Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MUITO TESÃO NA CHUVA

Muito tesão na chuva



Dia de farra, sabe como é, verão, marquinha de sol, qual homem não gosta enfim, me arrumei toda, perfume, vestido grudado no corpo, sexy, curtinho e sensual, maquiagem, cabelo, tudo para arrasar na festa. Peguei as chaves do carro e sai. No meio do caminho meu carro achou de quebrar no meio do nada, mato para todos os lados. Comecei a ficar nervosa e preocupada, para piorar a situação começou a chover! Como estava sem sutiã, os bicos dos meus seios ficaram durinhos e o vestido já mostrava as formas do meu corpo. Fiquei esperando cerca de vinte minutos quando apareceu um carro, sinalizei e ainda bem que o motorista parou. Era um homem ao volante, ele abaixou o vidro, me inclinei para falar com ele e expliquei o ocorrido. Enquanto falava com ele, seus olhos estavam direcionados para outra direção: meu seios já durinhos de frio. Seus olhos devoravam meus seios, ele não conseguia tirar os olhos do meu corpo, deixei ele com tesão, pois pude ver o volume na sua calça. Ele abriu a porta e então entrei. Ele desligou o ar condicionado, pois eu estava com frio; nossa que homem: negro, alto, suas mãos fortes e rígidas segurando o volante, comecei a imaginar aquelas mãos dentro da minha grutinha me fazendo gemer de tesão, cabelo baixo, ele percebeu e começou a puxar assunto:



-O que uma mulher linda como você está fazendo sozinha num lugar desses?

-Estava indo para uma festa com minhas amigas e meu carro achou de quebrar justo ali.

-Ainda bem, sá assim eu pude te encontrar não acha?

Sorri. Ele começou a olhar minhas pernas e parou o carro. Pegou uma mochila no banco traseiro e pegou uma blusa dele, então prestei atenção no volume da sua calça, nossa confesso a vocês queridos leitores que fiquei molhada e com muito tesão.



Fiquei sem graça de pegar uma blusa dele e molhar toda. Enquanto me enxugava, ele me comia com os olhos, senti muito tesão naquele flerte e clima de sedução rolando naquele carro. Ele pegou a blusa da minha mão e disse que eu não estava enxugando direito; passou a mão na minha perna e viu uma parte da minha calcinha. Suas mãos subiram com rapidez e invadiram minha intimidade com força e gula de me devorar. Ele me tascou um beijo delicioso e apertou minhas coxas. Nossa, minha bucetinha melou na hora, ai que tesão. Fui pra cima do banco dele e pressionei minha grutinha na sua calça e fique rebolando bem gostoso para sentir seu pau duro.



Ele abaixou meu vestido e chupou meu seios, lambeu meus mamilos, mamou bem gostoso, dei um gemido forte de tesão na hora. Tirei sua blusa, lambi todas as suas extremidades e tirei o cinto da sua calça; coloquei minha mão dentro da sua calça e chupei seu mastro bem gostoso, lambi a cabeça da sua pica e mordi bem devagarzinho e depois suas bolas, ele me masturbava com dois dedos dentro da minha grutinha já encharcada de tanto tesão, queria aquela pau dentro de mim, me comendo todinha. Sentei em cima do seu pau e cavalguei sua pica, ele segurava minha cintura e apalpava meus seios. Comecei a fazer um vai-e-vem gostoso, podia sentir aquele caralho dentro de mim me fudendo todinha, bem forte e bem gostoso, como eu gosto, selvagem e forte na medida certa. Saímos do carro, ele me jogou no capô do carro abriu minhas pernas e me chupou toda:



-Ai chupa minha buceta vai, ai chupa...

Meteu dois dedos, tirava e metia a língua, sabia exatamente como me chupar toda. Sabia meus pontos fracos sacana gostoso... Meu corpo se contorcia de tanto prazer. Ele meteu sua pica dentro de mim, agarrou minha cintura e começou a me fuder novamente, fechou minhas pernas e minha grutinha ficou mais apertada, senti uma sensação extremamente prazerosa dentro de mim, uma pulsação que eu gozei rapidamente.

-Ai que buceta gostosa e apertadaaaa, ele dizia, enquanto seu mastro me rasgava todinha.

Eu queria mais... desci do capô do carro e fiquei de costas pra ele. Mamei mais na sua pica grande e gostosa e meti na minha bucetinha por trás, soltei um gritinho de dor e tesão ao mesmo tempo. Ele pegou meu cabelo e puxou com força (confesso que adorei aquilo, e fiquei susurrando me fode mais, tá muito gostoso...). Sentia suas bolas batendo na minha grutinha, ele lambia minhas costas e mordeu meu pescoço com força. Sá pude inclinar meu pescoço e deixar ele fazer o que quisesse com meu corpo. Nos beijamos e ele tirou sua pica da minha buceta e tentou penetrar meu cuzinho... gritei de dor mais eu queria sentir ele dentro de mim por mais que doesse.



