Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU IRMÃO QUERIDO

Meu nome é Willian, tenho 24 anos de idade, 1,83 83 kg olhos e cabelos castanhos. Já faz um tempo que escrevo e aqui tem mais um conto. Eu tinha 20 anos, era a melhor época da minha vida, minha família passava por evento ruim minha mãe descobriu que meu pai tinha outro filho fora do casamento, ainda quando eram casados. Meu irmão tinha 19 anos e se chamava Marcelo. Chegaram então às férias e fui passar um tempo com papai, para minha surpresa meu novo irmão teve a mesma idéia. Cheguei a Palmas e me pai me avisa que eu conheceria Marcelo. Eu imaginava que ele era um mongoláide, mais para minha surpresa meu irmão era o maior gato ele tinha 1,78, 80 Kg de puros músculos e uma pele morena, um cara de partida muito inteligente. Meu irmão então me comprimento com um belo abraço. Tive outra surpresa eu e Marcelo ficaríamos no mesmo quarto. A noite eu olhava para meu irmão e não acredita eu queria que ele não fosse meu irmão isso no bom sentido. No outro dia papai avisou que iria passar o dia fora para resolver uns problemas, e talvez fosse viajar e nos ficaríamos sás.

Durante o dia eu meu nos conhecemos melhor ele me falou da sua cidade, do seu cachorro e me mostrou a foto da sua bela namorada, uma gata por sinal. Começamos então falar de sacanagens eu perguntei se ele já tinha ficado com ela, ele começou a rir. E disse que não, pois ela tinha medo dele, ou melhor da vara, pois ele tinha 24 cm. Eu não acreditava no que eu estava ouvindo. Logo disse que sá podia ser brincadeira, não parecia que ele tinha esse mostro entre as pernas. Foi quando ele se levantou e a baixou as calças e eu vi era monstruoso ainda descansando.

Não sei se ele percebeu mais eu fiquei muito excitado na hora, e muito desconcertado. Logo me levantei e sai, falei que ia ver um amigo e voltava logo. Quando voltei resolvi tomar banho, quando abro a porto do banheiro uma cena me arrebata os sentidos. Meu irmão estava nu, com sua bela rola a mostra totalmente dura se masturbando. Meu corpo estava em choque a ver aquilo o pau do meu irmão parecia maior do que ele avia falado e como era grosso parecia um mandioca. Meu irmão percebeu meu olhar mais não falou nada. Sai do banheiro e fui para cozinha rapidamente, mais meu irmão foi atrais tentando se explicar. Então preparei a janta, e fomos dormi, meu coração estava disparando meu corpo pedia o dele. Aquela imagem ficava martelando na minha mente, eu tentava olhar para ele mais parecia estar dormindo. Não consegui dormi e fui tomar água, foi quando dois braços me pegaram com um abraço apertado, eu sentia uma tora me furar por trás e me sentia indefeso. Foi quando ouso a voz do meu irmão no meu ouvido falando que eu seria puta dele. Meu irmão me levou para o quarto e ligou a luz.

E começou a me beija, parecia que me devorava com os lábios, logos ele tirou minha roupa e começou a chupar meus mamilos, aquilo era uma delicia logo me deixou nu. E começou lamber meu rabinho eu gemia como uma cadela no cio. Foi quando ele tirou sua roupa, me mostrando seu corpo de deus, seu mastro estava duro como pedra. Faminto comecei chupalo mais o pau era tão grande que mal cabia na minha boca, mesmo assim fiz o que pude. Mais meu irmão queria mesmo era meu rabinho. Tive medo mais ele me convenceu, coloquei me de quatro diante dele deixando bem amostra meu buraquinho, ele então lubrificou com um pouco de gel. Depois começou tentar me penetrar, mais meu buraco era tão apertado que ele não conseguiu. Foi quando ele me segurou com forca e mandou o pau no meu rabo. Parecia que eu ia morre a dor era muito grande e eu tentei fugir mais ele me segurou e enfiou mais e mais eu esta sendo estrupado pelo meu irmão. Enquanto ele me comia começou me falar palavrões como puta, viadinho do irmão, aquela dor virou prazer quando dei por mim eu estava galopando em cima do meu irmão, ele me comeu por meia hora em varias posições depois gozou dentro de mim. Nos levantamos e fomos para o banheiro juntos, la ele namorou muito comigo me acariciando e beijando. Mais eu estava acabado meu rabo destruído e sangrando, mesmo assim meu irmão me queria ainda estão me fez chupalo ate gozar e encher minha boca de porra e depois me comeu novamente. De manha acordei no braços do meu irmão como uma donzela, percebe que ele estava olhando para mim, e com uma voz de macho diz parti de hoje vc vai ser minha puta.

