Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MÃE E TIAS BEBADAS

Meu nome e Paulo sou filho de um casamento complicado, tenho uma única irmã, que não mora conosco, meu pai foi embora, mas nos deixou bem de vida, minha mãe e uma morena estilo Tereza Collor, hoje ela tem 46 anos na época ela tinha 38 anos, eu tinha 20 anos, a responsabilidade ma fez envelhecer uns 20 anos á mais, era vespera do niver de minha mãe, irianos fazer uma festa sá entre família, convidamos as duas irmães de mamãe, tia Claudia de 36 anos e tia Katia de 40 anos, a mais velha de todas mais lindas, fui buscar minhas tias no aeroporto por volta de meio dia, chegaram cansadas, fomos para casa, chegando lá, trocaram de roupa e fomos diretos para a aréa de lazer, eu tinha abastecido o frizer com muita cerveja e vinhos, poe volta das 14:00 horas começamos a beber, botei músicas diversas, estava super animado, eu, mamãe e minhas duas tias, estava quente pois aqui em Gáias no verão é muito quente, mal deixava a cerveja esquentar la vinha eu com duas cevejas, minha mãe estava super feliz, por volta das 16:30 da tarde estavámos começando a ficar altos bebiamos e conversavámos muito, principalmente sobre relacionamentos dr todos, minha tia Kátia começou a visitar o banheiro, liguei o chuveirão e começamos a tomar banho, foi quando ví o que eu não queria, mamãe vestia uma bermuda branca de malha muito fina, ao molhar transpareceu toda sua vagina os contornos, os pelos, fiquei pasmo a camisa que ela usava logo cobriu, ela não notou bada, por volta das 17:00 horas vou ao banheiro tirar água do banheiro,ao sair ví minha tia Kátia mijando perto da porta, voltei para o banheiro para que ela não visse, voltei e resolvi oferecer vinho para todas, aceitaram na hora trouxe aquele bem gelado, enchi o copo de cada uma e o meu, e viramos, uma delícia, e voltamos para a cerveja, mamãe vai até a cozinha buscar uns tira gosto para nás minha tia me chama para eu ir ao banheiro com ela, nás vamos, ela entra e eu á espero do lado de fora, ela me chama e diz: Paulo vem me ajudar a tirar a bermida pois não consigo, estava muito molhada, entrei e ajudei titia, abaixei até os joelhos dela me deparei com um corpo deslumbrante, uma vagina bem depilada e limpinha, ela se sentou no vaso e eu sair, voltamos para a mesa, fui até o son e coloquei um brega música típica do norte e nordeste, minha tia disse : vc vai me ensinar, enquanto mamãe e tia Claudia conversavam, dançavámos, bem coladinhos, meu pênis começou a endurecer, fui afastando devagar para que titia não notasse nada, mas era tarde ela forçava sua buceta em mim, lembrei da cena do banheiro, ela já estava alta demais, paramos de dançar e puxei mamãe para dançar, minha tia falou vou buscar mais bebidas, quando voltou trouxe duas garrafas de vinho, abriu e bebeu com titia, rápido acabaram uma, tia Kátia foi em direção da gente e se abraçou conosco, pulavámos de alegria, botei carnaval, mamãe começa a sacanear tia Claudia pois estava dormindo na mesa, eu disse tia vc que ir se deitar, ela disse sim, levei titia para o quarto de mamãe, botei ela debaixo do chuveiro, e fui pegar uma toalha para ela, quando voltei titia estava sá de camisa, tinha tirado a bermuda e calcinha, seu corpo transparecia todo, disse tia já vou, vc que alguma coisa mas, ela disse vem cá me ajuda a tomar banho, entrei no banheiro, fiquei sá de cueca, e comecei a ensaboála nesse momento meu pau ficou duro como uma pedra, virei titia e comecei a passar saboneite em sua bunda, grande e lizinha foi quando ela se vira e eu coloco a mão entra seu ânus e vagina, senti aquela quentura vindo daquele pequeno espaço, quando passei a mão de novo, ela se contorceu, e virou para mim, abrindo as pernas, sei qual era sua intenção, foi então que meti a mão em sua vagina e comecei a ensabuála, fazia movimentos circulares. ela mordia os lábios, botei ela debaixo do chuveiro, e fui pegar a toalha, quando comecei a enxugála, passri a mão em sua buceta, estava melada, dei a toalha para ela, e a levei até a cama, ela se sentou na berada da cama e puxou neu braço, e disse me abraça lindo, corri fechei a porta, e abraçei começamos a nos beijar, deitei titia na cama e comecei a chupar e lamber sua vagina, ela delirava e puxava meu cabelo, peguei um travasseiro coloquei titia de costa, e empinei sua bunda, abri as nádegas e comecei a lamber seu cuzinho lindo, descia até a bucetinha e subia, ela se vira e diz mete nessa buceta, ela está quente, não aguento mais, seu corpo transpirava alcáol e tesão, dei várias estocadas e gozei, fui até o banheiro, me lavei e voltei para a o quintal quando volto minha tia e mamãe estavam dançando carnaval cada uma com uma garrafa de cerveja, loucas, começava a escurecer, minha mãe já muito bêbada, minha tia idem, fui em direção do chuveiro, logo em seguida veio mamãe e nos abraçamos pulando debaixo do chuveiro, e começamos a dançar bem coladinhos foi quando meu pau começou