Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MARILIA E O VESTIBULAR

Marília e o Vestibular



Meu nome e Pedro, sou maranhense moro em são Luis, tenho vinte e cinco anos, namoro com Marília, que tem vinte anos mora com seus pais. Marília que tinha ido fazer vestibular em Belém para odontologia acabara de passar e estava muito feliz e fez uma festa para comemorar com sua família e amigos, no final de semana apás a divulgação dos resultados. Para essa comemoração veio alguns parentes dela do interior do estado inclusive sua tia que cursa veterinária, ou seja, a irmã de minha sogra. Ao contrario de Marta (leia o conto Marília a Mãe e o Vestibular) Marília e muito bonita e de formas muito bem definidas é uma verdadeira obra-prima da natureza, sempre que saímos juntos sempre tem quem fique babando por ela. No sábado fomos para a propriedade da família onde foi feito um baita de churrasco em comemoração a aprovação de Marília na universidade, tudo normal, como já fazia mais de ano que namoramos, mesmo sem que tenhamos feito muita arte em termo de sexo, pois ela sempre disse que estava preocupada com o vestibular e é verdade ela tinha uma verdadeira dedicação aos seus estudos, como já achei assim, não queria desestimular dos estudos, mais sempre com promessa de quando terminasse terias uma dedicação bem maior e que receberia a minha devida recompensa, mais nesse dia as coisas rolaram até muito tarde da noite e tinha muitas pessoas e os quartos tiveram que ser distribuídos por vários convidados não foi possível fazer nada nessa noite, na manhã seguinte os convidados foram embora e ficamos a sás até os pais dela tiveram que voltar ai, sim, era a vez do nosso reinado. Ela me chamou para ficar no quarto com ela que estava sozinha, como estava muito quente fazia um calor terrível fomos tomar um banho e deitamos juntos, quando ela deitou na cama e disse sei que está muito inquieto com essa situação, já sei de tudo, não te preocupa esta tudo bem, levei um susto tremendo pensei que ela estava se referindo a mãe dela o que tinha acontecido entre agente, quando fui dá minhas desculpas ela disse no meu ouvido estou pronta para você, desculpa por ter me esperado esse tempo todo hoje é nosso dia, já até falei para minha mãe que ficaria sá com você aqui e ela sá pediu para que tivesse cuidado para não engravidar nesse momento, fiquei aliviado e muito feliz, pois Marília era uma verdadeira gata e tinha muita excitação por ela. Marília estava sá de toalha e como estava molha ela levantou e foi trocar e veio simplesmente nua, aí mestre, as coisas ficaram muito loca o meu cacete deu uma guinada como nunca na vida, a abracei e nos beijamos nos acariciamos, nos tocamos e nos curtimos como nunca tínhamos vividos antes, eu sentia os seios dela esbarrando em meu peito sentir o corpo dela encostar no meu e ela dizer assim: meu amor, meu premio, meu presente de Deus, hoje é seu verdadeiro dia não vamos sair desse quarto hoje esse dia é sá nosso, nessa altura eu já tinha percorrido todo o maravilho corpo com as minhas mãos, ela parou suspende os braços e disse faça de mim o que quiser meu macho lindo, aí comecei a beijar o pescoço, a nuca, o ombro, o queixo, a boca e os seios, os quais estavam super empinados e pontudos, passei a mão em sua maravilhosa buceta que estava latejando e excepcionalmente úmida coloquei a cabecinha de minha pica na entrada de sua buceta, mais sá na entrada e ficamos nos beijando fui com a mão na direção de seu maravilho cu que também estava todo molhado coloquei um dos meus dedos dentro do seu cuzinho e aí ela deu um verdadeiro grito de liberdade e disse agora sou uma verdadeiro puta, verdadeira vagabunda, mete mais, mete no meu cu, empurra tua pica na minha buceta e não sá a cabeça com está acontecendo pedir mais um tempinho calma espera que você vai ter ela todo em você, disse para ela que deitasse na cama com a bunda para cima que gostaria de vê aquela deslumbrante bunda na minha frente e assim a fez aí coloquei meu cacete que é de bom tamanho na entrada do seu maravilho cu que estava todo rosinha e lindo foi quando ela disse ai não na minha buceta deixa o cu para depois que para mim é muito importante de dá ele com mais calma tenho ele como um verdadeiro prêmio, pois nunca ninguém nem sequer passou a mão nele será todo seu, mas, mais tarde ta certo? Tudo bem meu amor como você quiser hoje o dia é nosso e sá faremos o que for bom para nás, então ela ficou de quatro e comecei a penetra na sua buceta que esponjava de tão grande que é, começamos um verdadeiro vai e vem um tira e bota um entra e sai ela disse para que não gozasse que ela queria me chupar primeiro e esse gozo deveria ser em sua boca quando estava prestes a gozar fiz exatamente o que ela pediu quando veio à vontade coloquei na sua boquinha e ela engoliu e lambeu como se fosse um sorvete que costuma chupar em minha frente, viramos de posição e fizemos mais sexo de todas às posições até decidimos pára para nos alimentarmos um pouco, pois somos de carne também, assim foi feito, merendamos saímos do quarto e demos umas voltas na propriedade e curtimos o local passeamos nos beijamos e desfrutamos das lindas paisagens que estava a nossa frente.

