Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA E MANINHA...MINHAS PUTAS

Essa histária é real com nomes fictícios é claro, como ja contei em outros contos eu (24 anos) e minha irmã Amanda (hoje com 28 anos) ja tivemos algumas experiencias juntos durante a adolescencia, mas nunca haviamos transado respeitando pelo menos um pouco o fato de sermos irmãos de pai e mãe. Porém o tempo passou, minha irmã se mudou para o campo e eu me casei com Bárbara ( 26 anos) com quem ja estou a três anos. Eu e Barbara temos uma vida sexual muito ativa e plena, ela muito fogosa e safada, faz o tipo "gueixa" sempre tentando me servir e agradar em tudo. Um certo dia no auge do meu tesão com Barbara, lembrei de minha irmã amanda e pensei como seria gostoso compartilhar algo com as duas, motivado pelo fato de ter certeza de que Barbara toparia pra me agradar. Amanda por sua vez, nas poucas vezes em que me via, sempre tentava se insinuar ou mencionar algo daquela época para me fazer lembrar, então tomei coragem e contei minhas intimidades com Amanda a Barbara. Barbara se assustou, mas não me recriminou, disse apenas que seria legal se ela assistisse nossas transas e ficasse cheia de vontade...minha mulher queria causar inveja na cunhada. Naquela noite transamos feitos animais até de manhã. Algumas semanas se passaram e eu não tirava a idéia da cabeça, sinceramente não planejava transar com Amanda, mas queria introduzi-la em minhas transas com Barbara de alguma forma, talvez até como voyeur. Pois bem, feriadão e eu e Barbara íamos viajar para a casa de praia emprestada de um casal de amigos, logo na sexta tive a brilhante ideia de convidar minha mana Amanda para ir conosco. Barbara riu e sá comentou, desde que ela não toque em você e nem você nela...tudo bem (rs). Liguei para Amanda que me atendeu carinhosamente e a convidei, ela disse que talvez não pudesse por causa do marido, mas eu insisti e ela marcou de eu ir buscala na rodoviaria para leva-la até lá. Fui busca-la sozinho é claro ela estava com um vestido florido decotado que realçava os peitos imensos de Amamda, que não é gostosona, mas além dos peitos gigantes tambem tem um rosto bem bonito. Nos abraçamos fortemente e seguimos para a casa de praia onde eu havia deixado Barbara arrumando algumas coisas. Na primeira noite enquanto transava com Barbara no quarto tentai fazer muito baralho inclusive Barbara gritava e gemia para chamar a atenção de amanda, mas não adiantou, Amanda havia apagado no sofá e nada escutara. Porém no dia seguinte eu sabia que tinha pouco tempo, ja era sabado e nás voltariamos na segunda a noite. Tive que partir para um ataque mais agressivo. Na praia deserta, fiquei me agarrando com Barbara na cara de Amanda que quando demonstrava incomodo recebia elogios quanto ao corpo e algumas caricias de Barbara também que volta e meia elogiava seus seios ou passava a mão em seus cabelos e dizia que ela estava linda. Meu pau estava duro feito pedra dentro da sunga e não deu para disfarçar, ao sair do mar, vi Amanda olhando descaradamente para ele e fazendo uma cara que me lembrava muito as caras de tesão da adolescencia. A noite enquanto bebíamos na varanda, propus uma brincadeira de verdade ou consequencia para esquentar o clima. Ja no alto das cervejas e brincadeiras impus que o castigo de Barbara seria beijar Amanda. As duas riram e meio sem jeito deram um "selinho" eu protestei e disse que teria de ser um beijo de verdade pois selinho eu dava também, daí virei a cabeça de Amanda e beijei. Barbara contra sua vontade, pegou o rosto de minha irmã e as duas se beijaram por longos dois minutos alternando carícias e soltando gemidos como quem beija com paixão. Aquilo me deixou louco entrei no meio e fui atacando Barbara. Amanda se levantou e sentou-se em frente a nás numa poltrona ficamos ali de sacanagem um tempo porem logo levamos amanda para dentro do nosso quarto onde ela se sentou a beira da cama acompanhado atentamente a nossa transa. amanda vibrava ao me ver fuder Barbara de quatro com força. Desejava que fosse com ela. Barbara esticou uma das mãos e tocou Amanda dizendo: Pode ficar a vontade cunhada eu sei que voce ta toda molhada, pode se masturbar. Amanda colocou a mão por dentro do short, tirou um peito pra fora do top e ficou acariciando. Eu fodia Barbara mas olhava Amanda, até que não aguentei e comecei a apertar o peito de minha irmã. Barbara ao ver, também se entregou ao tesão e acariciou o outro seio de Amanda que gemia. Depois Barbara se posicionou para me chupar e logo amanda se abaixou assim, minha mulher chupava e oferecia meu pau a cunhada. Eu delirava olhava para baixo e via minha irmã e minha mulher me chupando em parceria. Eu gemia e xingava elas de putas...Amanda se levantou e começamos a nos beijar, aproveitei para cair de boca naqueles peitões de vaca da minha irmã enquanto recebia ainda a deliciosa mamada de Barbara. Barbara acabou dizendo que seria hoje que eu comeria a vadia da minha irmã, dito e feito, coloquei-as uma ao lado da outra na cama e penetrei as duas a noite toda, enquanto elas se beijavam, se chupavam, enfim foi uma noite de muito amor e muita paixão. Durante aquele feriadão ainda, ficamos os tres o tempo todo de sacanagem mesmo na rua, afinal ninguem sabia que eu e Amanda éramos irmãos. Em casa, as duas ficaram me servindo o tempo todo, cozinhando, fazendo massagens, disputando a minha atenção em troca de pica. Assim rolaram muitas outras vezes de dia e a noite. Ao término do feriadão Amanda se foi cheia de lembranças boas de seu irmão e eu e Barbara ja pensamos na práxima putaria que vamos aprontar...

