Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM CASAL MUITO DADO - ESTÁRIA DE UM CORNO

Somos casados e meu marido sempre gostou de me ver ser fodida por outro homem; sempre gostou de ser Corno, mas até então sá tinhamos transado com homens amigos dele, que me fodiam pra ele ver na nossa casa. A primeira vez om um estranho passo a relatar agora, fomos pra Cabo Frio no feriado, arrumamos um amiguinho lá. imaginar O cara bem dotado, 23x7,5cm,; a pica dele qdo esta dura fica perto do umbigo, pra cima, espetada, coisa de louco. Nao nos conheciamos, chegamos lá, ficamos no hotel e ligamos pra ele. Combinamos e saimos à noite. Eu usando um vestidinho colado azul e bem curto com os peitos a mostra, claro de calcinha vermelha, bem enterrada no

rabo. Fomos a um bar, pra tomarmos uns drinques, ai conversa vai e vem, ele começou a roçar minhas coxas, meu marido foi ao banheiro e qdo voltou ele já estava coladinho em mim, já tinha me passado a mao ate na

buceta. Escorreguei minha mao pelas pernas dele, embaixo da mesa e toquei pela primeira vez naquela

coisa enorme, um volume incrivel. Dura como ferro. Claro que eu estava molhadinha. Meu marido notou e

falor pra irmos embora. Fomos pro apto dele, na praia do forte. Mal entremos porta dentro, e o tarado colou

na minha bunda, me agarrando, chupando meu pescoço e pegando nos meus peitos. Suas maos acariciando minhas

coxas, com o vestido levantado. Senti a rola quente e grande entre minhas coxas, meu marido estava de frente