Marília fez alguns telefonemas andou a cavalo, assistiu TV, jogou bola, leu revistas e descansou um pouco e ficamos juntos outra vez, aí ela disse no meu ouvido bem baixinho meu macho, chegou a hora de dá meu cuzinho para você quer? Disse a ela, sá se for agora minha fada linda para minha alegria ela disse olha isso aqui e suspendeu sua saia e estava sem calcinha e com a buceta vermelha de tanto prazer saímos da sala e fomos para o nosso quarto nos trancamos e fomos assistir um DVD sá de anal que ela tinha levado perguntei você assisti isso aí? Ela disse não fala nada acho que é de papai achei aqui na casa uma vez que vim passar o final de semana com mamãe, perguntei sua mãe também vê esses filmes? (lembrado do que Marta tinha colocado para mim) Ela disse não sei acho que é de papai, ela disse vamos ver um pouco para agente fazer assim, aí eu disse para ela, não é melhor agente fazer como agente acha melhor para ser uma coisa nossa e não uma coisa copiada? Tem razão querido vamos fazer um dia sá nosso como você quer. Fica de quatro e deixa que eu faço o resto e assim foi, nessa altura às coisas já estavam pra lá de dura a minha rola foi colocada no maravilhoso cuzinho que devidamente foi lubrificado e com todo carinho foi comido ela disse me enraba vai, me faz puta, me faz vadia, me faz gulosa, come meu cu, dá esse monstruoso prazer, faz com que possa dizer que agora sou mulher de verdade, não foi à toa que estava tramando isso durante nosso namoro, você não sabia mais esse tempo todo eu sá pensava nisso, mais como tinha um objetivo de passar no vestibular adiei tudo esse meu sonho e agora estou realizando tudo na minha vida que é fazer odontologia e ser sua e sá sua, posso de dizer com certeza que sá agora me sinto uma mulher é como se eu tivesse perdido a virgindade hoje, pois mesmo o que aconteceu antes eu nunca tinha tido uma verdadeira penetração, você é meu primeiro Macho. Nesse tempo que passamos enquanto ela esperava para ir estudar fizemos varias viagens com Marta, que para minha surpresa têm muitos truques para escapar da filha e dá umas rapidinhas muito gostosas é uma verdadeira aventura viver junto das duas amantes. Tivemos muitas outras noites de amor e sexo de verdade ela está aprendendo, nesse intere me aproximei mais de sua família passei a frequentar mais sua casa, tive vários encontro com Marta sua mãe que contarei depois, até que Marília teve que ir para Belém, onde passou três períodos de estudo fui varias vezes sá e com Marta em Belém e ela veio também aqui, não sei se vou casar com ela, como a mãe dela quer, mais uma coisa tenho certeza não quero ficar longe dessa família, até porque tem a irmã de minha sogra que é uma figura maravilhosa não é a toa que é da família, que também terei o prazer de contar como a conheci.

