Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMOR DE ORFAS

Antes de contar um conto erotico, o que vou relatar, e tentarei relatar com a maior fidelidade aos fatos e acontecimentos, e a minha vida, mas para isso alterarei nomes pessoais e de cidades.

Sou uma mulher de 30 anos de idade e minha historia começa na minha infancia, aos 5 anos de idade, quando por uma dessas coisas do destino, perdi meus pais em um acidente de carro, e so nao fiquei a merce do destino, porque uma prima de minha mae, resolveu cuidar de mim e de minha irma.dois anos mais nova.Nao tenho muito o que relatar dessa epoca, ate porque eu nao entendia o acontecido em toda sua plenitude.

Antes de tudo quero ser justa ao declarar que eu e minha irma sempre tivemos um tratamento sem igual pela nossa cuidadora e seu marido, pois nunca deixaram que nos faltasse boa educaçao, otima alimentaçao e acomodaçoes da melhor qualidade, mas apesar de tudo nao conseguia nos transmitir o carinho e o afeto que nos faltava.E esse carinho e afeto eu e minha irma buscavamos inconscientemente uma na outra.Sempre fomo muito proximas e confidentes, nao havendo assunto que fosse proibido entre nos> A vida se desenvolvia normalmente, e lembro pouco da infancia, guardando mais memorias da adolescencia, epoca em que começamos a nos envolver com garotos e cada coisa que acontecia, contavamos uma a outra, nos minimos detalhes, muito embora hoje eu sei, sentissemos um certo ciume quando uma dava sinais de haver se entregue demais.

Sempre fomos extremamente ligadas e sem pudores uma com a outra, sendo normal para nos, dormirmos juntas, geralmente agarradas, e geralmente tb, so de calcinha, ou as vezes ate nuas.Para nos isso era normal e nossa tutora nao censurava, o que nos trazia muita intimidade e conforto.

Lembro-me perfeitamente do dia, que nos levou a trocar as primeiras caricias.Minha irma comentou comigo que sentia dores no abdomem e preocupada estava pois havia trocado caricias ousdas com um garoto, chegando ao ponto do rapaz gozar em sua perna, o que ela pensava poderia cauasr gravidez.Dei-lhe um puxao de orelhas, mas alertei que daquele modo nao se engravidava, mas dispus-me a fazer-lhe um cha e depois dela haver ingerido a infusao, principiei a fazer leve massagem na sua barriga, o que a principio nao me causou nenhuma sensaçao maior, mas que tudo mudou quando ela abrindo o ziper da calça e puxando-a levemente para baixo solicitou que eu massageasse o pubis tambem.

Sem malicia estiquei a massagem, mas ja nos primeiros toques,sentindo tocar seus pelos, comecei a me excitar e ela ondulava discretamente o corpo.Eu nao entendia aquilo, mas estava bom, e pedi que ela tirasse a calça, o que ela fez sem pestanejar, voltando a posiçao anterior.Ai entao eu tinha sua barriga desnuda e a calcinha abaixada ate onde começa o corte da vulva.Sem pestanejar continuei a massagem, mas ai de uma maneira mais ousada, tocando-lhe vez por outra nas suas partes intimas.Eu estava supe excitada, ate ela olhava para mim, como que pedindo que eu ousasse mais, e nao me fiz de rogada, iniciando a apertar levemente sua vulva entre meu indicador e o polegar. Eu estava alucinada de tesao.....meu nel escorria pelas pernas pois eu podia senti-lo.J havia sentido aquilo ao ser encoxada pelos garotos com quem eu ficara, embora fosse virgem, mas aquilo era de uma intensidade mil vezes maior.Descaradamente comecei a massagear seu clitoris por cima da calcinha e ela cada vez mais ondulava o corpo e gemia baixinho, ajudando-me tb abrindo bem as pernas, o que finalizou em um orgasmo, que vim a saber foi o primeiro da sua vida.........continua

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos padastro com indiadaContos eroticos de solteiras rabudasfodas de esposas q gostam de ser curradascontos genro bem dotado arronba o cu ds sograWww. meu tío comeu meu cualcontos patrao chantageia funcionário pra comer a mulher gostosa do funcionáriocontos.gozou na mendigatirei a saia da minhan e fudi com ela no banheiro pornodoidolouca por pica.contosContos eroticos sadomasoquismo minha mãe me obrigou a virar escrava do meu tiogozo na bucetinha dá cunhadinha com jeitinhoconvidando o amigo para arromba o cu da namoradanao vou aguentar tudoconto eroticomacho coñoca calcinha e da o cuvou gozar na frente não contocontos eroticos homem casado dando para o primocontos coroas fudendocom novinhocontos masturbContos me bateu e comeu minhacontos eroticos d zoofilia cine maxcontos eróticos gay advogadoContos esposa submissa e gostosaTravest comedo tra estmeu filho me comeuSempre passo o dedo no grelinho da minha netaxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigoMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,vidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhaa loira e o cavalo contoconto erotico chantagieicontos eróticos​, praia de nudismoconto eróticos a cumhada q eu tinha raivaconto incesto irma no banho de roupa amarraeu e meu irmao no carro vigando contos gaycontos eroticos com velhocontos senti cutucandoConto de putinha para os tarados da cidadeduas loirinhas e rutraindo no hotel contosminha esposa escolheu vibradorgreludinha minha menina chupei ate virar um piruzinho contos de incestoquero sentir sua porra quente dentro no cusuco de uma magrela trepando em pornô famíliavi ele comer ela/contocontos eroticos sai de ferias com minha esposa fiel no da viagem encontrei um amigo que acabou nos acompanhandocontos eroticos. a1 vez da bichinhahetero dando a bunda contotesudas contocontos tia me develesbicascoroascontoseroticosler contos pornô de incesto durante um assaltanto eu fui obrigado a fuder minha mãehomem enrrabadocontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elapunheten o rabo da minha esposacontos eróticos de bebados e drogados gayscontos a punheteira do papaiala pediu eu gosei no cu delaconto eroticos com Entregadocontos eróticos homem velho casa caipirinha novinhadesvirginando sobrinhamulher leva enrabado de cachorroconto acordei com meu sobrinho me chupando a xotaconto minha esposa com seu primoconto erotivo com bi masculinoconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasconto fui buscalo no aeroporto oContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliaconto pirno vovózinha bimeu marido deu um varcilo seu amigo comeu o meu cucontos eroticos me mastubo brechando minha vizinhaaContos eroticos de travestis tarados.cunhadinha dando o cu apoiando na mesacom amigo na praiaconto eroticoconto casado dei pra travesticonto conto erótico e história comendo a mulher do meu amigo analcontos com amiga baixinha e gordinhacontos eroticos no consultorio medico tomando injeção