Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRADO POR VINGANÇA(PERDI O CABAÇO) PARTE I

Poid bem primeiro vou falar como q sou sou branco alto corpo normal liso e tenho 20 anos. O q vou relatar ocorreu aos meus 19 pra 19 anos nessa época era gordinho branco lisinho mais naun tinha nenhuma coisa de afeminado apesar de ter um corpo liso e bunda grande . HJ moro sozinho na época morava com minha vo q era muito mal de saúde.

Pois bem, td começou quando estava na escola no recreio eu estava andando tranquilamente para o lado da cantina quando vejo uma fumaça vindo da direção do fundos do colégio vou ate la ver o q e e naun percebo q atraz de mim o diretor da escola me seguia chegando la vejo Paulinho(19anos) ricardo(18anos) e leo(16anos) td fumando maconha e o diretor pega eles no fraga e por me verem ali no meio pensam q fui eu q os dedurei. Paulo e ricardo do 3 ano foram presos já leo q era de menor foi pra febem nisso ele acabaram me jurando vingança. Passado 6meses eles saun soltos e um dia eu andando pela a rua voltando pra casa eles me param e me levam prum beco escuro e la me daun muitos chutes e socos e no final mijam e mim e saem sem nem me dar tempo de me esplicar, nisso paulinho fala q isso e so o começo q ainda iria pagar pelo o tempo q ele fikou bem.

Pois bem depois de uns 8dias eu já ate recuperado a minha avo deu uma crise e fikou internada com prazo de 4 dias pra se recuperar nisso acabei fikando sozinho

Um dia voltando da escola a noite pois tinha ido a blivioteca fazer um trabalho vejo um carro preto me seguindo,continuo andando equando derrepente salta ricardo armado do carro e me rende me jogando pra dentro do carro la dentro apavorado mais uma vez tento explicar mais em vaun acabo tomando um soco na boca e sai muito sangue imploro pra eles deixarem eu me explicar e eles acabam me ouvindo, quando acabo de explicar ele sem do me da outro soco e diz mesmo sem intenção vc nos fudeu agora vc esta ferrado meu amigo tento a minha ultima cartada dizendo q minha vo ia da por minha falta eles dizem q já sabe q dentre esses quatro dias ela naun vai estar em casa nisso levo um socaun na cabeça e desmaio

Quando acordo me vejo num casebre velho de madeira abandonado com dois cômodo olho pela a janela e vejo mato de todos os lados tento sair vejo estar trancadopassado uns trinta minutos chega o ricardo calado sem dizer uma so palavra me manda um pacote e diz veste e sai sem entender abro o pacote, vejo q e uma roupa de menina levo um susto e acabo naun pondo 3min depois ele volta e muito irado arranca toda a minha roupa da três tapoes de avermelhar minha vunda e diz dou 3min se naun estiver vestido eu acabo com vc e sai eu com medo ne sem saber o q fazer acabo q vestindo uma calcinha de renda vermelha cinta liga e sutie também vermelha uma saia estilo colegial e uma blusa de alçaquando acabo eles os três entran e começan a me aquiar quando acabam me amarram na cadeira e vaum embora fiko a noite toda amarrado sem dormir eu já tava prevendo o q eles querian de mim e isso era uma coisa horrível pq nunk tinha feito e nunk q faria sexo com eles por conta propia nen com homen nenhum gostava de meninas o q temia aconteceu quando foi de manha veio paulinho e ricardo os dois mais velhos e quando eu os vi eles estavam so de cueca ricardo me desamarrou e me levou pro outro quarto ond tinha uma cama la ele me sentou e disse vamos fazer td o q quisermos contigo e qualquer gracinha vc vai apanhar muito ta ? eu apenas disse sim entaum nisso o leo chegou com uma filmadora e fikou filmando dtd ricardo falou preu tirar a bulsa e eu pedi pela a ultima vez na esperança entaun ele mesmo arrancou e me deu um murro nisso paulin tirou o pau pra fora e mandou eu chupar fiz cara de nojo e naun abria a boca ai ele me deu um ultimo safanaun e eu meio q sem querer abri a boca ele metia na minha boca sem do eu engasgava e ele naun parava quando ricaro me deitou de bruços resisti e pensei no pior eles já cansados me amarram de bruços levanta a saia e tira a calcinha e começa tentar penetrar apesar do esforço ele naun conseguiu e a dor e a vergonha foran crescendo cada vez mais nisso paulinho goza na minha boca e eles os três vaum embora mais antes me deixam amarrado de novo na cadeira desta vês com um a banana dentro do meu cu q ardia e doía muito tava bambo de dor e chorava muito de humilhação e td gravadinho por eles.

no outro dia............

Continua..................

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos gay coroaContos eroticos novinha virgem estuprada na favelasendo chatagiada a fufer contos por amigogozounaminhacaraContos eroticos dei na festa em macaxeiraSou um corno mansocontos eróticos ajudei quem enganoucontos incesto comendo minha mae no sitioesposa safada fudendocom cavalos na fazenda contosvideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadamenino gay inocência perdida pornoconto eróticos mana so de calcinhacon erot vendo meus amigos estoura esposinhaContos porno de irma que traem com grandetoco siririca na madruga contos de casadasconto piao gostoso. no cavalotranzando com o cavalo enquamto meu pai se masturbacomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titiContos erotico marido bracinho corno de negaocamila da o cu ao pedreiro contosconto irma dormindoContos erocticos aaaai papaia minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticoscontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eroticos nifeta d loja rjcontos porno com vigilantes mulhercontos comendo gay na vielaokinawa-ufa.rucontos eróticos o amigo pintudo do meu marido mi arronboContos eróticos enteada larissa viajarconto eRotico os piralhoS m comeraoCont erot a galinhaconto porno mulher adora novinhoContos eroticos flagas filhascontos.virei travesti pela drogaminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoconto erotico irmão mais novo machodedada esposa corninho rindo otário contoquando me masturbei saiu bastante gosma da minha buceta será que gozei?contos eroticosproibidoconto erotico transei com uma velha deficiente especialConto erotico advogada enrabadacontos eroticos realizei meu sonho comi minha cunhada novinhaContos Deize pega rolacontos eróticos caminhoneiro seduziucontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosacontos porno dava pro meu padastrorelato ocaseiro do sitio arrombou o cu da minha esposaContos eroticos chupando pau suado,sujo pentelhocavalogozou forte na boceta da safadacontos gay comendo o muleke do orfanatoContos heroticos esposa quer muitas picascontos eróticos Virei a b********* da Vilapagou pra cunhada,sobrinha,enteada,pra chupar caseirocunhada chamada de Ana f****** gostosocontos eroticos pica grandefui comer a novimha e fui comidomamae linda e brava/contosxoxota as infinitascontos eróticos trair namorado atrãomamae beija filhinha contoscontos eroticos pscina i.svai me arrombarconto eu so queria que minha mae batese uma punheta pra mimcontos eroticos com escravas sendo humilhadacontos eroticosmasturbando o cuzinhoestava carente contos eróticosminha esposa deixa a buceta cabeluda e da pra o meu melhor amigo em relatosconti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupacu furico bunda peito pênis contos eroiticos  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  xvidio real meu primo mamado peito bicudo da minha mae negra