Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPIANDO A CUNHADA

Espiando a cunhada.

Olá, o conto que vou contar aconteceu no ano de 2008.

Me chamo Rafa, tinha 19 anos e namorava à 3 anos com Gabi, ela tem 1,65m é loirinha, magrinha tem uma barriguinha bem lisa, seios pequenos, bem branquinha.. uma verdadeira patricinha. Acontece que a Gabi, na época com 19 anos tem uma irmã, seu nome é Adriane.

Adri é tem minha idade, uma moreninha linda. Corpo muito maneiro, magra 1,55m seios grandes, em comparação ao corpo. Bundinha malhada, toda compacta, pena que namorava também com Felipe, esses maluquinhos estilo Pitboy, sá que bobão.

Sempre que dormia na casa de Gabi imagina como minha cunhadinha no quarto ao lado estava dormindo. Todas as vezes que saia do quarto via que estava tendo atividades no quarto dela, as vezes quando Felipe estava dormindo lá, as vezes não. Começei uma “caçada”, decidi que enquanto não visse minha cunhada nua, não ia parar de tentar espiá-la.

Comecei a pensar em várias formas para conseguir a minha façanha, começei espiando, sempre quando dava, pela fechadura do quarto, mas era sempre a mesma histária: Eu espiando, e ela no computador, dava pra ver perfeitamente, ela sentada e a tela do computador, Orkut, MSN, FOTOS e mais FOTOS e absolutamente nada.

Resolvi apelar, pensei em comprar cameras, essas de caneta, gravatas, borrachas, e colocar no quarto, colocar no banheiro e em outros lugares. Fiquei abismado com o preço dessas coisas, achei melhor testar com o meu celular. Esperei ele entrar no banho, peguei meu celular e enrrolei em uma camisa, deixando sá a lente da câmera pra fora, Coloquei em cima da estante dela de forma que ela não percebesse. Morrendo de medo, se fosse pego, com certeza meu namoro acabava, mas meu tesão era enorme.

Assim que ela saiu do banho, passou de toalha pelo corredor e se trancou no quarto. Gabi levantou-se e foi arrumar umas roupas que estavão no seu quarto, rapidamente verifiquei se meu sogro e minha sogra não estavão por perto e fui verificar pela fechadura.

Botei o olho na fechadura e de cara vi pela primeira vez a bundinha peladinha da minha cunha, que coisa mais linda! Moreinha, com marquinha de sol, me esforcei muito para ver a sua bucetinha por trás mas não consegui, mesmo assim já era um avanço, e como ela estava de frente pra camera pensei que o video ia ser muito produtivo.

Ela deixou o quarto para ir estende a toalha e rapidamente entrei para pegar meu celular. Voltei para a sala e fiz uma pré-vizualização do filme, disfarçando para que Gabi não percebesse nada. Já de cara percebi que a qualidade ficou péssima, mas já era alguma coisa. Meu tesão pelo corpo de minha cunhada era demais. Não aguentando mais dei um “S” em Gabi e disse que ia dormir em casa, queria me acabar na punheta.

Fui pra casa e descarreguei o video no meu PC. Assim que abri, adiantei um pouco até o ponto em que ela entrou no quarto. Na hora meu pau endureceu. Ela começou, virou de costas pra câmera, abaixou a toalha e vi sua bundinha denovo, meu celular não é nenhum sony ericsson mas tem uma cam mt boa, deu pra ver mt bem seu corpo inteiro de costas, nesse momento eu ainda não tinha chegado até a porta, dei mole, ela estava virada de frente pra ondeu eu à espiava.

Foi quando o momento mais esperado aconteceu, ela se virou, e pela primeira vez, eu vi seus seios, eram lindos, grandes e redondos, bicos rosinhas, muito delicada, muito linda, ela era bem particinha, começou a passar creme no corpo inteiro, bem lentamente, como se soubesse que estava sendo filmada. A danada era tão sortuda que ficou com a toalha sobre os joelhos exatamente tampando seu “bem” mais preciso. Não faz mau. Já tinha pegado o jeito, sabia que dali pra frente era sá alegria. Continuei me deliciando vendo ela acariciar os seus seios e junta-los como se estivesse ensaiando uma espanhola, via em sua cara um sorriso bem sacana. Foi quando tudo acabou...

