Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA DEU PARA O MEU AMIGO E EU FILMEI TUDO - I

Nos estávamos trepando que nem dois coelhos quando comecei a perguntar se mais uma boa pica ficaria mais gostosa em nossa foda. Fazer DP foi sempre um sonho que cultivei desde que nos conhecemos e fomos morar juntos. Susana sempre gostou de fazer tudo que se tem direito em uma boa trepada: Dar a bunda, chupar uma pica, engolir porra e todas as posições para se enfiar em uma buceta e etc... Enfim, tudo que se pode fazer entre quatro paredes.

Naquele domingo me lembrei dos meus amigos da Marinha e que todos estavam sempre querendo comer um cuzinho. Lá o cuzinho é mais apreciado e muitos caras gostam de dar. Somente se encontra homens trabalhando onde fico e todos ficam paquerando uns aos outros para saber quem da eou quem come.

Falei com Susana que na sexta-feira levaria um amigo para casa para a gente socializar um pouco (mal sabia ela das minhas intenções). Ele tinha que ter uma pica maior que a minha (isso ela já tinha), gostar de trepar sem preconceitos e topar qualquer parada se aparecesse alguma coisa na hora.

No dia pedi a Susana para comprar uma boa bebida e fazer uns tira-gostos para nosso convidado. Ela tinha se arrumado com tudo que tem direito, parecia ate que estava adivinhando o que viria. Seus cabelos compridos estavam lindos, sua buceta e bunda pareciam mais deliciosos naquele tipo de calcinha fio dental que vestia. Seus peitos com auréolas gigantes estavam convidativos para o que der e vier (descrição do que vi quando ela se despiu em frente de nás).

Ao chegar pedi desculpas ao meu amigo e fui para uma ducha (chegamos direto do trabalho). Pedi a Susana que tratasse o Rogério do jeito que me trata. Ela perguntou se tirar a sua roupa também valia, apás uma risadinha marota. Disse que se ela gostasse do Ro que fizesse o que bem entendesse. Ela achou estranho, mais não respondeu nada. Falei para o Rogério que poderia se lavar assim que eu saísse e que enquanto isso ficasse a vontade com Susana. A vontade? Que mais dica eu poderia dar para os dois (Lembro que tinha dito para ele que a Susana gostaria de conhecer uma pessoa de cor e que nunca tinha chupado uma rola preta. Perguntei se ele poderia me ajudar com isso e ele prontamente aceitou meu convite para irmos ate minha casa na 6-feira. Senti que sua rola cresceu na hora).

Ao voltar senti o ambiente descontraído, mais ainda devagar. Pedi ao Ro para ir se lavar e ao mesmo tempo falei com Susana para pegar algumas roupas e toalhas para ele. Ao chegar no quarto fui de encontro a ela e dei lhe uma arrochada com as mãos em sua xota. Ela parecia pronta para todas. Falei que o Ro era virgem com mais de uma pessoa e que queria que ela realizasse o sonho de transar com um moreno com pica maior que a minha. Eu ficaria com eles e filmaria tudo para que nos saboreássemos mais tarde. Ela ficou corada e sem saber o que fazer. Disse que relaxasse e gozassem como nos sempre fizemos.

O Ro voltou e estávamos com as bebidas e tira-gosto prontos. Pedi a Susana que sentasse entre agente e comecei a acariciar suas coxas grossas. Pedi ao Ro que fizesse o mesmo e notasse como ela gosta de um carinho. Cheguei junto ao ouvido de Su e mandei ela acariciar e reparar na pica do Ro. Ela não demorou nem um segundo para fazê-lo.

Comecei a esquentar a câmera quando percebi a Su chupando a rola do Ro. Pedi que tirassem a roupa para que começássemos a brincadeira. Su mais que de pressa avançou no Ro e fez o que pedi, ele retribuiu o favor, mais com sua língua percorrendo todos os locais possíveis enquanto ela se despia. Vi que Susana ficou com a cara de puta quando esta com tesão e pedi para que chupasse a rola do Ro enquanto colocava a câmera no pedestal. Ao terminar comecei a chupá-la por trás tanto no seu cu como na sua boceta. A rola de Ro era grande e com uma grossura razoável. Ao escapar de sua boca peguei e coloquei o de volta. Ele ficou meio assustado, mais disse que não se preocupasse, Su gosta desse tipo de atitude. Virei ela de lado e pedi para que ele a chupasse e sentisse o tesão que esta. Enquanto ela me chupava pedi ao Ro para colocar sua pica para dentro e que poderia escolher o local para começarmos.

Eu a chamava de minha putinha querida enquanto o Ro a socava por trás. Ela me xingava de puto, viado e filho da puta (sua puta esta gostando de dar para outro), com aquele ar de tesão florando pelos seus poros. Levantei e fui ver o estrago que ele fazia nela e percebi que ele esta enfiando a jeba toda em sua xota. Comecei a lamber seu cuzinho e de vez enquanto a sua pica escapava um pouco mais da xota e eu prontamente colocava de volta com minha boca. Meu pau estava duro e pedi para ela cavalgar em mim e logo depois pedi para ele enfiar em seu cu enquanto isso. Foi a DP que sonhava fazer!! Ela foi a loucura eu nunca tinha visto uma fêmea urrar de prazer e logo depois gozar. Senti um liquido escorrendo pela sua boceta e não me contive e gozei.

