Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MULHER SE EXIBINDO PRO MARIDO DE SUA MAE 3

Depis de tudo ok aconteceu em minha casa; (quem nao estiver atualizado leia o conto de Nª2); eu estava confuso em relação a minha vida e a tudo ok estava acontecendo; eu havia recebido em meu lar paterno uma educação rigida; e os ensinamentos recebidos em minha infancia vinham contra o dzjo que agora aflorava; minha mente estava confusa pois uma parte de mim dzia, caia fora e uma outra parte; (apesar da raiva dizia a mim continue;); era estranho mas eu estava ficando excitado com o fato de minha esposa ter se revelado uma mulher sedutora e ousada; vi em sua face o prazer que sentia com aquela situação; apesar de minha raiva eu chegava em casa cheio de tesão e ficava esperando minha esposa dar uma brecha pra entrar no assunto sexo e perguntar sobre seu dia, se algo diferente aconteceu etc.



Os dias foram se passando e Luciano arrumou um emprego ok fazia com que minha esposa retorna-se a sua rotina comum, voltando a fikar so durate o dia; passarao algumas semanas; e minha vida parecia haver retornado ao normal; porem um dia ao retornei para minha casa mais cedo; era rodizio de meu carro e um amigo que vinha pro lado que eu moro me deu uma carrona ok fez com que eu economizase algumas horas entre onibus e metro;cheguei mais cedo que de costume e nao entreei pelo portão social e sim peo de veiculo, minha casa tem muros altos e a garagem impede a visão de quem esta da rua e vice versa; entrei e vi uma cena que me encheu de tesão; minha esposa estava estendendo roupa;



e o Luciano estava em casa,ele estava sentado no corredor da casa e ela estendia as roupas no varal sorridente e falava pra ele:

deixa de ser bobo vc nao consegue ver nada dai!

Ele respondia: vejo sim

Ela falou: entao me diz de que cor é

ele respondeu: se eu disser ok eu ganho

ela: Se voce disser que cor é? sem errar. eu mostro minha calcinha pra voce?

Ele disse: Sá isso; vc me deixa de pau na mao e so quer mostrar a calcinha;

Ela disse ok vc quer então, ai eu vou pensar no seu caso!

Ela o provocava; podia ver que era um jogo de sedução; afinal Marisa é uma mulher linda que sabe muito bem usar os dotes que a natureza lhe deu; seu corpo moreno, parecia hipnotizar Luciano; apesar de seus 35 anos, Marisa nao deixa de se cuidar sempre bronzeada, e vaidosa; jogava os cabelos sobre o decote generoso que usava; seus seios pareciam que iam furar a blusa, a menina sapéca, de labios carnudos se mostrava uma verdadeira felina e pensar que eu lhe incentivei a isso; pensava comigo; como posso sentir tesão em ver outro homem comendo minha mulher com os olhos, o volume em seu calção mostrava que ele estava totalmente louco e nao; tinha nenhum receio em mostrar isso; parecia exibir seu volume como um trofeu; ela que por sua vez o provocava com palavras.



Ouvi ela dizendo: Vai Lu entra la na sua casa; vai pra casa da minha mae e bate uma punheta pensando em mim, senao ela chega e pega voce de pau duro perto de mim ai vai dar xabu heim to te falando;



Ele respondeu nao se preocupe ela chega tarde e pelo jeito o seu Negao tambem chega; o carro dele ta na garagem; então posso ficar a vontade; alias vc tambem deveria ficar a vontade né Ma, afinal sou teu padastro vc tem de me respeitar e obedecer. se eu disser a cor de sua calcinha voce deixa eu tocar em vc?



Notei um brilho em seus olhos; e seus mamilos salientados pela excitação demarcavam explicitamente o fino tecido de sua camiseta; Marisa disse eu sei que voce vai errar entao ta eu topo, se voce acertar eu deixo vc tocar em mim; mas não vai alem disso; ele disse tudo bem então pode vir ate aqui e deixa eu tocar em voce pois a cor de sua calcinha é vermelha; ela arregalou os olhos

