Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA BOATE E DEPOIS...

Embora já tenhamos algumas boas e até loucas experiências sexuais, inclusive com outras pessoas conosco, começei a falar que queria ver a minha adorada transado com outro na minha frente pois eu liberaria ela. No começo ela quis sair fora mas com o passar dos dias ela foi aceitando a idéia e me perguntou se eu havia escolhido alguem, eu respondir que não, mas que poderia fazer isso.



Ficamos conversando a semana toda quando chegou o final de semana ela me propôs irmos a uma boate numa cidade práxima, mas que chegando lá nás estaríamos liberados para escolher alguém e essa foi a sua condição para irmos e eu, claro, disse que topava.



A noite ela se produziu colocou uma roupa bem sexy, daquelas que chama atenção, uma blusinha bem decotada e uma saia que deixavas suas pernas bem a mostra.



Neste dia que era um sábado fomos para essa boate, chegamos e sentamos numa mesa e a Paty parecia ser outra pessoa, toda provocante e sensual, começou a tocar musicas e ela quis dançar. Em certos momentos ela dizia que ia ao banheiro e, numa dessas idas, ela voltou e disse que um homem a havia paquerado e que ela disse a ele que estava com o marido na mesa e que era para ele ir sentar conosco.



Não demorou e logo chegou essa pessoa e se apresentou como Sérgio. Ficamos ali nás três bebendo até que Sérgio tirou a Paty para dançar e eu fiquei na mesa vendo ele dando um rala na minha mulher, eles se beijavam, se esfregavam como dois adolecentes e por incrivel que pareça eu sentia tesão, dançaram varias músicas até que voltaram para mesa, eles se beijavam se amassavam sem ligarem para a minha presença. Afinal já havíamos, eu e ela, combinado como seriam as coisas...rs...



Depois de ficarmos bebendo ja era umas duas horas da manha resolvemo irmos a um motel nos tres mais que eu nao participaria, pois dessa vez eu sá queria ver. O Sérgio com um brilho nos olhos, não menos do que a Paty, aceitou na hora.



Fomos para um motel, chegando la deixei os dois a vontade disse que era para fingir que nao estava ali. O Sérgio pegou a Paty e tirou sua blusa mamou em seus peitos deixando-a molhadinha ele mordia seus bicos, chupava suas orelhas seu pescoço, Paty tirou a roupa dele, quando apareceu um enorme cacete, deveria ter mais de 20cm e grosso, o qual a Paty chupou como nunca, sua cabeça era enorme e a Paty havia se transformado, ela chupando aquele pau enorme enquanto Sérgio chupava sua buceta.



Que cena que eu estava vendo, o Sérgio posicionou seu pinto na entrada de sua buceta e começou a enfiar, enquanto ela enlaçava suas pernas em sua costa e fez aquele pinto desaparecer dentro dela, Sérgio começou a por e tirar levando Paty ao delírio.



A Paty então começou a chamar a minha atenção, dizendo coisas obsenas como: que ela estava sendo rasgada ao meio e que era para eu ver tudo e nao perder nenhum detalhe pois ela estava realizando minha fantasia; que estava muito bom sentir aquele pauzão abrindo ela e que o meu pau duro ali perto estava matando ela de tesão, que ela queria um outro cacete para mamar; que era delicioso ela estar debaixo de outro macho, enquanto o dela estava ali olhando e cheio de tesão; que ela queria a buceta toda mela de porra daquele pauzão e coisas desse tipo...



O Sérgio bombava cada vez mais rapido e ela gemia como uma louca, eu ali vendo tudo aquilo de pinto duro, até que o Sérrgio pôs ela de quatro e a penetrou com força, enquanto ela rebolava naquele caralhão e gritava de tanto gozar. Era incontrolável como a Paty gozava desesperadamente dizendo que me amava e que ela era uma mulher realizada na cama, pois além de um homem maravilhoso que tinha em casa, ainda podia sentir um cacetão maravilhoso de outro.



Eu gozei feito um louco, sem sequer encostar no meu pau, ouvindo aquilo enquanto o Sergio continuava a meter nela sem dá, estavam como dois animais, ele a fodia de tudo que era jeito ate que ele nao aguentou e gozou enchendo sua buceta de porra que chegou a vazar.



