Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA DEU PARA O MEU AMIGO E EU FILMEI TUDO-III

Seguindo os contos I e II, Susana, Rodrigo e Eu estávamos transando e realizando fantasias quando a nossa vizinha apareceu e entrou na brincadeira.

Começamos uma DP com Rita e ela foi a loucura. Su tentava diminuir o barulho que soava de Rita beijando e chupando seu rosto. O que somente diminuiu apás um gozo sensacional. Rita pediu para que ficássemos parados sem sair de dentro dela. Aos poucos fomos saindo e a Su nos ajudava na limpeza (ela gosta de chupar o gozo).

Ficamos conversando e nos conhecendo mais sobre nossas vidas sexuais apás tudo isso. O que mais me deixou surpreso foi quando Rita nos contou porque tinha se separado do marido. Ela gostava de transar e o marido estava ficando cada vez mais frio e sem tempo. Ela logo desconfiou, mas uma noite ela perguntou ao marido que fantasias gostaria de fazer realizar para que o sexo entre eles voltasse ao que era. Ele pensou e disse para ela aguardar que estava trazendo um brinquedo para ela usar que o agradaria bastante. Ele trousse um consolo com cinta para que ela vestisse. Amor se vc quiser me fazer feliz vai ter que me fuder gostoso. Rita descobriu que seu marido tinha tesão em fuder apás ter sido enrabado. Ele não conseguia mais trepar sem ter tido um pau no rabo. Na época ela não aguentou a concorrência e se separou do marido. Ela concordou que o preconceito de se ter prazer de maneira diferente a assustou e não conseguiu segurar a barra do seu relacionamento.

Ro comentou que uma vez foi tomar um lanche na casa de um amigo, apás um futebol, em que a mãe do amigo estava de camisola transparente, sem calcinha e soutien. Ela parecia que estava um pouco alta com a cerveja que viu na bancada da cozinha. Seu pau ficou duro na hora ao mesmo tempo corou por vergonha da situação. O amigo disse que ia tomar um banho e voltava já. A mãe perguntou se ele queria um pouco de cerveja e foi pegar um copo quando escorregou e caiu em cima dele. Ela sem a menor vergonha e obviamente desequilibrada apanhou a primeira coisa que sua mão alcançou para não cair. Felizmente, sua mão pegou seu pau durão e quase o machucou. Apos uma desculpa ela veio ver se o tinha machucado, segurou seu pau e começou a massageá-lo. Aquilo o deixou maluco. Ro falou para ela esperar mais um pouco, pois iria sair com seu filho e daria uma desculpa para poder voltar e continuar a massagem. Apás tudo arrumado, os dois saíram e o RO deu uma desculpa de ter que para casa e não poder sair com o amigo. Voltou na casa do amigo e encontrou a mãe esperando por ele. Ela não sabia do tamanho do pau do Ro e ficou maluca quando começaram a transar. Ela era uma mulher de uns 45 anos, peitos pequenos e ancas avantajada. Sua bunda era bem distribuída e sua boceta enorme. O Ro se encaixou perfeitamente naquela xota e ela vibrava de ter conseguido uma rola daquele tamanho (coisa que não via desde sua adolescência). Apás algum tempo o Ro a posicionou para uma boa enrabada e ela pediu para que ele chupasse seu cuzinho porque adorava quem fizesse e não teve muitas chances na vida (seu ex não gostava). O Ro ficou surpreso como ela gozou somente com a sua língua chupando seu rabo. Ele comentou que nunca viu ninguém com tanto prazer ao ser chupado daquela maneira.

Apás as estárias contadas por ambos, começamos uma rodada de trepada para finalizar a noitada. Pedi a Rita aquele cuzinho e ela deixou se Su a chupasse na boceta, o Ro ficou filmando e se divertindo com a visão do que acontecia. Logo ele foi para cima da Su para enterrar aquela geba em sua boceta, por trás. Apás um tempo gozamos e fomos nos limpar para encerrarmos aquela noite.

