Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO SIDY, MEU MACHO - 1.

- Meu tio Sidy, meu macho - 1.



Meu nome é Célia, tenho 38 anos, sou casada e tenho dois filhos. Não vou me prender a apresentações, apenas vou dizer que tenho 1,72 mts. de altura, sou loira, olhos verdes, e sem modéstia, sou muito gostosa desde criança. O que vou relatar começou a acontecer quando eu tinha por volta dos 19 para 19 anos, era virgem ainda, e não parou mais.

Esse caso é longo, é entre meu tio e eu, não dá para contar tudo de uma sá vez, por isso será em partes.

Por morarmos longe um do outro (eu e meu tio), fui sendo iniciada e comida por meu tio aos poucos, e continuo até hoje, apesar de ser casada com outro homem e meu tio com outra mulher. Mas o fato é que sou mulher do meu marido e a puta do meu tio. Já disse tudo!!!

Eu e meus pais morávamos no Rio, e meus avás moravam no norte do Estado, em um pequeno vilarejo, numa casa modesta com apenas três quartos. Nas férias e nos feriados prolongados íamos para lá, e como a casa era pequena, na hora de dormir tudo era dividido, meus avás no quarto deles, meu pai e minha mãe em no outro quarto, e o terceiro quarto deveria ficar dividido entre eu, meu irmão, minha irmã, minha tia e meus outros dois tios.

Como éramos muitos, normalmente os mais velhos (eu, meu tio Sidy e meu irmão) dormíamos no quarto, enquanto minha irmã e minha tia dormiam no sofá-cama da sala.

Meu irmão adora futebol, até hoje é assim, quando chegava lá, já viu né... aproveitava e se esbaldava, ia para o campo da cidade com os amigos e ficavam jogando bola o dia inteiro, não sei como pode e aguentar, e quando chega à noite, estava morto de cansado, tomava um banho, comia, batia na cama e apaga geral, nada o acorda.

O irmão de minha mãe, que se chama Sidy, na época tinha uns 19 para 19 anos, mais velho que eu apenas um ano. Para vocês entenderem, meu avô foi casado duas vezes, e o meu tio Sidy era o mais velho do segundo casamento, no primeiro casamento meu avô sá teve apenas um filho, minha mãe.

Numa dessas idas para a casa dos meus avás, na hora de dormir, ficamos eu, meu tio Sidy e meu irmão no quarto, mas como ainda era relativamente cedo, tanto eu como meu tio estávamos sem sono, ao contrário do meu irmão, que já tinha apagado geral como sempre.

Não me lembro de como tudo aconteceu, mas lá pelas onze ou onze e meia da noite, já com todos na casa dormindo, eu e meu tio, em voz muito baixa, ainda estávamos no maior papo, ele deitado num colchonete no chão, entre a minha cama e a do meu irmão, e o papo descambou para o lado sensual. Como eu tinha e tenho muita afinidade com ele, pois fomos praticamente criados juntos, o papo ficou mais apimentado, algumas revelações em relação a outras pessoas, segredos e desejos começaram a serem ditos por nás dois, coisas que gostaríamos e que queríamos um dia fazer e etc. Papo vem e papo vai, e por causa da conversa que estávamos tendo, nossos hormônios ficaram acirrados. Em dado momento, por baixo da coberta, senti um leve toque da mão do meu tio Sidy em minha perna, e como já estávamos ativados, nada fiz e continuei a conversar com ele. Diante da falta de oposição, ele começou a alisá-la, indo até minha coxa, indo e vindo, indo e vindo. Como estava gostando, deixei-o continuar, nossas respirações começaram a ficarem ofegantes e passou apenas alguns minutos para que sua mão procurasse minha xotinha e começasse a alisá-la também, deixando-me mais ofegante ainda. Mesmo assim continuamos com nosso papo, até que não aguentando mais, estiquei meu braço, e por baixo de sua coberta e sobre seu calção, comecei a alisar também sua pica, que estava dura como uma pedra.

