Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO AS MÁQUINAS



Estava numa festa, com minha mulher, e tomamos o maior porre. Saímos, eu dirigindo e ela ao lado, com um vestidinho preto e curto. Isso foi por volta da três da manhã, e a cidade estava praticamente deserta.

Assim que saí, numa grande avenida, eu, tonto de tesão e de cachaça, meti a mão entre suas pernas, subi até a bucetinha quente, pus a calcinha de lado e comecei a boliná-la. Ela se contraiu para trás, soltou o cinto de segurança e meteu a mão esquerda sobre minha braguilha, sentindo meu pau, que já quase arrebentava das calças.

Ela se desmanchava ao toque de meus dedos e, enquanto delirava na masturbação, abriu desesperadamente minhas calças e caiu de boca no meu pau. Senti aquele morno quente, úmido, aquela boca que me sugava com uma volúpia tremenda.

Ao se abaixar, ela ficou de lado, e deixou a bundinha exposta, com uma calcinha fio-dental, que baixei, voltando a enfiar os dedos em sua buceta sedenta, molhada, doida por uma penetração. Cuspi num dedo e fui enfiando ele no cuzinho dela; ela rebolou, mordeu meu pau levemente, e pegou minha mão. Achei que fosse tirá-la de lá, mas ela a empurrou mais, para que o dedo entrasse por completo, enquanto ela enlouquecia e quase devorava meu cacete.

De repente ela se levantou, olhou para mim com uma baita cara de vadia e disse:

- Pára o carro; pára...

Entrei prum terreno baldio, escuro, um puta lugar perigoso, mas a bebida e o tesão já não deixavam mais a gente pensar.

Deixei carro ligado, com o condicionador de ar acionado, e afastei o banco. Ela arrancou a calcinha e sentou no meu pau, com as costas batendo no volante. Abri suas nádegas e voltei a enfiar o dedo no seu cuzinho. De repente suspendi mais o tronco, para chupar seus peitos, que saltavam, duros, para fora do vestido. Ela afastou as ancas para trás, e a marcha do carro vibrou em sua bundinha. Notei que ela estremeceu. Apertei a embreagem e puxei o câmbio mais para perto, encostado-o em seu cuzinho. Ela delirou, olhou para mim com uma cara de assustada. Acelerei o carro e a vibração aumentou. Sua expressão mudou, virou tesão, derretimento. Empurrei-a para trás, e notei que a ponta da marcha começava a forçar rua roelinha, fazendo-a dilatar. Ela começou a rebolar, a endoidar. Tirei-a um pouco, cuspi na mão e passei o cuspe na marcha, sentando-a novamente. Meu pau já estava fora de sua buceta, e eu me masturbava, assistindo ao espetáculo, me segurando para não gozar. De repente ela falou:

- Acelera; acelera...

Voltei ao ponto-morto, acelerei e pressionei seu corpo contra marcha; ela deu um gemido, a marcha entrou, ela enlouqueceu de tesão. Me afastei, levantei o quadril e meti o pau na boca dela. Ela se derretia a foder com a marcha, se masturbar e me chupar.

Agarrei seus ombros e comecei a empurrá-la para trás, enquanto ela fazia força para frente. No começo doeu, mas logo a marcha entrava e saída de seu cu esfolado, cada vez mais rápido, e de vez em quando ela tinha de parar de me chupar para gemer, de tanto tesão.

Gozamos deliciosamente. Enchi sua boca de porra, ela gritou feito maluca. Saiu da marcha, que estava úmida de saliva e dos líquidos de sua bucetinha que, de tanto tesão, molhou até o câmbio.

Depois disso, transar no carro tornou-se um fetiche para nás, que vivemos outras histárias delirantes dentro da máquina, mas isso fica pra depois.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Negão e minha filha contos eróticoscontos eroticosde tia fudendo com sobrinhohistorias eroticas fudendo a madrata crenteuma coroa da bunda grande do cabelo liso e peidando a b***** para o cachorroconto erotico esposa e sogralingua passeando xoxota pegueimeu amigocomendo o cu da minha mulhercontos eróticos no cu com cachorroscontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15conto gazada farta na boca da exconto erótico casada arrependida na noite de carnavalsou uma loira muito puta e liberada para os negros pauzudos contoscomendo o cu da sogra contodormindo com a cunhada contoscontos safados purezatoda loira gosta de um negão contos eroticoscontos eróticos minha esposa e nossa filha com cu sangrandocontos eroticos de lesbicas espiando os pais transando e fazem o mescontos eroticosmeu namorado me encoxando camisinhafotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.pornodoido transando na frente dos outros discretamentecontos eróticos solitárioeu confesso me.arretando por baixo da mesapau cheiroso contoContos porno com o papaicontos eroticos humilhadacomi minha filha pensando que era a minha mulhercontos sado marido violentoscontos eroticos tive que dar pro homem da funerariachantagiei minha filha casada conto eroticomamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosporno produto gruda pinto na bucetavideoo porno da bundona de chorte de burmicontoseroticoscommaridomulher safada do meu amigo deu uma calcnha usada p mim cheirar contos eroticoscontos gay menino hormonio virou mulherfui atraida pelo negao e ababei dando pra elemorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemContos eroticos gordinha gostosacontos eróticos incesto dormir chantagemcontos eroticos meu sobrinho pauzudoconto erotico arrombei o travesti do baile funkwww.contopadrinho.comKm zoofilia lulu meu amante secretocontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15então abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosocontos eróticos caminhoneiro safadoconto porno eu meu marido e o sogroconto erotico catador de papel comendo.buceta da novinhaminha mae me fez gozar gostoso contosmulher crente traindo o marido conto eróticoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcomi a adilhada novinha loira olho azul contoEu vi o tamanho da rola do meu irmão na sauna contos de incesto femininoMenina sentada no meu colo conto eroticocontos eroticos afilhadohistorias eroticas de onibus lotadosContos gay pinto pequenocontos eróticos de gay Fui Comido pelo meu colega de trabalhoa travesty gordinha me fez gozar sem tocar no pau comtos eroticosconto heróico de mão de madrugada alisando minha bucetinhaAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhatia bate no casa sobrinho contocontoseroticos presidiohttp://comtos eroticos de estuprocontos eroticos mulher carinhosaenfiado a buceta na grafi de cama xvidiojanaina vem senta na picaf****** a b******** da filhinha inocente contos eróticoscontos comendo mulher do amigo meia noiteconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "Contos comendo a mulher do amigocontos gays amigos heteros bebadosfiseran eu comer minha sogra eminha conhada contocumil minha vizinha gostoza fimepornoconto da safada deu o cuzinho na caronapadastro. com. a. filhaxvideo. bxxconto erotico fui cagar e o cachorro me comeu nao resisti e dei pro cavalo tambem zoofiliamenina brinca e mostra a calcinha toda enfiada brincando com Gabicontos eroticos tia suruba com sobrinhoscontoseroticos anal brital no acampamentoEscravo de minhas cruéis donas (conto )madrinha safada contoscontos eroticos comi a mulher do traficantecontos erotico incesto virei a cadela do titioconto erotico de tutorcontos cu docecontos porno de casada se insinuando para pedreiros