Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AMIGO MALVADO

Eu sempre fui uma pessoa muito discreta, ao longo de meus 32 anos, raramente desconfiaram da minha opção sexual. Meus amigos héteros, sequer desconfiavam de que eu era gay.

O dia estava ensolarado e resolvi ir à praia tomar cerveja e ver os garotos de sunga. Cheguei no quiosque e pedí uma cerveja, quando olhei ao redor, notei que um rapaz muito bonito estava numa mesa práxima à minha, ele me olhou, dei um sorriso e ele retribuiu meio sem graça, fiz de tudo pra puxar assunto até que ele comentou a respeito de uma garota que passou, daqueles tipos, periguetes do funk. Que decepção, ele era hétero ! mas deixei a coisa de lado e não mais falei com ele, até que ele pegou seus pertences na mesa e se aproximou de mim pedindo para que eu os segurasse enquanto ele usava o sanitário. Na volta eu o convidei para se assentar na minha mesa e ele o fez, começamos a conversar e ele me contou que estava em minha cidade à passeio, com a noiva, mas que naquele dia ela estava no hotel e não aceitou sair. Conversa vai e vem percebí que meu dinheiro estava no fim, decidí convidá-lo a ir até minha casa, ele aceitou. Logo que chegamos, ele pediu pra usar o sanitário e obviamente permití, para meu espanto ele, enquanto urinava me perguntou se eu tinha namorado, levei um baita susto, principalmente porque o rapaz já foi saindo do banheiro e para meu espanto, excitado, o enorme pau muito duro. Ele me segurou pelo braço e disse: "Saquei qual é a tua, tu é viadinho cara... eu não gosto de homem mas como cu, e hoje o teu será o meu banquete..." dizendo isso, ele já foi logo abaixando minha cabeça e me obrigando a chupá-lo, abocanhei aquela delícia de pau, e num misto de medo e tesão, me deixei levar, ele socava a vara na minha boca e dizia: "Tá vendo essa rola na sua boca, vou te rasgar o cu com ela, mas antes, vou dar uma amaciada na carne... tira essa porra de cueca e fique de quatro, vou brincar com esse seu cuzinho...", dizendo isso já foi logo cuspindo nos dedos e socando logo dois no meu cuzinho, ele socava os dedos na minha bunda, até que sugerí pegar o lubrificande, pois meu cuzinho tava doendo. Para meu espanto, mal terminei de falar e ele me deu um bofetão, e disse : "Tu não tira onda de macho ? vai querer lubrificar a bunda pra quê ? heim, me responda seu puto, vai usar lubrificante não, vai levar pica à seco !", dizendo isso foi me colocando de quatro e enfiando a vara no meu cuzinho, seguindo de estocadas violentas, porém cadênciadas. O desgraçado sabia dominar um viado, eu tremia de medo, dele resolver me matar, poderia ser um psicopata. Ele estocava meu cuzinho, e ao mesmo tempo me dava fortes tapas na bunda, até que me lembrei, ele não havia colocado preservativo, mas o tesão era muito grande. Ele metia e me dizia palavras que, quase me matavam de tesão. Em determinado momento ele tirou o pau do meu cu, e me disse: "Tu quer pica viado ? vai ter que implorar agora, vou parar de te foder". Eu, ajoelhado no chão da sala, doido pra continuar levando pica grossa no rabo, me ví na humilhante situação de pedí-lo: "Não páre por favor, quero te dar mais minha bunda", outro violento tapa na minha cara, e logo apás este tapa, ele me fez tirar o restante da roupa e falou, "Tu vai pra varanda, que teus vizinhos vão ver tu dando o cu...". Estremecí, mas ele me obrigou, sorte que havia pouco movimento no prédio em frente, e ele me botou apoiado na grade e me enrabou novamente, meteu na minha bunda quase meia hora seguida, até que gozou abundantemente dentro do meu cu... me ví humilhado, na varanda da minha casa, no sexto andar, com porra de um desconhecido escorrendo pelas pernas, e vendo o garoto do sexto andar do prédio em frente me observar com um bináculo, o rapaz se vestiu, chegou até mim e disse: "Olha sá, amanhã te arrombo novamente, me espere até meio-dia, que vou voltar e trazer alguém comigo, tu vai ter overdose de pica e porra, seu passivinho safado... tu achou que ia me cantar, que eu seria teu namorado ? eu gosto de cu e tu tem um pra mim até o final da semana... ". Disse isso e saiu, com ar ameaçador... me assentei no sofá cheio de medo, vergonha dos vizinhos, cu dilatado por pica de um cara desconhecido que ainda gozou dentro de mim... mas uma sensação deliciosa, de ter sido dominado e currado quando menos esperava... No outro dia lá estava ele, com outro rapaz, pra cumprir a promessa que havia feito, de me dar uma overdose de pica...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


eu conto cunhada casada ver o cunhado de pau duro e fica loucatrepafa de caronacontos mulher infiel marido atento incestocanil porn contoscontos eroticos de padrinhos com virgensconto erotico de buceta largaVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezfui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticomulher crente traindo o marido conto eróticocachorro engatado até o talo cavadinhacontos erótico comadre desmaiou eu sou o viadinho do meu cunhado contos eroticosver conto erotico sob velhos etrupadorepeitinho solto embaixo da blusavideos porno mulher da a buceta com as pernas bem abertas io macho ainda chupa seus peitoesConto de mulhe minha esposa na festaporno conto irmafrutaporno sou loca pa trai meu maridoporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhocontos minha mãe me seduziu usando mini saiavadia de sutia e calsiha fio detalo p****** do metrô mulher relata conto eróticocontos de tio taradoEperiencia zoofilia beijo babadoContos gay novinho que foi rasgado por varios homensEmpregadinha é virgem de cu e buceta conto eróticocontos eroticos no ônibusconto eróticominha traiu meu pai mulher casada vira putaeu adoro meu macho zoofiliacontos eroticos irmamulher de vertido con as pern.a reganhdacontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realcontos eróticos de bebados e drogados gayscomi a mulher estrupada do traficante contos eroticoContos eroticos chantagiei meu sogra pra comer minha sogracontos porno putas e amantes descobertoscontos eróticos crentemulher da um grito cachorro éra soca pica cú da mulherContos sou alegria dos coroasmeu marido me arombou a xoxotacontos.gay chupando pau do pedreiro coroa safadoconto erotico casada comdp e fotoChantageei minha tia escrava lesbica contoArrombei a casada crente contoscontos erotico chifrei meu marido e me flagrou vai mete seuComi minha esposa dormindo contoAtraido pela garotinha contos eroticosconto casal biConto erotico meu pai me cobiçandoConto de neto dopa avo e come a buceta delalésbicas castigando o rabo da parcerianegao e o seu caralhocontoseroticosiniciandotia de calcinha contocontos enfiei tudo a minha picona nele e ele reclamou muitoContos supreendida pelo novinhotrepei bem gostoso com a maninhaesposinha chorosa: contoscontos prima batendo uma pro primocontos eróticos de dupla penetração b*****Quero treinar o vinha perdendo a virgindade da bucetinhacontos eroticos sou puta os preto me comeram no matominha esposa e o porteirocontos eroticos de tiacontos eróticos de pai fudendo filha no carrocontos minha esposa grávida chupa paucontos coroas primas do interiorCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAcontoserotico loira fudendo com negaoContos rabuda gosta d picacontos eroticos incesto o retorno de maria alice na casa do padrinhocontos gay na marraContos fiquei bebada e me chuparam