Diante dos nossos desejos, ele introduziu sua mão sob minha calçinha e começou a acaricias minha xotinha, alisava e introduzia com carinho um dedo, brincando com meu grelinho, indo até meu cabaço, espalhando o mel que escorria dela, e eu alisava sua pica, espalhando aquela gosma que saia de sua rola, sobre cabeçinha deliciosa da pica dele. Ficamos assim um bom tempo, nossa brincadeira estava uma delicia, ele alisando minha buceta e eu brincando com aquela pica maravilhosa, dura como uma pedra, com uma cabeça grossa, o corpo comprido e afinando um pouco no talo. **** CONTINUA NO 2.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou puta do meu cachorroconto erotico travesti me obrigou cheirar seu cuContos eroticos/minha sogra cavalonaNo cu da minha namorada amigo contos relatoszofilia devuaetavem me comer me esfolar porr contocontos hericos de a buceta para filhodoce nanda contos eroticoso que devo fazer minha namorada mandou sentar na mimha pirocaminha filha e bela contos eróticoscontos chupou meus peitinhos levantou meu vestido e puxou a minha calcinha e me rasgou e eu gritava de dorvideo.de.neginhas.das.bundas.arrebitadas.dansando.fankconto erotico minha namorada cuidado de mimgarotinha bucetinha estufada contosconto minha tia so anda de calcinhaesposa bebada na fudelancia na ilha contopeoes de rodeio batendo punheta escondidocontos porno pm mastruba minha mulher contos eróticos locador com comeu a inquilinavideos de garota sendo desvirginadas do cu e buceta elas chorando e gritandocontos mae segura filha para homem comer na marraokinawa-ufa.ruContos eróticos Bebêconto erotico comendo a entiada na chantagemO velho asqueroso quebrou meu cabaço e eu gozeiContos eroticos selvagem esposawww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contoporrnodoido com anameu filho mete o dedo no meu cu e eu gostocomtos de travesty petdedo o cabasso do cuzinhocontos eróticos massagemhttp://googleweblight.com/?lite_url=http://idlestates.ru/conto_1729_pacto-de-porra-em-familia.html&ei=Tuthr3L0&lc=pt-BR&s=1&m=159&host=www.google.com.br&ts=1504527796&sig=ANTY_L0RczQERuUpbN0Q5efSyWyiLRB2ywConto de putinha objeto de prazer para todos os machoscontos eróticos [email protected]contos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maecontos eróticos ônibuscontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejacontos eróticos de bebados e drogados gaysconto erótico fui flagrado de calcinhacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscachoro da familia gozando detro da buseta da mulheContos eroticos tristeza primeira vezminha sobrinha pediu pra mim gozar dentro da sua Bucetacomtos bdsmconto erotico gay: transando com um japonesminha iniciação gay contosmenina matuta contos eroticosflagrei todos fudendoelaconto mamo rolacontos eroticos estrupocontos eróticos de experiência bi de ninfetasconto gay ajudei amigoscontos de encoxadas reais porto alegrecontos eroticos gay 13 aninhoszofilia devuaetacontos esposa bunduda so traz problemasconto eróticos puta de salinasconto titio me fudendoContos eroticos dei na festa em macaxeiraconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos tia da esposa dormiu em casade verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seiosContos estupros esposa e maridocontos gay cunhado barracafoda gostosa com amigos contos Contos filho deixa mae so de calcinhaRelato picante sexo no estacionamento do shoppingwww.contos eroticos cavalgado no vovorelato de gêmeos que acabou torando sua sograconto zoofilia fazenda a forca sexolambida no onibusconto eroticoconto eroticocomi a v******** da crente contosContos eroticos primo do pau grande engravidei minha prima peitudauma dp muita dor mais deliciosa conto.minha tia perguntou se eu tava de pau duro - contos eroticoscontos minha filha enrroscada na minha picacontos eroticos a bunda do meu irmão caçula é uma tentaçãocontos porno eu e meu marido fomos violentados