Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMEIRO CONTO

Ola pessoal.......

Estava na net lendo os contos que aqui estão postados e contarei alguns que tive uns bem antigos e outros nem tantos, mas enfatizo que todos são verídicos.

Tenho 35 anos moro em são Paulo, sou moreno, não sou lindo mas tenho meus dotes e modéstia parte na cama eu mando bem.

Bom na época usava um software chamado ICQ, este software era muito conhecido antes do MSN. Fiz uma pesquisa por perfis e adicionei uma pessoa por nome Fatima (Nome Ficticio)

Na época eu tinha 29 anos agora eu tenho 35, começamos a teclar e rolou uma afinidade.

Ela tinha 26, uma morena mignon corpinho bem desenhado, no qual nos homens chamamos de falsa magra.

Conversavamos diversas coisas inclusive sobre sexo.

Ela falava ter namorado porém, este ele nunca sequer havia penetrado ela ficando somente nas preliminares.

Marcamos um encontro no shopping na região do centro e começamos a tomar um chopp e ela foi se soltando.

Conversarmos mais um pouco e decidimos ir embora, sugeri que esticássemos até um motel porém ela disse-me que não iria, uma vez que era primeira vez que nos víamos.

Fiquei um pouco desapontado em um primeiro momento mas segui em direção a sua casa, foi quando passamos práximo a um drive´in e sugeri que poderíamos aproveitar mais o tempo que nos restava em um lugar mais reservado, já que ela não queria ir a um motel.

Fiz o retorno e entrei em um drive´in bem conhecido aqui em SP na zona leste chamado cumbuca.

Chegamos la e iniciamos uma conversa, até que rolou um beijo, tentei colocar a mão no seu seio e ela tirou prontamente falando que iríamos apenas conversar.

Mas como insistente que sou, beijei ela novamente e comecei a chupar seu pescoço e murmurrar em seu ouvido o quanto estava excitado e direcionei sua mão por cima da minha calça em direção ao meu pau, que neste momento estava como uma rocha.

Ela começou a passar a mão nele e pedi que ela abrisse o zíper, pra minha surpresa ela o fez com uma rapidez e sacou meu kct pra fora e começou a masturba-lo .

Beijei ela novamente e puxei sua kbça em direção ao meu pau, ela caiu de boca engolindo ele inteiro, pedi para ela chupar minha kbcinha e ela passava a lingua em toda extensão.

Saimos de dentro do carro e comecei a tirar a roupa dela, primeiro a blusa e sutiã, onde cai de boca naqueles peitinhos pequenos que cabia na palma da minha mão, chupando um e depois o outro.

Não aguentei e abri sua calça, e fui descendo ela, já não aguentava de tanto tezão, quando me deparei com aquela calcinha bem pequenininha preta, me abaixei e fui descendo ela vagarosamente, e comecei a chupar a bucetinha dela praticamente virgem, chupava seu clitáris e ela urrava, que isto me deixou com mais tezão ainda.

Naquele momento todo pudor e vergonha acabou, gritava de tezão.

Sentei novamente no banco do carro com a porta aberta e pedi que ela me chupasse novamente, ela se ajoelhou e começou uma boquete maravilhosa, me segurei para não gozar.

Pedi para ela levantar e peguei a camisinha e coloquei e pedi para que ela encostasse na lateral do carro e empinasse bem aquela bunda.

Ela fez e eu posicionei meu kct na entradinha e pincelava a entrada daquela bucetinha, enquanto ela pedia para eu colocar.

Coloquei meu kct devagarinho enquanto ela implorava para eu bombar gostoso, ela arrebitou bem a bunda e comecei a bombar loucamente enquanto eu puxava seu cabelo e dava algumas palmadas que deixava ela mais excitada ainda.Segurava ela fortemente pela cintura enquanto eu bombava, ouvia o barulho de corpos se batendo e cada vez mais ia aumentando a velocidade.

Foi quando ela não aguentando gozou em cima de meu kct ainda duro, mas eu ainda não tinha gozado.

Eu não aguentei tirei meu kct da buceta e arranquei a camisinha e pedi para ela se ajoelhar novamente, ela colocou meu pau novamente na boca enquanto me masturbava e acabei gozando loucamente na sua cara e ela passava o que tinha de porra na sua cara.

Nos limpamos, colocamos nossa roupa e rumamos em direção da sua casa.

Saimos mais algumas vezes, inclusive cheguei a comer o lado “B” que é assim que ela chama carinhosamente seu cuzinho, mas é uma outra histária.

Voces mulheres que estiverem a fim de uma aventura sem compromisso e com muito prazer, me escreva [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos meu marido me vendeuContos eroticos transei com uma porcagordao tarado conto eroticocontos porno de casada se insinuando para pedreiroscontos eroticos traindo marido na viajandocontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelConto erotico mamae deixou papai come meu cu em quanto chupava elaContos eroticos fudim minha mae a foçarelato erotico marido traiconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogroContos fui estud fud mãe e filhatapou a minha boca - conto eroticoconto erotico amigo babaca e cornocontoseroticoscabacinhotraveati fudendo na cpzinha do apartamento no fruta pornoComo eu faço para passar a minha pica dura na bunda da minha tiaContos tirei cabaço da menininhafui currada na frente do meu maridocontos eroticos sou crente casada mas tenho fogo no cusambado se caucinha pra da pra pau grande e se deu mauCrossdressing contos eroticoContos de novinho chupando kct de caminhoneiroDando o cuzinho para outro homem da pica gostosa, contos gays que dão tesãocontos eroticos dainfanciadando uns amasso na minha sublinha e acabei gozando nas pernas delacontos eroticos amarradascontos eróticos comendo uwww.porno chupado os peito ate fica roxo.comconto seduzindo meuminha mulher puts molecada contosconto erótico corno de mendigoContos eróticos de noraminha mãe e eu jogando strip poker contoscontos de sexo com mulheres menstruadascontos de crosdresserescache:9sPphOOPSSEJ:https://idlestates.ru/m/conto_2200_corno-manso-e-viado.html contos eroticos de putas viciadas em porra gang bangConto erotico puta de merdacontos de menina crentecontos bdsm erposas escrava submissa martaconto erótico virei fêmeatrepando pau sua p*** prepara para o sábadocontos porno sogroxvidio travestiContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.travesti vizinha surpresa contos eróticosmete mete contodividindo a enteada teen com o filhoCunhada bunda site cellPasseio de lancha com um coroa conto erotico contos comi minha alunaconto erotico a boleiacontos eroticos- supositorio no cu da filhameu cachorro taradocontos erotico me foderamwww.cunhada nao agueta ver o cunhado de pal duro e.traza com eletrepo desde pequenacontos eroticos enquanto trocava a lampada ela me chupavaminha mae me ensinou a ser putinha/contossconto chupei a bucetinha da minha sobrinha de sete anos que ficava na minha casameu,vizinho mais velho me lambeuCrossdressing contos eroticoConto erotico na cama com a tia coroa puta.comfestinha no.ap contos gayconto eroticos troca troca com amiguinhocontos eróticos morena com o carro quebrado ( gangbang.)contos sado marido violentoscontos eróticos minha bundavidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhacontos putaria de crentes