Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MÃE E TIAS BEBADAS

Meu nome e Paulo sou filho de um casamento complicado, tenho uma única irmã, que não mora conosco, meu pai foi embora, mas nos deixou bem de vida, minha mãe e uma morena estilo Tereza Collor, hoje ela tem 46 anos na época ela tinha 38 anos, eu tinha 20 anos, a responsabilidade ma fez envelhecer uns 20 anos á mais, era vespera do niver de minha mãe, irianos fazer uma festa sá entre família, convidamos as duas irmães de mamãe, tia Claudia de 36 anos e tia Katia de 40 anos, a mais velha de todas mais lindas, fui buscar minhas tias no aeroporto por volta de meio dia, chegaram cansadas, fomos para casa, chegando lá, trocaram de roupa e fomos diretos para a aréa de lazer, eu tinha abastecido o frizer com muita cerveja e vinhos, poe volta das 14:00 horas começamos a beber, botei músicas diversas, estava super animado, eu, mamãe e minhas duas tias, estava quente pois aqui em Gáias no verão é muito quente, mal deixava a cerveja esquentar la vinha eu com duas cevejas, minha mãe estava super feliz, por volta das 16:30 da tarde estavámos começando a ficar altos bebiamos e conversavámos muito, principalmente sobre relacionamentos dr todos, minha tia Kátia começou a visitar o banheiro, liguei o chuveirão e começamos a tomar banho, foi quando ví o que eu não queria, mamãe vestia uma bermuda branca de malha muito fina, ao molhar transpareceu toda sua vagina os contornos, os pelos, fiquei pasmo a camisa que ela usava logo cobriu, ela não notou bada, por volta das 17:00 horas vou ao banheiro tirar água do banheiro,ao sair ví minha tia Kátia mijando perto da porta, voltei para o banheiro para que ela não visse, voltei e resolvi oferecer vinho para todas, aceitaram na hora trouxe aquele bem gelado, enchi o copo de cada uma e o meu, e viramos, uma delícia, e voltamos para a cerveja, mamãe vai até a cozinha buscar uns tira gosto para nás minha tia me chama para eu ir ao banheiro com ela, nás vamos, ela entra e eu á espero do lado de fora, ela me chama e diz: Paulo vem me ajudar a tirar a bermida pois não consigo, estava muito molhada, entrei e ajudei titia, abaixei até os joelhos dela me deparei com um corpo deslumbrante, uma vagina bem depilada e limpinha, ela se sentou no vaso e eu sair, voltamos para a mesa, fui até o son e coloquei um brega música típica do norte e nordeste, minha tia disse : vc vai me ensinar, enquanto mamãe e tia Claudia conversavam, dançavámos, bem coladinhos, meu pênis começou a endurecer, fui afastando devagar para que titia não notasse nada, mas era tarde ela forçava sua buceta em mim, lembrei da cena do banheiro, ela já estava alta demais, paramos de dançar e puxei mamãe para dançar, minha tia falou vou buscar mais bebidas, quando voltou trouxe duas garrafas de vinho, abriu e bebeu com titia, rápido acabaram uma, tia Kátia foi em direção da gente e se abraçou conosco, pulavámos de alegria, botei carnaval, mamãe começa a sacanear tia Claudia pois estava dormindo na mesa, eu disse tia vc que ir se deitar, ela disse sim, levei titia para o quarto de mamãe, botei ela debaixo do chuveiro, e fui pegar uma toalha para ela, quando voltei titia estava sá de camisa, tinha tirado a bermuda e calcinha, seu corpo transparecia todo, disse tia já vou, vc que alguma coisa mas, ela disse vem cá me ajuda a tomar banho, entrei no banheiro, fiquei sá de cueca, e comecei a ensaboála nesse momento meu pau ficou duro como uma pedra, virei titia e comecei a passar saboneite em sua bunda, grande e lizinha foi quando ela se vira e eu coloco a mão entra seu ânus e vagina, senti aquela quentura vindo daquele pequeno espaço, quando passei a mão de novo, ela se contorceu, e virou para mim, abrindo as pernas, sei qual era sua intenção, foi então que meti a mão em sua vagina e comecei a ensabuála, fazia movimentos circulares. ela mordia os lábios, botei ela debaixo do chuveiro, e fui pegar a toalha, quando comecei a enxugála, passri a mão em sua buceta, estava melada, dei a toalha para ela, e a levei até a cama, ela se sentou na berada da cama e puxou neu braço, e disse me abraça lindo, corri fechei a porta, e abraçei começamos a nos beijar, deitei titia na cama e comecei a chupar e lamber sua vagina, ela delirava e puxava meu cabelo, peguei um travasseiro coloquei titia de costa, e empinei sua bunda, abri as nádegas e comecei a lamber seu cuzinho lindo, descia até a bucetinha e subia, ela se vira e diz mete nessa buceta, ela está quente, não aguento mais, seu corpo transpirava alcáol e tesão, dei várias estocadas e gozei, fui até o banheiro, me lavei e voltei para a o quintal quando volto minha tia e mamãe estavam dançando carnaval cada uma com uma garrafa de cerveja, loucas, começava a escurecer, minha mãe já muito bêbada, minha tia idem, fui em direção do chuveiro, logo em seguida veio mamãe e nos abraçamos pulando debaixo do chuveiro, e começamos a dançar bem coladinhos foi quando meu pau começou a reagir, logo apás ao gozo com titia, me afastava mas mamãe me puxava