Ele abriu as duas bandas da minha bunda e cuspiu da nua pica para facilitar e colocou devagar. Senti meu cuzinho sendo invadido por aquele caralho grande e gostoso, senti dor, mas meu tesão era muito maior. Ele gozou na minha bunda e me abraçou depois, fiquei sem fôlego depois dessa trepada gostosa. Enquanto chovia nos beijávamos loucamente, confesso que esse foi um dos poucos amantes que eu tive que sabia exatamente como me excitar, não resisti e marquei com ele outras vezes, mas isso eu conto em outra oportunidade. Ele deixou sua marca em mim: sua mordida no meu pescoço estava roxa no dia seguinte, me masturbei e gozei pensando naquele homem maravilhoso, lembrei das suas mãos fortes e de sua força quando me fodia.



Quem quiser dar opinião, comentários, críticas, qualquer coisa é sá entrar em contato com: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erótico com enfermeiracontos eroticos vendi meu marido pra ex delepegado carona um casal com camionero contos eroticoconto travesti com menina virgemmae desfilando de calcinha fio dentalcontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocontos eróticos na Fazendaconto incesto mestruavaChumpou a bucetao dela gozo xvidioesfregando contocontos eroticos corno e amigo onibus de viagemcontos gays chantageadoconto erotico fazia tudoque meu tio mandavacontos/ morena com rabo fogosohttp://googleweblight.com/?lite_url=http://biz-kon24.ru/m/conto_14892_comendo-o-ladrao.html&ei=v3xeuqyg&lc=pt-BR&s=1&m=605&host=www.google.com.br&ts=1515452239&sig=AOyes_TalWNa7Wv9Eal84BSQvAyYJWkw6Ahomen bulinando o penis no chortcontos minha filha olhou em dandoquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no raboswing tio com sobrinhas flagrante historias contosConto fio dental taradoconto porno mulher crentecontos papai descobriu que sou boqueteirao cu da morena saio sague de tanto fura porno doidosafadinha dava ocupado na escola contos eróticosembebedei minha mulher e consegui comer o c* delacontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaConto gay com cantominha vizinha poliana muito gostosa contoscontos erotico comi cu da tia no conventocontos enrabando sobrinha da minha mulhertransei com meu tio contostenho maior tesão pela minha tia velha contos eróticoscontos eroticos casada de patos fode cm u corno sabemulher de viajante contos eróticos gang bangcontos eroticos gatinhasContos eroticos de travestis tarados.Contos enfiei o dedo no cu do meu marido ma frente do meu amantemeu policial chupou meus seiospadastro. com. a. filhaxvideo. bxxContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadoramamentar o pedreiro contoscontos gays com gémeosContos eróticos de noracomtoscasadas dotadao .comcontos eróticos irmã f****** na frente do irmão por assaltantesmeu gringo gostoso me chupoucontos eroticos primo da esposacachorro pinche lambe buceta e festaso putao dando o cu e gozando e gritandotetudaCaidacontos eroticos gay quando eu tinha oito anos esperei meu pai ficar bebado e dei o cu pra eleContos bdsm sequestradacontos eróticos morando com filhomeu grelo est louco de tesaocontos eroticos fudendo a mae travesticontos exoticos no.cinemaler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homensComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delacoroa se***** cagou no pau de Natáliacontos eroticos corno bosqueContos eroticos punheta com o pastorConto erotico ninfetas mijonascontos eroticos minha cona e cu gosta de piça gghantai filinha patendo punheta pro pai safadacontos eróticos fio dentalconstos eroticos tias bucetudas e sobrinho caseetudosdei leitinho na boca de uma novinha de contagem contos eroticoscontos dormi de fio dental e me ferreiDesvirginando a sobrinha de 18 anosdando uns amasso na minha sublinha e acabei gozando nas pernas delacontos eroticos filha da minha namoradaconto eRotico os piralhoS m comeraotocu de proposito pornodoudocontos tiachupa rolaVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhocontos gay me depilando e pego no flagraconvencir minha mulher zoofiliaconto porno onibus sou afastou a calcinhacontos eroticos comendo a enteadacontos tetas irmaminha esposa vestida à vontade em casacontos eróticos sadomasoquismo exttemominha tia tava dormindo gozei nela contosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorfamília naturista contosconto erótico gay comi meu irmãochupando uma bct de novinhas dormindo indefesascontos de coroa com novinhoEu fui trabalhar numa empresa eu comi minha patroa japonesa no motel conto eroticoReatos eroticos quando eu era uma moça meu tio me penetrou com forçaContos erotico menina de nove anos no bosqueencoxada onibus apagado contoscontos eroticos irmaohistoria porno dando o cu pro porteiroContos eróticos casada os pintores me espiandocontos eroticos papai gozando na minha bocaMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,minha novinha tarada contoconto erotico da titia rabuda do rabao no carnaval