Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO A CUNHADA LÉSBICA

Olá pessoal, meu nome é Paulo e a histária que vou contar pra vocês é muito real e surpreendente. Tenho 30 anos, alto, nem muito magro e nem gordo, um cara normal, sou casado com uma mulher muito gostosa e para minha sorte, possuo cinco cunhadas bem gostosas. Mas apesar de tudo, por uma questão de respeito, embora eu brinque com todas elas, às com alguma sacanagem. nenhuma chegou a realmente me dar oportunidade de alguma coisa, com exceção da caçula que acabou me surpreendendo. Flavia tem 19 anos e acreditem, é virgem e nunca namorou sério com nenhum homem. É uma morena, quase negra, com um corpinho médio e gostosinho típico de sua idade, seus seios médios, bicudos, uma bundinha arrepitada que eu ficava doido, principalmente quando ia na casa de minha sogra e flagrava ela à vontade na sala com um shortinho de lycra.



No inicio, por ela ser novinha, e até por desconfiar que ela fosse lésbica, nunca percebi e nem imaginei alguma coisa pro meu lado, mas tudo mudou quando num belo dia de farra familiar, bêbada, minha sogra deixou escapar que se eu não fosse casado com minha mulher, Flavia é quem daria em cima de mim. Eu e Flávia tinhamos um relacionamento bem aberto, conversávamos muito e uma das coisas que ela sempre me confidenciava é que além de ser virgem, se sentia atraída apenas por meninas. Costumava me contar as histária da escola e os beijinhos que dava nas meninas, mas jurava que nunca tinha passado disso. Incluisive, embora toda a familia desconfiasse, apenas eu tinha certeza. Certa vez chegou a me dizer que não aguentava mais as gozações das irmãs por ser virgem e que daria a xaninha para um viado amigo dela. Na oportunidade, até brinquei que se não fosse o cunhado dela, eu comeria, e ela riu consentindo, mas achei que era brincadeira. Mas depois da brincadeira de minha sogra, comecei a observar algumas coisas, como o fato dela ir na minha casa acessar o orkut apenas quando eu estava sozinho em casa e alguns olhares que todo homem esperto observa quando a mulher tá a fim.



Então resolvi fazer o teste. Certo dia quando estava sozinho em casa liguei para ela com uma desculpa qualquer e quando falei que estava em casa sozinho, ela logo perguntou se poderia vir olhar o orkut no cumputador. Falei que sim, e rapidinho ela chegou em minha casa usando uma blusinha preta de alças aonde dava pra ver o biquinho durinho dos seus seios e uma calça de lycra que apertava sua bucetinha deixando aquela famosa marca de capô de fusca que tanto adoramos ver. Eu usava somente uma cueca samba-cançao, daquelas da C&A que é quase um short, e disfarcei o constrangimento perguntando se ela se importava, e ela olhando direto pro meu pau que já estava meio caminho andado pra ficar duro, disse que não. Eu brinquei: "Ah, é, esqueci que você não liga pra isso". Ela riu e foi pro micro enquanto sentei no sofá. Decidi tomar a iniciativa perguntando se ela já havia se cadastrado no twitter e ela disse que não porque era complicado. Falei então que ajudava ela a se cadastrar e quando ela acessou o site e começou a perguntar sobre o que escrever nos campos, levantei do sofá e fiquei em pé por trás dela, enquanto abaixava para segurar o mouse meu pau encostava as vezes nela.



