Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O NOVO VIZINHO

Bem depois de o meu professor ter-me fudido na marra, por ter me pego coçando o rabo aonde não devia procurei me segurar para não dar muita bandeira... Por isto nem cogitava a idéia de transar na escola, por mais gatinhos tivesse a minha disposição...

O resultado é que eu tava doida pra dar... Mas, não encontrava oportunidade... No entanto, tudo mudou quando um belíssimo homem passou por mim... Não era muito alto, mas tinha um corpo de tirar o fôlego... Quase me derreti quando o ouvi dizer “Bom dia, linda”...

Óbvio que não foi difícil levantar a ficha do moço... Recém separado, 26 anos, dentista e o melhor era o meu vizinho de porta... Com certeza estava com toda a sorte do mundo, pois ele já tinha todas as qualidades que me atraiam bonito, tesudo, inteligente e tudo de bom... Por isto na mesma tarde me apressei em lhe dar as boas vindas...

Depois de esperar quase duas horas na janela, vi que chegava gato como sempre... Esperando alguns minutos, fui até seu apê e toquei a Campânia... Estava com uma regatinha sem sutiã e uma saia rodada, sem calcinha... Apás um tempo ele abriu a porta, sem camisa, e visivelmente suado... Me olhou num misto de espanto e tesão...

Sorri e disse dá forma mais dácil possível:

-Olá, gato... Sou Nina e vim dar as boas vindas ao vizinho – Estendi a mão, enquanto ele me secava da cabeça aos pés podia sentir o desejo dele queimando sobre minha pele... E não me fiz de rogada fiz cara de chateada enquanto falava:

-Não vai me convidar para entrar? – Eu percebi que nesse instante sua pica cresceu consideravelmente entre suas pernas... Mas, para minha surpresa ele respondeu:

-Melhor não... – Perguntei fazendo cara de menina dengosa:

-Ah porque? – Ele foi direto...

-To a duas semanas na seca, você vestida assim, dando sopa, vou te fuder e me fuder depois se é que me entende... – Selei seus lábios com meu indicador, olhando fixamente em seus olhos, aproximando o meu corpo dele, enquanto o empurrava para dentro do apê e fechava a porta dizendo:

-Não ligo para o depois gato... Quero saber do agora... E agora eu quero abrir as pernas e mete gostoso com você... – O beijei feito uma louca, invadindo sua boca com a minha língua e encostando meu corpo no dele... Neste momento toda sua resistência se foi...

Ele encostou-me contra a parede abrindo minhas pernas dizendo:

-Então vou te dar o que tu queres vadiazinha... – Ele enfiou a boca na minha xoxota já encharcada, doida por vara, metendo a língua bem gostoso, bem lá no fundo, chupando meu grelo, me fazendo gemer gostoso...

-Ahhhhhhhhhh isto gato me chupa bem gostoso, chupa, chupa, ai, ai, ai... Assim meu tesão, ahhhhhhhhhh... Eu gritava de tesão quando sentia os dentes dele puxar de leve meus grandes lábios... Depois meu grelo voltava a ser chupado enquanto seu dedo entrava na buceta...

O apartamento era invadido pelos meus gemidos e pelos estalos da boca nele no meio das minhas pernas... Gozei que nem louca na boca daquele macho... Várias vezes consecutivas... Ele largou-me estava com o rosto todo lambuzado... Eu me deixei cai de joelhos no chão...

Nisto ele tirou a pica para fora dizendo:

-Sua vez... – não me fiz de rogada, depois do prazer que ele me deu, cai de boca naquela piroca gostosa... Comecei com a língua somente na cabecinha, e depois fui abrindo espaço na minha boca e comecei a chupar bem gostoso, que nem terneiro na vaca...