Espero que gostem, como podem ver não há nada de impossivel, realmente aconteceu, e aconteceu mais.. muito mais..

Vou continuar contando pra vocês.

Para as meninas que quiserem saber mais.. entrem em contato.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contoseroticos encoxand me ninas picinascontos de pervertidoslevando menino levando tapao na bunda redonda durinha porno gayContos eróticos suruba com homens velhos na peões da fazendahttp://idlestates.ru/m/conto_16695_foi-pra-ser-chupado-e-o-negao-me-comeu.htmlporno contos inserto massegemela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elecontos eroticos padresconto.erotico.tia.sogra.cunhadacontos putinha do matagalorgia com os nerdes casa dos contoslevei minha mulher pro cara mais pauzudo comer na minha frentechera chulezinhocasada reclamando do vizinho contos eroticosconto erotico enteada brincadoMetendo na perereca da maninhaconto erotico eu estava tao bebada que nao sei quem me comeu me encheu meu utero de leitecontos pornô casal fudendo com a empregadinhanovinha pauzera trepandoconto porno teen gay free mulato favelaconto de traveco no conventoconto erotico minha mae chupava minha bucetianha deus de pequenaconto d patricinha c o borrscheirocontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhosVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocaviado dando o rabo desfasandohistoria de novinha traindo marido coroa e trazendo boceta melada pra ele chuparcontos gay estrada calcinhatendo orgasmo de havaianas contoscontos recentes incestos encoxados segredos flagradoscontos eroticos eu gravida com vontade.di fuferO coroa com ele em cima da sua lancha ele me fuder conto eroticocontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaocontos papai encoxou sem querer na minha bundaContos.eroticos.enfiando.cu.da.maecontos eroticos gay casado domado pelo negaomeu marido nao sabe o que sou capazcontos eroticos tios gordinhos tirando o cabaço do cu do sobrinho novinhominha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delaContos eróticos jogo de seduçãoContos Eróticos Tentada pelo filhoContos er no carro do papaicontos eróticos o cuzinho da Giseleconto erotico marido bebado sogro fode noracontos eroticos piscina peitos fartos seduzivelho pirocudo comendo filha loira de uniformesentou no meu colo conto eroticoconto heróico de mão de madrugada alisando minha bucetinhaconto erotico sofreu no anal com outrocasa dos contos eroticos/padresela pegou no pinto dele na marra mais ele gozoucontos eroticos menino inocente é enganado"cabelo na perereca"casadas piranhudas e cornos submissoscontos de cornoscontos eróticos orgias bisexo aos14 pornodoidoContos peguei uma velhagorda meti a varaconto.erotico..casada.18..anoscontos eróticos ônibusporn contos babesitter em casa familiaConto d esposa safadinha fico d pau durocontos eu e meu sogro estupramo minha mulher gravidaImagem Carla danada na zoofoliacontoseroticosnaruaOferecia dinheiro em troca de sexo com a cunhada (contos eróticos )vidios pornu mulhe qUe gota de trasa vetida com fataziacontos eroticos nanymim mastrudo dia sou mulhe contosgozando na bucetinha apertada da cunhadinha que fica muito brabacontos erotico apostando a esposaporn linda sobrinha porreiContos briga de xanascontos eroticos estuprada pelo vizinhocontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumesconto estrupada dormindocasa dos contos eroticos tia e primaContos eróticos Gay Calção Recheado do irmãocontos eróticos esposa amanheci toda meladacontos eroticos amiga seduz sua amigacache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html minha patroa gortosa e tarada por pauGGmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormecdzinha na madrugada excitante conto eroticocontos filho fudendo com a maecontos eroticossobrinha brincando com bonecaconto pono de mulhe deiixa seu ammate negao tira sangue da suuua fiilhacontos eróticos entre mulheres e homens super dotadosContos eroticos fudendo baixinhaDei a um cara que tinha elefantismo no pau contostitio me fez gozar com shortcontos eroticos eu feia e gordaconto mulher casada rabuda dei pedreiro