Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

IRMÃ MAIS NOVA

Minha irmã tem 19 anos e eu tenho 27.

Vou contar uma histária real que aconteceu há alguns meses atrás.

O pessoal cá de casa estava para fora. Iam passar 2 dias fora da cidade e eu fiquei sozinho com a Lúcia. A Lúcia é bonita. Tem um corpo bem bacana. É alta, magra, e tem um bom peito.

Nunca a tinha visto como mulher, mas nesta altura as coisas mudaram.



Fiquei responsável por tratar do que fosse necessário enquanto os pais estavam fora.

No sábado à noite, fomos buscar uma pizza. Almoçamos na cozinha e depois fomos pra sala. A Lúcia estava a usar uma camisa de dormir. Deitou-se no sofá e eu deitei-me ao lado.



Enquanto víamos tv, fiquei a apreciar as suas pernas. Desde pequena que sempre a vi como a mana mais nova, mas agora quando vi aquelas pernas perto de mim, vi que ela está uma verdadeira mulher.



Quis aproximar-me, mas para disfarçar, voltei à cozinha para trazer água, e voltei para me sentar mais perto dela. Sentei-me ao lado, e pousei a mão a tocar nas suas pernas. Ela não notou qualquer intenção, e ficamos ali durante algum tempo a ver TV.



Fiquei duro... O tempo foi passando e o tesão estava sempre lá. A água estava mais perto de mim e quando a Lúcia me pediu água, levantei-me para lhe dar o copo e ela percebeu que estava duro. Olhou para o volume das minhas calças... Em silêncio, mas apartir desse momento percebeu alguma coisa...

Em poucos minutos mexeu-se... Penso que foi propositado. Consegui ver a calcinha branca que estava a usar.

Ao mexer-se, a minha mão deslizou nas suas coxas. Enquanto ali estivemos ela mexeu-se várias vezes e pude ver a sua calcinha mais do que uma vez.

Algum tempo depois, ela quis beber água, mas em vez de me pedir, levantou-se, e passou por mim, tocando-me devagar com a sua perna. Inclinou-se para a frente, virando a bundinha para mim enquanto bebia água.



Durante a tarde nada mais aconteceu. Saímos e à noite voltamos.



à noite voltamos a jantar em casa. No final fui para a sala, e pouco depois, ela volta com uma camisa de noite, e deita-se no sofá junto a mim. Perguntou quando os nossos pais voltavam.

Disse-lhe que sá no dia seguinte. Estavamos sozinhos...

Perguntei-lhe se não tinha frio, se se queria cobrir com um cobertor que tinha junto a mim.

Ela disse que sim. Ficamos os dois cobertos. Eu já estava duro. Ela deitou as pernas em cima das minhas. Eu coloquei a mão em cima da sua coxa e fui fazendo "festas".

Ela mexeu a perna e sentiu que eu estava duro. Naquele momento parou... mas voltou a deslizar a perna de forma a tocar-me e a sentir o volume.



Não dissemos nada.



Mais tarde, já com muitas ideias no pensamento, perguntei-lhe se queria ficar a dormir no meu quarto, para vermos um filme no DVD.

Ela topou. Fomos pro quarto e deitamos na cama, cobertos.

Estava escuro. Ela deitou-se voltada para cima, e eu deitei-me ao lado.

Eu fiquei totalmente duro. Estava capaz de dar tudo sá para comer a minha irmã.

Cansada de estar na mesma posição, ela deitou-se mais de lado, e eu encostei-me a ela. O meu pau ficou mesmo encostado à sua bunda... e estava bem duro.



Foi um silêncio total. Minutos depois, muito devagar, fiz alguns movimentos para me esfregar nela, e o meu pau foi mexendo contra a sua bunda, mas por cima da camisa de dormir. Fiquei mais a vontade pois percebi que ela não se afastou, e coloquei a minha mão na bunda dela. Devagar fui massajando a sua nádega e puxei a camisa para cima. Tirei as minhas calças e fiquei sá de shorts. Ela estava de calcinha fio dental. Rapidamente fui-me encostando. Abri o meu short e decidi encostar o meu pau na bunda da minha irmã. Ela não disse nada. Ficou apenas a olhar o filme, mas tremia de nervoso.

Devagar, tirei a sua calcinha, e encostei o meu pau mesmo no buraco do seu cu. Era delicioso. Não mexi, apenas encostei.

