Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIOLENTADA NA CONSTRUÇÃO

Meu nome é nath, sou morena clara, solteira, sem filhos, tenho 1,62m, seios médios, bumbum grande e arrebitado. No começo do ano passado, meu namorado resolveu construir uma casa, para isso vieram uns 19 pedreiros; certa vez voltava da academia e resolvi passar pela obra, alguns estavam almoçando outros descansando, quando eles me viram com aquele shortinho branco usando uma calcinha bem pequena, ficaram doidos, dava para ver eles ficando excitados quando passava. O encarregado chamava-se Renatol, um mulato de mais ou menos 1,90m, aproximadamente uns 35 anos, muito forte, logo veio a minha procura dizendo que precisava de alguns materiais e foi me mostrando a obra, quando chegou perto do buraco onde ia ser construído a piscina, ele entrou primeiro e me chamou para descer as escadas, fui descendo quando estava chegando ele foi me ajudar e me deu uma bela encoxada, deu para sentir um volume imenso crescendo na minha bunda, fiquei toda arrepiada e começou me mostrar onde seria instalado os equipamentos etc.. A Noite fiquei imaginando que tamanho seria o pau dele. Os dias foram passando e sempre dava uma passadinha na obra para provocar os pedreiros, sempre ouvia ele cochichando baixinho,

- Olha sá que rabo....

- Que tesão é essa morena...e coisas ainda piores.

Certo dia acordei com um tesão danado, e resolvi provoca-los ainda mais, vesti uma mini saia sem calcinha, uma camiseta branca bem folgada e sem sutiã, ao caminhar pela construção, fazia questão de ficar no meio do caminho para eles passarem dando uma encoxadinha e foi um alvoroço que confesso que fiquei com medo de ser estuprada. Depois de vários meses a casa ficou pronta, haviam apenas 6 pedreiros fazendo a limpeza e dando os retoques finais, quando voltando da academia resolvi dar uma espiadinha na casa, Manoel veio em minha direção e disse:

- Oh Dona Nathaly estou testando a hidromassagem, não gostaria de ver como ficou? faz tanto tempo que a senhora não vem aqui..

O quarto estava impecável, faltava apenas as fechaduras, a banheira estava cheia com uma água quentinha, e eu toda suada.

- Se a senhora quiser tomar uma banho, pode ficar a vontade...

- Posso?, mesmo, perguntei.

- Claro, e saiu.

Mesmo estando sem toalha, tirei a roupa deixei pendurada na janela e entrei, a água estava uma delicia que até esqueci que a porta não tinha fechadura..depois de um longo tempo, via uma movimentação atrás da porta, eram os pedreiros me espionando. Quando fui pegar a roupa, Manoel e seu cinco ajudantes entraram todos pelados e segurando minha roupa....

- Se a senhora for boazinha, devolveremos suas roupas, caso contrario.. . e ameaçou jogar numa lata de tinta,

- Que isso, ficaram loucos?...

- Ficamos, desde que começou a vir aqui provocar a gente...

- Pare já com isso Renato, sou uma mulher comprometida...

Eles se aproximaram, e me puxaram pelos braços para fora da banheira e me deitou num colchão que já haviam deixado na sala. Confesso que morri de medo, todos possuíam pintos enormes, mas a de Renato era gigante, devia ter uns 27cm por uns 8 cm de largura, parecia um cavalo, foram logo me chupando, enfiando aqueles pintos enormes na minha boca. Não dava para fugir, tive que dar para aquele monte de homens. O primeiro a me comer foi o Adalto devia ter uns 19cm e era o menor da turma, Manoel segurou numa das pernas e Adilson segurou na outra, quando o pau dele foi entrando, fui me sentindo cheia e gemia bem baixinho.

- Uh, devagaaar, está doendo...até que entrou tudo....dai ele bombava bem forte.....toma gostosa, é a buceta mais gostosa que comi...até que gozou... e assim foram fazendo rodízio, até que chegou a vez do penúltimo que era o Adilson, um sujeito baxinho, magrinho, mas tinha um pau que devia ter pelo menos uns 23cm por 6cm, me puseram de quatro, quando senti aquela tora encostar na minha bucetinha, já ardida...

-AAHHHHH....Adilson por favor, mais devagar, ele tinha enfiado a metade numa socada sá, daí começou a bombar devagar dai até que deu para aguentar....Renato deitou-se na minha frente e disse:

-Chupa meu pau, sua putinha....Mas o pau dele era muito grande, precisava das duas mão para apertar aquele mastro, mal cabia na minha boca.....até que ele disse, agora é minha vez.....gelei, implorei para que não me comece pois iria me arrebentar no meio.....quase tomei um soco.