a toda hora para junto dela, saimos e fomos para mesa, minha tia dizia se for para passar mal eu volto para Brasilia, perguntando se tinha acabado cerveja, fui buscar mais duas, virei uma sozinho, minha tia falou para mim vamos dançar, denovo agarradinhos, meu pau já começava a latejar de dor, tesão sei lá o que, minha tia disse ma leva ao banheiro quero mijar, fui conduzindo ela até o banheiro, ela entrou e disse vc não vem tirar minha bermuda, entrei abaixei toda ate seur pés, ela tirou a brusa e me agarrou, dizendo come a titia lindo virou de costa e se abaixou se apoiando no vaso, dizia mete, mete, meu pau é grande e grosso, puxei para o papaim por isso não uso sunga, meti e senti uma bucetinha apertada e quente, rapido ela se lubrificou, comecei o vai e vem gostoso, e logo vem o gozo, puxo para fora viro titia e gozo em sua barriga, ela rir e diz depois eu quero mais.........continua no práximo conto

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tive que comer ela /contoConto erotico velho tirando selo comadreAteliê dos contos eróticoconto erotico enganei a bobinhaassustei com apica do meu melhor amigo contospunhetando filho contos eróticospapai no cuzinho de mamãe contosconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaorgias na balada de todo tipicontos eroticos meu genro se vestiu de mulhercontos eróticos de bebados e drogados gaysgotosa pede procara goza dentodelapulando casa do vizinho cherando calsinhaTransei com minha quando agente brincavawww.loiras traindo com negao contosconto erótico não sei chuparcontoerotico.com/descabacei a ladracontos por causa da chuva comi um cupeguei a x*** virgemPornofamiliacontosContos de putas safadascontos erotico prima matuta"achei estranho" "deixei rolar" contos eróticoscontos eróticos de sobrinhas com tiascontoseroticos paguei para estruparem minha mulhercontos eroticos com minha empregada nordestinavideos putas chupando e achado q a pica e poucacomtoscasadas dotadao .comcontos fudendo vizinha novinhacontos eróticos meu marido eu e meu alazãocontos eroticos carona com pai e filhinhacontoseroticos foi fuder no mato e foi comida por malandroscontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhaA melhor foda da minha vida, contoscontos eroticos exibindobai jo meu primo e ele me comeucontos eroticos -FILHA tarada pelo PaiContos eroticos incestos paí transa com filhocontos eroticos reais padreconto erotico madrinha pediucontos d mulheres q fodem cm pedreiros d piroca grandemoramoa no litoral eu e minha esposa e recebemos um primo dela para pasar um fim de semana conoscocoitado do meu cu contosincesto brincando com irmã de pig escondePeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticosconto ajudou cornobeijador e pegador na buta gotosatranse com meu pai no onibusContos erotico ferias quentes cinco o retorno do titio pegadorfazer sexo anal com cachorro pequeno e possivel ficar engatadoeu conto Meu marido saiu meu cunhado me comeucontos eroticos adoro ver uma travesti jemendo na miha picawww condos erotiscos garotas mastubandocontos eroticos com acordei com meu cachorro me penetrandoa esposa baiana do meu amigo contos eroticosmora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa néContos eroticos quero ver essas tetascontos eroticos ajudando uma amiga e suas duas filhas adolecentecontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdocontos eróticos crenteSou um corno mansohome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucocontos eroticos testemunha de jeovaconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos eroticos conquistsndo a tiacontos eróticos de incesto entre padrinhos e afilhadacontos eróticos gays cavalgando no tiocontos eróticos de bebados e drogados gayscontos minha filha olhou em dandominha cadelinha zoofilia contoscontosler conto pornô de i****** ajudando minha filhaTia dando o cu para sobrinho garotinho contos eróticoscontos eroticos com lesbicas bofinhoscontos de cus arrebentadoscontos eróticos sogra pega mulher metendo na camacontos irma mais velhacontos eróticos de negros em carnavalconto erotico eu fui no ensaio da escola de samba e dei o cu lacontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhosrecebru varias calcinha de presente contos eroticocontos eroticos chantagem na escolacontos eroticos perigomeu amigo me pediu para fazer sexo anal com ele gay contox vidio comtos eroticos eu minha mulher e mamãecontos eroticos putas brancas pretos piçudoscontos de incesto tios kerem fuder suas sobrinhascontos eroticos pauzao do papaivirei puto do bar conto gaycontos eroticos comendo cu da mamae a mando do papaimeu marido fez eu ultrapassar tds os limites contos pornosbucetas no bairrofazendinhacontos eroticos casais falando putaria fantasiando outroesposa sem calcinha na pescariapodendo com a sograse desespera quando soca no cu essa gordacontos eroticos morena gostosa malhadacontos eroticos de ferias em familaconto.erotico.tia.sogra.cunhadaContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser puta