Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

HUMILHADA PELA MINHA EMPREGADA NEGRA.

Olá, meu nome é Amanda, e vou contar algo que me aconteceu e que continua até hoje e é meu desespero.

Tudo começou tem uns 6 meses e vivo esse drama na minha vida e não sei onde isso irá parar, nunca pensei que viveria coisa parecida eu que sempre fui certinha e sempre preservei minha imagem. Bom tenho 19 anos e não sou mais virgem mas também sá transei com meu ex namorado e nunca fui assim de sair com qualquer pessoa e como falei sempre me preservei.

Sou loira, cabelo liso natural pois sou neta de holandeses e tenho 1,69 com 54 kg seios tipo tacinha e olhos azuis, sei que chamo a atenção pelo meu tipo e sei que desperto olhares ainda mais que sou super clarinha.

Eu sou filha única e meus pais quase sempre viajam e fico em casa pois moramos em um belo condomínio em São Paulo, uma casa de dois andares super boa e temos até piscina onde uso pouco. Temos uma empregada negra e foi com ela que começou todos meus dramas até hoje que estou vivendo, pois estou na mão dela e ela passou a me dominar e chantagear.

Sei que cometi erros pois nunca tratei ela bem, não era mau educada mas era tipo bom dia e boa tarde e nada mais. Ela tem uns 33 anos e é magra tipo uma mulata de escola de samba, as vezes sinto ela abusada pois mesmo trabalhando aqui nessa época uns 3 meses sentia ela com o nariz empinado e ar de arrogante para uma empregada.

Eu fiz a grande besteira de não tratar ela bem e ser fria e acho que passar o ar de patricinha metida e nem desconfiava que ela odiava isso. Um dia onde tudo começou foi quando cheguei e fui para meu quarto onde entrei no banheiro que é suíte e fui tomar banho, eram 2 da tarde e a porta do quarto estava aberta, sá a do banheiro que n. tem chave pois é tipo uma porta do armário falso e eu estava lá em um gosto banho quando sem eu saber ela tinha entrado no meu quarto para levar umas roupas minhas que tinha acabado de passar.

Meu grande erro foi que deixei em cima da mesa do micro umas fotos minha que me culpo até hoje por ter deixado lá e ter tirado, eram fotos nua minha, tirei de brincadeira sozinha no meu quarto com uma câmera automática que tenho, programava e tirava tirou de brincadeira eu tinha imprimido elas e eram fotos do tamanho de uma folha, ou seja enormes mas foi sá de brincadeira e eu lá de 4 feito cadelinha onde aparecia minha bundinha toda e meu cuzinho que por sinal é minha maior vergonha imaginar exposta assim se outras pessoas olham aquilo que fiz, aparecia minha bucetinha loirinha natural e meus seios e principalmente meu rosto e meu quarto tudo que diria para quem olhasse....é a Amanda sim!....nas fotos estava eu assim de 4 exposta que estavam em cima da minha mesa do micro.

Ela ficou olhando essas fotos entre outras e eu lá tomando meu banho sem saber de nada quando mesmo dentro do Box escutei um barulho no meu quarto de riso e sem entender mas sabia que seria ela, desliguei o chuveiro rápida e sei lá me deu um certo gelo na espinha pois me toquei da burrada que tinha feito em deixar aquelas fotos assim em cima da mesa. Sai me enrolando na toalha e nem me enxuguei quando abro a porta do banheiro e vejo meu quarto e minha mesa gelo a espinha .....Cade as fotos?.....penso falando em voz alta, minhas pernas tremem e me vem um medo e vergonha e tudo na cabeça.



Fico parada em pé e tremendo não de frio mas de medo....sem saber o que fazer, desço de toalha mesmo até a sala e vou para a cozinha e escuto lá ela rindo, entro e falo toda nervosa de gaguejando.....- Dora, vo..você esteve no meu quarto?........- Sim querida, fui levar suas roupinhas que passei....e ela da um riso sínico.....- Mas, mas você pegou algo na na na mi minha mesa? ...eu falo que nem tonta segurando a toalha em volta do meu corpo e cabelo pingando ainda do banho.....ela me olhou com ar de riso e disse...- Hummm...as fotos onde parece que nem cadelinha?

Pronto, meu chão sumiu, pelo que ela falou cadelinha o que seria um absurdo pois era a dona da casa também e ela minha empregada e principalmente pelo que ela tinha nas mãos.

- Mas o que é isso?....você não tem o direito de pegar o que meu! ....tentei dar medo nela mas foi pior...ela me olhou e disse séria....- escuta aqui Amanda, ou devo chamar de cadelinha?....o que seus pais vão achar se verem que a filinha deles a loirinha metida e bem educada esta em fotos pelada que nem uma cadelinha ou putinha?...heim?..heim?

Tremi com cada palavra dela, nervosa minhas pernas balançavam......e eu muda e ela rindo e continuava, ....- Veja sá, peladinha mostrando toda abunda heim mocinha?...e deu uma gargalhada......me saiu na hora lagrimas e falei....- por favor Dora, cadê as fotos?.....ela ria e depois séria falou que eu era uma metida que tratava ela como criada e que nunca fui educada que nunca falava obrigado para ela e falava e eu muda em pé toda nervosa e morta de vergonha dela ter visto as fotos e pela chantagem. Ela falou que agora as coisas iriam muda e eu seria a empregadinha dela e ela me daria a educação que eu precisava.

- Mas, mas do que esta falando Dora........ela respondeu.....Dora não cadelinha, Sra. Dora a partir de agora escutou, veio perto de mim e me deu um tapa na cara.....eu gritei e chorei de vez ...aiii.....vo..você me bateu.......- Bati mesmo e baterei mais para te educar cadelinha.

