Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU TRANSEI COM MEI IRMÃO

Um dia, meu irmão estava tomando banho e deixou a porta do banheiro semi-aberta, não aquentei e fui espiar. Meus pais não estavam em casa. Ele brincava com seu pinto que eu achei enorme e estava completamente duro, começou e se masturbar até gozar. Depois eu descobri que ele tinha me visto. Depois disto eu sempre o espiava e um dia em seu quarto eu fiquei olhando pela janela ele se exibindo na webcam mostrando o pinto e batendo punheta, aquela rola foi ficando cada vês mais dura até que ele gozou. Eu fiquei louca e corri para o meu quarto para também me masturbar. Até que um dia a coisa aconteceu.

Minha família foi convidada para uma festa, eu e meu irmão ficamos em casa. Era de noite, eu num tesão incrível, pois eu estava na internet vendo sites com vídeos de muito sexo. Eu fui de volta para o meu quarto me masturbar, mas queria enfiar algo em minha buceta, mas tinha medo. Peguei uma escova de plástico com cabo macio e comecei a enfiá-lo enquanto com a outra mão massageava meu grelinho, estava uma delicia e não me dei conta que não tinha trancado a porta e meu irmão de repente entrou no quarto. Sá vi quando ele falou: Há, tá bom, então é isso que você fica fazendo no escuro. Sua tarada...

Eu comecei a reclamar que ele deveria ter batido na porta e foi que notei que ele não tirava o olho de minha buceta, pois eu estava sá de camiseta e sem calcinha. Eu disse com muita raiva que ele também fazia aquilo, pois eu já tinha visto varias vezes e ai foi que aconteceu. O safado disse que tinha me visto nua várias vezes e tinha um tesão enorme por mim, mas sabia que era errado, tinha medo de contar ao papai ou a mamãe.

Então ele sentou na cama e me abraçou dizendo para esquecermos aquilo, pois era errado e que ele e eu nunca deveríamos contar o ocorrido. Foi quando minha mão encostou em seu pinto que ficou duro na hora. Ele estava de short, mas sem cueca, ele deu um leve gemido. Continuei a massageá-lo e ele ficou durão e meu irmão começou a me apalpar, pegou em meus peitinhos que começavam a crescer e começou a lambê-los, no inicio devagar, depois foi mais forte e ao mesmo tempo levou o dedo a minha bucetinha que piscava sem parar e eu louca de tesão. Aquilo me levou ao céu e de repente ele se abaixou, abriu minhas pernas e começou a lamber minha bucetinha que estava nessa hora encharcada e ele dizia: “ Está gozando né, sua putinha, vai goza mais que eu estou adorando, a muito tempo eu queria fazer isto, e foi chupando e passando o dedo de levinho hora na entradinha da buceta, hora no meu cuzinho, ficamos mais de 20 minutos naquela sacanagem toda, eu rebolava como uma desvairada sentido sua língua brincando com meu grelinho, lambendo a entrada da bucetinha, tão molhadinha e sentido os prazeres do sexo, até que eu não aguentei e gozei, foi incrível, minha primeira gozada de verdadem na boca do meu irmão. Foi ai que ele se levantou, tirou o short e apontou seu pauzão para minha boca, eu vibrei vendo ele de pertinho, grande, vermelho, não perdi tempo e tentei coloca-lo em minha boca e de tanto tesão que estava, quase o machuquei e pôs o que pude em minha boca. Seu pinto pulsava, tocava em minha garganta, ele dizia “vem minha putinha, me chupa gostoso, faz seu irmão gozar nessa boquinha linda, chupa, me faz gozar vai”, e tinha hora que eu achava que iria engasgar e ao mesmo tempo massageava seu saco, da mesma forma que vi minha prima fazer com seu namorado e ao mesmo tempo tocava uma siririca bem gostosa, massageando meu grelinho com toda a força que eu tinha. E veio aquele gozo enorme, aquela torrente de porra invadiu minha garganta, eu estranhei um pouco o gosto e como ele ao gozar enfiou o pau com muita força em minha boca eu engasguei com seu pau e sua porra. Acabei engolindo todo o seu esperma, mas foi uma delicia, minha bucetinha estava toda molhada e eu pela segunda vez gozei como louca. Fomos no banheiro se llimpar. Pensei que meus pais poderiam voltar e não fodemos. Eu disse que era melhor esperar, pois não tinha camisinha em casa e poderia ficar gravida. O incrível é que este desabafo ficou reprimida em minha mente até hoje (estou com 30 anos agora).

