Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O NOVO VIZINHO

Bem depois de o meu professor ter-me fudido na marra, por ter me pego coçando o rabo aonde não devia procurei me segurar para não dar muita bandeira... Por isto nem cogitava a idéia de transar na escola, por mais gatinhos tivesse a minha disposição...

O resultado é que eu tava doida pra dar... Mas, não encontrava oportunidade... No entanto, tudo mudou quando um belíssimo homem passou por mim... Não era muito alto, mas tinha um corpo de tirar o fôlego... Quase me derreti quando o ouvi dizer “Bom dia, linda”...

Óbvio que não foi difícil levantar a ficha do moço... Recém separado, 26 anos, dentista e o melhor era o meu vizinho de porta... Com certeza estava com toda a sorte do mundo, pois ele já tinha todas as qualidades que me atraiam bonito, tesudo, inteligente e tudo de bom... Por isto na mesma tarde me apressei em lhe dar as boas vindas...

Depois de esperar quase duas horas na janela, vi que chegava gato como sempre... Esperando alguns minutos, fui até seu apê e toquei a Campânia... Estava com uma regatinha sem sutiã e uma saia rodada, sem calcinha... Apás um tempo ele abriu a porta, sem camisa, e visivelmente suado... Me olhou num misto de espanto e tesão...

Sorri e disse dá forma mais dácil possível:

-Olá, gato... Sou Nina e vim dar as boas vindas ao vizinho – Estendi a mão, enquanto ele me secava da cabeça aos pés podia sentir o desejo dele queimando sobre minha pele... E não me fiz de rogada fiz cara de chateada enquanto falava:

-Não vai me convidar para entrar? – Eu percebi que nesse instante sua pica cresceu consideravelmente entre suas pernas... Mas, para minha surpresa ele respondeu:

-Melhor não... – Perguntei fazendo cara de menina dengosa:

-Ah porque? – Ele foi direto...

-To a duas semanas na seca, você vestida assim, dando sopa, vou te fuder e me fuder depois se é que me entende... – Selei seus lábios com meu indicador, olhando fixamente em seus olhos, aproximando o meu corpo dele, enquanto o empurrava para dentro do apê e fechava a porta dizendo:

-Não ligo para o depois gato... Quero saber do agora... E agora eu quero abrir as pernas e mete gostoso com você... – O beijei feito uma louca, invadindo sua boca com a minha língua e encostando meu corpo no dele... Neste momento toda sua resistência se foi...

Ele encostou-me contra a parede abrindo minhas pernas dizendo:

-Então vou te dar o que tu queres vadiazinha... – Ele enfiou a boca na minha xoxota já encharcada, doida por vara, metendo a língua bem gostoso, bem lá no fundo, chupando meu grelo, me fazendo gemer gostoso...

-Ahhhhhhhhhh isto gato me chupa bem gostoso, chupa, chupa, ai, ai, ai... Assim meu tesão, ahhhhhhhhhh... Eu gritava de tesão quando sentia os dentes dele puxar de leve meus grandes lábios... Depois meu grelo voltava a ser chupado enquanto seu dedo entrava na buceta...

O apartamento era invadido pelos meus gemidos e pelos estalos da boca nele no meio das minhas pernas... Gozei que nem louca na boca daquele macho... Várias vezes consecutivas... Ele largou-me estava com o rosto todo lambuzado... Eu me deixei cai de joelhos no chão...

Nisto ele tirou a pica para fora dizendo:

-Sua vez... – não me fiz de rogada, depois do prazer que ele me deu, cai de boca naquela piroca gostosa... Comecei com a língua somente na cabecinha, e depois fui abrindo espaço na minha boca e comecei a chupar bem gostoso, que nem terneiro na vaca...

Chupava que nem um pirulito, fazendo vai e vem bem apertadinho, até o fundo da minha garganta... Como se fosse uma buceta... Minhas mãos acariciavam seus testículos, enquanto meu parceiro gemia alucinado dizendo:

-Parece uma putinha profissional... Ahhhhhhhhhh... Isso cadelinha... Ahhhhhhhhhh... – Os gemidos dele me levavam a loucura... Acelerei os movimentos de meus lábios no pau dele, assim como ele na minha boca, estava difícil, pois as vezes parecia que eu ia sufocar, porém, a recompensa veio com a gozada que ele deu bem no fundo da minha garganta, tirando o pau e se deixando cair completamente satisfeito...