Ela amoleceu e eu também, contudo o Ro estava com o pique todo. Não tive dúvidas e pedi a Su para chupá-lo que eu ajudaria ate ela se recompor. Ela despertou e disse que queria aquela pica toda na sua bunda de novo. Não quero deixar nada de fora, disse ela! Chupa você e a deixe em ponto para ela entrar no meu cuzinho (se isso fosse preciso). Fiquei meio sem graça, pois efetivamente nunca tinha avançado em uma pica, mais era tudo puro tesão e fiz o que pediu.

Posicionei aquela pica enorme em direção ao seu cuzinho e fiquei alisando sua xota para ajudá-la. Ela foi entrando e a Su delirando. Era tudo muito tesão. Não sei como ela conseguiu aguentar aquela rola depois daquele gozo todo. Acho que tesão chama tesão, certo?

Em um certo momento me lembrei da filmadora e comecei a eu mesmo filmar o que acontecia. Naquele momento me encarnou o espírito de diretor de filme pornô e comecei a comandar a foda: fica de quatro, agora de lado, frango assado, em pé e por ai vai. . . .

Foram por volta de 30 minutos de pica entrando e saindo do cu de Susana que achei que era uma entrada normal de seu corpo. Melhor e mais flexível que sua xota. O Ro disse que iria gozar e pedi para ele dar a sua porra para a Su que ela adoraria a chupar ela toda. Fiquei com pena de Su, mais acho que faz parte de uma boa trepada. Nunca vi tanta porra junta e ela engoliu quase tudo. Fui surpreendido com o seu beijo todo cheio de porra. Ela é amarga, mais com tesão a coisa vai. Tive que engolir o pouco que sobrou de sua boca. Bebe o que você me deu de presente e experimente o que é bom, disse ela.





Continua no práximo conto.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestoconto erotico da grossura de uma latameu avô rasgou minha bucetano parquinho contospapai descobriu contos eroticospatricinha safadas se lambendocontó erótico sendo estrupada por pau grande com dorcontos mandei um roludo foder minha maeMulher casada bunduda minha corriosidade contoscontos fragei meu amigo dotado e minha esposacontos de incesto comendo a irma separadaxvideos minha matrasdo nu meu quato sexoContos esposinha santaficou de short e foi chantageada contos eroticotranquei minha filha e comi com força contos eróticoscontos das danadinhas perdendo cabaçinhoincesto real mãe gostosa da coxa grossa e quadril largocontos eróticos eu e minha mãe na praiaparticipei de uma suruba contosinjecao na bunds porno contoconto erotico com ninfetacomi egua nova contosexo no arpoador conto eroticoporno nas baladas de contagem novinhasconto erotico mulher btanca vira submissa de um negroContos eroticos comido por um caocontos comendo gay na vielaconto banho com tia olhandoMinha mulher viu o pau do menino - contoscontos de coroa com novinhona casa de swing recife contotravestiszoofiliafotosContos eroticos exibindo para o vizinhocoloquei a madame pra gritar no meu pau contosconto bebado virei veadoContos.encesto.so.de.mae.o.asaltopornoc/japonesasetravestisporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneiroContos eroticos de esposa na estradacontoseroticoscabacinhoconto erotico aluna e professor de geografiaconto erotico com prima de nove anocontos eróticos comi minha sogra num domingoputa que mora no bairro portãominha cunhadinha e virgens peguei a forcaPregas contoconto erotico minha mae e 2 viralatacontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhacontos traição no bailecontos eróticos menininhaponou.entre.aesposa.io.marido.ia.buceta.peitanochantageada e humilhada pela empregada negracontos minha irmã minha putaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadormarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexoconto viajando com minha esposacontos eróticos com mulher carentesenti o pauzao dele no fundo da minha buceta/derramando muita porrade verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seioscontos de coroa com novinhorealizei meu sonho transar com um cavaloWww.contos.eroticos.mulher.casada.traindo.homem.caralhudo.egrossocontos erotico-você me deixa safadacunhada na cadeia contosdado pro tio na fazenda, conto gayconto xota cu irmãzinhacontos acordei louca para fuder com meu irmaodepilando o xinin da cunhadaContos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornochupadinha no xibiu contosminha amiga sapa e eu chupando contocasado chupa travesti contoconto erotico travesti na padariaminha tia tava dormindo gozei nela contoscontos eróticos dei ele chupar meu seio no meio da pista de uma boatecontos eroticos de marido corno bebedor de porracontos minha bunda ernome encoxada de pau super durosocar pasta de dente na vagina aperta.conto erotico anal deicontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bconto gay tirei o atraso do meu primo