a reagir, logo apás ao gozo com titia, me afastava mas mamãe me puxava a toda hora para junto dela, saimos e fomos para mesa, minha tia dizia se for para passar mal eu volto para Brasilia, perguntando se tinha acabado cerveja, fui buscar mais duas, virei uma sozinho, minha tia falou para mim vamos dançar, denovo agarradinhos, meu pau já começava a latejar de dor, tesão sei lá o que, minha tia disse ma leva ao banheiro quero mijar, fui conduzindo ela até o banheiro, ela entrou e disse vc não vem tirar minha bermuda, entrei abaixei toda ate seur pés, ela tirou a brusa e me agarrou, dizendo come a titia lindo virou de costa e se abaixou se apoiando no vaso, dizia mete, mete, meu pau é grande e grosso, puxei para o papaim por isso não uso sunga, meti e senti uma bucetinha apertada e quente, rapido ela se lubrificou, comecei o vai e vem gostoso, e logo vem o gozo, puxo para fora viro titia e gozo em sua barriga, ela rir e diz depois eu quero mais.........continua no práximo conto

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto macho fica pelado Meu genro quer me comer e agorasimpatia comer cunhadacontos eroticos gisaconto erótico fui adotadacontos eroticos cu da enteadacontos eróticos me pegaram a força no meu trabalhoFiquei parado olhando a bunda delaTraicao minha namorada safada vendo pinto dele contoscontos eroticos de avó e netinha em uma viagemContos Eroticos Dando a Buceta Pro Meu Vizinho Brennotetas da sogra contoseu meu primo e minha mulher contoscomedo prima emquado os tios n tafoda entre maninhos conto heterocontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maewww contos eroticos carinha de anjovídeo de pornô do metendo vendo a sua beleza ela me chamecontos eroticos incestos meu homem ciumentoContos estupros esposa e maridoSodomizada no incesto contoscontos do vaqueiro esposa evangelica traindo o maridoconto eu e minha babaconto tia pelada em casacumi minha intuadaporno contosminha mulher deu na massagemela me contou que estava com a buceta toda assada de tanto fuder com elefilho tadoendo tira docu contos eroticosvideo porno gay de homem que botou camisinha para comer seu parceiro apos gozar ele tira a camisinha e da para o amigo chupar seu paucontos eroticos enchi minha filhinha de porracontos eróticos namorada tirou a roupaso rendudo socando ni bundao enormeContos eróticos arrombei a linda noiva santinha do meu vizinho ciumentocontos realizei o sonho do corno engravidei de outrosou casada mas sou fissurada em pauconto primeiro boqueteOlá , meu nome é Tati sou morena , alta , magra , pois bem , vamos ao contocontos eroticos tomou toda porra da linda travesticontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos reais buceta gorda siriricacontos eroticos titio na praiacontos minha mulher vendo meu tiocontos euroticos porno tia luciaMeu primo caralhudo fodeu os meus cabacinhoscontos erotico meu chefe arromboucontos de surubas inesperadas com esposa e travestisContos eróticos arregacei o cú da noiadaencoxada em coroa em Jundiai conto realela desmaio contos eroticoscontos eroticos buceta peludacomtos eroticos o velho tarado do elevadoresfregando na mãe de shortinhocontos erotico.esfrequei minha pica ne outraminha mulher quer dar o cu p outro na minha frenteconto erotico loira de mini saiame arrombou o rabo contos casadacontos eroticos minha comadre me chamou pra consertar o chuveiro e comi elameu pedreiro gostosofilhas contos eróticoscontos minha tara no bundao da mamaevideo come meu cu e me batepor favorcontos eroticos assistiu escondidogozo na bucetinha dá cunhadinha com jeitinhocontos eróticos perdi minha virgindade com um pau grande e grossocontos eroticos fudi minha irma enquanto ela dormiameu amigo me deu a sua esposa contosloca pra fude vai logo metenproctologista me comeu gaycontos casada titio me comeu. na marracomi minha tia timida contos buceta de cajaraZofilia Homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos safados inversão e dominaçãominha tiade fio dental exibidaContos comendo a mulher do amigofui consola a cunhada contosContos eroticos coroa submissa do novinho parte 2Contos pornos novinhas em gang bang c negros dotados de penis grande e grossoComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicontos eróticos estuprada pelo médico dupla penetraçãoFui vendida como escrava sexual para um negaovideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandescontos eroticos a buceta da minha mae e a coisa mais gostosa do mundocontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balamulher casada e evangelica dando o cu,contos sexsubrinho ve tia fazendo sexo araz da portalesbicas presediariscontos de safadas com padastrosconto erotico buceta peãoContos eróticos mae do meu amigocontos eroticos de rafinha do mercadoContos visinha de 19conto erótico me obrigaram a estrupar minha maeconto erotico meu filho me chapouContos de sexo en onibusmae short filho conto incestodei o cuzinho é fiquei arrombando