Eu engoli o que pude da porra, mas parte dela escorria no canto dos meus lábios... Ele então me puxou para perto dele e lambeu generosamente o esperma que corria pelo meu rosto e pelo meu pescoço dizendo ao meu ouvido:

-Se eu soubesse que você é tão gostosa... – Sorri dizendo:

-Estamos as ordens... – Abri minhas pernas, fazendo uma siririca gostosa no meu grelinho... – Ele colocou o dedo dizendo com a voz embargada de tesão:

-E vou fuder essa delicinha muitas vezes... – Seu dedo era ligeiro, bem grosso e gostoso, não demorei a gozar enquanto ele chupava minha boca... Teríamos seguido com a foda, mas ouvi a voz de minha mãe e achei melhor ir para casa...

Mas, aquilo foi apenas a apresentação... O conhecimento veio com o tempo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos porno professora e a tiaPorno conto sala de bate papo minha sogratitio viu minha bucetinha e achou linda contosver entiado forçou a madrasta a tranza com eleContos gravida de outro marido adoroumulher doente mental conto eroticoconto eróticos mana so de calcinhafoda gostosa com amigos contos contos eróticos mulheres q chega em casa e o marido desconfia porque está arrombadacontos eroticos na igrejacontos eroticos de buceta cabeludacontos reais de exibicionismo com roupas sensuais para entregadorcontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggquando a chapeleta inchada entrou no cu a menina gritocontos picantes seduzindo o cunhado sem quererquero rola contos eróticoscontos erotico fui fudida por 2 rola imensacontos eroticos cunhadoxcunhadacontos minha esposa ainda resistecontos eroticos meu sogro me pegou a forçaconto erotico colegiais sexo entre familiaconto erótico cachaça pescariacontos gays com gémeosGozando na boca Abrantes dela chuparesposa santinha liberando o cuzinho para o sogrocontos de incestos na madrugada ele se encaixou em mimcontos mulher que coloca silicone no seiocontos eroticosdescobrindo o amorcontos eróticos comi a bunda da minha tia enquanto meu tio dormircontos de mulher metendomamei os peitoes contoscontos eroticos titio na praiaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoracontos eroticos mostrei o pau pras mulheres no parquegay e travesti.momentos novo punhetagarotos safadinhos picas e bundas videosContos eróticos:meu querido professorcontoseroticosiniciandoPornodoido passistascontos eroticos sinistrosconto xota cu irmãonoiva tarada melando o pau do noivocontos eroticos mulher do amigo safada na saunaconto porno de peludas recenteencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contoscontos calcinha da filha tava cheia de porrafui chupada igual uva contoszoofilia mulher carente arruma um componheiro pra lir da prazerprofessor de artes marciais me fudeu contos gaycontos eroticos as tres safadinhadcontos eróticos de bebados e drogados gaysmeteno grandes obigetos redondo na buçetacontos eróticos incesto minha putinha dengosafuder com padrasto contoso pastor passou a noite com a lingua ná minha buceta e eu na mulher dele contovelho peludo safado contos eroticosporno bundas de morenas com cabelos longos mastubandoscontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosogozando com testosterona contosContos eroticos chupando peito casais amigosconto gay pm com pmdei a xana contos eroticosconti gay minha tia me fagrou de calcinhacontos eroiticos de gente que participou do d4swingporno chegou em casa e pegou a cunhada pelada de olhos vendados e comeu elaconto erótico bruna manicuminha sogra deu o cu para o cachorro contoporno travesti rosadinha menininhaContos eróticos padrastoConto erotico aos 60 anoa dei a buceta para o garotohistoria porno dando o cu pro porteiromeu primo rasgou meu cu gaycontos eroticos de casadas traindo com sogroContos eroticos prédioContos flagrada fudendo outromulher goza nela todinha enchendo o cachorro para limparConto de Suruba no cinemacontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradoraMulheres se jutao para fazer xexo contosmeus patroas adoram chupar a minha bucetaflagrei minha irmã na ciririca contosprimeiro dia d casada contosconto gay negro trapezistacomo arrombar um cu virgem ticacontos de sexo comi minha sogra vadia na frente da irma delafoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelaconto erótico corno de mendigo