Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NUM BANHEIRO PÚBLICO

Por mais incrível que possa parecer, o que vou narrar realmente aconteceu. Era um final de tarde, eu estava no centro da cidade quando me deu uma enorme vontade de mijar. Então me dirigi a um banheiro público e fui ao mijador coletivo. Enquanto estava mijando entrou um homem, o qual deveria ter uns 48 anos, encostando-se do meu lado esquerdo.



Percebia, com o olhar de canto de olho, que o cara fitava o meu cacete com expressão de desejo. Isso fez com que o meu caralho começasse a endurecer. Assim que acabei de mijar, ele pegou no meu pau e começou a punhetá-lo. Notei que estávamos sozinhos, o que era uma raridade em se tratando do horário. Ele fez um gesto com a cabeça mostrando-me as cabines e foi andando para lá. Eu o acompanhei.



Ele sentou na privada, arriou minha calça até os joelhos e começou a dar uma bela chupada no meu cacete. Achei átimo, pois estava louco de tesão, já que momentos antes havia cobiçado muitas bundas femininas. O cara chupava deliciosamente! Ele abocanhava meu mastro todo, depois o beijava e o lambia. De vez em quando chupava meu saco.



Depois parou de mamar e começou a colocar uma camisinha no meu ferro com a boca. Minha piroca estava com a capacidade máxima de ereção, bonita e vistosa. O estranho se levantou, virou de costas para mim, abaixou a calça, desceu a cueca, curvou-se para frente e, com as duas mãos, abriu sua bunda branca, expondo-me um belo cu depilado. Não tive dúvidas, fui forçando minha vara naquele rabo convidativo e pulsante, até que começou a entrar. E acabou entrando tudo na rosquinha dele.



O cara rebolava feito um louco e gemia. Apás uns movimentos de vaivém, não aguentei mais e despejei meu quente e cremoso esperma dentro do cuzinho dele, urrando muito. Ele sentou-se novamente na privada, retirou a camisinha do meu soluçante caibro e, colocando a boca a poucos centímetros dele, falou:

- Mija na minha boca, vai! Estou louquinho para sentir esse

líquido maravilhoso escorrer pela minha garganta.



Não me fiz de rogado e dei uma bela mijada na sua boca. Ele bebeu tudo. Foi incrível! Depois disso, virou-me e começou a chupar meu cu. Até me espantei com a volúpia que ele lambia, chupava e enfiava a língua dentro do meu rabo, pois havia dado uma cagada pela manhã e não tinha lavado o cuzinho, sá o tinha limpado com papel higiênico.



Foi então que o cara me pediu para cagar na boca dele. Eu, envolvido pela situação, tentei, fiz muita força a acabei fazendo um pouco. Acabei gozando de novo na punheta que ele me socava enquanto cagava gostoso na boca dele. O homem deixou o meu botãozinho limpinho. Saímos da cabine e ele foi lavar a boca na pia. Ele me disse que era de São Paulo (Capital) e que tinha vindo a Santos tratar de compromissos profissionais. Despedimo-nos, e eu não perguntei seu nome nem fone.



Quero repetir essa inesquecível experiência com outros parceiros. Alguém interessado? Não precisa ser em banheiro público; com local, melhor. Estou aguardando ansiosamente. Podem me contatar no e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de coroascontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhaninfomaniaca contocontos verídicos com garotas teenscontos eroyicoa muito rabudaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos eroticos comi a noiva do otariomeu amigo me domina e me faz de escravo do sexo gaycontos minha namorada tem a buceta arrombadaela gritou dizendo q seu cu tava doendo contoseu gordinha arregacada por um roludo contoscunhada na cadeia contosgozando vendo a tia lavando roupafrutaporno adoro bater punheta na calcinha da mamaecontos eróticos: aposta com o amigo bundudoeu minha namorada e uma amiga carioca conto eróticoContos Deize pega rolaContos eróticos papai me quercontos eroticos sou puto do meu padastrodei para meu genroContos eroticos sempre quis da meu cu pro vizinhofotos cim zoom so de cacetes duros melado de porraadoro ser estuprada contoscontos eroticos..comi a mulher do pastorcontos porno eu e minha mulher curradosconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sanguecontos esposa da o cu no acampamento ao lado d marido no escuroconto nao queria mais dar mas o negaocomeudei cu de fio dentaMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhanegao marido de aluguel com casadas contosconto incesto calçinha de bichinhocontos eroticos me fodeContos eroticos titias caindo na rola grossa do sobrinhoufa ufa ela senta fode e chupachantagem mãe contoconto erotico marido bebado sogro fode noracontos eroticos amigo gay inicioucontos de esposas e tiosContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser putamulher massagista escorregar o dedo na xota da clientecasada pelada em lugares movimentados contoscontos mi mastubava nas calcinhas da vizinhas gostosas contoscontos eróticos vc me acha bonitaMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mcontos erotico com pintudo, fatos reaiscontos eróticos leite incestoprima perguntou se eu era virgemmeu,vizinho mais velho me lambeucontos eroticos de incesto inversão com mãe e filhinhocontos gay trans teencontos eroticos casada virá puta do mendigoEnchi a buceta da sogra de.porra contocontos eróticos: aposta com o amigo bundudohttps://idlestates.ru/conto_3484_desvirginando-minha-querida-irmazinha.htmlestuprado pelo pai na infancia gay contocontos eroticos fui comida pelo cara que conserta sapatosconto fiz sexo oral em padreTitia deu pra mim e meu primo praticando sexo contos erticoccnto iroicos comedo o cuzinho do meu filho bem novinhocontos eróticos fui pra casa da tia e meus primos me arrombaramcontos gozei pelo cuA dançarina e o gostoso da professora de dança contos eroticomamae japonesa me bolinandomandou fotos nua e recebeu chantagemum coroa me fudeucontos personal acoxando a cavala na academiacontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimcontoseroticosdesvirginandofui comer acabei dandocontos exitantes fudi amadrinha da minha primadoce nanda contos eroticos