Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A LOIRA ENRUSTIDA

A LOIRA ENRUSTIDA (I)



Perco desculpas pelo meu fraco português. Sou espanhol, meu nome é Ramán, tenho 49 anos, 1,82, 88k, grisalho, bem resolvido e viajo duas o três vezes ao Brasil, principalmente a São Paulo onde fico em casa de um casal heterossexual que conhece perfeitamente meus desejos e minha opção sexual, sempre fui assumido, sem viadagem, viril, educado, dizem que sou muito atrativo e, a verdade, é que as mulheres gostam muito de mim, o que me faz ficar incomodo muitas vezes por não aceitar as cantadas que recebo.

Sempre fui amante de novidades, adoro os encontros fortuitos com muito sexo, sou passivo e gosto de me sentir possuído com doçura, possuído por homens ate 37-40 que saibam dar umas pegadas fortes sem me machucar, que me dominem na cama, e que gostem de ser chupados. Sou tarado em picas grandes e grossas. Como não tenho tempo para perder, prefiro fazer de as mulheres minhas grandes amigas, evitar problemas e conseguir aliadas. Vou contar uma experiência que teve graças a uma grande amiga esta. Minha sexualidade em São Paulo sempre foi muito fácil, garotos de programa que facilmente me satisfaziam, e algum contato casual, que raramente acontecia por ser meu jeito médio másculo, sem dar muita bandeira.

Falei com mia amiga da mesma idade que eu, a dona da casa onde fico de ferias em São Paulo. Uma profissional muito Inteligente. Me convenceu de que no sexo é, em parte, como nos produtos do mercado: ...si você não coloca uma capa que seja interessante para os compradores, ninguém lhe olhara, e vai ficar na prateleira do mercado... Ela me propus pintar o cabelo de loiro, apenas para dar um toque de modernidade um pouco ambígua, segundo ela os homes se sentiriam mais “a vontade” do meu lado, e vestir um pouco mais informal. O grisalho gosta muito a mulher e a veadinho, mais incomoda ao “macho”, ele prefere uma loira (eu não sabia que loira e sinônimo de boba) para transar num dia de loucura.

Fomos para o cabeleireiro dela quem me fiz uma decoloração previa para que ficara tudo o cor homogêneo. Gostei do resultado da descoloração, minha amiga também, e como que meu cabelo ficou loiro-branco, achamos que não precisava pintar mais de cor nenhum, finalmente a loira que tinha dentro saio do closet kkkkkk. Mia amiga brincava comigo falando que eu tinha sido uma loira enrustida toda minha vida sem eu saber.

Tinha ração, o ultimo marido dela (35 anos, casou faz 5) ficou olhando, e eu me surpreendi porque ele sempre manteve muita distancia comigo. Tereza combinou que a minha nova imagem seria átima para o seguinte fim de semana na mega festa do aniversario do casamento deles no sitio de interior onde assistiriam, todos os casais amigos, filhos, namoradas e amigos do Tiago o filho de 19 anos. Si todos vinham seriam quase 100 pessoas. A maioria ficariam todo o fim de semana e tinha que organizar toda a logística, precisando também do sitio dos pais do marido Nando, e do espaço que outros vizinhos, amigos também, puderam oferecer. Os meninos montariam barracos.

Mais empolgada do que era natural, decidiu viajar a quarta pela manha para organizar tudo. Eu e o Nando chegaríamos na sexta com todo o que faltara para evitar imprevistos, e o filho e os amigos viajariam com seus carros.

Sempre tinha me mantido a distancia do marido dela, poucas vezes o tinha visto vestido informal, sempre estava de terno e pronto para ir de reunião o viagem de trabalho. Quando estava por casa, vestia de camisa e jeans muito formal, e um cara educado, um empresário bem sucedido. Apenas uma vez vi ele de bermuda e camiseta regata porque vinha da academia, e não pude evitar olhar fixo para o volume na bermuda dele que, sem exageros, dava para perceber, e fui flagrado. Ele era muito educado comigo e eu procurava lhe evitar sempre que podia pois tinha pânico de que ele falara qualquer coisa para mia amiga, tinha a sensação de que não gostava muito de mim.

Reconheço que é um exemplar extraordinário de macho: cabelo cacheado castanho, corpo cuidado, sem barriginha, pelo no peito na parte dos peitorais cara de homem, coxas grossas, mais melhor longe, mia a miga é muito mais importante.

Todo mudou na quarta-feira. Como a criada da casa tinha ido com mia amiga, ele ligou desde o escritário e me perguntou si eu sabia cozinhar o si preferia ir a comer uma pizza, eu falei que prepararia o almoço. Na hora certa chegou em casa, tomou banho e apareceu de bermuda, chinelo e camiseta, fiquei um pouco surpreso, ele sorrio e me diz que como estávamos socinhos preferia ficar mais informal e aproveitar para me pedir desculpas por ficar sempre tão distante de mim.

