Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TESTE DO BAFôMETRO

Meu nome é Jorge, tenho 28 anos, 1.80m, sou claro descendente de italiano, um corpo bem definido pois pratico esporte regularmente, me desculpe a modéstia mais tenho consciência de que sou atraente e chamo a atenção pelo meu sex appel. Costumo sair a noite de São Paulo, regularmente toda sexta feira ou véspera de feriado para viajar ao interior onde tenho um sitio.

No final de semana passada sai de São Paulo as 21 hs e peguei a estrada como de costume, foi uma viagem tranquila, fui pensando na vida e cheio de fantasias, estava doido para encontrar alguém para me aquecer naquela noite fria.

Faltavam uns 30 km para chegar no meu destino quando fui parado num posto policial, parei sem problemas, abri o vidro e olhei para o policial que me cumprimentou e pediu meus documentos. Entreguei os documentos mais não tive como não reparar o volume que tinha na calça apertada que usava. Acho que por ficar olhando muito tempo o Policial ainda novo com uns 25 anos percebeu, mais manteve a discrição. Pediu para que eu abrisse o porta malas, resolvi levantar e ir abrir o porta malas lá fora. Abri ele deu uma olhada rápida e agradeceu. Mais uma vez olhei para seu pau para apreciar pela ultima vez o formato maravilhoso e imaginar o que seria sem aquele pano por cima. Desta vez ele não se fez de rogado e colocou a mão como se estivesse arrumando e olhou nos meus olhos com cara de safado. Retribui o olhar e sorri maliciosamente, foi ai que perguntou se eu me importava em fazer o teste do bafômetro. Aceitei e o acompanhei para dentro da guarita. Ele preparou o aparelho e mandou abrir o saquinho com a peça descartável que iria soprar, neste momento senti que ele encostou seu pau na minha perna o que me fez suspirar de tesão. Neste momento ele já estava excitadíssimo e seu volume tinha triplicado, já não cabia na calça. Peguei o aparelho e soprei e o resultado como já esperava deu negativo, mais naquele momento queria outra coisa, foi ai que ele perguntou enquanto segurava seu enorme volume. Você quer repetir o teste? E olhou para baixo em direção ao seu pau. Entendi o recado e respondi que podia. Tentando fazer de conta que não estava entendendo a insinuação. Ele sem um pingo de cerimônia tirou seu enorme mastro para fora e me puxou para um canto fora da visão dos carros que passavam na nossa frente. Seu pau já estava todo molhado e duro como um cacete, me pegou pelos cabelos e me pos de frente para aquele monumento, não aguentei e comecei a mamar sem dá nem piedade e enquanto mamava também comecei a me masturbar pois estava doido de tesão. Ele gemia feito um lunático e falava que eu tinha deixado ele doido. Ele enquanto eu mamava abaixou mais a calça para que o acariciasse. Fui fazendo carinho em sua bunda durinha e percebi que ele queria mais, nem pestanejei fui direto com meu dedo no seu cuzinho e ele gemeu de prazer, enquanto mamava meu dedo ia e voltava em seu cuzinho apertado.O policial falava “Seu puto você esta me deixando loco de tesão, quero comer seu cu mais quero que coma o meu também”. Num passe de mágica tirou tudo de cima da mesa, me colocou nela e começou a roçar aquela cabeça rosada no meu cu e foi forçando a entrada bem de vagar, comecei a ver estrelas mais sentia muita tesão, seu pau era enorme mais eu queria tudo dentro de mim, fui relaxando e senti que a cabeça já estava dentro, foi neste instante que me segurou pelo ombro e enfiou tudo dentro de mim, dei um grito, ele parou um pouco e continuou num ritmo de vai e vem, sempre tirando quase tudo e depois colocando novamente. Sentia suas bolas baterem nas minhas enquanto reparava pelo vidro os carros passando na BR. Estava me sentindo nas nuvens aquele vai e vem e a química entre nás era maravilhosa.O policial era tudo de bom enquanto me comia mordia minha nuca e me fazia delirar, minhas pernas tremiam de prazer. Ele estava doido e vi que ele já ia gozar pois começou a uivar como um lobo no cio, senti que seu pau dilatava no momento que me enchia de porra e por incrível que pareça, pela primeira também gozei sem nem precisar tocar no meu pau, gozei de tanta tesão por ser comido daquele jeito por um policial. Quando terminou ele falou agora é sua vez. Eu disse, infelizmente não vai dar eu gosei também, mais podemos marcar moro aqui perto na práxima cidade. Ele disse: Olha amanhã é minha folga, vou inventar uma historia para minha esposa e te encontro onde você quiser. Enquanto me limpava e me vestia lhe dei o endereço do sitio. Ele veio me deu um beijo na boca tão carinhoso e gostoso. Fui embora sonhando com o dia seguinte.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos mulatacontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos crossdresser minha mae me fez meninacontos eróticos de sobrinhas com tiasbuceta virgem sendo chupada e descabaçada por coroas contosconto desde pequena participo de orgias com minha familiacontoseroticos assaltoera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contocontos eroticos gay meu tio de vinte anos me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eroticos real matrasta eem tiando conto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delefui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticoconto mulher casada rabuda dei pedreiroconto erotico incesto sonifero filhaporno doido filho comeno a sua mae baixinha peitudacontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu donomeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachodepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?lindasapertadaspegei a minha bisavo e ela deu o cuproctologista me comeu gayContos eroticos .eu usava uma sortinho indescente contos minha namorada me fez corno com vizinho marrentominha esposa escolheu vibradorContos gay coroaAdora mamadas contoseroticoscomtos bdsmcontos etoticos casais disputam bunda maior das espisaswww.acordada por papai videos incestoconto porno de amigas casadas fudendo com machos picudos nas feriascontos eroticos gay infanciamulher compra cachorro pra fudelacontos carona q virei cornoConto tomando no cuzinhoeu minha esposa e sua mae contos pprnoConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimCrossdressing contos eroticomeu sogro me comeu contos eroticosmagrelas grelludas liga das novinhasminha prima malcriada contocontos eroticos o dia que o pasteleiro mim comeucontoseroticosnaruabrincando de upa cavalinho contos pornocontos chupei minha namorada a forçaMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .filho gosa bunda mae ela percebecontos dormi de fio dental e me ferreiContos esposa submissa e gostosaComtoerotico profesorinhaconto erotico incesto sonifero filhaminha prima chupou meu pau virgem contosamolecendo dentro da xanabochechas da bunda da minha irmãcontos de pura putaria entre pais e fcontos mulher x travestitocou meu seio sem querer incesto contofudeno cu da manu e ela gritando de dorminha cunhada uma p*** contos eróticosmulher tranzndo com ponei realContos eróticos casada os pintores me espiandocontos gays meu cuzinho me chamava de festacheirei a calcinha fedorenta contos eroticosCercada por varios contos eroticoscontos eroticos (homens que pagam as dividas com a mulher)contos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolasContos eroticos dois macho chupando minhas tetasconto erotico arrastaram minha namorada na festacontos anal coroa putinha com varioscontos eróticos pagando com a filhaeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eróticos com mulher vizinhaContos gays vestido de mulher a noite na borracharia