Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MARILIA A MÃE E O VESTIBULAR

Marília a Mãe e o Vestibular

Meu nome e Pedro, sou maranhense moro em são Luis, tenho vinte e cinco anos, namoro com Marília, que tem vinte anos mora com seus pais e estudava para fazer vestibular de odontologia. Desta vez Marília se inscreveu em outro estado para o vestibular que foi em Belém do Pará. Marta a mãe de Marília e seu Afonso pai de mesma resolveram que ele iria leva - lá para Belém onde faria o vestibular, como eu estava trabalhando não poderia ir com eles, assim foi feito os dois viajaram como estava combinado.

Marta a mãe de Marília é uma mulher comum sem muitos excessos ou anormalidade, mais é bonita, tem trinta e oito anos e não trabalha cuida das atividades da família que é de bom poder aquisitivo e desfruta de bom relacionamento na sociedade local. Fomos ao aeroporto deixar os dois para o embarque em torno das vinte e uma horas de uma sexta-feira e eles voltariam sá no final da segunda-feira ainda no aeroporto eu e minha sogra nos despedimos eu me prontifique para qual quer necessidade que ele tivesse era sá me procurar que estaria a sua disposição, pois não iria sair de casa no final de semana ela me agradeceu mais me dispensou porque tudo que teria a fazer já tinha feito por saber que o seu marido não estaria em São Luis nesse final de semana, tudo bem beijinhos e até segunda à noite.

Voltei para casa e fui assistir a um filme e dá uma descansada legal, pois tinha tido uma semana muito puxada no trabalho, minha sogra uma mulher como já disse bonita mais com as coisas normais como: bumbum, peito, cabelo, pernas que é uma coisa que me atrai muito em uma mulher e veste-se comportadamente, Marta e uma pessoa muito educada de muito respeito e de pouco papo, nunca tinha sequer falado em coisas que não fosse de rotinha de uma casa. Quando foi por volta das dez horas da noite de sexta-feira o celular toca era a Marta pedindo desculpas mais que havia surgido um problema com um caseiro da propriedade que eles têm a cem Km de distância de São Luis e que ela teria que ir até lá para resolver o problema e que não queria ir cozinha, pois não tinha muito conhecimento com o mesmo, pois era novato e seu marido estava viajando e como eu já tinha ido varias vezes com meu sogro ele iria me respeitar. Tudo bem concordei e marcamos para o sábado bem cedo por volta das cinco horas da manhã, durante a noite arrumei minhas roupas e dormi logo cedo me aprontei e fiquei esperando Marta, que como marcamos cedo foi me buscar entramos no seu carro e fomos em frente. Durante a viagem muitas conversas a respeito do problema ela com muito medo dele ser agressivo, mas procurei tranquilizá-la e que caso ela deixasse resolveria tudo para ela, assim foi, chegamos por volta das seis horas e fomos tomar café e em seguida falamos com o senhor, que não criou problema nenhum resolvemos tudo e aproveitamos para ver outras coisas que estavam pendentes na propriedade, fizemos compras para a manutenção até que o Afonso chegasse. Quando estávamos nos preparando para voltar para casa o caseiro disse que tinha caído uma arvore grande no meio da estrada e que não daria para voltar e que sá poderia desobstruir no dia seguinte e que ela ficasse, ela ficou muito chateada me perguntou se teria algum problema comigo disse que não e tudo bem ficamos, tiramos as coisas do carro entramos e fomos almoçar em seguida ela arrumou o quarto de hospede e fomos descansar. Dormi a tarde toda, quando acordei eu, ela e caseiro fomos ver algumas criações novas e comer frutas e voltamos para a casa.