Foram tomar um banho e mais uma vez o Sérgio a comeu no chuveiro fazendo ela gozar de novo. Os dois vieram para cama e o Sérgio mais uma vez a possuiu com vontade. Transaram varias vezes e ele encheu sua buceta novamente com sua porra grossa. Ficaram ate amanhecer o dia transando eu nao acreditava que minha mulher era capaz de fazer o que fez, mas eu estava realizado.



De volta para casa deixamos o Sérgio num ponto de taxi sem antes de minha mulher ir chupando seu pinto aonde o Sérgio custou mas gozou em sua boca.



Ao chegar em casa Paty me perguntou se eu estava satisfeito, porque ela havia adorado e ter realizado aquele meu desejo e sabia que eu nunca me importaria dela realizar os dela, e que poderíamos, quando tivéssemos vontade e pudéssemos, realizar todas nossas fantasias e que nao haveria mais segredos entre nos. Claro que depois dessa conversa transamos muito, com ela me falando cada detalhe da transa recente dela. Gozei profundamente...rs...



Fizemos amor como nunca haviamos feitos, pois não é qualquer homem que tem uma mulher como a que eu tenho e ela um homem como eu. Assim nos satisfazemos um ao outro...

Contatos: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha maefez um boquete em mimcontos eroticos- paguei minha filha pra cheirar sua calcinhacontos eroticos de mulher casada cagonaIrmas safadas relatos eroticos recentescontos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvaconto porno puta suja de estradafode a mulher do irmao para provar que ela é uma putamulher barte na bunda matrupado xvideoconto sexo gostoso rebola gato gaycontos pornos mamae carinhosaFui a depilação ela me lambeu contoa vovo gostosa conto eroticomamae beija filhinha contoscontos gay me montei pra elechupei varios corno contoContos eroticos minha esposa foi molhada e revelou seu peitos no churrasco de casavoyeur de esposa conto eroticocontos com sobrinhacontos eroticos familia camping nudistafui fumar maconha e acabei dando o cu pro maconheiro conto gayconto comedo que meu filho virasse gay dei pra eleMeu sobrinho me fez gozar no rio contos eroticos de gaysconto erotico sou vaca leiteira eu gostoanita mijando no copolésbicas chupando sopinhascontos eróticos viúva safadaContos eroticos punheta com o pastorconto sexo gostoso rebola gato gaytrepando pau sua p*** prepara para o sábadoconto ele me comeu pelo buraco da paredemeu policial gostoso chupou meus seios e grelinhocontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1pagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseiroENFERMEIRA  putinhos seduzidos contoscontos erotica de estrupamento de ninfetosnamorada virgem.contominha enteada um tesaozinhocontos eróticos vizinho sondando a velha vizinha fodendo com o cachorroContos erótico filhinha gosta de mamar picacontos eroticos q bocA e essa desse baianoa rabuda dando pro ajudante contosvi meu filho na punhetaPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contostravesti do pau vermelho cabeça g****** jato sexoContos Eróticos. de Minha Madrinha Veracontos eróticos de bebados e drogados gayserotico dano para meu sogro e meu namoradovideo porno primo sente atração pelo outro primo homenscontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html bucetas e bundas gigantes da capital sao paulo em cima do sofacontos eróticos gay com homens dotados no churrascoconto erotico eu e minha amiga na caravana com papaigozoo na bucetakcontos eróticos irmazinhacontos sado marido violentoscontos incesto comendo minha mae no sitiominha esposametendo com travestis contosdanada da minha cunhada louca pra darminha mae morreu no parto e meu pai mim criou contoscontos filha se fode pra aguentar a geba do pai no cuvídeo de sexo de duas mulher gulosa beijo gosmentoMeu nome é Luiza, tenho 26 anos, 1,70 mconto veridico gozada dentro xoxota recifelesbicascoroascontoscontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanoconto erotico reconciliaçãoXvidio carona estrada desertacontos coroas casadas sexoContos eróticos brincando de esconde esconde com o inocentecontos lesbicos de carceleiraAteliê dos contos eróticocontos fodi menininha por docesconto erotico aposta com irmaContos eroticos de filho encoxando a mae na cozinhacontos eroticos de praia de nudismoTravesti fode duas coroas safadas na idade de 55 anosConto tomando no cuzinhocontoseroticosviolentadacontos meu pai me seduziucontos pornor cunhado picudo