- Sua puta todo mundo te comeu, e eu vou ficar sem?.....

- Ta bom, deixa eu sentar, pelo menos vou controlando a dor..

- Senta logo ai sua puta.....

-Passei muita saliva minha bucetinha, e pensei, agora esse cara vai me rasgar no meio...

Fui descendo bem devagarinho, gemia e gritava, parecia que estava entrando um poste em mim, soltava o peso do meu corpo, e nem assim o pau entrava de tão grande,mas renato, era meio estúpido, pegou minha cintura, e começou a me puxar para baixo... doía muito, parece que quando mais tentava fugir, mais doía, até que ele ficou de pé me levantando espetada naquele mastro, segurei bem forte no pescoço dele para não ser rasgada ao meio até que Adilso pediu para Manoel sentar, pois ele queria comer meu cuzinho, implorei pedir que não, pois não iria aguentar, mas Manuel sentou numa escada, Adison deu uma cuspinha no meu cuzinho, encostou a cabeça foi empurrando e eu gemendo, implorando quase sem força....

- Não por favor......estou toda dolorida....me deixem.....terminei de dizer essas palavra e eu senti a cabeça entra, vi estrelas... aquele pinto enorme foi entrando eu quase sem forças, fui me entregando até que desmaiei..-

- Quando recuperei os sentidos, mal conseguia me mexer, de tão dolorida que estava, minha bucetinha ardia muito e meu cuzinho coitadinho, sangrava um pouco, em minha volta, haviam umas 9 camisinhas usadas e eu estava toda melada de esperma....tomei um banho, peguei minha roupas e fui embora, sá voltei para fazer minha mudança, Mas no fundo, eu gostei daqueles mastros todos ao meu dispor.



Não se esquecam de votar meninos e meninas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos dei no velorio do meu maridofamília naturista contosconto erotico meu chefe me comeu meu marido consentiuas molhadinhad mas. gostozas com vidios porno com voz altacontos di mulheris que ralaram pela primeira vezfogosá taradacontos eróticos titio encheu minha bucetinha de porra pornocalcinha usada da vizinha safada contosmeu padrasto fica excitado comigoContos tirei cabaço da menininhaconto fudendo a cunhada de 70 anosconto gazada farta na boca da exesposa grupal com 18 aninhos contosContos de Puta que pra ela so dava rolao cavaloler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhocontos eróticos de gordaPus ate ela chora conto pornoachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhono hotel com meu filho contos de encestocontos/flagrei minha prima dando para dois negoescorno sentando na rola contossexo contos deposito de porraporno com primas branca de olhos verdes de cabelos ruivos bunda redonda e peito pequeno redondinho / anal/contos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontos eroticos nifeta d loja rjContos eróticos mãe com os negrões e papai vendoconto casadaconto transando com mulher deficientecontos erotico chifrei meu marido e me flagrou vai mete seuConto erotico gay sr.juvenalConto exibicionismo sem sutiãComi minha sobrinha contos eroticospornodoidonaocontos eroticos o tio safado e pintudoconto eróticos comendo a mulher do meu caseirocontos eroticos de meninas que deu sua buçetinha pro seu pai e trouçe sua amiginha bem novinha pra tira o cabaçinhocontos eroticos cuidando do meu genro asidentadoConto doente mental gozeizoio filme antigo erótico animalescomadrinhas branca da bunda empinadacontos eroticos putas brancas e pretos caralhudoscontos erótico estuprada po bardidopapai traindo mamae comigo contos eroticoscontos sogra drogadaminha tia esfregou/a/bunda/dee/vestido/no.meu/pau.bosque conto heterominhas duas prima foi dormi em casa cime fou a duascontos eroticos com a princesinha do bairrocontos minhamulher ea minha filha fudendo comigocontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anosCasada narra conto dando o cuabusando de garotinha crinça no colo no ônibus contos heroticosensinei a bater punhetapapai furioso contod eroticoscontosnegaopicudocontos reais de casais iniciando no swingmeu cachorro gostoso viril zoofilia históriasmulheres adoram ficar peladas cheio de manteiga no cuconto minha madrasta me transformou em mulherContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitosou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupaContos de comadres lesbicasDesvirginando a sobrinha de 18 anossou puta e pratico zoofiliacontos eroticos podolatria chupando pes de noivas scontoseroticoscomcavalochupei mas nao dei que pena contoscontos eroticos todos comeram minha mulherconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cucontos de coroa com novinhocontos eroticos de incesto mae ver o pau duro do filho fica excitada e grande filhocasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiacontos eroticos perdi a virgindade com meu tutorconto erotico namorando o peao da fazendacontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cuengravidando contos eroticos de incesto