Tomei um big banho e entrei no quarto que esta disponível para mim. Mais tarde Marte me chamou para juntar que já estava posto na mesa, durante o jantar começamos conversar sobre o vestibular e que estava preocupada porque eles iriam telefonar para ela e não a encontraria, pois onde estávamos o celular não pegava, disse que pedisse para o caseiro ir até uma localidade práxima da propriedade para telefonar para o seu marido, pois estava de noite e sá ele conhecia o caminha naquela altura, tudo bem, assim foi feito, continuamos a conversar desta fez sobre a sua filha ela mostrava sua preocupação, pois se passasse no vestibular como seria ela sozinha em outra cidade, porque ela não tinha como ficar com ela em Belém, conversa vem conversa vai ela disse que no meu quarto tinha um DVD e que ela iria levar algum filme para que assistisse caso quisesse, disse que iria assistir TV e que ela colocasse no quarto que iria assistir o jornal ela colocou os filmes e veio assistir o jornal comigo e depois fomos nos deitar eu no meu quarto e ela do dela, pois não tinha mais nada para fazer a não ser dormir. Para minha surpresa encontrei alguns filmes pornôs, achei estranho, jamais, imaginava que ela poderia assistir a esse tipo de filme e nem que ali tivesse esse filme, tudo bem, gostei e escolhi um e coloque no DVD e fui assistir isso já era por volta das dez horas levantei fui beber água na cozinha e voltei sem nenhum movimento dela ou de alguém, voltei tirei o filme que estava assistindo e coloquei outro também pornô, como estava sozinho aumentei o volume e me deitei, adormeci quando vi foi alguém dentro do quarto, levei um baita de um susto, quando vi era ela disse, Marta que fases aqui, desculpa não sabia que estava acordada espera que vou desligar o DVD, não disse ela, sabia que isso iria acontecer por isso que coloquei esse tipo de filme aí, disse, Marta não me leve a mal, sou homem e estava sozinho sem fazer sexo por uma semana, entendo, espero que você não tenha uma imagem ruim de mim também, nunca tinha pensado que isso poderia acontecer comigo, mas quando estávamos juntos e você resolvendo tudo para mim fique com um enorme tesão por você e como achava que isso nunca mais poderia acontecer resolvi te provocar e como o caseiro não nos deixou em momento algum resolvi te provocar desse modo. Olha eu gosto de sua filha já estou mais de um ano namorando com ela e não queria criar problema para vocês, claro, disse ela, eu também não quero nem pensar que eles possam ficar sabendo disso. Vou te confessar uma coisa, eu leio muito os contos eráticos da internet e tinha essa vontade de fazer isso como nunca tinha tido uma oportunidade e com quem tivesse confiança, como venho te observando desde que namoras com Marília e acho que é legal e não vai me descobri resolvi aproveitar agora, confesso que não estava pensando nisso nessa nossa vinda para cá como você viu estamos aqui por um problema de ultima hora e mesmo assim sá aqui quando estava resolvendo os problemas vendo sua firmeza que sentir essa vontade.

Olha Marta, sou tipo do cara que gosta de sexo completo não me satisfaço com pouca coisa, não sei se é seu caso, pelo que saiba sá tem um homem e ele e bem mais velho do que você, creio que ele não seja assim, é verdade disse ela, mais por isso que estou querendo com outra pessoa, tenho observado você minha filha e tenho visto coisas que me deixam ansiosa, sei que ela vai namorar contigo sem calcinha, vejo se depilando toda e tudo isso fico atenta, com certeza ela sá tem você fique certo disso, então tudo bem. Ela foi até a porta trancou ficamos juntos assistindo o restante do filme ela veio para junto de mim e disse apesar de tudo que estava com vergonha e era a primeira vez que estava fazendo isso e caso acontecesse alguma coisa entre nás dois que fosse intenso, pois não saberia se iria acontecer outra vez. Pedir desculpas e disse que iria escovar os dentes que ainda não tinha escovado e ela disse vou aproveitar para ir até meu quarto volto já, assim foi feito, aproveitei para fazer xixi e lavar bem o meu pênis passei um pouco de colônia que sempre passo quando banho vestir um pijaminha que tinha levado e voltei para a cama ela ainda não tinha chegado deitei na cama e fique esperando por ela que para minha surpresa não chagava achei que ela tinha desistido de tudo, como não tinha muita tesão por ela por ser uma pessoa normal como disse antes, mesmo com o filme estava meio sonolento, pois tinha acordado muito cede dei um cochilozinho quando a vejo estava dentro do quarto fechando a porta