Me confessou que nunca tinha gostado muito dessa intimidade mia com a Teresa (sua mulher), que não era homáfobo, mais preferia ficar longe dos gays para evitar situações incomodas, mais como ela e eu éramos tão íntimos e eu sempre fico em casa deles em São Paulo, melhor normalizar a relação. Eu praticamente não falava nem olhava para ele, apenas escutava. Servi o almoço e no café me perguntou si podia me fazer umas perguntas mais intimas para me conhecer melhor pois pouco o nada sabia de verdade sobre os gays (apenas o que todos falam). Achava que seguramente eu saberia muitas coisas intimas dele porque as mulheres contam tudo para as amigas.

Me incomodou aquilo de “as amigas” mais não falei nada e respondi que ainda que somente sabia de ele que era um bom amante que adorava fazer sexo, Teresa não tinha me contado mais nada (era verdade), si queria poderia me perguntar o que quiser. Foi direto e claro:

-que é o que gosta fazer você?

Eu fiquei tudo vermelho e apenas respondi que era passivo. Sorriu cozo no saco, e falou:

-resumindo, você gosta de chupar e dar o cu ne?

sim, respondi, mais eu estava puto pelo tom das perguntas, e ainda lembrava do “as amigas” e então, não sei porque, decidi falar sem pudor e com sacanagem, ele quase tinha vinte anos amenos do que eu e me tratava como si eu fora um veadinho, e na raiva falei: a verdade é que adoro mamar um pau, eu gosto de macho de verdade de aqueles que tendem um cacetão, grande, e grosso, de homes, homes de verdade, adoro sentir a pica na mia boca latejando, e chupar ate tirar a última gota de leite, as vezes me sinto como um bezerro mamando. Gosto dos homes que me tratam como si eu fosse sua enamorada, aqueles que são doces mais dominadores, delicados mais mandando o que gostam, são discretos, e não ficam no meu pé.

O resultado do meu desabafo, não foi fechar a cara e ficar puto como eu esperava, a bermuda dele parecia um barraco militar com uma dúzia de soldados dentro.

Começo a rir e com a mão sobre o pinto me falou, você e mais puta do que pensava, kkkkk, uma puta que agora vai chupar este pinto de homem. Fiquei sem graça, e apavorado e falei: isso não vai a acontecer, eu apenas respondi o que você me perguntou, mais eu não vou fazer nada com o marido da mia amiga. Cagaria tudo.

Ele ainda mais excitado e agressivo, simplesmente falou: você já cagou, e agora o mama o digo para Tereza que você me incomodou. Quase chorei, ajoelhei e tirei aquele volume imenso da bermuda. Meu Deus, como era afortunada Tereza, reto, grosso, cheiroso e bonito, devia ter uns 19 cm., mais era grosso de verdade e por isso a mala era tão grandona. Mamei que nem um bezerro, estava adorando e meu pau ficou duro; o cara se deliciava olhando eu mamar, não demorou nem 5 minutos em gozar, percebi e deixei ele esporrar na mia cara. Eu estava envergonhado mais ainda louco para gozar.

Ele falou direito em tom durão: sabia que você gostava de mamar sua cadela, mais agora é meu e terás que fazer o que eu quiser, agora vou te comer. Brochei na hora, fale não, não vou fazer. Tudo bem, eu vou contar para Tereza. Não, não vou dar para você, e não é porque não deseje que me coma, para mim e traição demais, já chupei e não posso voltar para atrais,

-kkkkkkk, então meu, você vai ter que mamar muito para me compensar.

-Si você não conta nada, chuparei todo que você quiser menos dar o cu.

-Então a partir de agora e sempre que eu quiser você tomará sua mamadeira, esteja atento eu quero que se comporte como uma cadelinha sedenta, você terá que cumprir mias fantasias, si você percebe que eu sentado tiro o pinto para fora vem de quatro e me chupa, si eu gozo aguenta todo na boca, se eu mando ir embora você vai, fique atento, e finalmente quero acordar sentindo meu pinto na sua boca e quero perceber o seu desejo de mamar.

Foi loucura, teve que chupar de novo, esta vez na cama e deixar que ele gozara na boca. Tinha vergonha de fazer aquilo, mais eu gostava. Ele tiro mia camiseta e chupou meus peitos, não acreditei, ninguém tinha feito assim fiquei com o pinto duríssimo e não tinha gozado ainda, ele ri e me dispensou, estava cansado, antes de sair me proibiu gozar socinho, tinha que gozar mamando. Tive que tomar um banho frio e ficar assistindo TV para poder aguentar. Quando ele acordou, reclamou por não ter o jantar preparado, assei um pedaço de carne com batatas e aprontei a mesa, ele estava carinhoso e amável. Jantou, falou que infelizmente tinha que trabalhar, foi na biblioteca da casa e não demorou ir a deitar na cama, tinha que acordar as 6:00 para ir ao escritário. Eu estava puto porque não tinha gozado assim que pouco depois entrei devagar no quarto dele e fiquei extasiado olhando para aquele macho maravilhoso somente de sambacalção que parecia dormido, devagar, sem tirar a cueca dele, peguei aquele pinto grosso e mole, pela ampla perna do calção, e comecei a chupar entanto que batia uma punheta para mim. Ele fingindo que dormia, se movimentou para facilitar mia chupeta; tinha o cacete durão que mal cabia na mia boca, assim de ladinho não demorei nada em gozar, quando ia me retirar falou: lembre que as 6:00 acordo e quero sua boca aqui para receber todo meu leitinho.

