Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO INICIEI MINHA ESPOSA BUNDUDA NO ANAL

Eu sou Adriano(ficticio) tenho 38 anos, tenho 1,80 de altura, peso 75 kilos, sou branco e adoro praticar esportes e amor é claro!

Minha mulher a Adriana(fictício) tem 34 anos, 1,55 de altura, pesa 62 kilos, é negra e tem uma bunda deliciosa que mede 102 cm, durinha maravilhosa e me deixa doido de tesão.

De começo já vou dizer que estou a procura de homens ou casal acima de 60 anos para realizar fantasia dela e minha, ela adora dar o cuzinho quer dizer rabão. Como estou desempregado já vou logo dizendo que preciso de uma ajuda financeira. Quem tiver interesse me escreva para conversarmos e marcarmos tudo: [email protected] ou pelo telefone 64934463 (011).

Vou narrar como comecei a iniciar a minha esposa deliciosa no anal. Comecei a namorar com ela quando ela tinha 22 anos, um corpinho de violão toda durinha. A bocetinha era apertadinha, e o cuzinho virgem que não cabia nem o dedinho. Quando chupava sua boceta também chupava seu cuzinho, ela sempre dava suspiros mas não queria deixar eu penetrar. Aos poucos em nossas tranzas passava o dedo até que comecei a enfiar a pontinha do dedo, principalmente quando ela me cavalgava, deixando minhas mãos livres para passar a mão em sua deliciosa bunda, molhava o dedo e ia acariciando bem de leve, sá na portinha. Quando ela ia gozar era a hora de eu enfiar um pouquinho, ela nem ligava pois estava gozando, e com o tempo eu enfiava cada vez mais, e ela começou a gostar, demorou mais ou menos um mês e já estava com o dedo todo fodendo aquele maravilhoso cuzinho apertado. Até que um dia falei que queria colocar sá acabeça do meu pinto para dentro, ela relutou e disse que iria doer mas eu insisti e consegui com a seguinte condição que não fodesse sá encaixaria a cabeça e bateria uma punheta com a cabeça dentro, eu concordei é claro. Peguei o pote de manteiga e comecei a forçar a entrada, foi difícil mas entrou, ela reclamou muito, mas foi se acostumando, com uma mão eu batia uma punheta e com a outra mexia em seu clitáris ela foi gostando e rebolando aquela bela bunda, até que anunciou que iria gozar, aquele cuzinho apertava a cabeça do meu pau e eu gozei gostoso, tive que lutar muito para não enfiar tudo naquele cuzinho, mas se eu fizesse isso ela não daria mais para mim. Com o tempo fui colocando cada vez mais, até que um dia falei para ela hoje eu quero fuder o seu cú, e não vai ter escapatária, ela relutou mas dei um ultimato. Quando chegou a noite peguei a manteiga e comecei minha batalha, chupei a boceta, fiz ela gozar muitas vezes, deixei ela bem relaxada, comi gostozo a boceta, de todos as maneiras, ela adora dar de quatro e eu adoro comer pois vejo aquela bundona rebolando para mim, ela gozou várias vezes até que eu falei é agora que vou comer seu cú, se você relaxar vai ser mais fácil, coloquei ela de quatro, untei com manteiga e comecei a batalha, encostei a cabeça e falei para ela vai rebolando e forçando para trás que eu vou ficar parado, você controla o quanto vai entrando, devagarinho ela foi rebolando e a rola entrando, passou a cabeça e quando estava na metade da rola comecei a enfiar um dedinho em sua boceta ela adorou e começou a rebolar, foi entrando cada vez mais e quando ela anunciou que iria gozar, falei essa é a minha hora, quando ela deu o gritinho, coloquei tudo ela gozando e eu atolado naquele cú apertado, comecei um vai e vem devagar, ela reclamava que estava doendo, mas pediu para eu continuar, até que me falou para foder com força, e sem dá tirava e colocava acelerando cada vez mais, comecei a dar tapas em sua bunda e ela adorou, me pedia para foder mais e mais até que falei que iria gozar e ela empinou mais ainda aquela bundona me enlouquecendo gozei gostoso naquele cú apertado, mas não tirei de dentro e continuei mais um pouco até meu pau sair daquele buraco do prazer mole mas feliz, dava para ver na cara dele.

Nos práximos contos venho com mais histárias da bunda gostosa de minha mulher. Se você é mulher e quer iniciar no anal entre em contato comigo, ouse vc já faz anal e quer dar gostoso me escreva ou liga.

E vcs acima dos 60 anos venham me ajudar a comer minha mulher ela é tarada por velhos.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos sou viuva tenho um sobrinho novinhofui trepada pelo jegue di meu sogro. conto eróticodando contosnegao bota ate o'talo na novinhacontos de sexo com velhos babõeszofilia devuaetaconto erotico sogrocoroas enfieins pornocontos eróticos minha madrinha safadacontos arrombei o cu dela no pique esconderelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninamulher com contracionar peladacontos bi minha tia me pegou dando pra o meu tioContos eroticos duas rolas lindas mas perversas lascaram cumulher pelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos eróticos sem querer engravidei minhas cunhadascontos eroticos gozei gostoso no estuproque enteada pernadaContos Eroticos Meu Tio Me Fodeu Até Eu Gritar Vai Tio Fode Vai FodeContos erotico travest cinemavideos pornos de calcinhas piduradas no varalcontos de machos que experimentou um boqueteConto erotico o cu da minha enteadaconto erotico dopei minha filinhacontos eroticos de virgem com velhosconto - so cabia um dedinho na bucetinha delaconto erotico. amigo do meu filho comeu minha mae a forsa3contos de orgia com maexamo dotado pra come cu da esposa no dia d niversariocomi uma menina em contagem contosconto trepei filinha amiguinha 11aninhosmulheres violadas contos eroticosminha mae me ensinou a ser putinha/contosscontos eroticos de estrupamendocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos de crossdresserconto minha mulher cheia de porracomo dopar uma mulher e fazer sexo contominha professora nao usa calcinhas contos eroticoscontos eroticos fui comida feito puta e chingada de vadia pelo meu sogrocontos eróticos bunda enorme.e os bandidoscdzinha cuzinho julinhoconto real casada moro na casa do fundoamasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetaf****** a b******** da filhinha inocente contos eróticoscontos eroticos meu filho me fez gozarpornô doido a tia convencia sobrinha a chupalacontos eróticos eu comi minha irmãContos eroticos de padrecontos eroticos de travecocoroa dona de banca em teresina dando bucetaContos comendo a mulher do amigoContos eróticos novinha de bikevirando moça contossafada da internet contocontos de esposa arrombada dormindoContos erotico nora na piscina com biquini minusculo mostrando os pentelhoscontos de coroa com novinhoContos eroticos gay iniciado pela maecontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadsconto eroticos minha mae o pedreiroContos eroticos meu vizinho taradoCONTOSPORNO.sapecacontos femininos reais encoxadas e zoofiliacontos eróticos meu filhoContoseroticos cavaloa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliapelado com uma travesti contos eróticosao meus 19 anos cumi um cuziho bricando d esconde esconde contosgayContos a velha nao agentou o analcontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eroticos esposas arrependidassentei no colo do meu colega no onivus e ele ficou muito excitado contos de mulherdei meu cuzinho muito cerdo contos eróticosconti gay minha tia me fagrou de calcinhaaregasando a b da nContos rebolo na caceteputinhas de quinze anos xexo uricuiaconto erótico gay comi meu irmãocontos eróticos transando no metrôrelatos de traicao com negros picudoscontos eróticos quentes minha namorada em dp reais