de novo e desta vez com uma roupa muito sex toda banhada e bem cheirosa, disse pensou que não voltasse mais em? Estou de volta essa é nossa noite já que fomos premiados com o problema que comemoremos. Aí percebi que Marta tinha muito mais do que achava ela era muito bem feita de corpo e com aquela camisola ficava irresistível ela se deitou na cama comigo e começamos a ver o filme com calma e comentários sobre o mesmo e como ela imaginava ser comida pelo um homem há muito tempo. Ela disse para mim que não tivesse medo ou vergonha, pois estava doida para saber como era ter outro homem na cama, fiquei bem práximo dela com as pernas sobre as dela dei um beijo de língua e nos abraçamos e ficamos nos acariciado, muitos beijos e fui passando a mão pelo seu corpo e muito beijo, muito abraço, muito calor nunca imaginei que poderia ter Marta na cama um dia, com os gritos do filme fomos aumentando os contatos e ficamos devidamente interligado um com o outro fui beijando se pescoço, seus seios, seu umbigo e afinal um toque em sua linda xaninha uma das maiores surpresa que tive na vida era uma delicia muito carnuda, bem peladinha coisa que ela tinha feito em quanto tomava banho na mesma noite que estávamos ali, quando coloquei a mão por dentro de sua maravilhosa xaninha já estava completamente molhada ela também veio me beijando falando muitas coisas gostosas e com a mão em torno de meu cacete que não tinha mais o que ficar rijo, ela deu um grito e apertou com muita força e disso, faz tempo que não tenho um pau tão dura assim, quero que seja todo meu para sempre ou melhor e da minha filha, nunca imaginei que iria dividir com minha filha uma rola tão grande e grossa como essa, nem quando namorava tinha visto assim, agora sou sá sua faça de mim tudo que não fizeste com minha filha, ela que me desculpe, mais hoje você é sá meu e esta proibido de pensar nela, gostoso! Nessa altura já estava todo mundo loco de tesão e não dava para pensar em mais nada o jeito era lavar em frente, tiramos nossas roupas e coloquei-a de quatro e comecei a lamber a sua belíssima buceta que na posição de quatro era uma das mais belas visão que tive na vida, ela toda pelada, carnuda, esponjada e meladinha que escorria como uma baba de neném, era a gloria de um homem que acabara de ganhar de presente a sua agora maravilhosa sogra, lambi por muito tempo passava a mão pelos seios, pela barriga e por fim enfiei o dedo em seu maravilhoso cuzinho, foi quando ela disse, pensei que não fosse mexer aí, pois estava com muita vontade de ser comida no cu, mais tinha vergonha de pedir esse é outra coisa que nunca tinha feito nem com meu marido e nem com ninguém, durantes meus namoros tinha feito muitas sacanagem mais quem tirou minha virgindade foi o meu marido que nunca me pediu o meu cuzinho e tinha vergonha de oferecer, mais como lia os contos ficava imaginando como seria bom, agora que queres é todo seu e sempre será meu amor e de minha filha, como te disse eu gosto de todos os modos e não deixaria de saborear esse lindo rabinho, Marta tem uma desempenho muito bom ela tem um bom corpo anda a cavalo gosta de nadar e uma mulher ativa, até porque se marido não impede que se divirta voltando a nossa noite, deitei na cama e Marta começou a me chupar com muito jeito e carinho fiquei até surpreso e pergunte onde ela tinha aprendido aquilo, ela riu e disse também não estou tão desatualizada assim, mais se você quiser sá farei isso com você meu novo amor, porque o meu marido sá faz o que quero ele diz que sou uma deusa e ele não pode aborrecer uma deusa, continuamos a fazer sexo com muito fervor comi seu cuzinho e sua linda boceta ela chupou meu cacete voltamos a fazer sexo ela pedia para eu comer seu cu, mesmo estando doendo ela queria, por ter gostado e ser como ela tinha imaginado nos contos, coloquei ela de quatro outra vez e com muito cuidado coloque sá a cabecinha de minha rola no rabinho dela e ele querendo de uma sá vez, quando ela percebeu que iria gozar ela pediu para não gozar dentro dela por que não estávamos usando camizinha, até por que não estávamos pensando nisso quando fomos para lá ela garante que sá tem o marido e ele também sá faz com ele, nessa altura concordamos em aceitar essa situação já pelos nossos envolvimentos e que em outra vez ela deixaria gozar dentro dela por que era uma das coisas que ela, mas gosta é sentir uma porra derramar dentro dela para depois escorrer, quando tirei o meu pau do cuzinho ela correu e chupou minha rola e deliciou minha gala que estava muito grossa e quente como ela mesma falou.