e podia ver a cabeça do pau, roçando minha tanguinha e saído pra frente. Ai começou a festa... Quando chegamos no apartamento, meu marido foi ao banheiro, e o macho avançou pra cima de mim, me chupando, pegando nos meus peitos, metendo a mão embaixo da minha saia, esfregando minha boceta, enfiando o dedo, parecia um doido. A rola do bicho estava enorme, querendo furar a calça. Ele arrancou minha blusinha, e eu estava sem sutiã, ai começou a chupar meus peitos, ai eu abri o zíper da calça dele e agarrei meu troféu. puxei pra fora, estava explodindo, com aquelas veias azuis pulsando. Ai meu marido chegou e viu a cena, ficou olhando meio de longe, meu amigo, levantou minha saia, e colocou o trem duro entre as minhas pernas, pra que meu marido visse a cabeça apontando atras, e ficou me chupando a boca o pescoço os peitos, enquanto fazia aquele movimento de vai e vem entre as minhas pernas, com o cacete babando todo no fundo da minha calcinha, que alias era minúscula, mal tapava a boceta. Tirei a camisa dele e comecei a me esfregar no seu peito cabeludo, desci a calça dele com cueca e tudo, deixei ele peladinho, cai de joelhos e abocanhei a rola, puxa como era grossa e dura. fui chupando, tentando engolir tudo, mas era grande e eu quase engasgava, fiquei naquele vai e vem, ate que ele pediu pra parar senão gozava na minha boca, na minha cara, me lambuzava toda. Resolvi obedecer, ai levantei, ele me jogou no sofá e arrancou minha calcinha, sem tirar a saia, sá jogou minha mini saia pra cima e caiu de boca na minha boceta. Meu marido estava elétrico, tirou a roupa ficou sá de cueca e eu podia ver o pau duro dele, cheio de tesão... mas ficou assistindo. Meu amigo meteu a língua em todos os meus buracos, levantou minha bunda, colocou almofadas embaixo, e enterrou a língua no meu Cu. Uffff...que delicia, ate pulei, minha boceta molhada escorria de tesão e ele sugava tudo o que vinha dela. Ai fiz ele se deitar de costas, com aquela vara enorme e cheia de nervos, espetada pra cima, fui subindo bem devagar, e qdo. a cabeça do bicho centrou na minha boceta, fui descendo bem devagar e ela foi sumindo dentro de mim, todinha, cm por cm. Meu marido ficou louco, e chegou perto, ajoelhou atras de nos, e começou a passar a mão nas bolas dele. Acariciando-as enquanto eu engolia a rola. Meu amigo gritava de tesão, ai meu marido começou a lamber as bolas dele e a passar a língua na minha boceta com o cacete dentro. Uma loucura, meu amigo não aguentou e explodiu dentro de mim, eu podia sentir os jatos quentes jorrando lá dentro, me inundando, me lavando. Ai ele relaxou um pouco e tirou, meu marido me deitou de costas, abriu minhas pernas e sem perda de tempo, enfiou a boca na minha boceta, bem lá dentro, pois a vara tinha deixado um rombo. eu podia sentir os lábios dele lá dentro, e ele sugou toda a porra que meu amigo tinha deixado lá dentro. Saboreou como se fosse leite moça. Depois que engoliu tudo, subiu em mim e me meteu o cacete pra dentro. Meu amigo, ficou louco de ver tudo aquilo. Aproveitou que meu marido estava com a bunda pra cima me comendo, e começou a passar o dedo no Cu dele. Meu marido gemia e gritava de tesão, ai meu amigo não resistiu e começou a passar o cacete na bunda dele. Parou assim, ficou quietinho e conforme meu marido movimentava dentro de mim, pra frente e pra trás, o cacetao deslizava na bunda dele, roçando o Cu. Meu amigo tentou meter pra dentro, chegou a enfiar um pouco da cabeça, mas meu marido, ficou com medo, disse que doía e ficou nisto. Acabou gozando em mim, ai fomos tomar um banho, descansar um pouco, pra começar a putaria mais tarde. Meu amigo seco pra meter a rola no rabo de meu marido e no meu. Queria pque queria faturar os dois cus de uma vez sá. Ai fomos tomar banho, qdo. saímos todos pelados, a rola do nosso amigo estava assim, meia redia. e ele ficou desfilando aquela maravilha pendurada pela sala, meu marido não resistiu e chegou perto, começou a acariciar o cacetão, que logo foi subindo, crescendo, e ficando duro outra vez, meu marido ajoelhou e meteu a boca, o cacete grande mal cabia na boca dele, aquela cabeça enorme sumiu, então ele começou no vai e vem, engolia mais da metade, ate na garganta, enquanto isto, segurava as boas e as acariciava, fiquei sá assistindo, pra ver no que ia dar. com as chupadas o nosso amigo ficou tarado, e disse, quero abrir o seu Cu... e foi virando meu marido, colocou ele de quatro no sofá e veio com o troféu enrijecido. cabeça pra fora, tive que umedecer a cabeça e o buraco com creme, ambos ficaram muito lisos, ai meu marido pediu pra ele colocar bem devagar, já que era a primeira vez, meu marido nunca tinha dado o rabo pra outro macho, sá brincava com o de silicone, mas este era de carne, era quente, era grosso, e comprido, e ainda tinha os movimentos do macho, tinha veias que pulsavam. Ai o nosso amigo, colocou a cabecinha no buraco, e empurrou bem devagar, aquilo foi arrombando tudo, meu marido gemia, de dor e de tesão. ate que a cabeça ultrapassou aquele anel que o Cu tem, durinho lá dentro, ai meu marido sentiu um alivio, pque a cabeça é bem mais grossa, e força o anelzinho de couro a abrir...o macho foi