Acordei as 5:30, enxaguei mia boca com e fui devagar no quarto dele, desta vez dormia de verdade, suavemente peguei no pau dele, e para mia surpresa estava duro como uma pedra, sem lhe acordar comecei a mamar muito devagar, chupando a cabeça, lambendo as bolas, tudo bem suave, ele se contorcia de prazer, e eu continuava mamando como si mia boca fosse de veludo, sem morder nada, sem apertar, não demorou nada para gozar, foi tão rápido e inesperado que teve que abocanhar todo e assegurar o pinto com a mão para não sujar os lençáis, então ele acordou e me olhando começou a rir: -cara estava sonhando com você mamando, não acredito, foi um sonho de verdade, agora quero mixar e tomar banho.

Preparei o café da manha para ele, e não aguentei mais, abri o zíper dele e mamei com tesão, eu estava explodindo de vontade, ele rindo me deixou fazer e eu gozei com aquela pica gostosa na boca debaixo da mesa.



Continua....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Bundinhas rrebolando no paucomtos eroticos o velho tarado do elevadoramigo sex diplomata contover todosos fiumi di muller sendo aregasada por jumentocomendo amae domeuamigo porno leisbicouma dp muita dor mais deliciosa conto.conto eróticos filha peõescontos eróticos incesto férias com mamãeputa do meu funcionário contodei a b***** para o meu genroconto erotico comendo o cu da professora e sua filha juntadcontoseroticosiniciandocunhada espiando contorelato erotico gozei na calcinha depois que vi o pausao do meu sogroConto erotico madrinhacontos eróticos peguei ela se masturbandoPutinha desde a puberdade contos eroticoscontos eroticos real matrasta eem tiando contos Eroticos com 3Homems e uma mulherfui iniciada em zoofilia desde pequenacontos eróticos lanchacontos eróticos cadela e putona famíliascontos eroticos mulhersibha do papaibuceras com paj giganti dentroContos casal pelado na praiaconto herotico fiz ela grita de dor na buceta mas estorei o cabacinho delaacidentado comi minha sogra contosconto erotico arrombei o travesti do baile funkela chupeu monhas bolas a noite inteiracontos eróticos ônibusmulher sentada e retando calcinha para homen ver sua bucetaconto pai por favor mim enxugaconto erotico traindo contra a vontade do maridãonovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegasmenage feminino contosContos de novinho chupando kct de caminhoneiroconto erotico humilhei meu maridocontos eroticos arrombei minha sobrinha pequenaRelato minha mulher no shopping sem calcinhaCasada narra conto dando o cucontos eroticosdpdei a xana contos eroticossou loira baixinha paguei de puta no samba contos eroticoscontos eróticos minha buceta pegando fogo i.piscandomamae me deu seu cuzinhotem homem on line dar telefne pra foda com mulher casada chupa seu pau deixa chup bucetaContos, eu convidei um foragido na minha casa e ele comeu a minha mulhercantos eroticos muitapica no meu cuconto o sarado e a gordinhacontos eróticos lanchatia me humilhou contoconto erotico comi minha prima enquanto ela dormiacontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggFilha babando pau do pai contoseroticoscontos er com negcontos eróticos só no cu das coroasdezenho de negro fudendo cu do gaycontos eroticos mulhersibha do papaiEu contratei uma garota pra ela ser meu presente de casamento eu e ela e meu marido fomos pra lancha conto eroticocomendo a noiva do otario contos eroticospedreiro gozou vendo munher lavando roupas/conto eroticovídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremorcontos eróticos fórum incesto irmao com irmaocontos eróticos de bebados e drogados gaysifeta sandalilhapeguei a minha atual namorado chupando a buceta da minha excheguei da escola vi minha p*** s***** dando para o meu tio minha prima piranha s*****a madrasta ingênua contos eróticoshttp://conto erotico buceta peluda da primaminha tia se masturbano emganto eu durmovidio porno meu.amartes.mim pegou de geitocontos de sexo depilei minha bucetacontos sexo minhas duas tias me espiando meu pausaomulher andando na rua ectada doida pra foderconfesso transando com trêsContoseroticos minha mulher na passagem no anoconto zoo cadela patraodescobrindo que o primo gosta de rolaconto erotico perdendo a virgidade com o porteirocontos eroticos tia deu pra mim e primoConto porno coroa e netiaconto trocando as filhascontos eróticos fragei meu tio comendo minha tiaConto erotico bigodehistorias pra gozar minha menina de 19 aninhos e delirarbuceras com paj giganti dentrocontos eroticos, o bispo me comeu gostosobranca gordinha casada estrupada por maniaco no curelatos eroticos sodomizada em assaltoconto erotico patricinha dando pra pobrecontos eróticos me fode caralho vaiviajo da bundona aqui na Dona a mostrando o c*contei para minha amiga que trai meu namorado e o namorado dela com seu amigos me comwramcontos gay chorei no pau do coroa