E disse; ela é mesmo vermelha, não sai dai eu vou te dar seu premio;



vi guando minha esposa; minha putinha; aquela mulher sedutora; chegou perto dele e tirou a saia que estava vestindo; retirou tambem a camiseta ficando somente de roupas intimas e chegou bem perto dele e disse pode tocar; Luciano se levantou e ficou em frente a ela; ele a puxou para seus braços e seus dedos começaram a bolina-la; vi minha mulher largar o corpo e se entregar ao toque; luciano não precisava mais pedir podia fazer com ela ok quisesse, e foi ok fez; enquanto explorava com as maos sua bucetinha carnuda e gulosa; com a boka ele mamava gostosso em seus seios; ela dizia isso filho da puta vai mama gostoso em mim mama; eu conhecia bem aquele corpo e sabia que ela tinha um tesão louco nos seios; de onde eu estava escondido vi quamdo Luciano fez com ela se ajoelha-se, ele tirou seu mastro; que ja estava rij a muito tempo e colocou em sua boka; vi minha mulher mamando aquele caralhao grosso e teso que pulsava em sua boquinha ela passava a lingua com maestria em toda estenção do cacete e falava: minha mae te chupa assim lu, fala pra mim voce ja comeu ela pensando em mim? ele disse ja, varias vezes! ouço voce trepamdo com seu marido e como a sua mae pensando em voce sua vagabunda gostossa; aquilo pareceu deixala mais tesuda ainda.



Vi Marisa deitar Lu no chao do corredor e cavalgar sobre ele; chamava ele de paizinho gostosso; de filho da puta; ele metia com força e a chamava de puta piranha, vi guando gozaram juntos, o sperma vertendo da buceta de Marisa que apos isso mamou ainda no pau de Luciano e subiu pra casa pois as horas ja estavam se avançando;



Fiquei algums minutos na garagem; e apos isso fui ate o portão social e fiz como se o tivesse aberto naquele instante; luciano saiu de banho tomado me cumprimentou; e ai Negão chego tarde malandro ta muito transito na rua?



(Filho da puta); eu disse:vc não imagina.



Cheguei em minha casa e como de costume dei um beijo em minha esposa apertei a sua bunda e disse a ela; amor aconteceu alguma coisa de novo hoje?

e ela como de costume respondeu: Claro que não!



Naquela noite fiquei pensando em como reverter a situação o meu favor; isto eu conto depois aguardem, afinal pçosso ser corno mas não sou bobo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos minha esposa me ensinou a ser cornocontos esposa com velhoxcontos eroticos.com peguei minha cunhada vendo revista de homens do pau grande vou contar pra meu irmaoenfiado a buceta na grafi de cama xvidiocontos eroticos pai filha e genroimagens de mulheres chupando o peito uma da outra com muito prazerlesbicasconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradacontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhomae desfilando de calcinha fio dentalcontos necessitava de rolaprimeira vez que comi meu amigosou mega bunduda.contos eroticoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eróticos coroas boqueteirascontos banho em familiacontos eróticos só no cu das coroas crentesContos de estupro na praiafui comida e chingada feito puta pelo meu primocontos eroticos dei no velorio do meu maridocontos eróticos deixei meu dog lamber meu pênisfamílias se encontram em praia de nudismo contos erótico pornomulek chupando no peitinho da primaconto erotico as pregas da empregadaConto eu e meu marido bebemos muita porra fresquinhacomendo o c* gostoso bronzeadinha e g************* de uma r*****lanbinda na xana hetai gritacontos. minha irma casada é minha puta escravaler relatos d casalzinhos q os padrinhos d pauzaô comeu o cuzinhos delesgordinho cagando na vara conto eroticoscontos eroticos de padres e pastores roludos com meninaswww.contos eroticos minha irma caçula da cu pro meu marido bem dotadoconto eRotico os piralhoS m comeraoo corpo da colegial tem que ser magro fetichecontos casal com jamaicanocontos de coroa com novinhoContos sempre fui viadinho dos homens da familiasobiu no cu delarelatos eróticos reais novinha primeira vezconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos/ morena com rabo fogosoporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fideDando o cuzinho para outro homem da pica gostosa, contos gays que dão tesãoPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidoporno conto erotico depois de malhar fui fodida na academiacontos eu marido na prai de nudismominha tia olhando meu pauTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosContos porno com o papaiContos eroticos transconto cacete grossoCONTO EROTICO:FIQUEI COM A CRENTE SUPERGATAcontos eróticosgaysmeu primo de menorconto erotico com menina e cachorroconto erotico abusarao mim metroMe comeucontos de engates gays madurosComi minha prima safadinha contowww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comFilmei minha chupando estranhos na porta do carroconto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninascontos eróticos me bater castigoconto eróticos com velhinhacontos eu minha esposa e dois comedoresporrnodoido interacialcontos gay chupei o pau do borracheiroFui a depilação ela me lambeu contominha esposa asistindu filmi de sexorelatos eroticos romanticopone encaxa tudo na morenacontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradoracasada reclamando do vizinho contos eroticospeoes de rodeio batendo punheta escondidocomendo aenteada de cbelos cachiadoscontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhacontos eróticos minha bundaconto minha tia mim maliciandocontos eroticos esposa nudismocontos eroticos mae e filhoxerequinha juvenil de perna abertaConto mete tudo papai