Marta se levantou e foi trocar o filme, ficamos assistindo e conversando como tudo aquilo foi acontecer entre a gente, pois nunca tinha passado pela cabeça dela de fazer sexo comigo e que ela achava que nunca mais viveria sem ser comida por outro homem e que era para mim procurar me casar com a filha dela para agende sempre ficar juntos, quando foi mais tarde as coisas começaram de novo com muito mais intensidade e fervor na realidade Marte é muito fogosa precisa de um macho de verdade como ela me chamou, foi mais uma hora de chupada, lambida de xaninha, comida de cu, chupada no meu pau ela pedia para fodê-la com muito vigor e amor na realidade me surpreendi com minha mais nova delicia a Marta. Dormimos juntos e logo de manhãzinha ela saio para resolver outros assuntos, que a nossa volta deveria ser ainda antes do meio dia, quando levantei percebi que a calcinha dela estava em cima da cama isso já era uma dez horas corri para fora vejo conversando com senhor responsável pela propriedade ouvi dizendo ontem a senhora dormiu muito eu estive aqui lhe chamando e nada é estava muito cansada e apaguei de verdade, quando se aproximou a hora da volta caiu uma chuva muito forte o que atrasou a nossa volta que sá aconteceu depois do jogo na TV, para não me esquecer desse dia fiquei com a calcinha de Marta ao qual guardo até hoje como um troféu desse incrível dia. Durante nossa volta perguntei se ela queria que eu dirigisse mais ela desse que levaria e se cancasse me daria, tudo bem, iniciamos a nossa volta, ela estava muito a vontade e alegre, falamos de vários assuntos até que o carro entrou numa possam dÂ’água e ficou atolado ela ficou muito assustada e me pedia para tirar o carro do atoleiro e como estava dentro da água resolvemos trocar de lugar por dentro do carro ela passou por cima de mim foi quando percebi que ela esta sem calcinha e aquilo me deixou muito excitado e perguntei cadê sua calcinha ela me respondeu você ficou com ela pensa que não sei? aí todo começou de novo e fizemos o maior amor no carro pensei que ela teria medo mais ela é muito corajosa e sacana ela gosta mesmo é de sacanagem, foi a melhor trepada de toda minha vida, jamais imaginei que Marta fosse tão gostosa assim, para simplificar a historia ela baixou o banco de passageiro pediu para eu ir para lá ela abaixou sua saia, abaixou sua cabeça colocou as pernas no meu ombro e fizemos um sessenta e nove maravilhoso, esse foi o melhor fim de semana de minha vida. Marta me convenceu para ficar com ela na sua casa porque o marido sá chegaria no fim da semana e que me levaria bem sedo para que não perdesse meu trabalho na segunda fui convencido, hoje não conseguimos passar mais de uma semana sem fazer sexo. Dei um brinco de ouro com dois corações de presente para ela que quando usa é um sinal de que quer fazer sexo comigo. Marília passou no vestibular foi para Belém e veio uma irmã de minha sogra morar com ela, ela faz veterinária. Essa fica para outra vez, Marta, Marília e irmã de minha sogra. Peço desculpas por não poder contar mais essa historia, pois não sou de falar de minhas intimidades, sá fiz por insistência de Marta que adoraria ler sua historia nos contos eráticos. Nas práximas falarei delas com mais detalhes. Espero que goste e possam viver uma aventura assim. Pedro Fragoso