Um abraço

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


as mais linda esguichada na punhetaconto de quarentona a fuder com desconhecidoconto erotico bucetas folozadaMamando o netinho contoseroticoscontos papai encoxou sem querer na minha bundacontos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossasconto erotico fiquei com o cuzinho bem arrombado e cheio de porraconto sexo nora putinha do sogro negao.contos erotico gay quando mim focaraoacordou de baby doll e foi para cama do cunhadogorda sobe a saia e transa na ruacontos comi minha mae e o travestiMeu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhominha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticoscontos eroticos gatinhascontos erotico dei o meu cu a forca pro caminhoneiroA primeira vez q dei meu cuzinho michelecontos eroticos no casino pagou com a mulhercontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adoraramContos eroticos fagrei mnha esposa fodendo com dois carascontos homem casado chupa picq homem casadoMeu sobrinho me fez gozar no rio contos eroticos de gayscontos eroticos: menininhas virgens chantageadascontos eróticos esposa com sonominha bucetinha chego a sangra na rolona do velho contoscontos erotico de maes que se ajuntou com a filhaeu mae e filha contos de sexocontos de coroa com novinhochiquinha arrombada contos pornContos eroticos No bar sozinhacontos eroticos de evangelicas casadasminha namorada mimosa conto eroticocontos orgia com maecomendo cunhada asm que minha mulher saicontos eroticos enganolésbicas ninfetas comendo peitorais de travestiscontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaContos d uma menina estrupada por taxistanegao marido de aluguel com casadas contoscontos eroticos enganada e oferecida pelo maridosomente a esposa bebada na lancha contosantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocacontos erotico esposa propoe procontos eroticoscomi a moca da auto escolaconto esposa cabeluda de óculos liberada contos de padrinhos com afilhadasconto minha calcinhaconto erotico ajudando maninha pir meu cunhado bebado no chuveiro fiquei de pau durocontos erótico moleque safadocontos de coroa com novinhocontos er gozando na boquinhacontos tava batando uma derrepente minha prima me pegaconto erótico terminando a reforma com esposacontos a mulher policialcontos eroticos fudendo a mae travestiContos sou alegria dos coroasMeu corno cherador de cu.conto eróticofotos de adoráveis travestis pirocudas nuastitio me estuprou. tinha 7 aninhos incesto. analPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticovesti as roupa feminina e dei meu rabinhocontos tirar leite eróticosconto erotico paraense en salinas paraContos eroticos raspando cu do vizinho gueiconto de mulher que se masturbaele domindo eu calvagando no pau deli contocontos eroticos lesbica chineladascontos eróticos de infânciano onibus de excursao sem calcinhacontos eróticos procurei meu irmão si ele mastubavacontos eróticos vovó safadacontos acordei louca para fuder com meu irmaoconto erotico video gameconto erotico sentado no colo baicha saiacontos incesto mãe fofinhachantageada contoconto eroticos picantes com homens mais velhoscontos eróticos mulher bundudaemplorando pra ganha leite eroticos contosheterosegurandosobrinho da um susto na tia gostosa e ela desmaia e ele mete oh pau bem fundo ne e gozar dentro dela e quando ela acorda ta toda gozadaContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzavaMenina curiosa indo no circo pela primeira vez contos eroticosconvencimeu marido a ser cornoMeu genro quer me comer e agoracdzinha dedos no cu esposa contocontos eróticos viúva safadacontos transex fudendo com entregador de pizzaminha tia travesti contostransei com minha amiga e rocei mela contos eroticosmeu marido é um corno muito especialvídeo porno mulhercoloca um vibrado na buceta antes de ir trabalharboquete sem lavar baixar