Aproveitei a reacção, deixei passar algum tempo e fui mexendo. Quando me senti mais a vontade, molhei os meus dedos com saliva, e molhei a sua bunda, e comecei devagar a meter o meu dedo. Ela gemeu baixo, mas sempre sem falar. Devagar voltei a encostar-me e lentamente meti o meu pau na bunda mais deliciosa do mundo.

Comecei com movimentos de vai-vem até que não aguentei e foi a explosão. Quando terminei ela, em silêncio, debaixo do cobertor, lambeu tudo... Foi ao banheiro, e quando voltou, deitou-se ao meu lado, colou a mim e ficamos a ver o filme.

Meu pau ficou duro, e ela colou a bunda a mim e ficamos assim até terminar o filme...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotivos aconteceu em monteverdemulheres com dhorte branquinho com cuzaoCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESwww.contos eroticos com fotos de comendo a madrastatia s***** rebola bem muito Encosta a bunda no pau do sobrinho dançando funkcontos eróticos frio inverno geladoChupa meu cacete com barreiraq p* gostoso ham hamdormindo ao lado conto eróticocontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimcontos sou angolano nunca comi um cu tenho um pau grandeconto erotico meu amigo gay chupou meu grelinhoconto meu irmcontos anal na enfermariacomo comecei a ser enrabada pelo meu cachorrocontoscontos incesto buceta rapadinha cheia de tezaomotoboy gay contoSeios grandes e buceta Luisinhahome subimisso bebi xixi da rainha casada desfilado de calcinha contos eroticomorena dano a boceta po cavelecontos de sexo com vovocontos eroticos minha esposa pediu para enterrar nela um salameMinha prima viu-me a mastuconto de uma pica grande arrombou meu cu virgem chorei de dorcontos eroticos a prima da esposa organiza uma surubamulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelquero rola contos eróticoscontos padrasto e enteadacasa dos contos erotica me doparamconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradaboquete no casado contocontos eroticos papai 40 amigas i eu arrumaconto erotico aposta com irmaContos excitantes sou gaúchaContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorconto minha cunhada me surpreendeuconto erótico loira casada traindo marido com cadeirantecontos eróticos gay EMMO o maconheiromeu pai comeu meu cuzinho dedo do carrocontos eróticos primeira vez q peguei na buceta da minha namorada contos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhaentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosoconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos de afilhadagozei na nora dormindo contospedreiros e caminhoneiros p******** f****** v******* contos eróticos gaysContos olhando a mãe davidio antigos onde duas mulher chamos alguns homen pra transaren no sulper mercadinho xvidioContos eróticos meu primo meu amor minha vida meteZoolofia cominha cadela ler istoriafotus de zoofiliacumi minha intuadacontos eroticos tia no casamentoContos eroticos gosto de estupro seiosgordinha liberada de mini saia contosContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhcontos eroticos travesti gordaloiro do olho verde me fazendo um boquete gostoso perto da piscinasou apaixonado pela minha mãe sexo incesto contos novoscontos eroticos lesbica chineladasconto erptico na mesacontos eroticos comi minha irmacontos marido jogandoContos eroticos chantagiei meu sogra pra comer minha sogracontos zoo mastiff taradocontos eroticos fudendo minha bisavouso saia pra ser encoxada no onibusEla pediu pra cheira e ele esporou nacara delaEnsinando a maninha a foder contos eroticoscontos gay meu filho gostosocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto esposa de baby doll e amigosContos eroticos galeracontos sexo incesto amo meu filhoContos lesbicas sou casada e minha comadrd me seduziuf****** e chupando pela primeira vez seu namorado na estrada desertadirigindo sem calcinha contosmelequei a bucetaconto erotico surpresa na siricavídeos porno novinha chora pq ela fala qui toi muitocontos abusadoSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezContos gay de professor de musculação dando o cu para dois alunos dotadosamigo do meu marido dano de bom frenre dele e mim chatagiado contos eroticovvidos de muler co casoro. fudemomulher emsabuando bucetacontos eroticos o traficante comedor de casadasconto erotico comendo a massatorepeutacontos minha esposa ainda resistemeu irmão mim fudeu sem camisinha e eu fiquei gravidaminha irma uma pretinh que adora trepa comigo pornocontos erotico baba casada chantageada por meninoContos gravida de outro marido adorou