Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

REVISTAS NA CASA DE UM AMIGO DO SITIO







REVISTAS NA CASA DE UM AMIGO DO SITIO.



UM amigo da cidade que gostava de tomar banho na cachoeira da panela, sempre se insinuava para mim quando ia à cachoeira, mas eu ainda não tinha coragem de tocá-lo nem de olhar com firmeza para a imensidão de seu pau que com 19 anos já possuía um pau de aproximadamente 19 cm. Um destes dias ele me convida para ver algumas revistas pornôs que tinha na casa dele.

No dia seguinte eu fui à casa dele para verificar. Começamos a ver as revistas. Ele foi logo ficando de pau duro e dizendo que sempre transava com aquela garota da revista. Perguntei se ele conhecia. Ele respondeu que não precisava conhecer, transava mesmo assim. Perguntei-lhe como, já para ver a intenção dele. Não teve demora tirou a roupa e começou uma bela masturbação. Eu fiz menção de pegar no pau dele e ele não deixou, sô gostava que eu assistisse sua masturbação



Dizia-se hetero e adorava se masturbar naquela posição. (Com a cabeça em um travesseiro bem alto, olhando para seu pau e as pernas dobradas com os joelhos para cima)



Percebi que ele quando estava perto de gozar levantava a bundinha deixando aparecer seu cuzinho. Não queria que eu tocasse nele, sá que eu observasse e sá me deixava botar meu pau para fora quando estava bem práximo do gozo. Esta cena repetiu-se por três dias seguidos. Até que no quarto dia ele empinou tanto a bundinha que vi seu cuzinho se contraindo.



Botei meu pau para fora comecei minha masturbação.



Ele olhava desesperadamente para meu pau até que levantou as pernas e ficou de frango assado. Não resisti vê-lo naquela posição e imediatamente encostei meu pau no seu cuzinho e já todo meladinho não tive nenhuma dificuldade de penetrar meus 18,5 cm no cuzinho dele.



Cada jato de esperma que lançava era uma mordida que seu cuzinho dava em meu pau fazendo me gozar deliciosamente.



Depois de sua bela gozada, que ele voltou ao seu normal.



Olha para mim e de diz:



- Porra! Cara você me comeu.



Depois deste dias ficamos sempre vendo inicialmente as revistas e concluíamos nossos prazeres com uma boa troca.



Outro dia fui sem saber se ele estava em casa.



Para minha felicidade encontrei seu irmão de 22 anos. Mandando-me entrar sem demora. Estava de sá de cueca e seu cacete visivelmente aparente com todas as formas. Não resistir ficar sem olhar fixamente para aquilo. Perguntei pelo seu irmão e ele me respondeu que logo chegaria havia ido à farmácia comprar um lubrificante para ele.



Eu me fazendo de inocente. Disse, na farmácia ou no posto? Como? Comprar lubrificante na farmácia? Meu pai compra lubrificante no posto.



Ele disse:



- Bobinho, o lubrificante que eu quero é um deste aqui. Abriu a gaveta e me entregou um tubo de gel quase no final.



Agora estou entendendo para que é o lubrificante.



- Mas aqui ainda tem muito.



Ele disse:



- Muito sá se for para o seu que para o meu sá da para passar na metade.



-- Nossa!



Nisto ele já estava de pau quase pronto perto de sair da cueca.



Destampei o tubo e espremi um pouco em meu dedo e fiquei passando o dedo na palma de minha mão dizendo:



- Porra! Desliza mesmo.



- Nisto eu já vejo é a cabeça de seu pau chorando já do lado de fora do coes da cueca. Olho fixamente para aquilo e digo:



- Realmente precisa de muito lubrificante.



Ele então me diz:



- É que você sá esta vendo a cabeça, olhe aqui o resto.



Lançando em seguida todo aquele monumento para fora.



Não resisti, fixei o olhar ele tomou o tubo de gel de minha mão arrastando-me pra perto dele e espremeu uma boa quantidade do gel na cabeça de seu pau e disse:



- Agora termine de passar ate em baixo este retinho é para depois.



Fui logo com minha mão passando suavemente naquele cacete, bem duro, massageando aquela bem feita e brilhosa cabeça.



Ele levantou-se de repente para fechar a porta, quando voltou já foi tirando toda a cueca e me pegando por traz arriando minha bermuda e beijando minha bundinha.



Foi abrindo as minhas pernas e metendo a mão por debaixo de mim, pegando em meu pau que já estava em tempo de estourar. Passou então a lamber meu cuzinho. E tentando morder as beiradas de meu cu.



Eu no desespero. Ele foi subindo, lambendo minhas costas até seu cacete bem duro encostar bem na portinha de meu cuzinho que já estava ardendo de desejo.



- Vou comer seu cuzinho agora, vou enfiar meu pau todinho neste cuzinho gostoso. Você vai gozar bem gostoso como meu pau todo enfiado neste cuzinho



Fui abrindo as pernas e empinando minha bundinha deixando aquele monumento entrar deslizando suavemente dentro de mim. Ele metia e tirava lentamente, eu sentia a entrada desde a cabeça até quando seus ovos encostavam na minha bundinha. Eu ia rebolando empinando cada vez mais o deixando louco de prazer, pedindo que ele metesse toda.