Chupava que nem um pirulito, fazendo vai e vem bem apertadinho, até o fundo da minha garganta... Como se fosse uma buceta... Minhas mãos acariciavam seus testículos, enquanto meu parceiro gemia alucinado dizendo:

-Parece uma putinha profissional... Ahhhhhhhhhh... Isso cadelinha... Ahhhhhhhhhh... – Os gemidos dele me levavam a loucura... Acelerei os movimentos de meus lábios no pau dele, assim como ele na minha boca, estava difícil, pois as vezes parecia que eu ia sufocar, porém, a recompensa veio com a gozada que ele deu bem no fundo da minha garganta, tirando o pau e se deixando cair completamente satisfeito...

Eu engoli o que pude da porra, mas parte dela escorria no canto dos meus lábios... Ele então me puxou para perto dele e lambeu generosamente o esperma que corria pelo meu rosto e pelo meu pescoço dizendo ao meu ouvido:

-Se eu soubesse que você é tão gostosa... – Sorri dizendo:

-Estamos as ordens... – Abri minhas pernas, fazendo uma siririca gostosa no meu grelinho... – Ele colocou o dedo dizendo com a voz embargada de tesão:

-E vou fuder essa delicinha muitas vezes... – Seu dedo era ligeiro, bem grosso e gostoso, não demorei a gozar enquanto ele chupava minha boca... Teríamos seguido com a foda, mas ouvi a voz de minha mãe e achei melhor ir para casa...

Mas, aquilo foi apenas a apresentação... O conhecimento veio com o tempo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos caminhoneiro seduziuconto corno calcinhacontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos filho namorado "pintinho"conto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsocontos eróticos ai fode ai fode porraconto erotico a sogra safada e crentevoyeur de esposa conto eroticoconto erotico calcinha no varalconto erotico sogra chata levou rolaContos eroticos patricinhasexo no arpoador conto eroticocomo fazer uma baixinha gosarContos lesbicas nossos maridos sairam fiquei bebendo com a comadrevideo sexi coiada esticada de manhã cedocontos eróticos de gays novinhos bonitos loiras namorado com muitos beijos naconto esposa atendendo pedido sexual do maridoboquetes e bucetasconto.erotico com fotosjpai tio me fodendo contosmulheres aguachadas com as pernas abertas so de calcinha fotostudinho no meu cuzinho contospornor novinha peitnho compido bico finotodos gozarao na minha bucetaporno abuzado mulhe olho tapadoconto erótico dei pro meu genro na praiacomo da a buceta direutinhoCris devassa. contos eroticoscontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimrelato de mae dando a buceta para o filhocomiminha filja lauranaturismo contoscontos eroticos apanhando bundacasada dando o cu no bairro de na casa do feranteconto arebentarao meu cu meumaridopegei a minha bisavo e ela deu o cuquero ouvir as empregadas s****** fazendo faxina de shortinho de sainha curta s***** mostrando a b******** e bebaContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casao sobrinho contosbiscatinhacontoscontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarContos eroticos coroa izabelcontos eroticos primeira vez siririca com 07 anos sozinhaver travesti com pau bem grosso Google que absurdo e comendo viado de calcinhafilha tesudinha do papa contosisobrinha teen durmindo de shortinho curto e tio taradao nao resistecontos siririca praiacontos sogra biquini cornoesfregacao de rola contos amigos punheteirosContos meus dois filhos me estruparm clímaxcontos de corno acampandoconto porno no colofizemos sexo bi com um estranho contocontos eroticos eu menina engole porra do meu tioContos de estupro na praiacontos/ morena com rabo fogosovideos porno mulher da a buceta com as pernas bem abertas io macho ainda chupa seus peitoescontos eróticos de patricinhas trasando com os paisfui comer acabei dandocontos erótico acabei indo pela primeira vez num sítio de naturistaconto casada chantagiada deu pro meninoconto erotico sogro ahh uhh mete meteContos eroticos com lixeiro e mulher de calcinha fio dentalcontos eroticos comi a noiva do otarioque cu mais apertado agora chora contocontos eróticos por categoriabanho com a tia velha contocontos eroticos cavalo leitecontos de heteros branco comendo bunda negracontos eroticos estupradas por animais