colocando, e mais, e mais, e meu marido corninho gritando, gemendo e com muita tesão, dizia, ai assim eu vou sujar seu cacete de merda, parece que estou cagando pra dentro... isto excitava maios o macho que socou tudo, e começou a bombar, agarrou meu marido sem piedade, e meteu os 23 cm pra dentro com força e tirava tudo e punha de novo pra mim ver, aquilo vinha pra fora com cabeça e tudo, e entrava de novo, eu vibrava de tesão, e tocava uma ciririca, é muito bom ver outro homem enrabando ele, ele de quatro atras e em cima do meu marido, meu marido olhava por baixo e via os dois sacos se esbarrando. uma delicia...o macho não aguentou e esporrou, lá no fundo...enquanto gozava, parecia que metia ate o saco pra dentro. Meu marido gemia e gozou, tocando uma punheta enquanto o macho gozava nele...ai tirou. desceu uma mistura de porra com sangue da porta do Cu...foi uma violência, meu marido mal podia sentar, perdeu todas as pregas, mas gostou e disse que agora vai dar pra todos que me comerem...Dormimos, na manhã seguinte acordei com meu marido chupando o caralho do nosso macho, aproveitei e comece a chupar o cacete do meu marido que estava duro como ferro; ficamos nessa chupação até o macho esporrar na boca de meu corninho que engoliu tudo. Não aguentou e esporrou na minha boca. Tomamos um banho e fomos para o hotel; à noite nos encontramos de novo no apto. do macho que abriu a porta com o caralho já duro pra fora; eu e meu corninho chupamos em conjunto aquele caralho até que meu marido me colocou deitada e posicionou o macho por cima e com as mãos direcionou o caralho dele até atolar na minha boceta; o corno fez questão de enfiar o cacetão na minha boceta; ai pegou minhas pernas e entrelaçou o pescoço do macho fazendo um frango assado. O macho socou tudo, enfiou até o talo esocou violentamente até esporrar fundo no meu útero. Ele mete tanto que fiquie dolorida por uma semana, toda esfolada de tanto ser fodida. O corno do meu marido, agora também viado, reclamou do cuzinho arrombado por um bom tempo. Aliás eu sempre achei que todo corno era viado enrustido, oferecer a esposa para outro trepar é vontade de dar. Escreva para o luis que eu respondo. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos marido pede para esposa quero ser cornocontos eroticos de tia masturbacaocontos eroticos fio dental minusculomeu tio me comeu meu curecem casada safada contos eroticosfilha tesudinha do papa contosicontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojaorando outros peitões da bundona gostosacontos eróticos de negras no metrôcontos eroticos provocando no barcontos eroticos vom mulher compadre e comadre duplscontos eróticos n********* d********* para o cachorroContos meu prefeito me comeu com fotoszoofili a nimada travestia minha esposa foi a praia de fio dental e o punheteiro vez a festa. contos eróticoscontos sexo gostoso numa estrada deserta e na motoclassificados evangélica procurando cornogordo pintudo conto teenscontos eroticos zt i: blackmailarregangou as pernasminha irmã minha amantecontos eróticos teen apostaconto eróticos extremosflagas de encesto com zoofolia contosconto com teens fudrndo as duas sobrinhas de dez e doze anoscasa dos contos dando pro cachorro no sitio pornobuceta toda escancarada putariaContos entiadas apanhando para submeter ao sexocontos eróticos irmãcom a cara pertinho do meu pauconto esposa na orgia do carnavalchupeicontoscontos eróticos de lésbicas tirando a virgindade das outrascontos de incestos e surubas com minha irma e minha mulher nudismo na piscinaooooooooohhhhh porra pornoboquete mulher de 48 anos contojogo de puta buçetadaconto ela apostou o cuzinho e perdeuwww.goroa nis Sogra fudendoseios da esposasaindo fora da blusa no sexoconto coroa n**** pediu gay namoroconto erotico beijei minha irma dentro do tremEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticosPULAVAAI XVIDEOconto pequeno titio queria agarrar os seio da mocacomida pelo sobrinho porno tio roludo viaja dd onibus com sobrinhaO dinha que comi o cu da minhA mae bebAda contos,fudode a sogra delicialeitinho no copo. contoscontos eróticos cdzinhacontos eroticos solteira vendidaContos eroticos casais e pintudos fantasiashistorias de meninas safadinhas que tem casos com padrastosContos virei a puta dos oito negros picudosconto erotico de tanto eu insistir em engravidei a minha professora eu era um meninoeu confesso so faltei esfregar a buceta nele e ele nao me comeufotos de fodas de buceta gostosa do precinpio ao fim todas as coloca?.contos eroticos mamando na novinha cheia de leite no riacho de biquinisogra morena dos peitinhos pequenosplanta sexo chupa seio gozoconto eróticos desejandoa mulherdomeu filhocontos eroticos dopando primaslesbicascoroascontoseroticostransei com casada que encontrei na pracinhacontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentocontos erotico peguei carona na hora erradaContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festacontos eroticosAdoro leitinho na bucetaConto erotico comi minha aluna virgemContos eroticos cunhada safada jeovacontos travesti e mulher casada juntas dando o cu pra homem e o cãocontos eróticos ele me pegou