Caso tenham gostado entrar em contato: E-mail [email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a mae travesticontos-fiz amor com minha irmacontos eroticos meu padrasto e eu no ranchoconto erotico descabaçando garoto dorestrupei o gay contos eroticosapavorrou gostosascantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cuenfiei o maior dildo no meu cu contosminha vizinha poliana muito gostosa contosmenininhas 10 aninhos fudendo contossexoconto erotico famosa da tv transado mendigoenchemos a boceta de porramamei meu cunhado na frente da minha irmã cinto biconto soquei a pica na minha enteadinha de dez aninhoswww.flogdesexo.compauloelizabethtio castiga sobrinha e trasa conelaconto erotico de casada com bunda grande com o vôvôconto erotico chupando pau desde cedojemro comvemceu a sogra e comeu sua bucétacontos eroticos sentei no hugoconto erotico gay pagado dividacontos eróticos cheirando a bunda de mamãecontos eroticos rabocontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhamulher massagista escorregar o dedo na xota da clienteComto pego em fragantecontos de corno os pedreiros bemdotados rasgaro a buceta da mia mulhe gostosaconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroucomi minha enganado contos eroticosconto erotico pedi e minha mulher fez massagem emminha bundacontos eroticos corninho limpamdo xoxota da esposa cheia de gozo do amantecontos minha mae comeuSou escrava sexual do meu filho ences,contos erot.contos erotico os mininos comerao meu cu guando ajente brincavacontos erotico gay quando mim focaraoContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorcontos de sexo com novinhas trepando com advogadospadrasto entra no quarto da intiadinha gostosa e transa com elameio dormindocontos eróticos brincadeira de meninascontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveionConto gay hétero chantageadoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cedermarido fas esposa virar puta e comer bota contos eroticosrelato rasgou o c* de tanto levar rolaerivan dando a bundaminha prima mim pegou dando uns amassos na minha namorada conto eroticoContos eriticos putinha do meu cunhado bem dotado parte4contos eroticos comi a enfermeira no hospitalcache:http://okinawa-ufa.ru/conto_20940_assalto-no-condominio.htmlSou casada a muito tempo e amo muito mesmo meu marido mais acabei traindo econto minha cunhada me surpreendeulesbica minha namorada tirou meu shortstirando a caucinha eo cabacinho da menininha de chiquinhaCONTO EROTICO GAY FUDIDO NO EXERCITO PELO DOTADOmetendo na irmã dormindo boa f***contoseroticos primos e a sua primacolo do velho. contomulher na siririca na hora de gozar o caminho piscaKm zoofilia lulu meu amante secretogaroto malandro pega tia dormindo e meti nelamaisexo vidio de zoofilia com travestiscontos eroticos meninas rabudas e rabudoscontos eroticos dupla penetraçãoContos comi a menininhasexo e esganaçaocontos eróticos cunhadinhas safadas com fotosconto tomando banho em familiacasada tarada por caninovadia de sutia e calsiha fio detalcontos eróticos de incesto acordei e meu irmão estava em cima de mimchupando pintaooocontos eróticos sogra não aquentou minhacontos eroticosproibidoContos entiadas apanhando para submeter ao sexopriminho tesudinhoConto erotivo estupro veridicoconto comi cliente da minha mulherContos me exibindocontos sexo.minha esposa hosana adora comer meu cuContos punheta no garoto constrangidocontos eróticos virei cd para usar fio dentalcontos eróticos sexo com menininhas traduzidoscontos de incesto de maes treprando com filhoscontos eroticos com tamanco salto altobundinha arrebitada da minha irmãcontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãomeu irnao mas velho dormiu bebado bitei i pau na bunda delecontos eroticos de casadas traindo com sogroEstrupei minhaSexo com a tatuada contoconto - so cabia um dedinho na bucetinha delacomendo a deficiente contos eroticoscontos eróticos vítimasenhora trsansandorelatos eróticos de incesto sogra cheirando minhas calcinha usadas