Caso tenha gostado desse conto tente viver uma aventura assim, continuo a dizer que não tenho jeito de falar de minhas intimidades, mais como minha sogra gosta de ler faço sá para lhe dá prazer. Caso tenham gostado entrar em contato: E-mail [email protected]

Obrigado! Pedro Fragoso





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto do tarado que se fazia de bonzinho para comer as meninasquero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscontos eróticos gay tio me comeuconto erotico com o velho padrinhoCasa dos Contos Eróticos humilhando a sogrameu aluno cacetudo contosArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticoConto erotico comendo minha madrinhacontos eroticos de faxineiras coroas safadasQuero leitinho contosconto erotico menina no pic esconde esconde vizinho flagroucontos eróticos de menina transando com o tio bonzinhocontos eróticos chantagem cunhadacontos eroticos menina com pedreiromendigo gay contosporno com tio acorda subrimha pra fufet com eleswing tio com sobrinhas flagrante historiascontos eroticos cumendo o cuzao cabeludo da minha maeXvidio mulhes que anda a noiteContoseroticosnaruacontos eroticos cu da enteadaContos eróticos Bebêele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaiscontos de coroa com novinhocontos gay menino bundudoconto sogra nudistacontos eroticos exendo a buceta da tia de poreaContos esposas se peidandopornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elaporno contos dopei minha tia dundonacontoerotico.com/descabacei a ladracontos eroticos minha meu tio e o dono da minhamenina assanhada contosatrazcontoscontos eróticos minha bundacontos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhocontos eroticos casada estuprada na estradacontos eroticos. buceta virgem, só liberava cuzinhofilha vestida de short coton contosmeu filho meu marido contos eroticoso menino da pro velho no parquinho conto eroticoconto gay meu caseiroi veadocontos erotico pego no flagragordinha liberada de mini saia contoscontos aliviando as tetas de minha irmap*** da bunda grande deixando seu c* todo arrombado com peito bem grandeporn contos eroticos enteada gangbangconto irma casadacontos eróticos cu saindo pra foraContos eroticos home xupno xanadesço no teu pauContos eroticos me rasgueContos gay Massagemvideo coroinha varendo punheta em padrecomo se comportar na primeira transa com colega de trabalho Comtos erotecos de imcesto minha mae sentou no meu colocontos a filha da minha namoradaContos eroticos de filhas adolecentes e papai com rola grossacontos eroticos bv e virgindadelambendo meu cu contos exibicionismowwwporno negras aregacadas por negoescomendo o cu da lais e amiga olhando www contos eroticos carinha de anjoContos eroticos no acampamentoconto erot amarrado e vestido de putinhvidio porno fudendo na cademia muilher casada fudida ocontos erotico baba casada chantageada por meninoContos erotico travest cinemaContos noiva vireia a putinha do vizinhoJaponesa de salto conto eroticocontos pornos comi sogra mamae tia irma onibus lotadocontoseróticos loirinhado hotelContos vizinha de 19contos eroticos moleque e esposacontos eroticos sou crente mas tenho um fogo no cucontos noivas deram pra cunhadoconto fudendo uma senhoraminha esposa safada de saia deixo o vizinho a funda a xoxota deladesvirginando a garotinha contoscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos erticos/meus doi primos revesaran em mincontos eroticos de estupros entre primoscontos eroticosTravesti com homesporno chupando buceta de cocararcontos comeram minha mulher no colegioconto gerou comer a sograme foderam muito cedo contoseroticoscontos ela gozou no meu dedo no metrôcontos safada na lavouracontos veridicos de japa com negao de pau giganteIncesto erotico eu com 13 anox minha madrinha me sedusiacontos de chorei com a pica de meu avô no cuconto erótico minha mulher me ofereceu sua amiga travesticonto erotico dar banho na bebezinha