Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MADRASTA DOMINANDO ENTEADA REBELDE

Meu nome é Lara (fictício) e sou uma mulher de 35 anos malhada, pernas grossas, cabelo no ombro, morena, 1,68cm, 56kg, bumbum espetacular. Sozinha com ele. Embora moremos no rio, meu marido trabalha em Brasília auxiliando partidos políticos. A filha dele Luana era um posse. Rebelde, malcriada, desobediente, senta raiva de mim por causa do pai separado. Ela é uma delícia: loirinha, 1,62cm, pele branca queimada de praia, quadril largo pelos loirinhos, mignonzinha. Logo que a vi achei ela uma gracinha, mas me irritava com sua desobediência. O pai vivia em Brasília e quando estava sozinha ela me desafiava saindo e voltando tarde. Certa vez ela me desobedeceu em público e eu ameacei lhe deixar de castigo; ela contou ao pai e eu discuti com ele e depois descontei nela que saiu sem meu consentimento e voltou bêbada para casa.

O seu estado era lamentável e o pai a ofendia sempre, certamente ficaria chocado (ele é um catálico ortodoxo) estupefato. Eu então resolvi usar a bebedeira dela como chantagem. Ela chegou cambaleando, e vomitou a noite toda, dormindo com a car na privada. Eu então tirei várias fotos dela naquele estado lastimável e coloquei um cigarro de maconha na boca da menina enquanto (eu às vezes fumo quando transo) tirava as fotos.Eu dei um banho nela aproveitando para alisar seu belo corpo quando a ensaboava. Quando acordou Luana estava acabada. Ela acordou de ressaca e eu aproveitei para descontar as humilhações do dia anterior: disse que ela teria de me obedecer ou contaria tudo ao pai ela discutiu dizendo que o pai não ia acreditar e eu mostrei as fotos inclusive mostrando a do cigarro (o pai nunca aceitaria). Ela ficou pálida e implorou para que eu não contasse nada para ele. Eu disse que ela teria de aceitar tudo que eu dissesse. Ela passou a me obedecer cegamente e quando o pai voltou ficou quietinha e ele elogiou meu "entendimento com ela". Eu comecei a fantasiar inúmeras situações com ela dias depois eu tive uma idéia. Num sábado eu mandei ela se vestir que íamos sair.

-se arrume, vamos sair.

- para onde

- não interessa. Ela colocou um shortinho e eu mandei ela colocar um vestido preto curto. Chamei uma amiga minha "entendida". Fomos a um barzinho e bebemos bastante ate que ela ficasse de pileque fomos a um a boate gay. Ela ficou espantada, mas bêbada, entrou no clima. Minha amiga começou a alisá-la e ela a afastou, eu a recriminei dizendo para ela não ser mal educada. Resolvi escancarar e beijei minha amiga na boca e fomos, e convenci ela a experimentar. Fomos ate o banheiro da boate e lá inúmeras garotas se pegavam, Luana fciou aboabalhada e eu a empurramos para o para dentro e a disse para ser mais "cooperativa" pois não estava traindo o pai dela, ela argumentou que não gostava de mulher, e eu disse que ela não sabia de nada, pois nunca tinha experimentado. Como estava embriagada minha amiga a encurralou na parede do banheiro enquanto eu baixava sua calcinha e levantava seu vestido. A xaninha lisinha dela aparecia enquanto Dalva esmagava ela na parede e a beijava a forca. Eu lamabi sua bucetinha (linda e virgem) e ela tentávamos se debater.Passados alguns minutos ela se acostumou e Dalva então, beijava e chupava seus peitos e ela começava a delirar esperando o gozo. Fiz um trabalho perfeito e ela gozou. Ainda sem conseguir pensar direito por causa da bebida eu ela e Dalva fomos para minha casa e jogamos ela nua na cama jogamos muito champanhe nela que já não estava mais arredia. Dalva cercou a lamber sua xana e eu deixei-a de quatro enfiando o dedo no seu cuzinho, ela tentava resistir mas eu forcei. Enfiei, um dois dedinhos, Dalva fez ela gozar feito uma louca e então colei minha xana na sua boca e ordenei "chupe" ela ficou tímida, mas depois começou a colocar e tirar a língua de dentro de mim enquanto rebolava na sua e chupava Dalva. A menina pegou o jeito rápido e eu gozei freneticamente em sua boca enquanto Dalva gozava na minha. Depois eu e Dalva pegamos uma cenoura enfiamos no cuzinho dela, que bêbada não conseguiu se desvencilhar de nás que a segurávamos. Ela começou fechando a portinha mais depois se acostumando e engolindo o legume, ná duas demos vários tapas na cara dela que virou uma verdadeira putinha nossa. Alguns minutos depois sua xana se molhava enquanto o legume saia e entrava. Ela gozou e dormimos as três extasiadas e nuas na cama...continua