- Mete toda vai mete todinha, me come com este pau gostoso. Fode, tudo vai, com este cacete bem lisinho deslizado dentro de meu cuzinho.



De repente ele troca de posição me fazendo cavalgar em seu pau. Colocando-me de frente para ele, deixando meu pau roçando em seu peito liso.



Eu cavalgava feito um louco cheio de prazer. Ele me pedia para gozarmos juntos.



Chegando à hora do gozo, juntamos nossas línguas uma lambendo à outra. Quando sinto o pulsar de seu cacete dentro de mim.



Ele me apertar de encontro a ele, momento que dei aquela gozada. Melando todo seu peito.



Ficamos agarradinhos nos deliciando com nossas línguas ate nossos paus ficarem adormecidos.



Caso goste deste conto, faça seu comentário e enie parameu e-mail -

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


vidios reais tias curiosas punheteirasenchi o cuzinho da travesti contosestou comendo a mulher do amigo caminhoneiro na viajem contosNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos Contos eróticos de noracontos eróticos comi a bunda da minha tia enquanto meu tio dormirpornô o homem que nuca viu uma boceta quando viu endoidoutransando com outro homem engatado sem furar Sasukecontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludosporno com tio acorda subrimha pra fufet com elecontos/ morena com rabo fogosocu delicioaopeguei papai cheirando minha calcinha contos eroticosconto porno meu pai me come e minha mãe no falar nadame mesturbei no banheiro e agira?contos eroticos maes de amigosComtos mae fodida pelo filho e sobrinhocontos eróticos de chuva com irmãcontos eclxado a tia de sainhaa primeira vez com homem casadoporno babalu pede pra não gozar antes do tempoContos dois na minha mulherContos fui trai tomei so no cuuma dupla penetração com vibrador contosContos eroticos com lixeiro e mulher de calcinha fio dentalcontos negao na praia de nudismocontos eroticos trai meu marido com meu chefecontos eróticos debaixo da varaminha mulher se exibiu pra várioshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/conto-categoria_2_114_gays.html&ei=e8yqT8MC&lc=pt-BR&s=1&m=564&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Contos+Fudendo+um+hetero+com+o+cu+sujo&ts=1485672497&sig=AF9Nedkia2TWDM2T0ozn41vBE5bkl1pQLAcontos papai quase me rasgou na picacontos eroticos de travecos gostosas e taradas tirando o cabaçi do garotihos.mulher chupa o peito da outra ate ela gemerconto gay camisolinhaler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhoconto porno esposa na praia com amigaConto erótico gay caçamba de carro de madrugadacontos eroticos quero fuderContos eroticos quero ver essas tetasconto de sogra dando para genroContos entiadas apanhando para submeter ao sexoConto doente mental gozeicontos eroticos zoofilia tava bebada e deichei meu cachorro me comertia e sobrinho transando quandi ela esta malhandoamigao raspando a os pelos da buceta da minha mulher conto e videomulheres secando bêbadas cheias de tesaoeróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah delicialevou boquete da irmã caçula dis que gosta de chuparcontos gay fetiche em gordinhoContos eroticos comadrecontos eroticos menina com pedreiroContos Gays Fui Assediado pelo marido Gostoso Da Minha Irmâhomens com pau instigantecontos eroticos comendo a sogra da minha irma com banana no cuminha mulher se exibiu pra váriosCOROA DEIXA CALÇINHA Á MOSTRA EM IPATINGA-MGGozou dentro contos eroticosContos eroticos seios devorados mordidosContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorlaterjadoConto erotico minha mae coroa virou a minha cadelinha.comcontos eroticos minha comadre me chamou pra consertar o chuveiro e comi elachupei minha netinha contos eróticosrelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crentemeu amigo pediu pra eu comer sua namoradacontos eróticos sou casada e trai o marido com negão africanocontos eroticos viadoConto eu peguei meu genro me brechando no banhoporno conto irmaTitia deu pra mim e meu primo praticando sexo contos erticoFui vendida como escrava sexual para um negaocontos eróticos casada não resistiu e traiutem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetaVideosputas fz boquete de na linguaconto erótico mãe dando o cu pro filho por perde a apostahttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_1729_pacto-de-porra-em-familia.html&ei=Tuthr3L0&lc=pt-BR&s=1&m=159&host=www.google.com.br&ts=1504527796&sig=ANTY_L0RczQERuUpbN0Q5efSyWyiLRB2ywcontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimcontos eroticos cu virgemcontos eróticos gay lambendo o cu do macho heteroconto erotico minha prima malvadaChumpou a bucetao dela gozo xvidioQueria ter um pau pra comer mulherfudendo a sogra conto ingenuaempregadinha contoSem a minha permissao contos eroticos