Foi incrível, transei com meu irmão muito. Se você gostou, e é um cara bem dotado e quer uma festinha particular comigo eu sou muito discreto e moro no Tocantins e sá me mandar um e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico boquete da funcionáriomadame e seu cao conto eroticoMeu marido deu carona para um estranho e me insunuei pra elecontos gays chantageadoConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhacontos eroticoPROIBIDO de incestocontos comi a mha filha novinha virgemContos Eróticos De Eu Vera Dei Para O Amigo Do Filhofrancisca coroa ruiva contos eroticoscontos eroticos na paredecontos transformei minha esposa numa puta dos colegasconto porno xixi padrinhoconto erotico da cunhada pegando no paucontos eroticos ela foi banha e laou meu pintinhovideo de branquinho magrinho dando o rabinho a forçagarota no cio brincando com cachorrovidios porno mulhe dirmaia quando leva ponbadaesposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposasobrinha deixa eu te chupar sua b***** na crise Estados Unidostoquei uma punheta pro cara enquanto ele dormi relatosreais contos putaria de crentescontoseroticos negaoconto erótico bucetas e cu a minha disposiçãomeu amigo me domina e me faz de escravo do sexo gayContos eroticos gays sendo arrobados virgens crescendo o pau aqui na frente da filha contos eroticoscontos eroticos jovem transando com a negra escrava parte 1contos de mulheres q se masturbamprofessora novinha e senha resolvi dar o c******conta erótico minha mulher dando o cuzinho pra mais de dez homens num cinema pornoContos gay perdi o cabaço com coroacontos eróticos alunoas gozadas mais lonjesvirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gaycontos com fotos tia e sobrinho baixinho realfotos de buceta sendo lambinda e gritandocontos calcinha da filha tava cheia de porraContos eroticos teens garotos apostavideos mulheres negras coroas de absorvente internoconto gay papai gosta que chupem o pau deleContos de esposa abriu o cu ao máximocontos de sexos ainda dimenorconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos no cu com cachorrosXvideo nao sabia que aguentaria aquele monstro no meu cuzinho vou contar como foicontos novinhas gritando com pau no cuhumm.. Mete mete filho esta gostosocontos eroticos sobrinhao tempo em que ele para e diz"essa buceta é minha"desenho porno dos flinstons cadamento.da pedreitacontos minha esposa em caldad fudeu com outroTrasando com atiaarregaçando, chorando e gozou contosConto erotico minha mae coroa virou a minha cadelinha.comContos eroticos comi a força a minha tiacontos eroticos gay fui buscar uma pipa em uma construçao e os karas me comeramcontos eroticos fudendo a mae travestixoxo-tas carnudas pedindo pica no rabo gordocontos eroticos de incesto deixando a irma com ciumesconto erotico gay bundinhaconto de rasguei o cu da minha avócontos eróticos de gay comi a bunda do irmão do meu colegaContos: namorada safadaporno 1.30de bundacontos teem dei o cuconto erótico de pai fazendo o filho gay patinhacontos em ilhabela com minha mulhercontos eroticos pivetesme comeram novinha contosmarido da mae bolina menina contossonhar q mulher está bulinando outra nulhercontos porno amador de filha submuContos de putas safadascontos eróticos gay advogadoviuva fogosaContos eroticos como chantagieicoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidocontos eroticos droguei minha priminha ninfeta e comicontos meu marido descobriu quando cheguei arrombadacontos de quando estrupei um cu de um garoto novinho que estava sem lugar para dormir