doidoContos meus dois filhos me estruparm clímaxconto erotico chupando pau desde cedohistorias de meninas que se masturbaram enfiando cenouras no cu e na checaConto erotico de sexo incesto cheiro da buceta suada da irmaconto casada chantagiada deu pro meninocontos porno em quadrinhos de mulheres pegando marido no flagra dando o cu pra negao roludobocetinha sem nenhum pelo e piquenininhPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosmulher melancia de cinta liga e espartilhome comeu aindanovinhacomessei a alizar o pau do marido da minha tia contocontos eróticos massagemgay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocontos eroticos entre maes raspadinhas e filhos taradosru e a amiga da minha esposa contotraveco dominando e excitando macho em banheiro, contos com fotostia s***** com short bem coladinho com os peitinho bem a filha dançando o funk para o sobrinhoconto erotico em familiaconto erótico gay acordando com carinhosomeu marido me flagrou fodendo contosassistir filme pornô mãe então você tá grande meladacontos a mulher do meu primo e seu cu guloso contos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idademeu irmão me convenceu contoscontos pornos filho tarado e mae carinhosacontos eroticos caminhoneiro gayconto casada vira cadelaContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemcontos eróticos gay primeira vesporno gay interracial com macaquinho gulosocontos eroticos esposas na praiaContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossaempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhocontos eróticos gay Proibidos - Desde Cedo no meu maninhocontos comi uma cabritinhaConto erotico minha mae coroa virou a minha cadelinha.comcontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhaporno amador em festinhasparticularestitiocolocadevagarcontos eroticos masturbando na praia gozei na areiacontos minha irma me chupou dormindovideo de namoradosendo cornohttps://idlestates.ru/conto_23966_fazendo-amor-com-o-filho-adotivo.htmlmulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulcontos eroticos com dialogo molestada pelo patraocontos erotico mayara piercingtirou as pregas dela contoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html gordinha conto eroticoMe comerao quando eu era novinha conto porno