Apás a saída dos amigos Su e Eu fomos para cama para dormir e namorar um pouco. Foi uma das noites mais gostosas que passamos juntos e abraçados curtindo os nossos prazeres. Ficamos de repetir alguma coisa a mais diferente para a práxima vez. Ela estava cansada de tanto levar pica e queria dar um tempo, mais não por muito....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"pintinho na bunda contosEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticocontos aempregada nordestinaconto erotico cunhadinha safadinhahistorias zoofilia de muhleres com cavalosminha mulher alargou meu cu contocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos homem fudendo a vizinha lesbicaminha cunhada casada me esnobou contosvideos de sexos melado de margarina no cuHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticossexo arrombaram minha maeContos de incesto de meninas de 14 aninhos em Belém do ParáTreinamento de cachorros para zoofiliacontos lebiscos buceta com bucetassou magrinha casada e os amigos do meu filho me coreram e eu adoreifazendeiracontoseroticosContos tia de saia curtavideo porno dano o cu ea buceta toda babentaMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhosfoi vizita o cunhado e comeu a mulher do cumhadolevantou a saia e relou na calcinha no buzaogreludinha na praia contovidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participamasturbando com as amigas contonega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camatravesty bonita cimasturbandnovinha teen transando na cam de bruços com namoradoContos eróticos teens gays chupando o filhinh da minha amigaporno gay interracial com macaquinho gulosoconto gay daniel e murilo me.comeramvidro porno primo sente atração pelo outro primo homensContos sogra fio dentalpeguei meu sobrinho mexendo nas minhas calcinhaconto erotico sogrocontos eroticos a talaricacontos eroticos de pivetescontos pornor cunhado picudoconto erotico travesti passeano na pracaTia de xana peluda e sobrinho metendo conto eroticoConto ertico. Minha adrasta. Bebiacontos eroticos cdzinha virei menina pra agradar meu dono eu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticocu de bebado não tem dono contos eróticos gaycontos dormi de fio dental e me ferreiPorno maes pais iniciando suas ninfetinhas no incesto contosme depilei pro carnaval contoscontos com fotos o guarda roupa da casada liberada do mansohistorias zoofilia de muhleres com cavaloscontos cu apertado da obesaconto erotico chantageado namorada do meu amigoCacetudos batendo punheta no alimentoscontos eroticos gays excitantescontos eroticos calcinha desaparecendocontos eróticos ficando com a casadaminha enteada gost contoscontos eroricos so a cabecinhameu sogro me escravizou contos erotiçosporno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetameu cachorro meu machomeu cliitores fica marcando a calcinhahistorias eróticas com coroa de 80 anosenfiaram uma bucha no cu do estupradorConto erotico vizinha bobinhaHistoria de contos de sexo vovo mamouconto enfiado tudo no rabinhocomi o cu do meu irmao e da minha irma brincando de pique esconde contosconto erotico comi as duas sobrinhas da minha mulherconto erótico. eu minha esposa morando perferiadando a buceta na maquina e quase morrendoconto erotico minha mim deixado de castigoAdoro dar o cu para o papa contosbaraguay da buceta grande e carnudaContos eroticos minha esposa e a estagiariacontos tio negão come o c* da sobrinha RosanaContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhabaraguay da buceta grande e carnudaviadinho de cuzinho apertadinho contos eroticosc erotico metendo com a molecadacontos eroticos gay 13 aninhosconto damdo p o comedorcontos bi fui dormir com minha tia e meu tio me fudeuconto erotico tio juliopiroca mole levanta de vagarinhocontos.erot meu genro bem mas velho.que a minha filhaConto erotico siririca bem humida meladinhaconto erotico esposa sofre com o negaoenchi a cara e dei para meu primo porno gaycontos escravizada por chantagensconto porno meu pai me come e minha mãe no falar nadaconto erotico empregada negra escraviza patricinhaxvidiominha pica é maio doque a do seu maridoas..negar..mais..gotosa..com..abuseta..pigano..na..ciriricacontos pornos pesados de arrombamento anal de novinhos a forca