Nisso as coisas que passavam na minha cabeça giravam e eu me sentia totalmente nas mãos dela e sem como lutar contra isso, ela falava muito o que minhas amigas e amigos achariam de me verem nessa fotos como cadelinha já muitas vezes eles iam em casa, minha casa era aberta e quase sempre chegava gente e era aquela festa com refrigerantes e tudo as vezes vinham umas amigas e ficava ponto de encontro lá em casa chegando mais gente e meus pais nunca se importaram com isso, eu comecei a ficar desesperada enquanto ela falava e não parava e ria demais da minha cara de medo.

Eu parada em pé e ela falando foi quando sem eu esperar ela falou que seria educada a partir daquele minuto e me puxou a toalha onde fiquei nuazinha pela primeira vez na frente dela sem antes ter dado um gritinho de susto...e me tapei com as mãos e ela ria demais e eu falei...Que isso?......me da a toalha!..... nossa que vergonha e humilhação e ela ria e me deu tapas na bundinha em pé mesma e eu sai correndo para meu quarto totalmente pelada e subi as escadas e me tranquei no quarto, cai na cama chorando sem saber o que fazer e minha bundinha branca ardia dos 4 ou 5 tapas de mão aberta que me deu.

Ela subiu também e bateu na porta....- É melhor abrir essa porta ou você quem sabe?

Levantei e coloquei um vestido qualquer levinho e abri com cara de choro e ela falou colocando o dedo na minha cara.....O que esta fazendo aqui?....vá lá em baixo limpar a cozinha putinha,.... ela me pegou pelo cabelo e me dando mais tapas na bundinha, eu andando cambaleando enquanto segurava meus cabelo e me dando mais tapas na bunda.



De volta a cozinha ela sentou e pegou um café rindo de mim enquanto eu obrigada a lavar toda a louça com lagrimas nos olhos, o que me dava mais medo era ela rindo e falando....Hummm...as amiguinhas frescas que você tem vendo aquelas fotos heim putinha?....imagina sua imagem?...e ria muito......eu lá lavando chocada, desesperada e sempre morta de vergonha por ter ficado nua na frente dela aquela hora e pelas fotos e o medo tudo na minha cabeça. Ela falava muitas coisas e eu estava com o vestidinho de ficar em casa levinho e sem nada por baixo.

- é você com esse vestidinho esta uma empregadinha Amandinha puta, eu vou te ensinar muitas coisas, até adestrar como cadelinha eu não sabia o que fazer e nervosa pelas fotos em poder dela e sem como pegar e sem a quem pedir ajuda pois meus 19 anos me deixavam insegura em tudo que vivia.

Foi assim que tudo começou.......(continua)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos pe de mesaquero ouvir as empregadas s****** fazendo faxina de shortinho de sainha curta s***** mostrando a b******** e bebacontos eroticos sogra de camisolaContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheirocontos erotico na prisãocomendo a deficiente contos eroticoscontos eroticos de incesto: ajudando a mamaecontos de esposa dando pro cunhadoporno zoo insesto e dominacao en contos eroticosvoyeur de esposa conto eroticomasturbou pau dele pra tráscontos meu genro fez virar p*** deleContos eróticos te amo tioconto eróticos comi minha prima mae solteira carentesou eteto mbte contosultimo contos eróticos transando com tio amulheres da buceta cabeluda que dar e nao aguentou a rola grosa e pedia para parar videowww.contos meu pai mim aregasou dormindocontos eroticos minha filha de fio dentalcontos eroticos empregadinhas cagando no pau do prataocontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemgarotos safadinhos picas e bundas videoscontos eróticos genropau pulsou na bocaContos erotico de garotinha estupradas.Contos filho namorado "pintinho"contos eroticos irmão arrependidoempregada carente de um trato na camacontos eroticos esposas arrependidasvidios dos bucetao mais carnudo e enchados nusconto incesto calçinha de bichinholer relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludasmeu pai gozou no meu cu contos gayaconto negro taradoContoseroticosprimeiravezmeu marido bi foi encoxado no churrascocontos torei o cu da filhinha da vizinha e eia acostumou tds os dias:karolzinha baixinha ruiva gostoza fodenocontos de incesto minha filha se tornou um mulheraohistorias heroticas detalhistas de peitudas gostosasconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salaconto travesti me enganouEu e minha Mãe Cabaço contoscontos mamei a pica do caocontos eu minha esposa e dois comedoresMinha tranza com animais contosContos eroticos consolando a cunhada tristeencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contosContoseroticosdesolteirascontos comi a japonesa rabuda casadaconto de filho fudendo cu da maecontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau duroporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/pornô doido irmão f****** irmã fortemente com pau bem grandãocontos swinger fudendo sogra e sogro biminha esposa ficou toda melada quando pegou outra pica pela vez contos eróticosconto erotico espiando pelo buraco da fechaduracontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anoscontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandrosconto da sogra da buceta grande e putaconto meu amor meu sobrinhocontos de coroa com novinhocontos eroticos minha tia limpando a casacontos servente de pedreirocontos eroticos iniciei meu marido a da o cucontos eróticos de un gordo virgemcontos tomei no cu gostosoesposa do amigo minha cadela contoatrazcontoscheirei a calcinha fedorenta contos eroticosconto erotico prima francinicanil porn contosloca pra fude vai logo metenmenina sapeca danada enganou todos contos eroticoscontos/o cu da sogra era virgemver conto veridico minha baba abusado por minha babazoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo boneifudendo a boca da namorada/contos eróticosassistir filme pornô mãe então você tá grande melada