Aquela tinha sido a minha primeira vez com meu irmão. No outro dia esperamos os nossos pais dormirem e foi a minha vez de procurá-lo no quarto dele. Eu ainda estava cheia de tesão, pois eu queria que ele me penetrasse e consumasse o sexo. pois eu queria sentir o seu esperma dentro da minha boceta me inundando completamente. Mas me preparei, de manhã fui a famácia e comprei anticoncepcional e precisaria tomar durante 22 dias.

Combinamos nos encontrar no seu quarto a meia-noite.

Chequei se meus pais estavam dormindo e

logo que abri a porta do seu quarto, o safado estava deitado pelado na cama se punhetando com o pinto bem duro. Era irresistível e hipnotizante.

Eu estava de camisola e sem calcinha. Eu tranquei a porta do quarto e fui logo em cima dele, comecei a beijá lo e guiei o seu pinto para dentro da minha boceta que penetrou num sá golpe de tão encharcada que estava. Esta trepada era uma continuação da noite enterior, aquele desejo de foder para valer. Ele apertava a minha boca com suas mãos, tamanha era a vontade de gritar.

Logo eu comecei a gozar e contrair a minha boceta envolvendo seu pinto que latejava de tão duro. Eu senti ele explodir de novo, agora dentro das minhas entranhas, num gozo profundo me inundando com o seu maravilhoso semen. Que delícia. Durante um mes transamos todos os dias, nos revezando no meu quarto e no quarto dele. Mas depois alguns meses passei a evitá-lo. percebi o quanto eu estava errada e logo eu arrumei um namorado e ele uma namorada. Ainda bem que ele compreendeu.

Hoje somos grandes amigos.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eu e minha amiga demos a buceta e o cu pro cavaloContos eróticos de noracontos eroticos bostacontos eroticos bem novinha dei o cuzinho pro vizinhogabriel o hetero proibido conto eroticos gaycontos eróticos cada vez que encontro com meu cunhado eu chupo o pau delecontos eroticos de mulher casada que gosta de trair o mardo com negoes e levar tapas na cara na frete do corninhoContos eroticos fagrei mnha esposa fodendo com dois carascontos eroticos tia cagonaaconto erótico dominando a esposa mandonadp contoscarro empuramdo estaca no cu da branqui.ha quostosaconto erotico no colinhoos nomes dos geladinho do ice lokoesfregando na mãe de shortinhosenhora trsansandoconto erotico de entidas e gravidacontos eroticos comendo a sobrinha no matoquero vídeo pornô de mulher com os peitão e o Filipe pequenininhocontos eróticos sobre irmã bucetudame fode me arromba seu velho safadoesposa e meu amigo contos pornosRelato de zoofilia dando o cabaço pro burrominha prima e uma jebacumendo a prima vingwmvagina que contrai o peniscontos espiava travesti no banhocontos eroticos a talaricatravesti gozando no próprio sutiãminha tia esfregou/a/bunda/dee/vestido/no.meu/pau.Meu irmão mandou eu deitar com elepeguei minha sobrinha do interior matutinhacontos de coroa com novinhocontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiaporni contos mae da namorada na picinacontos eroticod minha esposa deeu para o vizinho pausudaconto primeiro boquetemenino bateno puheta pos amigo no riosinhocontos eroticos que corpasso ,bunda coxas grossaspenis entandroconto erotico lesbico chupa meu grelinho ai vou gozar isso não para ai ai ai to gozandoRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrosmete mete mete gostoso. contoso cu da minha esposa e meu contopastor gozando contos gaycontos com travesticonto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos eroticos meu amigo e minha mãecontos eróticos cavalosou corno choquei.conto eroticocontos eroticos comendo a velha horrosa dormindocontos eróticos estuprei a menininha q saia da escolaContos eróticos velhinho seio gravida novinhaconto erótico menina zuando pau pequenoconto adoro cu de casadavelho pirocudo comendo filha loira de uniformeRelatos de casada bunduda dando para os amigos do corno bebadocontos eroticos menino arrombadocontos : meu filho falou que minha buceta e bonitaContos eroticos sexo oral no carrovídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandocontos erotico minha patroa faz nudismoconto erotico paraense en salinas paraporno meu marido me levou no swing so para ver outro gozar na minha bucetacontos eróticos seios devem ser mamadoscontos eroticos minha mulher me mandou pra farrabucetas e bundas gigantes da capital sao paulo em cima do sofaconto a velha bundudao macho frequenta mimha casae o dono contoscontos eroticos enganoo amigo hetero me dominoucontos eroticos casadas canalhasMaurinho com pênis grande transando com mulher