à medida que eu ia explicando, encontando meu pau em suas costas e depois tirava para ver sua reação. Foi quando percebi que ela empurrava levemente suas costas a fim de se encostar no meu pau. Foi a senha, porque ai eu comecei um jogo de esfrega em suas costas e nos seus ombros que ela parecia gostar. Quando meu pau ficou latejando de duro que não dava mais disfarçar, eu olhei para ela com sorriso e ela retribuiu mas dizendo "Para", mas aquele "Para" com jeito de que está gostando. Então tomei coragem e abaixei minha cueca e peguei meu pau e comecei a passar por suas costas e seu pescoço, ela gostando então eu disse "Uá, você não gosta so meninas?", então ela virou como se estivesse sido ofendida olhou meu pau e começou a dar beijos nele e perguntou, "é assim que se faz?", eu disse "é, mas a medida que voce for gostando pode chuar ele como se fosse um sorvete". Foi a senha, de forma timida os beijos começaram a virar lambidas que ela dava em toda a cabecinha e depois passou a engolir todo o pau na boca, sugando num vem e vai gostoso. Quando percebi que ela não sabia mais o que fazer, segurei sua cabeça e comecei a forçar num vai e vem que minha pica entrava e saia na boca dela como se fosse uma xereca. Ela chupava, lambia, parecia que ia arrancar meu pau fora. Enquanto isso comecei a enfiar minha mão por sua blusa e tocar naqueles seios lindos, segurava o biquinho enquanto ela chupava meu pau, ficamos assim por um bom tempo enquanto ela admirava a novidade. Então puxei ela da cadeira e levei pro sofá, lhe dei um beijo gostoso e depois de tirar sua blusa comecei a beijar seus seios, lambendo o todo e chupando de uma forma que quase parecia que ele cabia na boca. Desci por sua barriga, enfiei a lingua em seu umbigo e comecei a tirar sua calça, ela usava uma calcinha branca com desenhos do snoopy que fez um contraste com sua pele morena que me deixou mais doido. Comecei a beijar sua bucetinha ainda por cima da calcinha enquanto tirava, e quando desceu totalmente parei para ver de perto sua buceta, era meio inxadinha, seus pelinhos meio aparados o que me deu impressão de que ela tinha feito isso antes de vira pra minha casa, no inicio pra deixar ela louca comecei a beijar e lamber sua perna, sua virilha enquanto abria suas pernas e via aquele grelinho e com a ponta da lingua encostei quando vi ela tremer todinha comecei a lamber com mais força e depois a chupar, foi quando ela comecou a gemer e se contorcer toda, gritando "ai que gostoso, não sabia que era assim". Eu chupava toda sua buceta e quando encontrava seu grelinho ela se gemia mais alto e segurava minha cabeça com força e de repente sentir um gosto na minha boca e vi que ela estava gozando. Levantei, segurei meu pau e ela então disse "vai doer?", eu disse, "se doer voce fala que eu paro", então abrir suas pernas enfiei meu pau devagarzinho e comecei a forçar sua entrada, ela gemia de dor. Pior que ela não virgem mesmo? Forçava mas o pau não entrava e quando cheguei a ver a cabecinha doendo ela me empurrou pedindo para sair. Então fiz o seguinte, levantei ela, me sentei no sofá e pedi para sentar em mim, porque desse jeito ela controlava a situação. De novo ela veio por cima de mim, olhei para aquele corpinho maravilhoso e vi quando ela deixou sua bucetinha bem em cima do meu pau duro e começou a sentar. Falei pra ela ir devargazinho, aos pouquinhos, botando e tirando, mas logo vi que essa posição é átima para fuder virgens, ela ia sentando, entrando até que senti quando seu himem rompeu e meu pau entrou de vez fazendo com ela gritasse um pouquinho e me abraçasse. Então ela segurou em meus ombros, dei um beijo nela e ela começou a cavalgar enfiando aquela buceta no meu pau, descendo e subindo, gemendo feita uma doida, gritando no meu ouvido "ah, me come, que gostoso, que gostoso". Estava tao gostoso que mesmo depois que eu gozei, logo depois de uns dois minutos já estava comendo ela de novo. Peguei de quatro, no meu colo, de todo o jeito. No fim, perguntei pra ela como foi, e ela disse que ainda se sentia atraída por mulheres, mas queria perder a vingindade com alguém esp

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos verdadeiro de filha de 10 aninhos dando o cuzinhocontos calcinha da minha tia coroacontos eroticos podolatria chupando pes de noivas smelhorescontos eróticos gosando pelocucilindro meloso gostosoquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na nacontos depilaçãocontos eroticos pai filha e genrocontos de sexo com mulheres menstruadascontos eroticos enrabada pelo professor de academiacontos erotico fui pozar na casa da minha irma casada e comi seu cuzinhoContos eróticos a baixinha gostosonacontos esposa bunduda so traz problemasfotos chapéu ao traveco até ele gozaPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticoscadela piscando em uma metendo picacomendo e sendo comido por hipermegadotadocontos. eroticoscomi milha mulher com negaotenns gemeno e gritanoconto erótico minha mulher me ofereceu sua amiga travestiContos eroticos esposa novinha com marido e amigo pintudoconto erótico corno de mendigopau na boca da namorada dpcontos erotico tia de calça suplex evirando femea do macho roludo contoempregada fodendo jardineiro pornodoudooContos eroticos no acampamento com minha maeArrombaram minha mulherf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertameu marido viajou peguei o carro paguei travesti contosvideos porno sobrinha precisando de dinheiro da para o tiocontos eróticos chupei a bocetinha da menininha vendedora de docessentando no colo do irmaocontos de zoofilia coloquei meu cachorro pra comer meu marido e ele gostouFodi minha sobrinhacontos eroticos perdi a virgindade com meu tutorconto erotico dar banho na bebezinhacontos eroticos pai filha e genrochupei a bucetinha da carolaine de seis aninhos contosContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhamassagem nos pés amigo hetero contos eróticoscontos eróticos de minininhas que adorava ser abusada dormindoconto erótico a cunhada do Snoopyconto. tirandobo cabaço da minha namorada na frente da familia delaContos erotico como minha cuinhada mais velha de 45anos.Conto de puta estuprada pelos mendigosmulher dando a buceta no salao da foliaum pivete me engravidou contoscontos eroticos fudendo a mae travestiminha irma envagelica encestoMagra virgem sagrando a buceta e o cu cm 2 kct e contos meu filho dotado me acoxoO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticoContoseroticosnafazendaContos Eróticos vi minha amiga sendo emrabada pelo maridão bem dotado fiquei com muito tesãocontos eróticos vestido de langeriescontos de cherado decalsinhaver contos eroticos de empresarios comendo o cu de empregadocomigo a mulher do meu irmão transando sexo prima irmã titicontos erotico você agora é meu viadinhoconto a vizinha tetuda casou mas seu casamento t maucontos erotico você agora é meu viadinhodei para meu genrovideo di japonesas e travestis dorminocontoseroticos sogra e genro na agua da praiahomem sendo estrupado en oficinaA dançarina e o gostoso da professora de dança contos eroticoconto sou casada e meu vizinho come mwu cuconto tomando banho em familiafui roubada e comeram meu cu[email protected]minha amiga sapa e eu chupando contoeu arreganga minha buceta pra elecontos eroticos fio dental minusculoEstouraram meu cuzinho na viagem contoscontos eróticos espiandocontos intimo de uma enteadaDotado arronbando garota 19 aninhoscomendo ela de saia com vizita discretamentepeguei a x*** virgemContos eroticos d gostosa q forao emcochada e derao o cuencostei o braco na buceta da cunhada contos