Não percam - práximo conto -convidando a amiguinha da filha

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha madrasta viu meu pau molecontos meu filho me pediu para engolir sua poratomando banho de rio com titio contos gaybuceta com muito tesao goza na primeira estocadacontos foi a melhor foda que tiveme fudenram esconde esconde contoContos eroticos parentecontos eroticos gay o pastormeu genro comedor de cuajudei meu marido fude nosa filaconto erotico de faxineira casada safadaconto erotico minha vizinha fode com o marido e pra me procarpeladas com cu e a bunda melada de manteigameu novo macho conto gaycontos eróticos no elevadorfazer sexo sem amor gostoso meterolacache:FPfKk_mm7mAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_9_9_zoofilia.html cavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulhercache:BEpQkv0OPJUJ:idlestates.ru/conto_4507_eu-o-namorado-corno-e-sua-namorada.html penis entandrocomtos eroticos meu.marido. me fez ultrapassar.todos.os.limitesconto gay meu melhor amigo de 37 anossubstitui o papai contos eróticoslesbicascoroascontoscomedo a buceta sacedotisa minha mulher e travesti contos eroticosContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiacontos eroticos tia deu pra mim e primoContos eróticos genrowww.porno zoofilia.com/dando buceta virgem engatada dois cachorros?Meu cu e frouxo contos gaycontos eroticos casal biouvido no quarto a irmã transandocontos eroticos-estuprei minha irmatravesti linda barriga de tanquinho gostosa metendo vídeo liberado metendo gostoso peitudacontos eróticos inquilina pagou o aluguelcontos eróticos militar dominador come viadoconto porno madame s putasConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazersogra humilha genro contos eroticoscontos eroticos viagem ônibuscontos porno com vigilantes mulhercontos eroticos, minha tia e meu cavalo contoseroticos homemque gosta de cuspe,sebo de pau e mijocontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delacontos er¨®ticos incesto ensinei minha filha a ser cadelanossa minha mae bu comer xvputa incotrado afuder cm amante vidiocontos de mulheres que tomaram ativador sexualvoyeur de esposa conto eroticonetinha preferida do vovô conto eróticocontos convenci minha avo velha a fuderconto erotico gay pagado dividasentei na rola do padrinho contos eróticosconto erotico olhando a bucetinha da minha irmazinha dormindoconto erotico virei escravo de minha professora safadaContos com belas picashomem de calcinha enrabadomadame tarada das coxudascontos coroas fudendocom novinhocontos eroticos com vovoSobrinhas do prazer contoscontos eroticos a calcinha da patroaminha cunhada tinha coriosidade sobre o meu pau se enprecionouo travesti apertou os meus mamilos e me comeucontos eróticos sendo tratado como mulhercontos erotico de estuprocontos de coroa com novinhodepiladas muas na sauna contosmenina saindo escola dei carona ela com 11 aninhos contosrelatos comi na marraconto erotico estuprada de mini saiaconto brincando na praia com minha irmãconto erótico gay taxista manausver dvd porno homems chupa bucetas de baicho da mesa tira calcinha do ladopais se esfregando na filha shortinho corcontos erotivos aconteceu em monteverdeSeios grandes e buceta Luisinham primoporno gay contos ocontos eroticos o tio safado e pintudokarolzinha malukinha safada trepano com amanteresguardando a namorada contoA primeira vez q dei meu cuzinho michelequero cadastra meu email no canto erotico de casais com mais de quarenta anoscontos erotico grande foda com a minha namoradacontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesconto erotico vadia puta bucetase eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caraesposafio dentalcontosincentivanda pelo marido contos pornocontos eroticos com minha empregada nordestinawww.Contos Eroticos de sexo gay incesto pai estrupando filho virgem gay sexo violetos em contos.comcontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingwww.contos comendo a tia de sainha curtaconto porno de peludas recentemeus alunos rasgarao minha bucetinha contoscontos eroticos traindo meu marido com o vendedor da lojacontos e vídeos faturei minha irmãDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugaconto eurotico eu fui viajar e minha esposa saiu